Operação Safra da Uva inicia nesta segunda-feira

As primeiras uvas da safra já começam a ser colhidas na Capital Brasileira da Uva e do Vinho. De janeiro a março, é tempo de vindima em Bento Gonçalves. De forma a garantir segurança e organização no escoamento da produção, a Operação Safra da Uva 2020 inicia nesta segunda-feira, 13.
Tradicionalmente em janeiro, as famílias do interior mudam sua rotina para colher os frutos de um longo ano de trabalho. A colheita também muda a rotina na cidade. Caminhões circulam diariamente pelas estradas e ruas de acesso no município transportando a produção.
Para organizar e disciplinar o trânsito destes veículos, a Prefeitura, por meio do Departamento Municipal de Trânsito (DMT) sinalizou rotas específicas para os produtores trafegarem com segurança em direção aos locais de recebimento da safra. A Operação conta ainda com o monitoramento constante dos Agentes de Trânsito para garantir segurança viária a todos motoristas.
O coordenador de Políticas Públicas de Trânsito, Thiago Fabris, ressalta: “juntamente com outras equipes técnicas de trânsito, selecionamos algumas vias e criamos trajetos para a entrega da uva nas unidades centrais da cidade, a fim de diminuirmos os transtornos e riscos oriundos do pesado fluxo de veículos que fazem a entrega da mesma. Além da velocidade reduzida, esses veículos podem despejar bagaços de uva durante o trajeto, que acabam tornando a pista escorregadia, passível de acidentes. As modificações são temporárias, mas requerem atenção, respeito à sinalização e a colaboração de todos”.
Confira os itinerários:

 

1) Destino: Unidade 1 (Matriz Vinícola Aurora na Rua Olavo Bilac, Bairro Cidade Alta)

Norte (São Valentim, distritos de Tuiuty e Faria Lemos, Veranópolis, etc): RSC 470 até a Pipa Pórtico, Rua Silva Paes, Rua Olavo Bilac, Rua Belém, Travessa São Caetano.

Sul: RSC 470 até a Pipa Pórtico e segue a mesma rota de quem vem do Norte.

Leste (Farroupilha, distritos de São Pedro e Pinto Bandeira): RSC 444, Avenida Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, Rua Herny Hugo Dreher, Avenida Planalto, Rua Carlos Flores, Rua Salgado Filho, Rua Vitória, Rua Belém, Travessa São Caetano até o estacionamento.

 

2) Destino: Unidade 2 (Rua São Paulo e Assis Brasil)

Norte: RSC-470, entrada norte, Rua Guilherme Fasolo, Rua Arlindo Fasolo, Rua Pedro Rosa, Rua Etore Giovani Perizzolo, Rua Pernambuco, Rua São Paulo até a vinícola.

Sul: RSC-470, Pipa Pórtico, Rua Silva Paes, Rua Olavo Bilac, desce a Rua 13 de Maio até a vinícola.

Leste: RSC-444, Avenida Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, Rua General Goes Monteiro, Rua General Vitorino, Rua Carlos Dreher Filho, Rua São Paulo até a vinícola.

Nordeste (Buratti): Rua São Paulo até a concessionária de veículos subindo em direção a Rua Assis Brasil.

Nordeste (Linha Salgado): Rua Joana Guindani Tonello, Rua Mário Morassutti, Rua São Paulo até a vinícola.

operação safra da uva

 

Passeio de Maria Fumaça com degustação de vinhos e espumantes tem segunda edição marcada para fevereiro

Passeio batizado de L’Essenza del Vino acontece uma vez por mês na Serra Gaúcha e conta com degustação de rótulos cuidadosamente selecionados de acordo com a estação do ano.

O passeio de Maria Fumaça – Trem do Vinho é uma atração tradicional para conhecer a cultura  e história da região Uva e Vinho, na Serra Gaúcha. Mas, se o visitante quiser uma experiência ainda mais imersiva, degustando vinhos e espumantes, a dica é embarcar no L´Essenza del Vino, que realizou o primeiro passeio neste sábado, 11 de janeiro, e que já tem agendado para o dia 22 de fevereiro o segundo passeio do ano.

Com viagens agendadas uma vez por mês até outubro, o passeio operado pela Giordani Turismo e Eventos, desde 2018, apresenta novidades: a degustação dos rótulos selecionados acontece conforme a estação do ano e serão divididos em (1) Primavera – Verão e (2) Outono – Inverno. A primeira destaca os vinhos brancos e os famosos espumantes da região para mostrar que também pode ser uma excelente opção beber um bom vinho no calor. Já no passeio de outono-inverno, os vinhos tintos e licorosos, com seus sabores encorpados, aquecem a alma dos viajantes.

Em todas as edições, independente da estação, o passageiro será apresentado a um vinho Merlot D.O. (Denominação de Origem Vale dos Vinhedos), para reforçar aos visitantes a conquista da certificação de Bento Gonçalves em sua produção de uvas e elaboração dos vinhos.

Enquanto o trem percorre os trilhos em seu ritmo habitual entre Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa, os passageiros do vagão exclusivo do L´Essenza del Vino conhecem os sabores dos vinhos e espumantes com a orientação de um sommelier e entre uma taça e outra acompanham uma apresentação musical ao vivo. A taça personalizada utilizada na degustação do L´Essenza del Vino pode ser levada como uma recordação do passeio.

Acesse o link e veja mais sobre essa experiência: https://www.youtube.com/watch?v=uBiTMeyikpk

 

L´Essenza del Vino- próximos passeios 

Primavera-Verão | Outono-Inverno

Datas Primavera-Verão:  22/02, 21/03, 11/04, 26/09  e 24/10.

Datas Outono-Inverno: 23/05, 20/06, 11/07 e 08/08.

Horários: 14h e 16h

Valor: R$ 189,00 por pessoa

Informações e reservas: (54) 3455.2788 | www.giordaniturismo.com.br

L'Essenza-6-

Espumantes da Aurora levam consumidores para Curaçao

Vinícola da Serra Gaúcha lançou promoção “Se joga em Curaçao”, que vai premiar cinco participantes com viagem para a ilha caribenha            

Apreciar a leveza e o frescor dos espumantes Aurora e ainda concorrer a uma viagem para uma paradisíaca ilha no Caribe. O ano de 2020 está apenas começando e a Vinícola Aurora já vai presentear cinco sortudos com uma viagem a Curaçao, um dos principais destinos turísticos do continente latino-americano. Até o próximo dia 31, quem adquirir dois rótulos ou mais dos espumantes Aurora (Brut, Demi-Sec, Prosecco, Moscatel Branco e Moscatel Rosé) e cadastrar o cupom no hotsite www.sejogaemcuracao.com.br estará participando. A cada duas garrafas adquiridas, o consumidor recebe um número da sorte para concorrer ao prêmio. O regulamento completo também pode ser acessado no hotsite.

Para o gerente de Marketing da Aurora, Rodrigo Valério, o objetivo da promoção é oferecer uma experiência diferente, num destino turístico que ‘casa’ muito bem com o consumo dos produtos. “Carregamos a marca e a descontração do espumante brasileiro com muito orgulho, e esta iniciativa é uma forma de dividir com o público essa alegria, esse produto que não precisa de grandes rituais, que combina muito bem com nosso clima e com o jeito de ser do consumidor. É um presente para que desfrutem desta bebida num lugar paradisíaco, em ótima companhia”, sugere.

A Vinícola Aurora exporta vinhos, espumantes, suco de uva e frisantes para Curaçao desde 2017. No ano passado, cerca de 21 mil garrafas foram vendidas para a ilha caribenha, um volume quase quatro vezes maior do que foi embarcado em 2018. Os espumantes Aurora podem ser encontrados em restaurantes e grandes redes de Curaçao e em todo o território brasileiro, em lojas de redes de varejo, empórios especializados, além de bares e restaurantes em todas as regiões do país.

A promoção “Se Joga em Curaçao” está sendo realizada em parceria com a Curaçao Tourism Board, com o apoio da Hertz Rent a Car e da rede de hotéis Marriott International.

Sobre Curaçao

Curaçao pertence à Holanda, com praias paradisíacas escondidas em enseadas, extensos recifes de corais e vários pontos ideais para a prática de mergulho. A arquitetura colonial na capital, Willemstad, a flutuante Ponte da Rainha Emma e a sinagoga Mikvé Israel-Emanuel, do século XVII, com piso de areia são algumas das atrações turísticas. Curaçao possui cerca de 150 mil habitantes e uma economia baseada na atividade turística e também no refino de Petróleo. O lugar se destaca entre as ilhas caribenhas por possuir um clima agradável o ano todo.

Foto: Divulgação/Aurora 

Espumante Aurora

Janeiro Branco: campanha destaca importância da saúde mental

Projeto anual existe há cinco anos e tem o principal objetivo de discutir o tema em todos os aspectos da vida 

O primeiro mês do ano é marcado pela campanha Janeiro Branco, que tem como principal objetivo discutir a saúde mental. Idealizado pelo psicólogo Leonardo Abrahão há cinco anos, o projeto convida as pessoas a refletirem sobre suas vidas, a qualidade dos relacionamentos e incentiva o debate sobre o tema em todos os espaços.

A escolha de janeiro é estratégica, pois o começo do ano pode gerar ansiedade pelo desejo de cumprir as metas dos 12 meses seguintes e frustração por não ter cumprido todas do ano anterior. Além disso, costuma ser um período de muita reflexão.

Dessa forma, a campanha serve como um alerta para que todos comecem seu novo ciclo de uma maneira sadia, tanto emocional quanto psicologicamente. E para que isso seja possível, fazer terapia pode ser o primeiro item da lista de resoluções para que as demais sejam atingidas com sucesso.

Embora os psicólogos estejam à frente do movimento, por serem os profissionais que lidam com saúde mental, o Janeiro Branco busca envolver todos. Um empresário, por exemplo, pode reunir seus colaboradores para discutir o tema no ambiente de trabalho.

Importância da boa saúde mental

A OMS afirma que a saúde mental depende do bem-estar físico e social, lembrando que o conceito de saúde vai além da ausência de doenças. Esse conjunto é fundamental para que, como seres humanos, tenhamos plenas capacidades individuais e coletivas para pensar, nos emocionar, interagir uns com os outros e aproveitar a vida.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 300 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo, um transtorno mental frequente que afeta todas as faixas etárias, de qualquer raça, etnia ou classe social. A doença é a principal causa de incapacidade e é pauta de destaque quando se fala em saúde da mente.

Cada pessoa pode buscar meios de cuidar da própria saúde mental, seja fazendo terapia (há serviços gratuitos) ou atividades que proporcinem bem-estar. A elaboração de políticas públicas também é parte importante a fim de promover uma cultura da boa saúde da mente.

Por meio do Janeiro Branco, os profissionais querem espalhar essa mensagem e conscientizar as pessoas sobre o benefício de manter a mente saudável. Palestras, caminhadas, rodas de conversas e distribuição de folhetos informativos, seja em ambiente aberto ou fechado, são algumas das ações para levar o tema adiante.

FONTE: LUDIMILA HONORATO – O ESTADO DE S.PAULO 

images

Pisa das uvas e merendim na Vindima da Miolo

Experiência no Vale dos Vinhedos atrai turistas de todo o Brasil que buscam viver a colheita da uva do vinhedo à degustação

De janeiro a março, o Vale dos Vinhedos ‘embriaga’ milhares de turistas de experiências sensoriais inesquecíveis. Afinal, somente nesta época do ano é possível vivenciar a colheita da uva, seus aromas, sabores e prazeres. Na Vindima da Miolo esta viagem pelos sentidos contempla visita pela vinícola, acompanhando a chegada das uvas, conhecendo o processo de elaboração dos vinhos e espumantes, além de caminhada pelo Parreiral Modelo, pisa das uvas, merendim, degustação e muita alegria com músicas típicas italianas.

 

A programação, que dura em média 2 horas, foi toda pensada para surpreender o visitante, levando-o a mergulhar pelo mundo da uva e do vinho. Oferecida sempre nas quartas-feiras e aos sábados, no período de 18 de janeiro a 7 de março, a atração é um convite a viver os prazeres da colheita. Cercada por vinhedos de todos os lados, a Miolo recebe anualmente em sua unidade no Vale dos Vinhedos mais de 200 mil turistas, cerca de 30% durante a vindima. “A experiência de colher a uva do vinhedo, de ver de perto a rotina de uma safra, de sentir o cheiro da uva em todo lugar só é possível nesta época do ano. São três meses de muito trabalho, mas também de uma grande festa. Afinal, a colheita é a celebração de um ano de dedicação ao vinhedo, onde nascem todos nossos vinhos e espumantes”, destaca o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da empresa.

Uma mostra das variedades que a Miolo cultiva em suas quatro unidades (Miolo – Vale dos Vinhedos, Terranova – Vale do São Francisco, Fortaleza do Seival / Candiota – Campanha Meridional e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central) é vista durante caminhada pelo Parreiral Modelo, que reúne 45 variedades de uvas tintas e brancas. De lá, o visitante é conduzido para a pisa das uvas, revivendo as vindimas de antigamente, ao som de músicas típicas italianas. A alegria se completa com o tradicional merendim, aos moldes do que os imigrantes faziam com pão colonial, queijos, salame, copa, grostoli e, claro, uvas. A experiência é harmonizada com vinhos, espumantes e suco de uva.

SERVIÇO

O que? Vindima na Miolo

Quando? De 18 de janeiro a 7 de março, sempre às quartas e sábados

Onde? Vinícola Miolo, no Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves)

Experiências:

Visita à vinícola e ao Parreiral Modelo, Pisa das Uvas, Merendim (lanche típico italiano com pão colonial, queijos, salame, copa, grostoli e uvas), músicas típicas italianas e degustação de suco de uva, vinhos e espumantes.

 

Investimento

– R$ 120,00 (maiores de 18 anos). Cada participante ganha um brinde.

– R$ 60,00 (crianças e adolescentes de 9 a 17 anos)

 

Informações e venda

– Vinícola Miolo – visita@miolo.com.br | 54 2102.1537

– Giordani Turismo – faleconosco@giordaniturismo.com.br | 54 3455.2788

Mais sobre a Miolo

De gole em gole, a Miolo chega aos 30 anos como a vinícola brasileira com maior presença no mundo, exportando para mais de 30 países de todos os continentes. É o maior exportador de vinhos finos do Brasil. De 30 hectares em 1989, a Miolo cultiva hoje, 30 safras mais tarde, cerca de 950 hectares de vinhedos em quatro terroirs brasileiros: Vale dos Vinhedos (Serra Gaúcha), Seival/Candiota (Campanha Meridional), Almadén/Santana do Livramento (Campanha Central) e Terranova/Casa Nova (Vale do São Francisco), sendo a única empresa do setor genuinamente brasileira com atuação em quatro diferentes regiões produtoras. Com uma produção anual de cerca de 10 milhões de litros, é a marca que detém o maior portfólio de rótulos verde amarelos, exibindo centenas de prêmios conquistados no mundo inteiro. O pioneirismo na elaboração dos vinhos se estendeu para o enoturismo, onde a marca gera experiência, aproximando e formando novos apreciadores da bebida. Assim é no Vale dos Vinhedos com o Wine Garden Miolo, assim é no Vale do São Francisco com o Vapor do Vinho pelo Velho Chico, onde a Miolo transformou o sertão em vinhedo. Este mesmo espírito empreendedor que fez da pequena vinícola familiar a maior produtora de vinhos finos do Brasil em apenas 30 safras, é que move gerações e aproxima quem sonha de quem quer fazer.

 

Processed with VSCO with dog1 preset

Processed with VSCO with dog1 preset

Exposição Arco-Íris segue até dia 31 de janeiro no Sesc Bento Gonçalves

Mostra com entrada gratuita traz 18 obras da artista Lauren Fantin

Inspirada nas diferenças e singularidades de cada pessoa, a exposição Arco-Íris segue aberta para visitação no Sesc Bento Gonçalves até 31 de janeiro de 2020. A mostra traz 18 obras de acrílico em tela da artista Lauren Fantin, natural do município. As pinturas poderão ser apreciadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, aos sábados, das 8h às 12h, e aos domingos, das 15h às 19h, com entrada gratuita.

Os quadros reproduzem momentos de tristeza e de solidão, mas também de esperança. Como o objetivo é focar na singularidade de cada indivíduo, mas mostrar que todos são igualmente importantes, cada obra reproduz cores diferentes, que se complementam e formam um arco-íris. Aos 17 anos, Lauren já participou de mostras coletivas, ficou em terceiro lugar no concurso do Ilustra’s Stock e tem duas ilustrações na coletânea de contos A Casa Fantástica, organizada pelo escritor e editor Lucas de Lucca. Ela também foi aluna dos professores Micael Biasin, Douglas Garcia Dias e Doraci Possamai.

Sobre o Sesc Bento Gonçalves – Localizado no Centro da Cidade, o Sesc Bento Gonçalves fica na Rua General Cândido da Costa, 88. A estrutura da Unidade possui Restaurante, Teatro, Academia, Estúdio de Pilates e Consultório Odontológico. São desenvolvidas ações de cultura, esporte, lazer, educação complementar e turismo, Programas Sesc Maturidade Ativa e Sorrindo para o Futuro. Mais informações sobre os serviços podem ser obtidas pelo telefone (54) 3452-6103, no site www.sesc-rs.com.br/bentogoncalves e na página www.facebook.com/sescbentogoncalves.

Exposição Arco-Íris – Bento Gonçalves

Data: até 31 de janeiro

Local: Sesc Bento Gonçalves (Av. Cândido Costa, 88)

Horário de visitação:

Segunda a sexta-feira, das 8h às 21h

Sábado, das 8h às 12h

Domingo, das 15h às 19h

Entrada gratuita

exposicao-arco-iris-2

Com versões vegana, vegetariana e colonial, Piquenique Orgânico será lançado neste sábado, em Garibaldi

Novidade dos Orgânicos Mariani proporciona momentos de bem-estar junto à natureza

A busca por uma vida mais leve, guiada por hábitos alimentares saudáveis e pelo respeito ao meio ambiente, mobiliza um número cada vez maior de pessoas. Atenta a esse movimento em direção ao bem-estar, a Orgânicos Mariani, empreendimento rural localizado na Linha 15 da Graciema, a 12 km do Centro de Garibaldi, lança neste sábado, 11 de janeiro, o Piquenique Orgânico, nas versões vegana, vegetariana e colonial. O objetivo é agregar valor aos itens produzidos na propriedade por meio do turismo rural.

Ao adquirir a experiência, o turista recebe uma cesta recheada de produtos, que podem ser consumidos em diferentes espaços, desde pallets e almofadas espalhados debaixo de árvores no jardim até mantas e esteiras dispostas sob a sombra dos parreirais orgânicos nos quais são cultivadas uvas Isabel, Bordô e Niágara para elaboração de vinhos e sucos. Outra opção é o antigo galpão, com mesas e cadeiras. Para desfrutar do Piquenique Orgânico é necessário reservar com, pelo menos, 24 horas de antecedência. Cada cesta, para até duas pessoas, custa R$ 65.

“Começamos a produção agroecológica em 1999, para consumo da família. Também costumávamos presentear amigos com produtos orgânicos, e as pessoas começaram a querer adquirir os alimentos. Até que começamos a produzir em mais quantidade para atender a esta demanda”, conta a empreendedora Salete Arruda da Silva, 52 anos, que trocou um emprego na área de Recursos Humanos para dedicar-se integralmente à agricultura.

Em 2001, com a criação do roteiro Estrada do Sabor, o negócio da família passou a receber um fluxo maior de visitantes. No mesmo ano, o empreendimento conquistou a certificação de produção orgânica. A Orgânicos Mariani também integra a Via Orgânica, inaugurada em 2016.

Para atender aos mais de 100 visitantes mensais, Salete divide as tarefas com o marido, Jorge Mariani, 48, enólogo, e os filhos, Jorge Júnior, 20, estudante de Agronomia, e Júlia, 16, acadêmica de Enologia. Além de uva, a família produz outros 55 itens, como laranja, bergamota, lima, figo, pêssego, caqui, tomate, manjericão, batata inglesa, feijão e milho, entre outros. Alguns deles podem ser colhidos diretamente do pé pelos turistas.

“Vários dos nossos clientes começaram como turistas. Atualmente, 100% da nossa renda vêm da agricultura sustentável, e é muito gratificante. A gente fica muito feliz de compartilhar alegria e trocar conhecimentos. A gente aprende todos os dias. São pessoas que se preocupam com o meio ambiente, com o planeta, que têm um olhar melhor para o mundo”, orgulha-se a empreendedora rural, acrescentando que, atualmente, a maior parte dos turistas vêm de São Paulo e Rio de Janeiro, além de diversas cidades do Rio Grande do Sul.

Piquenique Orgânico é resultado de um trabalho desenvolvido por meio do Investe Turismo, programa do Sebrae, Ministério do Turismo e Embratur que tem por objetivo acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade e a competitividade e gerar empregos em rotas turísticas estratégicas do Brasil.

“Trabalhar com a família Mariani é trabalhar com uma família que busca o bem viver, mas não só para eles, para todas as pessoas que, de alguma forma, contatam com eles. Visitá-los é entrar num outro mundo, em que o que vale é o cuidado com o meio ambiente e a relação com as vidas que chegam até lá. Eles recebem muitas pessoas que têm essa mesma filosofia de vida e que optaram pela alimentação vegetariana e vegana. Por isso, além do piquenique colonial, desenvolvemos o piquenique vegetariano e o vegano”, explica a turismóloga, mestre em Turismo e especialista em Enoturismo Ivane Fávero, que no projeto dos Mariani atuou como consultora do Sebrae RS.

Experiência da Vindima

No dia 25 de janeiro será realizada a Experiência da Vindima da Família Mariani. Durante a atividade, os turistas poderão colher e pisar as uvas, ouvir histórias da imigração e degustar um saboroso piquenique. O investimento por pessoa é R$ 80.

As cestas*

Vegana

2 garrafas de água mineral sem gás

2 sucos de uva orgânicos de 300ml cada

2 bananas orgânicas

1 porção de bananas passas orgânicas (100g)

2 pães coloniais pequenos

6 castanhas-do-Pará orgânicas

6 nozes in natura orgânicas

1 pote de geleia orgânica de fruta da estação (160g)

2 cachos de uvas orgânicas

2 hambúrgueres vegetais orgânicos de grão-de-bico com sementes

4 fatias de polenta na chapa orgânica

Vegetariana

2 garrafas de água mineral sem gás

2 sucos de uva orgânicos de 300 ml cada

2 salsichas de cenoura e quinoa orgânicas

2 bananas orgânicas

1 porção de bananas passas orgânicas (100g)

2 pães coloniais pequenos

6 castanhas-do-Pará orgânicas

6 nozes in natura orgânicas

1 pote de geleia orgânica de fruta da estação (160g)

2 cachos de uvas orgânicas

4 fatias de polenta na chapa orgânica

2 pedaços de bolo integral

Colonial

2 garrafas de água mineral sem gás

2 sucos de uva orgânicos de 300 ml cada

2 bananas orgânicas

1 porção de bananas passas orgânicas (100g)

2 pães coloniais pequenos

1 pote de geleia orgânica de fruta da estação (160g)

2 cachos de uvas orgânicas

4 fatias de polenta na chapa orgânica

2 pedaços de bolo integral

1 porção de salame colonial

1 porção de queijo colonial

 *Vinhos e outros itens podem ser adquiridos à parte.

Serviço

O quê: Piquenique Orgânico – Orgânicos Mariani.

Quando: lançamento dia 11 de janeiro, às 10h. O Piquenique Orgânico poderá ser realizado de quarta a domingo, das 9h às 17h. É necessário reservar com, pelo menos, 24 horas de antecedência.

Onde: Orgânicos Mariani – Linha Marcílio Dias, 15 da Graciema, Garibaldi – RS. Acesso via Vale dos Vinhedos ou São Gabriel. Como chegar: pelo Vale dos Vinhedos, seguindo pela RS-444 em direção a Monte Belo do Sul, dobrar à esquerda na placa que indica a Estrada do Sabor e continuar pelo asfalto. Há placas indicando a Linha Marcílio Dias e os Orgânicos Mariani. No Waze, buscar por Orgânicos Mariani.

Quanto: R$ 65 a cesta para duas pessoas.

carnaval retrô

Bento apresenta queda nos índices de criminalidade em 2019

Devido ao intenso trabalho de segurança em Bento Gonçalves, as estatísticas relativas a crimes de roubo, furto e arrombamentos apresentaram queda neste ano. Segundo dados da Secretaria de Segurança de janeiro a dezembro deste ano o Município registrou queda de 61,46% nos casos de roubo a estabelecimento comercial, 36,07% furto e roubo de veículos e 56,61% em arrombamentos, se comparado ao mesmo período de 2018.
Conforme o Secretário de Segurança, Capitão Diego Caetano de Souza os índices de homicídios encontram-se estáveis, sendo que setembro, outubro e novembro os dados foram menores que 2018. “Os índices de homicídio para a cidade de Bento Gonçalves encontram-se estáveis desde agosto, em setembro tivemos a menor média dos últimos 11 anos se considerarmos o Painel de Resultados da Brigada Militar”, disse.

 

O planejamento de ações conjuntas entre as forças de segurança e informações do setor de inteligência auxiliam no planejamento das operações, sendo um dos fatores que contribuíram para queda dos índices.

 

A Polícia Civil montou uma força tarefa com reforço de efetivo de Caxias do Sul, Farroupilha e Garibaldi com a finalidade de investigar os homicídios.  Além disso, a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Bento Gonçalves (DPPA)  conta com reforço de policiais, também oriundos de outras cidades, reforçando o órgão na operação verão.

 

Também desde o início de dezembro o 3º BPAT realiza Operação Papai Noel, que opera junto ao POE, ROCAM, Guarda Civil Municipal e Agentes Municipais de Trânsito. O emprego estratégico da Brigada Militar, em pontos e horários específicos, busca coibir crimes como furtos e roubos a pedestres e, também, a estabelecimentos comerciais. Além do efetivo, a cidade recebe 14 policiais vindos de Porto Alegre, que atuam de quinta-feira a domingo.

 

A Serra passou a contar com o 4º BPChoque, o batalhão com 110 policiais militares divididos em quatro pelotões atende 66 municípios da região. A unidade tem no comando o Major Álvaro Martinelli.

 

Guarda Civil Municipal

Para garantir a segurança dos munícipes, a Guarda Civil Municipal (GCM) realiza diversas ações de patrulhamento preventivo nos bairros da Cidade. As operações, que visam estreitar a relação entre o órgão e a população, são constantes e itinerantes, de acordo com a necessidade de cada região. Desde o início dos trabalhos a Guarda realizou cerca de 1000 autuações.

 

Investimentos

Neste ano, através de emenda da bancada Gaúcha, o Município recebeu cinco viaturas para a Brigada Militar e três fuzis para a Polícia Civil. Além de 14 câmeras de videomonitoramento e coletes. Em Bento Gonçalves, através da administração Municipal, foram instaladas 43 câmeras de videomonitoramento, dessas, oito estão com o sistema LPR, que realiza a identificação de veículos furtados e roubados.

 

Além disso, a Prefeitura instalou 240 quilômetros de fibra ótica, possibilitando o monitoramento das comunidades do interior. O Poder Público também é responsável pela manutenção de todas as câmeras de videomonitoramento.

 

O monitoramento é realizado no Centro Integrado de Operações, instalado na sede do 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT). A Prefeitura conta ainda com 49 servidores cedidos para as forças de segurança.

BG 10

Localização de radares móveis em rodovias estaduais será divulgada durante o verão

Cerca de 80 radares móveis reforçam o monitoramento nas estradas estaduais durante o período de veraneio.

Uma ação inédita para a educação no trânsito envolverá as principais rotas de veraneio dos gaúchos. A partir desta semana, os usuários de rodovias estaduais saberão quais estradas terão fiscalização reforçada com radares móveis.

A ação é coordenada pela Secretaria de Logística e Transportes e realizada em conjunto com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) e o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). A iniciativa consiste na divulgação de boletins semanais para os veículos de comunicação, com a localização de rodovias onde haverá fiscalização com o uso dos equipamentos.

“Esse monitoramento abrange tanto as estradas do litoral quanto de outras regiões onde também há aumento na circulação de veículos, como a Serra Gaúcha”, detalha o secretário Juvir Costella. “O objetivo é conscientizar os motoristas e dar a certeza de que o Estado se faz presente, atuando pela segurança das viagens.”

Cerca de 80 radares móveis reforçam o monitoramento nas estradas estaduais durante o período de veraneio. Esta semana, os equipamentos operam nas seguintes rodovias, entre outras:

• ERS-324, entre Passo Fundo e Iraí
• ERS-135, entre Passo Fundo e Erechim
• RSC-287, entre Tabaí e Santa Maria
• ERS-734, entre Rio Grande e Cassino
• Rota do Sol, entre Caxias do Sul e Terra de Areia
• Estrada do Mar, entre Osório e Torres

O reforço na fiscalização por radares móveis e a divulgação das rodovias monitoradas integram a operação RS Verão Total, promovida pelo governo do Estado. A mobilização, que reúne secretarias, órgãos e entidades, tem o intuito de melhorar os serviços prestados à população nos principais destinos da temporada. As atividades vão até 2 de março de 2020.

radares móveis

Bento Gonçalves formaliza protocolo de intenções para PPP do saneamento básico

Nesta quinta-feira, 26, o Prefeito Guilherme Pasin assinou com o governo do Estado, por meio da Corsan o protocolo de intenções para Parceria Público-Privada (PPP) de saneamento básico. Conforme o documento serão elaborados estudos necessários para a contratação da PPP no modelo de concessão administrativa, com o objetivo de universalizar os serviços de esgotamento sanitário nos municípios interessados, bem como regularizar situações específicas do sistema de abastecimento de água. Além de Bento, mais 17 Municípios integram o programa.
Também assinaram o protocolo de intensão os municípios de Cachoeira do Sul, Canela, Carazinho, Carlos Barbosa, Estrela, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Gramado, Lajeado, Nova Petrópolis, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Francisco de Paula, Vacaria e Venâncio Aires.

 

Conforme o secretário de Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos o objetivo foi construir uma solução definitiva para os Municípios. “Vocês prefeitos, são cobrados em seus Municípios e hoje nós apresentamos o protocolo de intenções, com uma solução. A partir desta assinatura, o BNDES vai formatar a parceria público privada para que reverta em investimentos em seus Municípios. É a parceria ganha, ganha. E assim avançaremos na questão do Saneamento Básico”.

 

O Diretor-Presidente da Corsan, Roberto Correa Barbuti destacou que “Estamos dando mais um importante passo junto aos Municípios hoje. Agora vamos acelerar o processo junto à contratação com o BNDES, e com isso conseguirmos viabilizar a contratação dos consultores- engenheiros, jurídico e financeiro- base para desenho da PPP. Nosso objetivo é em setembro do ano que vem ter dois editais publicados. Esta modelagem da PPP traz do setor privado o apoio necessário para o trabalho”, disse. Após a contratação a empresa contratada fica responsável por expandir a rede de esgoto das cidades e será paga pela Corsan, que continua tendo a gestão sobre o cliente, sendo responsável por arrecadar e enviar faturas.

 

O Governador Eduardo Leite ressaltou  que os Municípios “tomaram uma decisão arrojada, corajosa e ao mesmo tempo podem ter a confiança neste Governo no caminho que estamos trilhando, pela responsabilidade que lidamos com a causa pública. Sem dúvida é uma das grandes frentes que podemos deixar um enorme legado, por isso pessoalmente me dedico para que seja feita a entrega que estamos nos propondo. Estamos falando de saneamento básico, que é saúde, respeito ao meio ambiente, e estamos falando também em desenvolvimento econômico e turismo”, destaca.

 

O Município de Bento Gonçalves já realizou o primeiro passo para subsidiar a PPP. Foi aprovada na Câmara de Vereadores a renovação do contrato com a CORSAN por 37 anos. “A busca de parceiros privados não ajuda somente na entrega do menor tempo possível do tratamento do esgoto. Mas, também, incrementa a economia do Município fazendo com que aumente a qualidade de vida, saúde e dignidade a população. E já apresentamos a aprovação do aditivo contratual prorrogando o prazo com a Corsan para caber dentro do processo da PPP. Temos real interesse que no menor tempo possível nossa população tenha esgoto tratado”, afirma.

 

Em agosto foi lançado o edital da PPP para nove municípios da Região Metropolitana (Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão), com intenção de ampliar o tratamento de esgoto para 87% nessas cidades até 2030. Com previsão de R$ 2,2 bilhões de investimentos em obras, é a maior PPP do Estado e uma das mais grandiosas do país.

Foto: Emanuele Nicola 

saneamento básico