Detran lança guia para ajudar candidato nas provas de direção

Publicação traz orientações sobre o regramento dos exames, incluindo uma descrição detalhada das faltas previstas na legislação.

Com índices de reprovação acima de 60% para categoria B (automóvel), o DetranRS desenvolveu um manual para ajudar candidatos a melhorar seu desempenho nos exames de direção. Disponibilizado no site do Detran, o Guia do Candidato traz todas as orientações para quem vai fazer as provas teóricas e práticas em qualquer categoria de habilitação.

O material é uma adaptação do Manual de Exames Teóricos e Práticos, destinado aos instrutores e examinadores, que traz o regramento completo dos exames, incluindo uma descrição detalhada das faltas previstas na legislação.

A produção e publicação do guia torna mais transparentes os critérios de avaliação e deixa claro o que se espera do candidato em cada uma das etapas. Além da especificação dos critérios de avaliação, o guia informa sobre o regramento para candidatos surdos e disléxicos.

“O guia vem na linha de trabalho da gestão do Detran de desburocratizar os processos e facilitar a vida do cidadão”, afirma o chefe da Divisão de Exames do Detran, Michael dos Santos.

Detran

Sindilojas, em parceria com o Sicredi, participa do projeto “Olhar atento – alimentação saudável”

Entidade entregou duas mil sacolas retornáveis para crianças da rede pública municipal

Pelo quinto ano consecutivo, o Sindilojas Regional Bento participou da ação “Olhar atento: Ciências para a vida – alimentação saudável”. A entidade distribuiu, esse ano, em parceria com o Sicredi, duas mil sacolas retornáveis para alunos dos primeiros anos da rede pública municipal. Na tarde desta terça-feira, 11, os estudantes da Escola Municipal Alfredo Aveline receberam as sacolas durante a feira ecológica da praça Centenário.

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, acredita que essas ações servem para preparar as crianças para o mundo. “O Sindilojas pensa na educação das crianças, entendemos que trabalhar a base da educação é fundamental para que no futuro possamos dar condições melhores para esses cidadãos lidarem com os problemas e realidades do planeta”, comenta.

Durante o ano, as escolas trabalham o tema alimentação saudável dentro e fora da sala de aula, levando as crianças a refletirem sobre a importância dos hábitos alimentares saudáveis. A visita a feira ecológica integra o projeto numa ação que busca, além de refletir, proporcionar vivências em torno de tudo o que é trabalhado em sala de aula.

Marcelo Bettoni, gerente de negócios do Sicredi, ressalta a importância da participação da instituição no evento. “Esse projeto vem ao encontro da nossa filosofia de trabalho, que é contribuir com o desenvolvimento da nossa sociedade e dos municípios que o Sicredi atua”, finaliza.

O projeto “Olhar atento: Ciências para a vida – alimentação saudável” é realizado pela Secretaria de Educação de Bento Gonçalves.

DSC_0423

Bento+20 será presidido por Milton Milan

Após ser oficializado por decreto lei pela prefeitura, o Bento+20 aclamou o engenheiro civil Milton Milan como seu primeiro presidente. A nomeação foi respaldada por representantes das quase 30 entidades integrantes do comitê responsável por pensar a Bento Gonçalves dos próximos 20 anos.

A diretoria, eleita em reunião no Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG) no fim do mês de maio, também terá, como vice, Adelgides Stefenon, e como secretário, Diego Panazzolo. O mandato será até janeiro de 2021.

Para Milan, o momento representa uma grande oportunidade para a cidade evitar erros de avaliação que comprometam seu desenvolvimento, em níveis sociais e econômicos, no futuro. “É claro que é difícil imaginar o futuro, mas precisamos prospectá-lo para não cometer erros hoje”, disse Milan, até então coordenador provisório do conselho.

Tão logo foi anunciado presidente, ele deu início à formação inicial das câmaras técnicas do Bento+20, a partir da escolha de agentes indutores que, em suas áreas de conhecimento, vão fomentar a ideia e incorporar nomes para compor as respectivas equipes.

A primeira ideia é trabalhar com oito segmentos, mas o número e também seus nomes serão formatados ao longo dos encontros, que ocorrerão sempre na última quarta-feira de cada mês, no CIC-BG. As câmaras serão responsáveis pelas ações norteadoras em áreas específicas, como por exemplo mobilidade urbana, tecnologia e turismo. “Não somos nós, no plenário, que vamos encontrar os caminhos para Bento. Nós seremos partículas das câmaras técnicas que serão montadas dentro de sua expertise”, comentou Milan.

O Bento+20 nasceu a partir de uma sugestão da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), criadora do projeto “O Futuro da Minha Cidade”. A entidade procurou a Ascon Vinhedos para que esse conceito fosse aplicado em Bento Gonçalves. Milan, vice-presidente da Ascon, apresentou o projeto à cidade em abril do ano passado, quando o ex-prefeito de Maringá Sílvio Barros foi um dos palestrantes.

O CIC-BG acabou encampou a ideia e, hoje, lidera o Bento+20 – encontrando uma forma de dar vazão a um projeto similar existente na casa, o Viva Bento. “Vamos ter a sequência que um projeto desse tamanho merece, pois precisamos continuamente pensar a cidade que queremos. Nessa caminhada, precisamos do apoio de todas as entidades, para que se sintam pertencidas e, ao mesmo tempo, se doem a este projeto que visa o bem da cidade em todas as esferas. Também contamos com todos cidadãos que possam contribuir com ideias e sugestões, além do comprometimento do poder público, o que nos dá a certeza de que é um projeto que veio para ficar e servirá de guia para futuras administrações”, disse o presidente do CIC-BG, Elton Paulo Gialdi, referindo-se que o trabalho do Bento+20 será um parâmetro para a implantação de melhorias em Bento Gonçalves pela prefeitura.

Adelgides Stefenon, Milton Milan e Diego Panazzolo à frente do Bento+20

Quem faz parte do Bento+20

  1. CIC – Indústria
  2. CIC – Comércio
  3. CIC – Serviços
  4. CDL
  5. OAB
  6. Fundaparque
  7. Fundação Consepro
  8. Fundação Proamb
  9. Movergs
  10. AEARV
  11. Ascon Vinhedos
  12. Apescont
  13. Abepan
  14. Aprovale
  15. Ascori
  16. Observatório Social BG
  17. Bento Convention Bureau
  18. Hospital Tacchini
  19. Sindimóveis
  20. Sindibento
  21. Simplavi
  22. Sindal
  23. Simme
  24. Segh – Gastronomia e Hotelaria
  25. Sindilojas
  26. Rotary Club
  27. Faculdade Cenecista
  28. UCS – Universidade Caxias do Sul
  29. IFRS – Instituto Federal RS
  30. Poder Executivo – Ipurb
  31. Poder Executivo – Finanças
  32. Poder Executivo – Desenv. Econômico
  33. Poder Executivo – Prefeito

Pequenos negócios são destaque no Prêmio Nacional de Inovação

A Editora Belas Letras, de Caxias do Sul, venceu na categoria Inovação em Marketing

A 6ª edição do Prêmio Nacional de Inovação reconheceu 15 empresas de sete estados brasileiros que investem em processos e produtos inovadores. Os prêmios para os pequenos negócios ficaram com a Boulle, CCLi, Editora Belas Letras e Topos Informática. Akaer, BMD Têxteis, Ativa Soluções Tecnológicas, Angelus e MIP Engenharia foram as médias indústrias reconhecidas, enquanto entre as grandes foram: WEG, Natura, Enel, Embraco, Basf e Aker Solutions. A solenidade de entrega do Prêmio aconteceu durante o 8º Congresso Nacional de Inovação da Indústria, promovido pelo Sebrae e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo.

“Para nós, do Sebrae, das startups e das empresas inovadoras, essa noite tem um sabor especial. É um momento de alegria, encantamento, celebração. É saber que o Sebrae está no caminho certo e que, sobretudo, o brasileiro é um grande entusiasta. Não se faz empreendedorismo e inovação sem a alegria e esperança de transformar nossa sociedade”, comemorou o presidente do Sebrae, Carlos Melles. “Os finalistas são todos campeões. Somos aqui 24 campeões. O Sebrae se sente honrado, junto com a CNI, pois vocês estão criando um país melhor”.

“Assumimos o desafio de fazer com que o setor privado se comprometa com o que há de melhor e inspirador em termos de novas tecnologias, produtos, processos, serviços, mercados e políticas. É assim que vemos a inovação: como a saída mais inteligente para o triunfo, vencendo, inclusive, as adversidades econômicas. Essa é a razão de ser desse prêmio”, afirmou o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

O Prêmio Nacional de Inovação é dividido em três modalidades, definidas por porte das empresas. Cada modalidade conta com as categorias Gestão da Inovação e Inovação, sendo que esta última tem quatro subcategorias: produto, processo, organizacional e marketing. Nesta edição, também foram reconhecidas empresas que promoveram práticas inovadoras em saúde e segurança do trabalho (SST).

“É um prazer estar aqui pela Topos Informática. Passamos por uma transformação nos últimos tempos, que nos permitiu comprovar processos e criar uma estrutura realmente colaborativa. Agora entendemos como funciona o processo de aceleração empresarial e agradecemos todos os que nos ajudaram a chegar até aqui”, celebrou o diretor da Topos Bahia, Ramon Santos, destacando que a Topos representa o estado da Bahia – única finalista do Nordeste das MPE. A empresa sagrou-se campeã nas categorias Inovação Organizacional e Gestão da Inovação.

A honra em vencer o Prêmio foi ressaltada por Rodolpho Gutierrez, da Boulle Móveis de Fundamento: “Essa lareira tem uma história especial, pois foi o 1º produto com produção em série. Nosso produto representou o design brasileiro nos Jogos Olímpicos e fomos convidados para expor em Milão em 2017 e 2018”. Por sua vez, Gustavo Guertler, diretor da Editora Belas Letras, declarou: “Muito obrigada ao Sebrae e à Fernanda, nossa Agente Local de Inovação (ALI). Inovação é não colocar as pessoas em caixinhas, é deixar elas pensarem”.

Todos os vencedores participarão de imersão internacional em ecossistema de inovação. Além disso, aqueles que ficaram em 1º lugar nas categorias de produto e processo terão R$ 150 mil pré-aprovados para desenvolver projetos por meio do Edital de Inovação para a Indústria – iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço Social da Indústria (SESI) e Sebrae.

Conheça os projetos vencedores:

Micro ou pequena empresa

Inovação de Produto: Boulle Móveis de Fundamento (Curitiba, PR)

A Boulle cria móveis exclusivos e funcionais de madeira maciça, utilizando matéria-prima de origem sustentável e ecologicamente correta, buscando árvores caídas naturalmente ou madeiras submersas em rios e represas, além de peças antigas para promover uma transformação. A principal inovação foi a Lareira LUG, que é uma lareira portátil, de uso doméstico, fabricada a partir de um bloco maciço de madeira certificada, que utiliza álcool líquido para seu funcionamento e possibilita o aquecimento de até 20m² por duas horas.

Inovação em Processo: CCLi Consultoria Linguística (São José do Rio Preto, SP)

A CCLi é uma consultoria linguística que está expandindo para todo o país por meio de projetos via videoconferência. A principal inovação implementada é uma nova metodologia para consultoria linguística que aborda o cliente de modo distinto aos cursos tradicionais de idiomas, oferecendo soluções customizadas para cada pessoa. A inovação deu resultados: 100% dos alunos que tiveram aulas com a nova metodologia foram aprovados na certificação de idiomas TOEFL.

Inovação em Marketing: Editora Belas Letras (Caxias do Sul, RS)

A editora Belas Letras produz livros sobre criatividade, viagens, família e gastronomia, compartilhando experiências transformadoras para tornar o mundo um lugar mais humano, sensível e criativo. Entre as principais inovações estão as mudanças no modelo de vendas e as parcerias estratégicas que permitiram a entrada em novos mercados. Como exemplo, a campanha “compre um, doe um” promoveu o engajamento dos clientes na doação de mais de 5 mil livros e potencializou as vendas online da editora. Linha de produtos exclusivos, criação de livros infantis personalizáveis e vendas de livros digitais aumentaram o faturamento da empresa. A editora participou do Programa ALI – Agentes Locais de Inovação do Sebrae RS.

Inovação Organizacional: TOPOS Informática (Salvador, BA)

A TOPOS atua há mais de 25 anos prestando serviços nas áreas de TI e comunicação. A empresa implementou um novo modelo de negócio baseado na lógica de aceleração de startups e geração de spin-offs. Chamado “GetIN”, funciona como uma unidade de apoio administrativo, auxiliando na gestão das diferentes linhas de negócios, bem como um mecanismo de geração de spin-offs e aceleração de startups para os múltiplos novos negócios desenvolvidos pela organização. Devido à inovação, a empresa captou novos clientes, aumentou o portfólio de ofertas e obteve significativos impactos positivos no faturamento.

Gestão da Inovação: TOPOS Informática (Salvador, BA)

A TOPOS criou um “Espaço da Inovação”, onde os colaboradores podem discutir e desenvolver ideias para novos projetos, e implantou um “Portal de Inovação”, engajando colaboradores em diferentes níveis organizacionais, no processo de inovação. O portal foi tão bem-sucedido que se tornou um produto da TOPOS e já é oferecido ao mercado. Além disso, a empresa implantou o modelo de negócio “GetIN” como uma forma de aceleração de startups e geração de novos negócios por meio de spin-offs. Essas iniciativas destacam a TOPOS como uma referência para Gestão da Inovação em uma pequena empresa brasileira.

Destaque Saúde e Segurança no Trabalho: Boulle Móveis de Fundamento (Curitiba, PR)

A Boulle apresentou expressivos resultados decorrentes das práticas relacionadas à saúde e segurança no trabalho. Há uma preocupação quanto à segurança, saúde e ergonomia dos colaboradores, parceiros, fornecedores e terceirizados. Há treinamentos sobre segurança e ergonomia, campanhas de conscientização sobre a importância do uso dos equipamentos de

proteção individual, padronização dos processos e mecanismos para a segurança na operação de máquinas e equipamentos. A empresa ostenta um histórico impecável, nunca tendo tido colaboradores afastados por acidente ou doenças de trabalho desde a fundação da empresa.

MÉDIAS EMPRESAS

Inovação de produto: Akaer Engenharia S.A. (São José dos Campos, SP)

Akaer é uma empresa de soluções tecnológicas integradas especializada no desenvolvimento de aero-estruturas e gestão de projetos “Turn Key” para os setores aeroespacial e de defesa. Desenvolveu nova báscula, mais eficiente, leve, de maior capacidade e vida operacional para o mercado de mineração. A câmera para nano satélite de alta resolução oferece ganhos significativos em peso, resolução, capacidade de processamento e versatilidade. Os produtos apresentam resultados efetivos e evidenciaram a capacidade de inovar da empresa, contribuindo para o crescimento expressivo do faturamento da Akaer nos últimos anos.

Inovação em processo: BMD Têxteis (Camaçari, BA)

A BMD fabrica tecidos técnicos e geossintéticos, é referência na América Latina. Desenvolveu máquina capaz de substituir outros quatro equipamentos nas atividades de furar, estampar e costurar tecidos. A inovação possibilitou ganhos na produção de lonas, redução de custos na operação e propiciou mais segurança aos trabalhadores. A empresa também criou um pigmento líquido para o subprocesso de pintura de produtos em parceria com seu fornecedor. O projeto permitiu redução de tempo de setup de máquinas e redução do lote econômico de produção.

Inovação em marketing: Ativa Soluções Tecnológicas (Santa Rita do Sapucaí, MG)

A Ativa é estabelecida no “Vale da Eletrônica” e atua nos mercados de telemetria e gerenciamento remoto para diversos segmentos. Sua principal inovação de marketing foi o reposicionamento do Datalogger Baixo Consumo VRP para controle remoto das válvulas redutoras de pressão e Datalogger Baixo Consumo 100 com certificação INMETRO para ambientes explosivos que possibilitaram a entrada nos mercados de gás e saneamento. A empresa conseguiu aumento expressivo em seu faturamento em decorrência dessas inovações.

Inovação organizacional: Akaer Engenharia S.A. (São José dos Campos, SP)

A Akaer desenvolveu o programa InovAKAER, que promoveu inovações em processos organizacionais, produtivos e de apoio. O programa torna a empresa fornecedora integrada “Tier 1”, para os mercados nacionais e internacionais de sistemas complexos de engenharia, principalmente para a indústria aeroespacial e de defesa. Por meio do InvAKAER, a empresa desenvolveu soluções que estão em operação para os clientes, como os sistemas de simulação e realidade virtual. A Akaer conquistou retornos comerciais imediatos nos diferentes mercados de atuação e alcançou diferenciais competitivos de destaque.

Gestão da Inovação: Angelus Indústria de Produtos Odontológicos (Londrina, PR)

A Angelus é uma empresa de pesquisa, desenvolvimento, fabricação e comercialização de produtos na área de saúde bucal. Oferece biocerâmicos para tratamento de canais e produtos em fibras de vidro e carbono para suporte de próteses dentárias. Comercializa seus produtos para 86 países e possui uma base de distribuição na Flórida (EUA) e uma filial no Japão. Oferece o programa Angelus, de apoio à pesquisa e incentivo de pesquisadores externos, bonificação por resultados e sistemas de gestão de projetos de inovação. Possui uma área de inteligência para monitoramento do mercado. A organização possui diversas patentes internacionais e também obteve resultados financeiros expressivos em decorrência das ações de inovação.

Destaque Saúde e Segurança no Trabalho: MIP Engenharia (Belo Horizonte, MG)

A MIP Engenharia foi fundada em 1961 e oferta projetos de engenharia em obras industriais, projetos de EPC e Turn Key. Implementa ações relacionadas à saúde e segurança no trabalho, como a análise de Aspectos e Impactos Ambientais Adversos, práticas de lean construction e campanhas “carona solidária” e “direção sem álcool”. Também aplica ferramentas contínuas de avaliação comportamental e identificação de situações de risco. Esses esforços resultaram em indicadores significativos de segurança e saúde do trabalho, como zero acidentes nos últimos anos, boa taxa de satisfação dos funcionários e três premiações promovidas pela Vale como empresa destaque na gestão de segurança do trabalho em suas obras.

GRANDE EMPRESA

Inovação de Produto: WEG Equipamentos Elétricos (Jaraguá do Sul, SC)

A WEG fabrica motores elétricos, motorredutores, nobreaks, painéis elétricos, sensores industriais, tintas e vernizes para os setores de geração, transmissão e distribuição de energia, automação e controle industrial e segurança de máquinas. Com o WEG Motor Scan, monitora remotamente motores por meio de sensores não-invasivos capazes de medir temperatura, vibração e tempo de funcionamento. Construído a partir de inteligência artificial e redes neurais, proporciona melhor gestão da manutenção e maior durabilidade dos equipamentos, bem como integra-os aos sistemas da Indústria 4.0.

Inovação em Processo: Natura Cosméticos (São Paulo, SP)

A Natura é uma multinacional brasileira de produtos cosméticos, vendidos por mais de 1,7 milhão de consultoras em todo o país. Entre as inovações em processos, estão a implementação de tecnologias de realidade aumentada na produção, o uso de impressão 3D para fabricação de peças de máquinas, a estruturação do “Centro de Excelência em Ágil”, responsável pela implementação da metodologia ágil em toda a organização e a adequação de seu processo produtivo às tecnologias da Indústria 4.0 por meio de veículos guiados automaticamente, robôs e inteligência artificial.

Inovação em Marketing: Enel (Niterói, RJ)

A Enel é a maior empresa privada do setor elétrico brasileiro. As principais inovações em marketing incluem iniciativas para o fomento à diversificação da matriz energética nacional, o lançamento do primeiro V2G latino-americano, sistema que permite a carros elétricos devolver energia não-utilizada, a iniciativa “Ecoenel”, que oferece descontos na conta de energia a partir de resíduos recicláveis; e o programa “Luz Solidária”, que viabiliza a venda de equipamentos eficientes com desconto de até 50%, gerando a criação de mais de 200 projetos sociais por meio de crowdfunding.

Inovação Organizacional: Embraco (Joinville, SC)

A Embraco é uma empresa global que desenvolve soluções inovadoras em refrigeração para os segmentos residencial, comercial, de distribuição e revenda. Implementou modelo de gestão de pessoas “Carreira W”, que define três pilares para o desenvolvimento dos colaboradores: competências técnicas, de projetos e administrativas. Esse modelo permite que todos os talentos evoluam nas áreas em que mais se identificam, garantindo que a Embraco desenvolva e retenha pessoas com diferentes perfis de liderança. Essa prática contribui para agilidade nos processos decisórios e potencializam os esforços no desenvolvimento de inovações.

Gestão da Inovação: BASF (São Paulo, SP)

O Grupo BASF conta com 114 mil colaboradores e portfólio organizado em cinco segmentos: químicos, produtos de performance, materiais e soluções funcionais, soluções para agricultura e petróleo e gás. Possui programa de sugestões de colaboradores BASF – EUREKA; o Prêmio

BASF de Excelência; o programa de fomento ao intraempreendedorismo; o espaço AgroDigital, para agilizar o desenvolvimento de soluções para setor das agritechs; e a Metodologia InnoPET: Innovation Project Evaluation Tool, que avalia os riscos dos projetos. Também merecem destaque os processos “Innovation Chain” e as práticas de gestão da propriedade intelectual.

Destaque Saúde e Segurança no Trabalho: Aker Solutions do Brasil (São José dos Pinhais, PR)

A Aker apresentou resultados e práticas de destaque em segurança e saúde no trabalho nos 20 países em que está presente, como a implementação das ‘9 saving rules’ da IOGP (International Association of Oil and Gas Producers), práticas de mapeamento de riscos para cada célula de produção e programas de conscientização de saúde para melhoria de hábitos alimentares e promoção de práticas esportivas. Uma de plantas no Brasil ficou conhecida internacionalmente por ter completado 17 anos sem acidentes de trabalho.

Prêmio_Inovação_Divulgação

Começam as oitivas da CPI das Fake News

A Comissão Parlamentar de Inquérito foi instaurada para apurar e investigar a utilização de estrutura funcional da Câmara Municipal para criação e manutenção de usuários fakes/falsos em redes sociais para propagação de notícias falsas e comentários ilegais

Inicia nesta segunda-feira,dia 10, na Câmara Municipal de Bento Gonçalves, a  primeira sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) denominada “CPI das Fakes News“. Instaurada pela Resolução nº 267/2019, a CPI tem por objetivo apurar e investigar a utilização de estrutura funcional da Câmara Municipal para criação e manutenção de usuários fakes/falsos em redes sociais para propagação de notícias falsas e comentários ilegais a cerca de fatos relevantes do e para o município.

De acordo com o despacho datado de 7 de junho de 2019, documento anexo ao processo nº 66 (RES nº 267), a oitiva inicia às 13h30. Em conformidade com o artigo nº 67 do Regimento Interno, a CPI das Fake News é composta pelos vereadores Jocelito Tonietto (PDT), Idasir dos Santos (MDB),Anderson Zanella (PSD), Gilmar Pessutto (PSDB), Volnei Christofoli (PP), Elvio de Lima (MDB), Marcos Barbosa (PRB) Gustavo Sperotto (DEM), Valdemir Marini (PTB), Sidinei da Silva (PPS).

Após reunião entre os membros conforme Ata datada de 27 de maio de 2019, anexo ao processo, a presidência, vice-presidência e relatoria da CPI ficaram assim designadas: vereador Jocelito Tonietto (PDT) como presidente, o vereador Idasir dos Santos (MDB) como vice-presidente e o vereador Volnei Christofoli (PP) como relator. Consta ainda na ata, que o plano de trabalho da CPI das Fake News será, de início, a oitiva dos ex-assessores do vereador Moacir Camerini e também do parlamentar, para a apuração detalhada do material anexo do requerimento. Além disso, toda e qualquer diligência necessária ao esclarecimento dos fatos e toda e qualquer oitiva de qualquer pessoa que tenha alguma conexão com os fatos apurados.

A CPI terá o prazo de 120 (cento e vinte) dias, prorrogável por mais 60 (sessenta) dias, para conclusão dos seus trabalhos, a contar de 17 de maio de 2019, data de sua instalação.

Requerimento nº 24/2019 que pediu a abertura da CPI, foi  subscrito por 14 vereadores.A sessão da CPI será transmitida ao vivo pela TV Câmara Bento no canal 16 da NET, no Youtube, e facebook.

fachada câmara

Marketing Digital é tema de curso na Apeme

A instrutora será Gabriela Oliveira, da Escola Caxias Criativa

Um dos assuntos mais falados do momento, o Marketing Digital tem chamado a atenção de empreendedores que desejam potencializar seu negócio. Entender exatamente como o meio pode ser utilizado é a base do curso “Marketing Digital – Escola Caxias Criativa” que será realizado na Apeme, em Garibaldi. Será nos dias 01, 03, 08, 10 e 15 de julho de 2019, segundas e quartas-feiras, das 18h30min às 22h30min, na sede da entidade (Rua Heitor Mazzini, 122, sala 02, Edifício Sonata – Centro de Garibaldi).

A estrutura do curso está dividida em três módulos: entendendo o Marketing Digital; planejamento digital; e análise e monitoramento. O encontro é voltado para pessoas e profissionais que desejam conhecer as técnicas e ferramentas digitais para turbinar sua carreira e seus empreendimentos, com foco no marketing e comunicação. É necessário que os participantes tragam um notebook pessoal para as aulas.

A instrutora da oficina será Gabriela Oliveira. Diretora de Experiências e Sócia Fundadora na Escola Caxias Criativa, é designer, graduada pela FSG/RS. Formada nas extensões em Direção de Arte e Redação Publicitária na ESPM e Fashion Inc. na Perestroika, trabalhou nas agências DN2 (Caxias), FDD (Caxias/PoA), Aldeia.biz (PoA), 3YZ (PoA), LOTE75 (Caxias) e a indústria Riva (Caxias) atuando como nas áreas de marketing digital e design. Com mídias sociais, participou das coberturas do SPFW e Donna Fashion Iguatemi pela Colcci em 2010 e 2011, administrando as contas do Facebook, Twitter e Instagram.

“Segundo pesquisa da Mckinsey (2019), 80% das empresas no Brasil estão nos estágios iniciais de maturidade digital. Por conta disso, é fundamental aprender mais sobre marketing digital, novas tecnologias e novas estratégias para obter resultados mais efetivos para os negócios”, afirma Gabriela.

O investimento para associados Apeme é de R$ 3x R$ 160,00  e, para o público em geral, 3x R$ 200,00.  Associado Sicredi Serrana RS tem incentivo de até 80% do valor. As vagas são limitadas. Inscrições podem ser feitas pelo site www.apeme.com.br/agenda. Mais informações pelo (54) 3462-2755, WhatsApp (54) 99642-6444 ou capacitacao@apeme.com.br. O evento tem o apoio dos patrocinadores do semestre: livraria e bazar Sugestões e Presentes e academia Estique-se Gym.

Crédito: Carla Souza

Instrutora Gabriela Oliveira - Caxias Criativa Créditos da foto Carla Souza

Espaço da agroindústria familiar expõe produtos artesanais na ExpoBento 2019

Atração para a feira contará com 38 empreendimentos espalhados pelo ‘Mundo do Agronegócio – Isabel’ entre os dias 13 e 23 de junho

A alcunha de maior feira multissetorial do país não é à toa: se a ExpoBento reúne expositores de segmentos maiores, como a indústria automobilística e moveleira, a feira também se torna vitrine para os pequenos e médios empreendedores. No espaço da agroindústria, os visitantes da 29ª edição poderão conferir produtos comercializados por pequenos produtores oriundos de diversas regiões do Rio Grande do Sul – e que cultivam a premissa familiar.

Para apreciar delícias como cucas, pães, queijos, salames, chimias, capeletti, licores e muitos outros itens representativos da produção interiorana, serão 38 empreendimentos espalhados pelo Mundo do Agronegócio – Isabel’ – como é denominado o espaço. Por meio do Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf) – uma política pública do Governo do Estado, via Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), os expositores interessados se cadastram na Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (FETAG) que, juntamente com a secretaria e a Emater/RS, selecionam os empreendimentos – buscando valorizar quem é da região, de forma especial.

Com a parceria entre ExpoBento e FETAG-RG existente desde 2006, o responsável pelo intermédio da seleção, Jocimar Rabaioli – que é assessor de Politica Agrícola e Agroindústria da federação – reitera a perenidade do convênio como via essencial para ambas as partes. “É importante destacarmos o apoio da SEAPDR e a parceria entre FETAG-RS e Emater/RS como um trabalho de soma de esforços com a ExpoBento – que entende a importância da agricultura familiar na feira e os benefícios para todas as partes”, comenta.

O diretor geral da ExpoBento 2019, Rogério Capoani, destaca a significativa contribuição ao fomento da economia, com geração de renda e emprego para a comunidade. “Com essa parceria, estimulamos o desenvolvimento dos pequenos empreendedores, que conseguem alavancar as vendas e reforçar o sustento da família, divulgando seus produtos. Ao gerar esse tipo de negócio, a ExpoBento cumpre um relevante papel social na comunidade onde está inserida, retribuindo todo o apoio e acolhida que recebe da população, da iniciativa privada e dos poderes públicos. Estamos fortalecendo um ciclo de retornos positivos que favorece a todos”, reforça.

Sem custo aos produtores cadastrados ao programa, os expositores que tomam conta do espaço vêm de cidades como: Augusto Pestana, Bento Gonçalves, Caçapava do Sul, Carlos Barbosa, Encantado, Farroupilha, Flores da Cunha, Frederico Westphalen, Gramado, Ilópolis, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Nova Petrópolis, Nova Roma do Sul, Parobé, Picada Café, Pinto Bandeira, Santa Clara do Sul, São João do Polêsine, Soledade, Tabaí, Teutônia, Vale do Sol e Veranópolis.

O quê conferir na ExpoBento e Fenavinho 2019

Em 2019, a 16ª Festa Nacional do Vinho e a 29ª ExpoBento vão ocorrer de forma integrada, entre 13 e 23 de junho, reunindo mais de 470 expositores que oferecem oportunidades de negócios nos segmentos de vestuário, automóveis, agronegócio, serviços, imóveis e variedades. Com a chegada da Fenavinho, que será retomada após oito anos, o evento trará de volta grandes marcas da festividade, como a Vila Típica, muita gastronomia, tradição e os premiados vinhos da Serra gaúcha. A realização é do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves.

Agroindústria familiar é sucesso na ExpoBento - Crédito Jeferson Soldi (2)

Vinícola Aurora recebe o Prêmio Exportações RS pelo quarto ano consecutivo

Cerimônia de entrega dos troféus dessa premiação promovida pela ADVB-RS, aconteceu na noite de quinta-feira, dia 6, em Porto Alegre 

A Vinícola Aurora é a única vinícola a receber o Prêmio Exportação RS como Destaque no Setor de Bebidas pela quarta vez consecutiva. O Prêmio, promovido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil do Rio Grande do Sul (ADVB-RS), com apoio de 17 entidades setoriais, é dedicado às empresas que em seus segmentos tiveram atuação relevante em exportações. Rosana Pasini, gerente de Exportação da vinícola há mais de 10 anos, recebeu o troféu na cerimônia de premiação realizada na noite desta quinta-feira, em Porto Alegre, com a presença do governador do Estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Em 2018, a Vinícola Aurora exportou 596.244 garrafas, um volume 91% maior que o exportado em 2017. Keep Cooler foi o produto mais vendido ao mercado externo, seguido de vinhos não espumantes e, em terceiro lugar na pauta, os vinhos espumantes. Com a construção de sua nova planta industrial no Vale dos Vinhedos, inaugurada em maio deste ano, para a elaboração, o envase e a expedição de suco de uva integral, a vinícola pode, em 2018, trabalhar novas frentes de mercado no exterior para esse produto, sem similar no mundo, negócios que se concretizaram em embarques realizados no mesmo ano, para Taiwan e Estados Unidos, e em novos embarques nos primeiros meses de 2019, para Portugal, Canadá, Curaçao, Argentina e África do Sul.

Em 2018, ano base deste Prêmio Exportação RS, a Vinícola Aurora conquistou dois novos países importadores – Irlanda e Peru – e novos clientes em países já compradores: Taiwan, Estados Unidos e Paraguai. O foco, no entanto, se manteve na Ásia, com participação nas principais feiras de alimentos e bebidas daquele continente. Na China, país que comprou 159.966 garrafas de espumantes e coolers da marca Brazilian Soul, a vinícola apresentou seus produtos a mais de 50 importadores em 2018, resultando em parcerias com 4 novos clientes para 2019. Na participação da vinícola na Interwine – China 2019, realizada de 3 a 5 de junho deste ano, fechou com mais 2 clientes naquele país, resultando em um total de 7 importadores no mercado chinês, estrategicamente localizados em diferentes regiões.

premio exportação

Sicredi Serrana reinaugura agência Cidade Alta

O Sicredi Serrana, com abrangência sobre 23 municípios da região Nordeste do Estado, na noite desta sexta-feira (7) reinaugurou em Bento Gonçalves a agência Cidade Alta, situada na avenida Oswaldo Aranha

O espaço foi revitalizado dentro de um cronograma iniciado em 2015, com a troca do logotipia da cooperativa financeira, incrementada pela proposta de releitura das agências, com o propósito de tornar o ambiente mais agradável a associados e funcionários. O cronograma de reformas das 23 agências encerra neste ano. Para 2020 o Sicredi projeta abrir sua quarta agência em Bento Gonçalves, direcionada exclusivamente para o agronegócio, em local a ser definido.

“O momento no Brasil é muito bom para o crescimento do sistema bancário cooperativo, que há muito tempo existe em economias sólidas de países da Europa e do Canadá, entre outros. Há dois anos Banco Central do Brasil está estimulando o crescimento do sistema financeiro cooperativado, por sua função social, e também para tentar regular o mercado bancário nacional, sob o controle de poucas instituições. O Sicredi cresceu muito nas últimas duas décadas e continuará nesse ritmo porque o nosso foco é o atendimento das necessidades dos associados, de acordo com as regiões onde estão inseridos, de forma próxima e humanitário”, ressaltou o presidente do Sicredi Serrana, Marcos André Balbinot.

fotos: Kátia Bortolini 

Sicredi Sicredi 2 Sicredi 3 Sicredi 4

Embrapa e Emater promovem evento para as produtoras rurais em Bento Gonçalves

“Mulheres rurais, o poder que produz” – esse é o título do evento que acontece na próxima terça-feira, dia 11 de junho, em Bento Gonçalves. Valorizar as mulheres trabalhadoras e apresentar novas oportunidades para alavancar a propriedade rural são os principais objetivos do encontro promovido pela Embrapa e pela Emater/RS-Ascar, que deverá reunir cerca de cem convidadas.  
 
“Acompanhamos o protagonismo das mulheres dentro da propriedade rural na Serra e achamos que elas mereciam um momento especial, planejado especialmente para elas”, conta Marcos Botton, chefe de Transferência da Embrapa Uva e Vinho e idealizador do evento. Além de buscar a parceria da Emater, ele convidou outras unidades da Embrapa na Região Sul:  Embrapa Trigo (Passo Fundo), Embrapa Clima Temperado (Pelotas) e Embrapa Suínos e Aves (Concórdia), que também de imediato aceitaram a parceria de apresentar algumas tecnologias direcionadas para a agricultura familiar.
 
De acordo com a extensionista social da Emater/RS-Ascar, Maria de Lourdes Pancotte “é uma oportunidade para as mulheres de troca de experiências, valorização, acesso à informação e inspiração para novas possibilidades de trabalho e renda no meio rural”.
 
Botton relata que além de novas alternativas para melhorar a renda e diversificar a produção agrícola, a ideia do encontro é empoderar as mulheres para atuarem na gestão das propriedades, pois cada vez mais elas estão coordenando as atividades. Ele cita que segundo o Censo Agropecuário de 2017 do IBGE, desde 2006 a presença feminina no agronegócio cresceu de 12% para 18,6%.
 
Para atender os objetivos do evento, durante a manhã acontecerá a palestra “Na cabeceira da mesa”, com a jornalista Marciele Scarton, autora do livro Mulheres do Interior, que irá trazer uma reflexão sobre as conquistas das mulheres ao longo dos anos e como podem avançar ainda mais.
 
No turno da tarde, as participantes irão conhecer novas alternativas para ampliar a renda na propriedade rural nas estações temáticas que serão coordenadas pelas Unidades da Embrapa participantes. A equipe da Embrapa Trigo (Passo Fundo- RS) vai fazer as mulheres colocarem a mão na massa, literalmente, e aprender novas opções de pães, agregando ingredientes facilmente obtidos no meio rural e que prometem aumentar o valor comercial do produto pelo maior valor nutricional e sua diferenciação.  Já a Embrapa Clima Temperado (Pelotas-RS) irá apresentar e distribuir mudas da batata-doce biofortificada, uma nova alternativa que contém 10 vezes mais betacaroteno que as batatas-doces convencionais, o que enriquece nutricionalmente a refeição.
 
A poedeira colonial 051 é a tecnologia que será apresentada pela Embrapa Suínos e Aves (Concórdia-SC) para fazer a diferença para as produtoras da Serra, pois além do aumento de produtividade na postura, possibilita a agregação de valor pela venda da carcaça para consumo. E a última oficina ficará a cargo da anfitriã, a Embrapa Uva e Vinho (Bento Gonçalves) com o tema suco de uva. Serão apresentadas as cultivares de uvas desenvolvidas pelo Programa de Melhoramento Genético ‘Uvas do Brasil’ e os processos de elaboração de suco, inclusive com a tecnologia do suquificador integral, desenvolvido pela Embrapa especialmente para a pequena propriedade rural. As participantes ainda terão a oportunidade de degustar e fazer a análise sensorial de diferentes sucos de uva.
 
O evento, que acolherá durante todo o dia as mulheres agricultoras de Bento Gonçalves e região, é promovido pela Embrapa e Emater/RS-Ascar, e conta com o apoio do Sicredi Serrana e da Corteva Agriscience e integra o plano de estágio de final de curso do estudante de Relações Públicas Paulo Eduardo Doro Prestes da Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Westphalen.
mulher