Safra 2017 é degustada por mais de 100 enólogos em Bento Gonçalves

Evento ocorre durante oito dias, com análises de 327 amostras e 59 vinícolas

 DSC_0120A 25ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2017, iniciada na última terça-feira, 15, se estenderá até o dia 24 de agosto . Nesses oito dias de degustação, 120 enólogos, divididos em oito grupos de 15 profissionais cada, estão avaliando às cegas 327 amostras de 59 vinícolas de seis estados brasileiros. São eles: Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. No dia 23 de setembro, será apresentado a um público de 850 apreciadores o resultado da degustação com os 16 vinhos selecionados entre os 30% mais representativos da Safra 2017. Os participantes também poderão fazer a degustação dos escolhidos.

As degustações serão realizadas em Bento Gonçalves, no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho, responsável pela coordenação técnica do evento. Os primeiros dois grupos, A e B, entram em ação nos dias 15 e 16 de agosto.Nos dias 17 e 18 será a vez dos grupos C e D; nos dias 21 e 22 os grupos E e F e nos dias 23 e 24 os grupos G e H finalizam a etapa de degustação de seleção.

O presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), Edegar Scortegagna, estará acompanhando de perto os trabalhos. “A degustação é técnica e segue normas internacionais. Os avaliadores têm acesso apenas a informações relacionadas a categoria das amostras”, explica o enólogo. “Nossa expectativa é grande. Na taça poderemos, de fato, avaliar a qualidade da safra e antever o que o consumidor poderá encontrar a partir do final deste ano”, complementa.

Inscrições do público

O grande momento do vinho brasileiro é quando o grande público participa da última etapa da Avaliação, degustando as 16 amostras selecionadas entre os 30% mais representativos. Para participar dessa experiência única, considerada a maior degustação de vinhos de uma safra do mundo, os interessados deverão se inscrever no site www.enologia.org.br. O período para as inscrições abre dia 29 de agosto, às 8h30min.

O investimento para associado é de R$ 250. Não associados pagam R$ 310. A partir deste ano, a Fundaparque, administradora do Parque de Eventos onde ocorre a Avaliação, passará a cobrar R$ 10 para o estacionamento de carros e R$ 5 de motos. A cobrança será aplicada a todos os veículos que acessarem o parque, oferecendo cobertura de seguro, além de atuar com uma equipe responsável pela orientação e segurança do local.

Programação da degustação de seleção

Grupos A e B: 15 e 16 de agosto

Grupos C e D: 17 e 18 de agosto

Grupos E e  F: 21 e 22 de agosto

Grupos G e H: 23 e 24 de agosto

Foto: Jeferson Soldi

Desfile Cívico volta para o centro de Bento Gonçalves

Moysés Michelon é o homenageado da Semana da Pátria

13094314_480771002114194_3059643429373979467_nCom tema “50 anos da Fenavinho”, neste ano, o Desfile Cívido do dia 7 de setembro em Bento Gonçalves será realizado na Rua Marechal Deodoro, na Via Del Vino. Para a ocasião, o homenageado será o 1º presidente da Festa, Moysés Michelon.  A abertura oficial ocorre no dia 1º, às 9h, em frente à Prefeitura Municipal. Além do tema municipal, o tema Estadual, o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), e homenagem aos 70 anos da Chama Crioula. Além do tema Nacional, Oswaldo Cruz, e homenagem ao Centenário da morte do Sanitarista. O desfile inicia a partir das 9 horas da quinta-feira.

Sem título

 

PROGRAMAÇÃO

PERFILAMENTO DAS BANDEIRAS

  •  Realizado pelo 6º BCOM, durante o mês de agosto.
  •  Núcleos definidos por proximidade das escolas interessadas.

 CHEGADA DO FOGO SIMBÓLICO

Data: 25/08/17
Horário: 10 horas
Local: 6º BCOM

Cada escola está convidada a participar do momento, com uma representação de alunos.

 CORRIDA DO FOGO SIMBÓLICO

Data: 01/09/17
Saída do 6º BCOM às 8h30min.
Chegada na Prefeitura às 9 horas.

A chama será transportada pela equipe de corredores Gregório Lavandoski juntamente com 6º BCOM e Pelotão Curumin.

 ABERTURA OFICIAL DA SEMANA DA PÁTRIA/2017

Data: 01/09/17
Horário: 9 horas
Local: Prefeitura Municipal

 SESSÕES CÍVICAS

  • 01/09/2016 – Abertura oficial: 9 horas
  • 07/09/2016 – Encerramento: após o Desfile
  • Demais – Hasteamento das Bandeiras: 8h30min

                 – Arriamento: 16h30min

 DESFILE CÍVICO

  • Desfile: 07/09/2017 – Quinta-feira
  • Local:Via Del Vino (Marechal Floriano/ Marechal Deodoro)
  • Somente escoteiros, escolas e militares – marcha e perfilamento das bandeiras.
  • Concentração: 8h30min.
  • Revista às tropas: 8h45min.

 Desfile: 9 horas.

 O desfile obedecerá à seguinte ordem:

1º -Brigadas;

2º -Escoteiros;

3º -Escolas Municipais, Estaduais e Particulares sem banda;

4º -Escolas Municipais, Estaduais e Particulares com banda;

5º -6º BCOM.

  • Dispersão: Rua Assis Brasil/ Rua Humaitá/ Rua Gomes Carneiro.

 ENCERRAMENTO OFICIAL DA SEMANA DA PÁTRIA/2017

Data: 07/09/17
Horário: após o término do Desfile
Local: Prefeitura Municipal

Foto: Marco Carraro

Fenachamp: novo pavilhão será construído após término da festa deste ano

Festa também recebe novidades e melhorias para a edição 2017

Acesso Fenachamp dia - ReproduçãoCom recursos do Ministério do Turismo de cerca de R$ 1,2 milhão e contrapartida do município, as obras para a construção do novo pavilhão do Parque da Fenachamp devem iniciar neste ano, após a conclusão do evento. O novo espaço de 800 m² permitirá melhorias para a circulação do público, como o recuo do palco.

Já para a Fenachamp 2017, o Parque recebe melhorias, como nova localização definitiva determinada para a Praça Loureiro da Silva, a Piccola Garibaldi já foi removida dos pavilhões. A área até então ocupada pela cidade em miniatura teve o piso adaptado para dar espaço às vinícolas que participarão da festa.

No lado externo, os espaços localizados à esquerda da entrada principal ao pavilhão foram removidos. O piso está sendo preparado para a instalação de toldos, onde haverá comercialização de produtos. É neste espaço que será construído o novo pavilhão, após a conclusão desta edição da festa.

Um letreiro da Fenachamp será instalado próximo à concha acústica, para que as pessoas possam fazer seus registros na festa. Também com a ideia de oferecer um espaço para fotografias, o trevo de acesso receberá duas taças, instaladas junto à garrafa, além de um pequeno deque, com direito a iluminação e ajardinamento. Mais próximo do evento, ainda haverá limpeza e pintura nos pavilhões, além de ajustes para o estacionamento.

LEIA TAMBÉM: Primeiro Cicloturismo de Garibaldi ocorrerá durante a Fenachamp 2017

 Fotos: Divulgação/Priscila Pilletti

Orquestra de Garibaldi promove concertos em escolas do município

 

Concerto Didático na escola Pedro Cattani Créditos Alexandra Ungaratto (1)A Orquestra Municipal de Garibaldi e o Centro Cultural e Artístico (Cecar), por meio da Prefeitura Municipal/Secretaria de Turismo e Cultura, promovem a série Concertos Didáticos – Temporada 2017. Buscando maior proximidade com o público, a Orquestra apresentou e ainda apresentará a série nas escolas do município.

O repertório apresentado pela OMG é composto por clássicos do Jazz, temas de filme e canções populares.

Concerto Didático na escola Pedro Cattani Créditos Alexandra Ungaratto (5)As escolas contempladas neste ano são: EMEF Pedro Cattani, EMEF Madre Felicidade, EEEF Armando Peterlongo, EEEF Santa Mônica e EEEM Dante Grossi.

O Concerto Didático tem como finalidade mostrar aos alunos o funcionamento da Orquestra, apresentar os instrumentos que a integram e de que forma se relacionam para a execução das músicas.

A Orquestra Municipal de Garibaldi é mantida por meio de convênio com a Prefeitura Municipal de Garibaldi, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura e Centro Cultural e Artístico (Cecar).

Mais informações pelo e-mail: orquestradegaribaldi@gmail.com ou pela página da Orquestra no Facebook: facebook.com/orquestradegaribaldi.

Fotos: Alexandra Ungaratto

Guilherme Mecca: Videoclipe de cantor de Carlos Barbosa com mais de 200 mil visualizações

Por Natália Zucchi

Com mais de 200 mil visualizações no Facebook, o videoclipe da música “Celular Desligado” é o primeiro gravado pelo jovem músico Guilherme Mecca, 20 anos, de Carlos Barbosa. Lançado no último dia 12 de junho, Dia dos Namorados, o vídeo foi produzido pela Âncora Produções, de Bento Gonçalves, em parceria da agência DIME de Garibaldi. Mais um single, “A Minha Metade”, terá lançamento nos próximos meses. As músicas fazem parte do álbum Amor Entrelinhas, com canções românticas, previsto para ser lançado até o final deste ano, de forma independente. Após o lançamento, estará disponível em plataforma digitais. Para um futuro próximo, Mecca tem o projeto de gravar um DVD.

Guilherme meccaO disco terá doze músicas. Entre elas, dez composições próprias do cantor e outras duas de Eliseu Rosa, professor de voz de Mecca. “Eu procuro fazer música como arte, diferente do que hoje toca no mercado. É preciso resgatar o romantismo e não falar só de farra. Como o segmento é diferente, meu trabalho pode acabar abrindo o mercado para outros artistas também”, ressalta. A faixa “Celular Desligado” já está tocando nas rádios da região da Serra Gaúcha.

“Falar de amor sempre vai ser preciso”

Guilherme Tonin Mecca, natural de Erechim, acadêmico de Engenharia Civil da Unisinos, desde cedo demostrou tendência para a música, começando a estudar violão ainda criança. Sua primeira atuação como vocalista foi na banda de rock Master Fuse, junto a colegas de escola. A banda, que iniciou em 2011, durou até 2014, ano em que concluíram o ensino médio. Em 2016, Mecca cantou durante seis meses em um grupo de pagode, antes de investir na música sertaneja. Mecca abriu os shows de Gustavo Lima, em 2015 e Armandinho em 2016, ocorridos no município de Carlos Barbosa.

LEIA TAMBÉM: Nova geração de bandas autorais de rock and roll em Bento Gonçalves

Entre as principais influências de cantor, o músico Luan Santana. Com uma mistura de diferentes ritmos, o sertanejo pop de Guilherme Mecca também têm influências do universitário. A sonoridade do álbum traz músicas ao ritmo de reggae, outras com pegada eletrônica e distorção de guitarras, além do batidão sertanejo. “Nesse projeto, misturei todas as influências que já tive desde o início do meu contato com a música”, explica. As composições partem das experiências pessoais de Mecca e também de histórias reais em que o músico se colocou como ator. “Falar de amor sempre vai ser preciso. É uma mensagem cliché, mas cantar sobre sentimento parece ser cada mais necessário. As pessoas precisam expressar o que sentem. Quando eu componho, penso muito nisso”, revela.

 Foto: Igor Guedes

Rock Girls: noite de shows no Ferrovia Live terá bandas com vocais femininos

ROCK FIRELS

No próximo sábado, 19 de agosto, o palco do pub Ferrovia Live em Bento Gonçalves receberá três bandas de rock com vocais femininos. A Madalena Rock Band, Rainha de Espadas e Os Pelicanos estarão tocando a partir das 23 horas. Para a noite, o pub oferece uma taça de espumante cortesia para as primeiras 50 mulheres. Os ingressos custam R$ 15 antecipados com as bandas e R$ 20 no local.

Sobre as bandas

A Madalena Rock Band surgiu em 2014. Seu som transita entre os clássicos do rock passando por Tina Turner, Alanis Morissete, Sheryl Crowe, Janis Joplin, Roxette entre outros. Já a Rainha de Espadas surgiu no mês de fevereiro de 2015. Além dos covers de bandas de hard rock e de blues, a banda toca suas músicas autorais. Os Pelicanos, banda formada em 2016, também conta com um repertório de músicas autorais, além de covers.

LEIA TAMBÉM :::: A Rainha de Espadas foi uma das bandas entrevistas na reportagem “Nova geração de bandas autorais de rock and roll em Bento Gonçalves”, publicada na edição de agosto do Jornal Integração da Serra

RELEMBRE: Os Pelicanos à moda Antiga – matéria publicada na edição de julho do Jornal Integração da Serra. 

Maiores informações: 54 99157 6566

Fotos: Ana Paula Omizzolo

 

 

Primeiro Cicloturismo de Garibaldi ocorrerá durante a Fenachamp 2017

Projeto se tornará rota turística em 2018

Cicloturismo (2)

As paisagens acidentadas de Garibaldi serão foco de uma atividade diferenciada no dia 14 de outubro. Em meio a parreirais, estradas de chão, e paisagens típicas da serra, o evento chamado de Cicloturismo Fenachamp promete encantar ciclistas e visitantes que fazem da bicicleta um modo de desbravar lugares e culturas. A ideia é transformar o projeto em uma rota turística no próximo ano.

O convite é aberto à comunidade e visitantes. A recepção será às 13h, com saída às 13h30min no Ginásio Municipal de Garibaldi. Haverá a opção de dois trajetos. Um com dificuldade média, em um trajeto de 30km, e outro com altimetria elevada e trilha de 60km.

As inscrições deverão ser realizadas pelo site Sprinta e o valor será de R$ 30. Quem comprar antecipadamente ganha um ingresso para a Fenachamp. Na hora, não haverá o benefício. Todo o equipamento de segurança é de responsabilidade do participante e será exigido para a realização dos trajetos.

O secretário de Turismo e Cultura, Paulo Salvi, salienta que o Poder Público precisa estar atento às tendências e há algum tempo a Secretaria vem alimentando esta possibilidade. “Queremos transformar a nossa cidade em mais um destino da prática deste esporte saudável e que propicia belíssimas paisagens passando pelos roteiros enoturísticos”, defende.

Além da atração de lazer, o objetivo é debater formas de incentivar e viabilizar o uso da bicicleta, pensando em ações permanentes no Município. A realização do evento é da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura e Secretaria de Esportes e Lazer, da Fenachamp e da Agaci.

Fotos: Divulgação

Nova geração de bandas autorais de rock and roll em Bento Gonçalves

Por: Natália Zucchi

Rua coberta muda cenário cultural de Bento

ruacoberta3A Rua Coberta, inaugurada no dia 19 de junho de 2016, está fazendo a diferença no cenário cultural de Bento Gonçalves. A estrutura, de 53 metros de extensão, com cobertura metálica, situada na rua Rolando Gudde, anexo a Fundação Casa das Artes, tem sediado atividades como shows, apresentações de danças e exposições, entre outras. O projeto foi financiado pelo Ministério do Turismo, mais contrapartida do município.

Nos últimos dias 15 e 16 de julho, o espaço foi palco do Celebra Rock Bento. O gênero rock and roll sempre foi persistente no município. Tanto é que bandas autorais como a Edzul e A Elétrica Tribo, da década de 80, voltaram a ativa e também já passaram pela Rua Coberta. Além disso, há várias bandas autorais de rock and roll em Bento Gonçalves que estão conquistando o Estado, como a Elixir e a Jogo Sujo. A nova geração também está bem representada por bandas como Evilcult, Black at Blues, Jovem Ainda, Verun, Random Skies, Still Crazy e Rainha de Espadas, destacadas nesta edição “porque todo o dia é dia de rock”.

Nova geração de bandas autorais de rock and roll em Bento Gonçalves

Evilcult  

EvilcultA banda é formada por Lucas From Hell, nome artístico de Lucas Henrique Bittencourt de Souza, na guitarra e vocal, mais baixo nas gravações e Mateus Paganin Scussel na bateria. Para cada show, a banda convida um baixista. No momento, quem tem assumido o baixo nos shows é Lucas Carbonera, baixista da banda bento-gonçalvense Lemarchand. A Evilcult iniciou suas atividades em janeiro deste ano, a partir da iniciativa de Lucas e Mateus, que já tocavam juntos na banda de black metal Metzger. ”Eu já tinha em mente criar uma banda nova desde 2016, que inicialmente seria um projeto solo apenas meu. Mas, por não saber tocar bateria, fui prorrogando a ideia, até o Mateus assumir as baquetas”, conta From Hell.

20645928_1600482656711312_255943178_nNo último dia 06 de agosto, a banda gravou seu o primeiro EP, intitulado Evil Forces Command. O disco conta com quatro músicas autorais: “Under The Sign Of Death”“Bringer Of Evil”, “Possessed”, “Evil Metal” e uma cover da banda alemã Cruel Force, com a faixa “Victim Of Hellfire’’, que serão mixadas pelo produtor Matheus Carrer.

Segundo ele, as maiores influências são bandas da primeira onda do Black Metal dos anos 80, como Venom, Hellhammer, Bathory, DestructionSodom e Sarcófago. Com shows que misturam covers e as canções autorais da banda, o estilo da Evilcult flerta com os subgêneros do metal, Speed Metal, Black Metal e Thrash Metal. As letras são compostas por From Hell. Com temas característicos ao black metal, elas falam sobre demônios e possessões, males do mundo, culto ao metal, filmes de terror e anticristianismo. “Mas não somos satanistas. É algo mais para chocar, uma afronta ao conservadorismo e às religiões em geral”, esclarece.

Trabalho artístico de Lucas From Hell

slayersodomFrom Hell, acadêmico de Design da UCS, criou o logotipo da banda e também é responsável pela criação e produção da capa do EP que está sendo gravado nesse início de agosto. A imagem foi pintada à mão, com tinta acrílica em tela, nos moldes das capas dos álbuns lançados nos anos 80. Além disso, ele cria logotipos para outras bandas e customiza suas próprias jaquetas com imagens que cria.

Errata: Na edição impressa, divulgamos que a banda se apresentaria na Rua Coberta, durante o Metal Sul Festival, evento que ocorrerá no próximo dia 15 de setembro. Porém, o Festival contará somente com bandas da região metropolitana do estado. 

Siga a Evilcult no Facebook clicando aqui

Black At Blues

black at blues bandas autoraisA banda, formada no final de 2010, em Bento Gonçalves, atualmente tem José Corrêa no vocal e harmônica, André Silveira no baixo e Jonatan da Silva na bateria e voz. Atualmente, a Black At Blues está selecionando guitarrista. O primeiro disco Naftalina e Canela, lançado em outubro de 2015 pelo Fundo Municipal de Cultura, foi produzido de forma independente. Na época, a banda ainda contava com o guitarrista Felipe Giovanella. As composições e preparativos iniciaram ainda em 2012 e resultaram em dez faixas autorais, com oito em português e duas em inglês. Elas são compostas por Corrêa com arranjos da banda. O disco foi gravado em Bento Gonçalves, no Estudio Cosmic Music, com o produtor Matheus Carrer.

Capa CDOs shows da Black at Blues são regados com um bom percentual de músicas autorais e também com covers. Os clássicos de bandas como ZZ TOP, Celso Blues Boy, Fernando Noronha, Eric Clapton, BB King, Dire Straits, John Lee Hooker, Joe Cocker, Grand Funk, Chuck Berry, Santana e S R V são personalizados pela banda. Músicas do primeiro disco, como os títulos “Naftalina e Canela” e “Cartas Marcadas” estão sempre no setlist do grupo. Incluem também a nova música de trabalho “Então me Diz”, faixa que fará parte no novo disco, intitulado Lobo em Pele de Cordeiro, ainda sem data de lançamento. O projeto está em fase inicial e contará com mais faixas que o anterior, adianta o vocalista.

Siga a Black At Blues no Facebook clicando aqui

Jovem Ainda

jovem ainda ( crédito da foto André Pellizzari Fotografia )A banda é formada por Darlan Duarte no vocal e guitarra, Fábio Coser no baixo, Renato Berselli na bateria, e Mateus Bundchen no teclado. Fábio, Renato e Mateus também são backing vocals. No final de 2013, Fábio Coser e Renato Berselli fundaram a banda. Com influências de artistas, principalmente, dos anos 70 e 80, a banda toca covers de Toto, John Mellencamp, Queen, Huey Lewis & The NewsStatus Quo e Dire Straits. Seu nome “Jovem Ainda” faz homenagem ao seriado muito amado pelos seus membros, O Chaves. As músicas autorais passaram a ser produzidas em 2016. Ele adianta que a Jovem Ainda pretende lançar um EP com cerca de cinco músicas autorais, compostas entre o pop e o rock n’ roll. As composições partem principalmente do vocalista Darlan e as letras do baterista Renato. “A ideia é que o teclado sempre seja o carro chefe, em primeiro plano na nossa música. Também nos preocupamos em criar canções próprias que se assimilem com nosso repertório de covers”, explica Coser.

A Jovem Ainda lançou seu primeiro videoclipe com a música “Faço Tudo pelo Rock n’ Roll”, no dia 09 de julho deste ano. “Ficou a cara da banda: simples, objetivo e engraçado. Preferimos lançar uma música por vez. Acho que a exposição é maior e melhor do que se lançássemos um álbum inteiro”, ressalta. O vídeo foi produzido pela própria banda e pelo amigo do músicos e produtor, Mateus Folleto. Inspirado nos vídeoclipes da banda Foo Fighters, o vídeo foi gravado em ruas de bairros de Bento Gonçalves. Também foram gravadas cenas internas em um apartamento no bairro Cidade Alta e na cervejaria Primo Octavio, no bairro Botafogo.

Siga a Jovem Ainda no Facebook clicando aqui

Clique aqui e assista ao Videoclipe “Faço Tudo pelo Rock n’ Roll” 

Random Skies

random skies2A banda é formada por Dalvan Lucas nos vocal, Vagner Stello na guitarra, Vitor Hugo Toffoli no baixo e Guilherme Machado na bateria. A Random Skies começou em 2012 tocaram somente covers de bandas como Wolfmother, Arctic Monkeys, Red Hot Chilli Peppers, variando entre rock alternativo e o clássico. Após reformular o repertório, entraram covers de vertentes do metal, como heavy metal, metal gótico e doom metal, de bandas como Anathema, Iron Maiden, Velvelt Revolver, Megadeth, Type-o Negative e Helloween. As canções próprias surgiram após mudanças na formação da banda.

A Random Skies toca quatro músicas autorais: “Fuck Yeah”, “Vicious Cicle”, “Murder” e a instrumental “Singing of the Whales”. As letras foram compostas por todos integrantes, contando com alguns que já saíram da banda. Para o futuro, com mais estabilidade na formação, Stello garante que novo material autoral será composto, podendo gerar um primeiro disco.

Siga a Random Skies no Facebook clicando aqui

Rainha de Espadas

Rainha de EspadasA banda é formada por Quellin Parisotto nos vocais, acompanhada por Marco Zattera na guitarra base, Andre Fiorini na guitarra solo, Jonatan Dorigon no baixo e Juliano Alex Monteiro na baterista. O nome Rainha de Espadas surgiu a partir de um ás de espadas tatuado no antebraço da vocalista. A banda deu início às atividades em fevereiro de 2015. “Assanhada”, “Vem”, “Toca uma pra mim” e “Lábios Mentirosos” são as quatro músicas autorais gravadas e disponíveis no Spotify ou para download no site da banda. Ainda no último mês de julho, a Rainha de Espadas iniciou a gravação de seu primeiro disco, com cerca de dez músicas autorais. O lançamento está previsto ainda para o final de 2017. A banda também está planejando um canal no Youtube para mostrar os bastidores dos ensaios e shows e as dificuldades em ser uma banda independente.

Como cada integrante da banda têm suas próprias influências, o som autoral da Rainha de Espadas é uma mescla de blues e hard rock, inspirado fortemente no som nas letras da banda paulista Velhas Virgens. “É um pouco menos ácido e escrachado”, ressalta Quellin Parisotto. As letras são compostas pela vocalista e trabalhadas em conjunto com a banda. “As bandas da região vêm se unindo cada vez mais em prol da cena e isso é maravilhoso. Com essa união todos só têm a ganhar”, destaca.

Siga a Rainha de Espadas no Facebook clicando aqui

Verun

VerumA banda é formada pelo vocalista Júlio César Pavoni, pelos guitarristas Leandro Seben Colle e Rodrigo Galvagni, pelo baterista Anderson Dall´Agnol e pelo baixista Vitor Hugo Toffoli. Fundada em 2014, a Verun recebe influências do rock dos anos 90 e 2000, misturando grunge, rock alternativo e metal. Sem se apegar a um único estilo, procura trazer canções diferentes das tocadas nos setlists de outras bandas da região, com covers de Audioslave, Alice in Chains, Foo Fighters e Pearl Jam. O nome Verun vem de uma adaptação do latim “Verum”, que significa “verdade”. No logotipo, a letra “V” é uma adaptação do hieróglifo da deusa egípcia Maat, que representa verdade, justiça e retidão.

A banda possui nove músicas autorais, com suas demos gravadas. Por enquanto, apenas quatro delas são tocadas nos shows: “A Cruz e
a Espada”, “Ninguém é Perfeito”, “Eu não sei dizer não” e “Deja Vu”. As composições são feitas por todos os membros da banda, que pretende fazer um projeto em breve para lançar o disco de forma independente, através do Fundo Municipal de Cultura.

Siga a Verun no Facebook clicando aqui

Still Crazy

Still CrazyA banda é formada por Dalvan Lucas no vocal, André Silveira no baixo, Henrique Machado na guitarra e backing vocal, Rodrigo Galvagni na guitarra e backing vocal e Guilherme Machado na bateria. Inspirados pelo cinema, o nome da banda vem de um filme homônimo, lançado em 1998, com a história de uma banda de rock.

A Still Crazy começou em junho de 2015, com influências de bandas de Hard Rock e Heavy Metal, como AC/DC, KISS, Deep Purpple, Metallica, Black Sabbath, que também fazem parte dos covers tocados pela banda. Por enquanto, a banda tem quatro músicas autorais, compostas por todos os integrantes. Eles estão trabalhando em uma quinta música, título do álbum que será produzido e finalizado em 2018. No mesmo ano, a Still Crazy pretende produzir um segundo álbum com novas músicas autorais.

 Siga a Still Crazy no Facebook clicando aqui

Metal Sul Festival

Nos meses de agosto e setembro, Caxias do Sul e Bento Gonçalves vão receber o Metal Sul Festival, evento gratuito destinados aos amantes de metal e suas ramificações. A programação reúne bandas do gênero vindas da região metropolitana do estado.  O Festival inicia em Caxias, nos dias 18 e 19 de agosto, no Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho. Haverá apresentações musicais, palestras, mostra de clipes e bate-papos sobre a cena Metal gaúcha. Já em Bento, o Metal Sul Festival ocorre nos dias 15 e 16 de setembro, na Rua Coberta. Além dos shows, palestras, bate-papos e exposições, a programação encerra com a Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo, junto aos vocalistas Izmália e Sandro Seixas, interpretando clássicos do Rock/Metal mundial.

O Metal Sul Festival é o primeiro festival de Heavy Metal a receber incentivo público, através de edital da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul. O projeto é uma realização da Kunst Empresa de Cultura, financiado pelo PRÓ-CULTURA RS – Lei de Incentivo e Fundo de Apoio à Cultura, contemplado pelo FAC Regional, em 2016. As prefeituras de Caxias do Sul e Bento Gonçalves, também apoiam o evento através das secretarias de cultura de cada município. O evento recebe a curadoria de Maicon Leite.

De acordo com idealizadora do projeto, Cláudia Kunst, a ideia de realizar o METAL SUL FESTIVAL na serra foi pelo grande potencial existente no cenário Heavy Metal. “A Serra Gaúcha possui muitas bandas do estilo e são sinceros entusiastas. De acordo com algumas diretrizes do edital, tivemos de optar em realizar o projeto em determinadas regiões funcionais, mas não poderíamos ter atrações destas regionais se apresentando nelas. Por isto, não termos nenhuma banda de Caxias e Bento Gonçalves na programação”, explica Cláudia. Além disso, a produtora destaca que isto servirá de estímulo para continuidade do projeto em outras regiões e aí, levar as bandas destes municípios para circular pelo Estado.

CRONOGRAMA METAL SUL FESTIVAL

CAXIAS DO SUL – TEATRO ORDOVÁS SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO

Coletiva de imprensa e lançamento do projeto Metal Sul Festival
Show da banda Initiate Decay
Show da banda Leviaethan

SÁBADO, 19 DE AGOSTO

Palestra ”O Heavy Metal no Vale do Sinos”, com Luiz Carlos Peretto da Jam Sons Raros
Mostra de clipes e bate papo sobre concepção de vídeo clipe com o cineasta Ulisses da Motta
Bate papo com Maicon Leite, um dos autores do livro Tá no Sangue! – A História do Rock
Pesado Gaúcho, com convidados debatendo sobre a cena Heavy Metal no Rio Grande do Sul
Show da banda Carniça
Show da banda Losna
Show da banda Rebaelliun

BENTO GONÇALVES – RUA COBERTA E FUNDAÇÃO CASA DAS ARTES

15 DE SETEMBRO

Palestra sobre produção executiva no cenário Heavy Metal de shows nacionais e internacionais
com Ricardo Finocchiaro Bolsoni, da Abstratti Produtora
Palestra Produção Fonográfica com Frank Jorge – coordenador do curso de Produção
Fonográfica da Unisinos
Show com Bloodwork
Show com Piangers & Seixas Inc.

SÁBADO, 16 DE SETEMBRO

Roda de bate papo: “As Mulheres no cenário Heavy Metal”, com as produtoras Vandi Hard,
Nayane Bragança e Cláudia Kunst – mediação do produtor Eduardo Pisca
Desfile de telas humanas tatuadas por Rafael Giovanoli
Exposição de ilustrações de capas de discos e bate papo com o artista Marcos Miller
Show da banda Doc Jones
Show da banda A Sorrowful Dream
Show da banda Distraught
Concerto da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo com os solistas Izmália e Sandro Seixas e
o guitarrista Everton Batistel interpretando clássicos do Heavy Metal

Facebook: www.facebook.com/metalsulfestival
Instagram: https://www.instagram.com/metalsulfestival
E-mail: metalsulfestival@gmail.com

Foto Rua Coberta: Davi Da Rold
Fotos das bandas: Divulgação/Aline Bedin/ André Pellizzari

Em fase final de obras a nova sede do CIC/BG e de outras entidades empresariais

No final de novembro deste ano mudam de endereço as sedes do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC/BG), o Sindicato das Indústrias de Móveis de Bento Gonçalves (Sindmóveis) e Associação de Fabricantes de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul ((Movergs). As entidades ficarão sediadas em um complexo, situado no entorno do Parque de Eventos, de 5,2 mil metros quadrados de área construída entre quatro pavimentos que abrigarão área administrativa, salas e auditório para 700 pessoas.

O auditório o é um dos destaques da engenharia da obra – mesmo alocado no piso térreo, consegue manter amplos vãos livres, sem a interferência de pilares estruturais. Tal solução é fruto do uso de vigas de concreto protendido, extremamente resistente e frequentemente utilizado em pontes e viadutos. Opção segura, permitiu manter a funcionalidade pretendida para o auditório sem qualquer comprometimento à estrutura da edificação.

O prédio, em fase final de obras, recebeu as visitas de diversos gestores que presidiram o CIC-BG em gestões anteriores, empresários e imprensa local . Acompanhados pelo atual presidente, Laudir Miguel Piccoli, o grupo visitou o espaço que até o final deste ano abrigará algumas das mais representativas associações setoriais de Bento Gonçalves. “A materialização desse sonho coletivo contribuirá de forma muito expressiva para fortalecer a união e estimular o trabalho cooperativado entre as entidades representativas da região”, ressalta Piccoli.

O prédio, em fase final de obras, recebeu a visita de diversos gestores que presidiram o CIC-BG em gestões anteriores. Acompanhados
pelo atual presidente, Laudir Miguel Piccoli, o grupo visitou o espaço que até o final deste ano abrigará algumas das mais representativas associações setoriais de Bento Gonçalves. “A materialização desse sonho coletivo contribuirá de forma muito expressiva para fortalecer a união e estimular o trabalho cooperativado entre as entidades representativas da região”, ressalta Piccoli.

Armazém das Pontas promete oportunidades de boas compras

Ação da CDL-BG ocorre dias 18, 19 e 20 de agosto no bairro São Roque com mais de 25 expositores

ArmazemSe você está à procura de boas oportunidades de compras, precisa reservar essa data na agenda: dias 18, 19 e 20 de agosto ocorre o Armazém das Pontas 2017. Promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas, o encontro é reconhecido como uma das mais atrativas pontas de estoque da região – reunindo opções de moda feminina, masculina e infantil, além de acessórios. Quem visitar encontrará lojas com mix atrativo, bom atendimento, promoções e condições diferenciadas de pagamento, entre outras vantagens.

No Salão Paroquial do bairro São Roque os consumidores poderão conferir os destaques preparados por 26 expositores: Astro Modas, Atitude Esportes, Basic Modas, Boka Pimenta, Carllize, Dall Angnol, Destake Modas, Divas Modas, Duana Malhas, Duca Modas, ES Presentes, Fuzuê, Jussara Presentes, Lã Malhas, Loja Débora, Lojas Nelcy, Lojinha Pertile, Maria-Mariá, Meriene, Rayar Tricot, Requinte Modas, Schenatto Modas, Simone Modas, Sonho de Consumo, Thiby Modas e Ventura Modas.

Uma das novidades da nona edição do Armazém das Pontas é o horário de funcionamento estendido: das 9h às 19h nos três dias de programação, oportunizando aos clientes mais comodidade para visitar os estandes e escolher as mercadorias – uma série de diferenciais que, somados, prometem ajudar a impulsionar os bons negócios.

“O comércio de Bento Gonçalves optou por reagir diante das dificuldades e, felizmente, tem encontrado retorno positivo para seus esforços. Aqueles que investem em produtos diferenciados, atendimento qualificado e criam oportunidades certamente estão percebendo os resultados. Ao promover o Armazém das Pontas, a CDL está fomentando junto aos lojistas a chance de trabalharem para transformar, por conta própria, a conjuntura atual em um cenário favorável”, explica o presidente da entidade, Marcos Carbone.

Para auxiliar os lojistas a extraírem os melhores frutos dessa oportunidade de negócios, a CDL-BG reúne os expositores da 9ª edição do Armazém das Pontas em um encontro de qualificação no dia 15 de agosto, no próprio local do encontro, ministrado por Noeli Turcatel. Na oportunidade, eles receberão dicas para valorizar a exposição de seus produtos, dicas para apresentação dos destaques no estande e, também, para oferecer um atendimento de excelência ao público, ampliando a conversão de vendas.

Os ingressos para visitar a ponta de estoque serão comercializados no valor de R$ 2,00. Interessados em outras informações podem contatar a entidade promotora pelo fone 3455.0555.