Posts

Parceiros Voluntários quer ampliar a rede de solidariedade em Bento Gonçalves

ONG tem programas para pessoas físicas e jurídicas exercitarem sua contribuição social

 ‘Voluntariar faz mais bem para quem doa do que para quem recebe’ – a declaração convicta de Amanda Barreto Teresa Rosin (conheça a história a seguir) é a aposta da ONG Parceiros Voluntários para sensibilizar os bento-gonçalvenses a ampliarem a rede de solidariedade em favor da promoção do bem-estar social no município.

Desde o ano 2000, a entidade vem trabalhando para captar cidadãos dispostos a ajudar o próximo e promover ações com finalidade assistencial. Hoje, conta com cerca de 100 pessoas físicas e cinco empresas participantes cadastradas – números que a Parceiros Voluntários espera incrementar ao longo do ano. “O poder do voluntariado é transformador, por isso queremos engajar cada vez mais a comunidade nessa prática. O principal mito que trabalhamos para combater é a falta de tempo – é possível fazer a diferença dedicando umas poucas horas no mês, e o resultado é recompensador”, garante Angélica Somenzi, coordenadora da Parceiros Voluntários em Bento Gonçalves.

Projeto da Iva Espaço de Beleza - Crédito Exata Comunicação

Existem programas de voluntariado específicos para Pessoa Física e Pessoa Jurídica. Em ambas modalidades, os interessados escolhem as ações que irão voluntariar, priorizando aquelas que estiverem relacionadas às suas habilidades e, ao mesmo tempo, lhes proporcionam bem-estar. Quem quiser conhecer os benefícios de praticar o voluntariado no modo ‘Voluntário Pessoa Física’ pode procurar a Parceiros Voluntários e participar de uma reunião de conscientização, com apresentação do trabalho realizado pela ONG. Então, alguns cadastros são preenchidos para identificar de que forma a pessoa pode contribuir. A atividade ocupa, em medida, apenas horas semanais.

No caso do programa destinado às empresas, o objetivo é incentivar o envolvimento das corporações na transformação da realidade social. Companhias interessadas em desenvolver algum projeto social recebem, da Parceiros Voluntários, o auxílio necessário para a criação e a realização de ações comunitárias. As atividades podem ocorrer dentro ou fora da empresa, de acordo com a disponibilidade do empreendimento.

Mais informações podem ser obtidas pelo (54) 2105-1999 ou pelo e-mail [email protected], com a coordenadora da ONG, Angélica Somenzi.

Uma vida dedicada ao voluntariado

Amanda Barreto Teresa Rosin, 37 anos, pratica o voluntariado há quase duas décadas. Quando chegou a Bento Gonçalves, vinda de São Paulo, uma das primeiras ações que realizou foi procurar formas de ser útil para a sociedade. Com o apoio da Parceiros Voluntários, ingressou como voluntária no Hospital Tacchini – onde se tornou funcionária. Na instituição, Amanda visita pacientes internados em diversas alas hospitalares, especialmente hemodiálise e pediatria. “Passo nos quartos, entrego brinquedos e, claro, brinco com as crianças, ofereço uma palavra amiga e conforto aos pais. Não há preço que pague a alegria interior proporcionada por doar tempo e atenção”, enfatiza. A chegada do filho, Augusto, comprovou a importância de dedicar amor ao próximo. Quando o menino esteve internado no hospital, Amanda trocou de papel – e soube como é receber carinho em momentos de dificuldade. “Naquele instante eu entendi o retorno que meu voluntariado proporciona. Foi algo indescritível”, relata.

 Voluntária Amanda Rosin durante atividade no Hospital Tacchini - Crédito divulgação

Empresas também podem melhorar o convívio social

Seja de pequeno, médio ou grande porte, o tamanho da diferença que uma empresa pode fazer na realidade social é enorme, e condiz com a disposição de sua equipe em colaborar com quem mais necessita. Exemplo de como é possível encaixar um tempo na agenda de trabalhos para fazer o bem é o da Iva Espaço de Beleza. Dos 33 anos de atuação no mercado local, dois já são dedicados à solidariedade por meio da Parceiros. Atualmente, o salão participa do projeto ‘Curumim’ – mantido pelo 6º BCom de Bento Gonçalves e que atende meninos de baixa renda – realizando cortes de cabelo. O espaço também participa de outras ações, como dias de beleza para comunidades carentes e instituições de cunho social. “Trabalhar ao lado da Parceiros Voluntários faz valer ainda mais a pena tudo aquilo que fazemos”, reforça Iva Vivan, sócia e fundadora da empresa.

 

Parceiros Voluntários encerra agenda de ações em 2018 com balanço positivo

ONG mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves promoveu atividades solidárias ao longo do ano com parcerias locais

O ano encerra com a certeza do dever cumprido para a Parceiros Voluntários de Bento Gonçalves. Ao longo de 2018, foram mais de 50 ações realizadas em diversas frentes. “Ao olharmos em retrospecto, ficamos muito orgulhosos da mobilização tanto de empresas quanto de pessoas físicas em prol da difusão da solidariedade, expressa por meio do voluntariado. São resultados como esses que nos motivam a seguir avançando na sensibilização da comunidade”, diz a coordenadora da Parceiros Voluntários em Bento Gonçalves, Angélica Somenzi.

Para encerrar o ciclo com chave de ouro, a Jane Beauty – parceira da ONG em atividades voltadas ao voluntariado – promoveu momentos de descontração e beleza na ala oncológica do Hospital Tacchini. Ao lado de voluntárias da Parceiros caracterizadas para animar os pacientes, a maquiadora do salão de beleza, Letícia Bertochi Pasqualotto, deu dicas de embelezamento às mulheres que passam pela doença e estão em tratamento. “Ser voluntário proporciona a diferença na vida de alguém, mas muda também a sua completamente. É a maneira mais eficaz de renovar as energias. Sou muito grata por ter oportunidades assim”, comenta. Neste ano, a ONG e a Jane Beauty promoveram cinco ações, de março a novembro, na oncologia da instituição. Além de Letícia, participaram dos encontros ao longo do ano as profissionais Natalia Bettoni, Jaqueline Bortolotto, Ana Diule Goulart e Aline Feldmann.

Ações constantes no ano

Os projetos encampados pela Parceiros em 2018 tiveram reflexos positivos em diversas instituições de Bento Gonçalves e região. No início do ano, a ONG lançou uma campanha com o intuito de conscientizar a comunidade local sobre a importância do voluntariado para o bem-estar social. Na sequência, iniciativas solidárias foram se desencadeando e gerando uma corrente de amor ao próximo. Ações em entidades beneficentes, como APAE, AAPECAN e Lar do Ancião, em escolas municipais, como a Anselmo Luigi Piccoli, no bairro Cohab, e campanhas, a exemplo da arrecadação de agasalhos, permearam o ano que se encerra.

Ação da Parceiros Voluntários em parceria com Jane Beauty

Além disso, as Tribos nas Trilhas da Cidadania promovidas pela ONG agregaram mais adeptos, como as escolas municipais de Monte Belo do Sul. Também foi realizado, no CIC-BG, o encontro do Fórum Regional de Tribos Serra, para selar os projetos desenvolvidos no período anual. O evento reuniu mais de 300 jovens estudantes e as equipes da Parceiros Voluntários que desempenharam, durante todo o ano, atividades nas cidades de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Caxias do Sul, Nova Prata e Marau. O programa da ONG estabelece parcerias com escolas através de três trilhas – meio ambiente, cultura e educação para a paz –, incentivando o voluntariado juvenil.

A projeção é que 2019 mantenha a corrente voluntária reforçada neste ano e fortaleça cada vez mais o espírito solidário na comunidade bento-gonçalvense. “Muitas vezes as pessoas só precisam um pouco mais de informação para se dispor ao voluntariado, pois ajudar é da própria natureza do ser humano. Por isso seguimos com a meta de conscientizar quem está ao nosso lado para propor um ambiente social melhor a todos”, aponta a coordenadora da Parceiros Voluntários em Bento Gonçalves, Angélica Somenzi.

O que é a Parceiros Voluntários

A Parceiros Voluntários é uma ONG implantada no município há quase 20 anos. Mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), atua em uma campanha permanente para incentivar o trabalho voluntário e inspirar novas parcerias. Os interessados em participar – sejam pessoas físicas ou jurídicas – podem escolher ações que estiverem relacionadas as suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionam bem-estar. No caso das empresas, a Parceiros Voluntários tem um programa que auxilia no planejamento e execução de ações sociais em benefício da comunidade com a participação direta dos seus colaboradores. Mais informações podem ser obtidas pelo (54) 2105-1999.

Fórum celebra o voluntariado juvenil

Mais de 300 estudantes confraternizam em Bento durante o encontro Regional de Tribos Serra

Uma grande celebração em torno da cultura do voluntariado foi apresentada pela primeira vez em Bento Gonçalves, durante a edição do Fórum Regional de Tribos Serra, no Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), no dia 13 de novembro. O encontro reuniu mais de 300 jovens estudantes e as equipes da Parceiros Voluntários que desempenharam, durante todo o ano, atividades por meio do projeto Tribos nas Trilhas da Cidadania nas cidades de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Caxias do Sul, Nova Prata e Marau. O programa da ONG estabelece parcerias com escolas através de três trilhas – meio ambiente, cultura e educação para a paz –, incentivando o voluntariado juvenil.

Em meio a apresentações artísticas de música e de teatro, vídeos com as ações protagonizadas por jovens estudantes sintetizavam as atividades realizadas e, ao mesmo tempo ampliavam o gesto solidário de modo a disseminá-los para que práticas como essas sejam mais recorrentes na sociedade. “Tenho certeza  que se vocês continuarem, ao longo da vida adulta de vocês, compartilhando essa visão de cidadania que estão construindo através deste projeto maravilhoso, formarão tribos cada vez maiores em prol do voluntariado e do protagonismo social”, disse Elton Gialdi, presidente do CIC-BG, entidade mantenedora da Parceiros Voluntários em Bento Gonçalves.

parceiros voluntarios1

Neste ano, a Parceiros Voluntários tem muito a comemorar. Pela primeira vez, emplacou o projeto Tribos nas Trilhas da Cidadania com escolas fora do município. Duas instituições de ensino de Monte Belo do Sul – as escolas municipais Roman Ross e Caminhos do Aprender – passaram a ser tribeiras, somando-se a outros cinco educandários de Bento Gonçalves que também desenvolvem ações pelo projeto (Floriano Peixoto, Ângelo Chiamolera, Félix Faccenda, Anselmo Luigi Piccoli, Cecília Meireles e Professora Nilza Côvolo Kratz). “É uma satisfação ver essas crianças e pré-adolescentes empenhados em fazer a diferença, em acreditar que eles têm o poder de transformar a comunidade onde estão inseridos. E também sabemos que estamos auxiliando na formação de cidadãos mais conscientes”, avalia a coordenadora da Parceiros Voluntários em Bento, Angélica Somenzi.

parceiros voluntarios2

A programação do Fórum Regional de Tribos Serra ainda reservou um momento de descontração com Jeferson Vidal, que faz as vezes do personagem Chaves, além da entrega de um kit lanche.

Texto e Foto: Exata Comunicação

Agenda de atividades da Parceiros Voluntários marca início de outubro

Ações da ONG nos primeiros dias do mês, em parceira com seus apoiadores, promoveram conscientização para crianças e adolescentes e treinamento sobre gestão de tempo e emoções

Comprometida com a promoção de iniciativas que visem o bem-estar social, a Parceiros Voluntários de Bento Gonçalves promove de forma permanente uma agenda de ações solidárias ao lado das entidades apoiadoras dos projetos. Exemplo disso foi a atividade realizada na Associação Bento-Gonçalvense de Convivência e Apoio a Infância e Juventude (ABRAÇAÍ), no início de outubro, quando manicures do Centro Estético Jane Beauty promoveram uma oficina sobre cuidados com a higiene das unhas para mais de 120 crianças de cinco a 12 anos atendidas pela entidade no turno da manhã.

“A Parceiros sempre trabalha junto conosco e a Jane nos ajuda, inclusive nos eventos realizados por nós, como o ‘Eles na Passarela’. Isso soma muito para a entidade”, comenta a coordenadora da Abraçaí, Daiana França de Oliveira. A instituição atende 250 crianças e adolescentes no contra turno escolar. Os jovens vêm de seis escolas parceiras, de bairros que circundam a entidade: Santa Helena, Santa Marta, Fátima, Santo Antão, Botafogo e Imigrante. Todos os atendidos tem alguma questão de vulnerabilidade social.

Por meio do Programa Voluntário Pessoa Jurídica, a equipe da Jane Beauty promoveu um dia de beleza na Abraçaí. Crédito Exata Comunicação

Prestes a completar seis décadas de existência, a Abraçaí auxilia os jovens com inúmeras ações – como conscientização ambiental e para a vida, musicalização, apoio à escolarização, atendimento social e palestras e ações na entidade. Há várias formas de colaboração com a ONG: doações online – tanto espontânea quanto mensal ou trimestral, destinações de alimentos ou impostos, atuação como voluntários na promoção de ações, entre outros. Para saber mais sobre a entidade e em como auxiliar a instituição, é possível acessar o site www.abracai.com.br.

Treinamento promove reflexão

A Parceiros Voluntários também atuou como apoiadora de um evento que reuniu centenas de pessoas no Centro Empresarial de Bento Gonçalves: o treinamento gratuito em gestão do tempo e das emoções. A qualificação teve como objetivo auxiliar os participantes a otimizar o tempo durante o dia, para que as atividades que realmente valham a pena possam ser realizadas no cotidiano. Quem ministrou a palestra foi o empreendedor Lucas Calônego – criador do Método 3Ms (Meta, Método e Mentalidade). Cada participante doou 1kg de alimento não perecível. A arrecadação será destinada às entidades conveniadas à Parceiros Voluntários.

Sobre a ONG

A Parceiros Voluntários é uma ONG implantada no município há quase 20 anos. Mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), atua em uma campanha permanente para incentivar o trabalho voluntário e inspirar novas parcerias. Os interessados em participar – sejam pessoas físicas ou jurídicas – podem escolher ações que estiverem relacionadas as suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionam bem-estar. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 2105-1999.

Desafio Voluntário estimula solidariedade entre a comunidade bento-gonçalvense

Iniciativa proposta pela ONG Parceiros Voluntários, em Bento Gonçalves mantida pelo CIC-BG, convida sociedade para a realização de atividades solidárias durante o mês de agosto. A participação é aberta a todos

Comprometida em expandir a mobilização coletiva e fazer crescer o fomento ao bem comum, a Parceiros Voluntários de Bento Gonçalves convida a comunidade a participar do Desafio Voluntário 2018.

Criada para valorizar o Dia Nacional do Voluntariado – celebrado todo 28 de agosto – a campanha quer inspirar especialmente as empresas e organizações a experimentarem o exercício da cidadania. “Nosso intuito é convidar as pessoas jurídicas a descobrirem o voluntariado: como ele transforma as vidas de quem recebe a ação, mas, principalmente, engrandece quem pratica o gesto. Essa é uma ferramenta muito valiosa para motivar e engajar colaboradores à cultura da empresa, criando o hábito da responsabilidade social”, avalia a coordenadora da Parceiros Voluntários em Bento Gonçalves, Angélica Somenzi.

A participação é bastante fácil e prática: o primeiro passo é registrar até o dia 17 de agosto a sugestão de ação que a empresa pode oferecer. Essa iniciativa pode ser na área cultural, educacional, ambiental ou social em prol da comunidade.

Depois, é preciso escolher quem será beneficiado pela ação a ser desenvolvida – escolas, organizações sociais, creches, praças, hospitais, etc. Feito isso, basta colocar o trabalho em prática entre os dias 26 e 27 de agosto e publicar fotos das atividades nas redes sociais com a #DesafioVoluntárioSerraProdução. A Parceiros Voluntários de Bento Gonçalves pode ajudar quem está estreando no projeto, com dicas e orientações para facilitar a organização dos trabalhos.

O Desafio Voluntário é promovido pela Serra Produção – organização que compreende, nessa edição, os CICs de Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Nova Prata, Marau e Vacaria.

Ação IFRS Lar do Ancião - Crédito Divulgação IFRS (2)

Exemplo a ser seguido

Com ações solidárias que percorrem o ano inteiro, o Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus de Bento Gonçalves, participa frequentemente do Desafio Voluntário. Em 2017, por exemplo, a instituição promoveu um dia especial aos idosos do Lar do Ancião. No dia 25 de agosto, o Projeto COMpaixão – encampado pelo IFRS – reuniu estudantes voluntários, professores e a invernada artística do DTG Cultura Sem Fronteira para promover uma tarde de descontração com os vovôs do lar.

Na ocasião, várias partidas de bingo, apresentação de danças tradicionalistas gaúchas e um baile – com o gaiteiro Ivan Bucco – alegraram os idosos do local. “Nos sentimos muito felizes e gratos pela oportunidade de termos compartilhado momentos como esse”, comenta a coordenadora do COMpaixão, Kelen Rigo. Nesse ano, a ideia do projeto é realizar novamente a ação, integrando ainda mais voluntários em prol da causa.

O COMpaixão é um projeto de extensão do IFRS – Campus Bento Gonçalves, em conjunto com a ONG Parceiros Voluntários, articulando ensino, pesquisa e extensão, com o objetivo de promover a vivência da ética e dos valores humanos, aliada ao amor pelo voluntariado.

Sobre o ato de voluntariar

A Parceiros Voluntários é uma ONG implantada no município há quase 20 anos. Os interessados em participar – sejam pessoas físicas ou jurídicas – podem escolher ações que estiverem relacionadas às suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionam bem-estar. As ações variam conforme o interesse de cada instituição ou indivíduo. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (54) 2105-1999.

PARCEIROS VOLUNTÁRIOS: agosto inicia com ações solidárias em instituições de Bento Gonçalves

Iniciativas realizadas por meio da Parceiros Voluntários promoveram a entrega de alimentos ao Lar do Ancião, corte de cabelo a jovens do projeto Curumim e momentos de descontração no Hospital Tacchini

 O gesto solidário de multiplicar boas ações ganha cada vez mais adeptos em Bento Gonçalves. Por meio da Parceiros Voluntários, pessoas físicas e jurídicas propagam iniciativas que estimulam a solidariedade e promovem um maior bem-estar social. O mês de agosto iniciou com várias atividades alinhadas a esse compromisso de engajamento em favor do coletivo.

Os idosos do Lar do Ancião iniciaram a semana de maneira animadora: a empresa Pórtico Ambientes Corporativos promoveu a entrega de 50 kg de alimentos à entidade no dia 06. Foram quase 60 moradores beneficiados pela iniciativa – todos com idade superior a 65 anos. “Ao recebermos uma palestra dentro da empresa, que chegou de forma gratuita, surgiu a ideia de seguirmos com a promoção da gentileza. Então procuramos a Parceiros para sabermos quais eram os locais que estavam precisando de doações”, comenta a gerente da loja, Daiane Pegoraro. A ação mobilizou todos os colaboradores da empresa, que atua desde 1999 no município.

Entrega Lar do Ancião

Para o Lar do Ancião, a satisfação em receber esse auxílio é gratificante. “Isso vem a aumentar o nosso amor pela causa de atender os vovôs. Enriquece bastante o nosso trabalho”, conta Lourdes de Souza, presidente do Lar. “Plantar a semente dentro da empresa é um multiplicador”, complementa Simão Weschenfelder, coordenador da entidade.

No mesmo dia, meninos de 13 a 17 anos atendidos pelo projeto Curumim, mantido pelo 6º BCom de Bento Gonçalves, foram beneficiados com corte de cabelo oferecido pela Iva Espaço de Beleza. Cerca de 30 jovens receberam a iniciativa. Na terça-feira (07) foi a vez do Hospital Tacchini receber a corrente solidária encampada pela ONG. O Grupo de Humanização promoveu mais uma visita pelas alas da psiquiatria e oncologia da instituição. Para animar os pacientes, os músicos João Carlos Santos e Alan Cristian Prudente e as voluntárias Rozelia Vasques Ortiz e Neusa Maria Zanchetti percorreram as alas hospitalares utilizando-se da música como fator motivacional. “Nós sentimos a felicidade no olhar das pessoas. A música tem essa capacidade de transformar o dia de alguém”, comenta João. Retribuir o que a vida confere também é uma forma de agradecer pelos dons recebidos. “Como a música trouxe coisas muito boas para mim, não vejo porque não retribuir isso para quem mais necessita. Às vezes um acorde pode ser determinante para uma pessoa”, relata Alan.

Além da descontração promovida pelo grupo, lenços confeccionados por voluntários foram entregues aos pacientes em comemoração ao Dia dos Pais, celebrado no próximo final de semana.

 O que é a Parceiros Voluntários

A Parceiros Voluntários é uma ONG implantada no município há quase 20 anos. Mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), atua em uma campanha permanente para incentivar o trabalho voluntário e inspirar novas parcerias. Os interessados em participar – sejam pessoas físicas ou jurídicas – podem escolher ações que estiverem relacionadas as suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionam bem-estar. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 2105-1999.

 Fotos e texto: Divulgação/Exata Comunicação

Encontro de voluntários homenageia quem promove ações beneficentes no Hospital Tacchini

Iniciativa do Grupo de Humanização da instituição e da Parceiros Voluntários do município destacou profissionais que despendem seu tempo em prol do voluntariado

 O ato de voluntariar merece reconhecimento – especialmente para que seja cada vez mais replicado e propagado em favor da sociedade. Por esse motivo, o Grupo de Humanização do Hospital Tacchini e a Parceiros Voluntários realizaram o 1º Encontro de Voluntários. A programação ocorreu no dia 21 de julho e teve homenagem aos colaboradores que atuam no hospital desde 2015, por meio da ONG.

Mobilizados pelo tema ‘O Bem faz muito Bem para a saúde’, cerca de 20 voluntários participaram da programação, que teve atividades lúdicas, vídeos e palestras motivacionais. Muitos voluntários relataram sua experiência em servir ao próximo. Quem participa garante que o ambiente se torna mais leve, mais alegre. Assim, todos contribuem para diminuir o stress das equipes profissionais e, com a interatividade, ajudam a reduzir as dificuldades encontradas pelos pacientes durante o tratamento.

Parceiros (2)

Exemplo disso é a voluntária Ivone Ambrosi, que atua desde o início no grupo. “O que se recebe de retorno é muito grande. Só temos coisas boas para falar, pois fazer humanização é importante para todos, mas é ainda mais satisfatório para quem faz do que para quem recebe”, conta. Ivone atua na UTI, tanto na pediátrica quanto na adulta. Junto das visitas – feitas semanalmente, há a iniciativa do ‘Correio da Esperança’, onde os familiares escrevem uma carta aos pacientes e os voluntários leem próximo ao leito das pessoas hospitalizadas. “Nós somos uma ponte entre a família e o paciente”, completa.

A vice-coordenadora do Grupo de Humanização, Silvana Borsato, celebra a realização do evento. “Esse é um momento de confraternização e trocas de experiências sobre as atividades e também para homenagear as pessoas que fazem a diferença na vida de pacientes e funcionários do Hospital Tacchini”, comenta.

Sobre o Grupo de Humanização

Há 12 anos, o Grupo de Humanização do Hospital Tacchini foi criado com o objetivo de tornar o atendimento cada vez mais humano, por meio de atividades que levam esperança e alegria aos pacientes. A iniciativa surgiu após o Ministério da Saúde criar o Programa Nacional de Humanização dos Serviços de Saúde, em 2006. Na instituição, as ações acontecem nas UTI’s Neonatal e Pediátrica, na ala Pediátrica, Setor de Psiquiatria e Instituto do Câncer, envolvendo médicos e demais profissionais, tanto da área administrativa quanto assistencial e de apoio. Dessa forma, em todas as datas importantes do ano, é comum ver os colaboradores e voluntários fantasiados e interagindo com o público. Atualmente, o grupo atua sob a coordenação de Marieni Pizzatto e Silvana Borsato.

Saiba mais sobre a Parceiros Voluntários

A Parceiros Voluntários é uma ONG implantada no município há quase 18 anos, mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves. Os interessados em participar – sejam pessoas físicas ou jurídicas – podem escolher ações que estiverem relacionadas às suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionem bem-estar. As ações variam conforme o interesse de cada instituição ou indivíduo. A Parceiros intermedia seus voluntários em ações que beneficiem entidades carentes do município. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (54) 2105-1999.

Parceiros Voluntários tem agenda solidária em escolas e entidades do município

ONG apoiou, durante o mês, atividades em instituições de ensino e no Lar do Ancião

No mês de junho, diversas ações articuladas pela Parceiros Voluntários de Bento Gonçalves ocorreram em instituições de ensino e entidades do município, com o apoio de empresas e profissionais engajados na causa.

Nas escolas bento-gonçalvenses, as atividades seguiram a agenda do programa ‘Tribos nas Trilhas da Cidadania’ – projeto desenvolvido por jovens e crianças que busca estimular e desenvolver a cultura do voluntariado.Os resultados da iniciativa aparecem em promoções como a realizada na Escola Municipal Ensino Fundamental Professor Felix Faccenda: em comemoração ao Dia do Meio Ambiente (lembrado em cinco de junho), os alunos das turmas de 3º ano distribuíram um informativo sobre os cuidados com a água – confeccionado com papel reciclado artesanal e produzido pelos próprios estudantes da educação infantil. Também houve o lançamento do projeto ‘Mão Amiga – Abrace Uma Causa’, que visa a arrecadar tampinhas plásticas, posteriormente doadas a entidades assistenciais. A meta é que as organizações utilizem os recursos para a aquisição de materiais necessários ao tratamento de seus pacientes.

Ação na Escola Felix Faccenda 1

Outro exemplo de engajamento social – esse envolvendo o setor privado – foi a ação realizada no Lar do Ancião, na quarta-feira,27. Por meio do programa ‘Voluntário Pessoa Jurídica’, massagistas do salão Jane Beauty proporcionaram momentos de descontração e relaxamento à, aproximadamente, 15 moradores da casa de repouso. “O resultado foi excelente. A experiência foi de muita valia para ambas as partes: os idosos relataram a satisfação por receber o serviço e os profissionais aprenderam com toda a vivência deles”, comenta a fisioterapeuta do Lar do Ancião, Thais Dendena. Foi a primeira vez desse tipo de iniciativa na entidade.

 Ação na Escola Felix Faccenda 2

Doações ao Lar do Ancião

O Lar do Ancião é uma organização que existe desde 1981 em Bento Gonçalves. São cerca de 60 idosos residentes no local. O lar oferece serviços como assistência social, enfermagem, fisioterapia e atendimento psicológico com uma equipe de mais de 30 funcionários. Para a manutenção das facilidades, o apoio da comunidade é fundamental. As maiores necessidades são doações em dinheiro, produtos de limpeza, de higiene, fraldas geriátricas e itens de alimentação em geral. Para saber como contribuir com a entidade, é possível acessar o sitewww.lardoanciaogb.com.br.

O que é a Parceiros Voluntários

A Parceiros Voluntários é uma ONG implantada no município há quase 20 anos. Mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), atua em uma campanha permanente para incentivar o trabalho voluntário e inspirar novas parcerias. Os interessados em participar – sejam pessoas físicas ou jurídicas – podem escolher ações que estiverem relacionadas as suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionam bem-estar. No caso das empresas, a Parceiros Voluntários tem um programa que auxilia no planejamento e execução de ações sociais em benefício da comunidade com a participação direta dos seus colaboradores. As ações variam conforme o interesse de cada instituição: voluntariado individual, reforma de espaços, bingo com idosos, piquenique com crianças, captação de materiais para entidades e caminhadas por causas sociais são alguns dos exemplos. Mais informações podem ser obtidas pelo (54) 2105-1999.

Crédito das fotos: divulgação Parceiros Voluntários

Ação solidária proporciona momentos de reflexão na AAPECAN

Iniciativa da Parceiros Voluntários, com o apoio dos projetos Encanto mulher e COMpaixão, promoveu bate-papo com mulheres acometidas pelo câncer. Brindes foram distribuídos ao grupo

Momentos de acolhida e reflexão fazem a diferença na rotina de pessoas que passam por dificuldades na vida, especialmente por causa de doenças, como o câncer. Com esse intuito, a Parceiros Voluntários promoveu uma ação na AAPECAN – Associação de Apoio a Pessoas com Câncer, no último 25 de maio. A iniciativa teve realização do Projeto COMpaixão, coordenado pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul de Bento Gonçalves, e do projeto Encanto Mulher, da voluntária Michele Zanella. A ação foi em homenagem ao Dia das Mães, comemorado em maio.

Um grupo de quase 20 pessoas teve a oportunidade de acompanhar a conversa com Michele, que abordou a importância da autoestima, principalmente para as mulheres com algum tipo de câncer. “Nós temos que nos amar do jeito que somos. Olhar no espelho pela manhã e gostar do que está lá, de frente para nós. E isso é importante para mostrar a força que a mulher tem na sociedade”, considera.

_DSC0051

Além do bate-papo, alunas do 1º ano do ensino médio do IFRS embalaram a tarde com músicas ao longo da atividade. Em paralelo, foram distribuídos batons, oferecidos pela Parceiros e pelo Encanto Mulher, e plantinhas, do tipo suculentas, produzidas pelos alunos participantes do projeto COMpaixão. A iniciativa também ofertou pulseiras de pérolas, feita pelas alunas do IFRS, e sachês perfumados confeccionados pela voluntária Lenir Nunes de Freitas.

A psicóloga da AAPECAN, Scheila Romagna, confirma a relevância desse tipo de ação para as mulheres que passam por situações complicadas na vida. “Nós vemos o brilho no olhar de cada uma delas. Uma palavra acolhedora e incentivadora pode fazer toda a diferença no dia a dia, por mais simples que seja”, comenta.

_DSC0036

Sobre a AAPECAN

A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer de Bento Gonçalves nasceu em março de 2006. A entidade oferece oficinas, palestras e grupos de apoio para a comunidade no geral, mas com foco em pessoas que possuem algum tipo de câncer. Também são ofertados medicamentos, cestas básicas e outros mantimentos para quem necessita. Para isso, é necessário estar cadastrado na associação com a comprovação de documento. Para realizar o cadastro na AAPECAN, é necessário agendar horário com a assistente social da entidade, portando a documentação necessária. Mais informações, sobre o cadastro e também sobre como doar, podem ser obtidas pelo fone (54) 3055-9400.

Sobre o voluntariado

O projeto COMpaixão existe desde 2016 e realiza diversas ações ao longo do ano. A iniciativa agrega alunos de todos os cursos do Campus do Instituto Federal de Bento Gonçalves. Para mais informações, é possível entrar em contato com a Coordenadoria de Apoio ao Educando do IFRS pelo fone 3455-3200 ou pela página do projeto no Facebook. Já o projeto Encanto Mulher existe desde 2017, a partir de uma iniciativa própria de Michele Zanella.

LEIA TAMBÉM: Junho Vermelho começa em todo Brasil

A Parceiros Voluntários, no município mantida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, oferece modalidades de participação para pessoas físicas ou jurídicas – que podem escolher ações relacionadas às suas habilidades e que, ao mesmo tempo, proporcionam bem-estar. As ações variam conforme o interesse de cada instituição ou indivíduo: voluntariado individual, reforma de espaços, bingo com idosos, piquenique com crianças, captação de materiais para entidades e caminhadas por causas sociais são alguns dos exemplos. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (54) 2105-1999.

Crédito das imagens: Exata Comunicação

Projeto Tribos, da Parceiros Voluntários, conscientiza sobre o reflorestamento

Com a premissa de ajudar a sociedade a seguir o caminho das boas iniciativas, a Parceiros Voluntários, por meio do programa “Tribos nas Trilhas da Cidadania”, promoveu uma ação de conscientização para reflorestamento de árvores frutíferas com alunos da escola Félix Faccenda. Estudantes e professores da instituição passaram nas casas do bairro Municipal, em Bento Gonçalves, para conscientizar os moradores sobre a importância de plantar árvores no dia 04 de maio.

Sem esquecer de avisar que se deve plantar as mudas em locais permitidos, de fácil acesso e longe de fios da rede elétrica, o grupo percorreu o bairro propagando os cuidados necessários com o meio ambiente. “Hoje eles serão os semeadores da causa”, aponta Angélica Somenzi, coordenadora da Parceiros Voluntários do CIC-BG.

Projeto Tribos, da Parceiros Voluntários, conscientiza a população sobre o reflorestamento (1)

A professora de educação infantil e ensino fundamental da escola, Alcione Custódio Farias, comenta que a ideia surgiu a partir de um livro trabalhado em sala de aula, chamado “Presente especial”, que aborda a questão do descarte indevido do lixo e o aproveitamento para o plantio. “Diante disso, a escola teve a ideia de realizar o projeto, no qual os alunos plantaram mudinhas dentro de recipientes e entregaram para a população. Aliado a isso, foi incentivado uma conversa que explicasse o dever de cada um de cuidar do meio ambiente, não jogando lixo nas ruas e nos rios”, conta a professora.

Projeto Tribos, da Parceiros Voluntários, conscientiza a população sobre o reflorestamento (2)

Sobre a iniciativa

O projeto “Tribos nas Trilhas da Cidadania” é uma mobilização para jovens que busca estimular e desenvolver a cultura do voluntariado no Rio Grande do Sul. A iniciativa é destinada a alunos das escolas de Ensino Fundamental e/ou Médio do estado. Também podem participar familiares e membros da comunidade onde as escolas estão inseridas. Após a formação da tribo, o grupo escolhe uma das trilhas existentes no projeto – Meio Ambiente, Cultura e Educação para a Paz – e realiza, no mínimo, quatro ações voluntárias em suas comunidades. A iniciativa faz parte dos programas da Parceiros Voluntários estadual, ou seja, está também dentro das ações do CIC-BG. Para mais informações, é possível entrar em contato com a Parceiros BG pelo fone 2105.1999.

LEIA TAMBÉM: Vem Pra Rua defende corte de impostos e custo menor do Estado

 Crédito das imagens: Exata Comunicação