Posts

Fundaparque investe em captação de eventos para movimentar Bento Gonçalves

Com diversas melhorias estruturais, meta é encerrar 2018 com mais de 30 eventos realizados

Palco de grandes eventos de negócios, cultura e comemorações, a Fundação Parque de Eventos e Desenvolvimento de Bento Gonçalves (Fundaparque) planeja atrair cada vez mais eventos à Capital do Vinho. Para isso, a equipe aposta em melhorias estruturais e na articulação com entidades, parceiros e empresas da região ligadas ao turismo.

Entre os ajustes já realizados no parque, estão a aprovação do PPCI permanente, novas soluções para o fornecimento de energia elétrica – representando economia para os promotores de eventos –, melhorias na iluminação externa e nas sinalizações de trânsito horizontal e vertical. “Esses investimentos, entre outros que foram feitos, tornam o espaço bem mais moderno e qualificado. Como reflexo, até agora a agenda deste ano soma 26 eventos de diversos tipos confirmados. Nossa meta é encerrar 2018 tendo abrigado 33 eventos”, ressalta o presidente da Fundaparque, Silvio Sandrin.

As prioridades elencadas para este ano contemplam a reestruturação dos espaços locados dentro do parque, como novas salas para entidades locais e novos parceiros; instalação de elevador para o espaço onde será instalado o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin); captação de novas receitas e conhecer novas possibilidades de eventos para o município com base em visitas estratégicas.

Parque de Eventos

“Os principais desafios, hoje, são evoluir na criação de novas formas de redução de custos operacionais para quem organiza os eventos e investir em ações promocionais e visitas direcionadas aos polos de referência no segmento, como Porto Alegre, Florianópolis Curitiba e São Paulo. Além disso, buscamos ampliar o trabalho em rede com o Bento Convention Bureau e os departamentos comerciais dos hotéis de Bento Gonçalves e região”, pontua o vice-presidente da Fundaparque, Gilberto Durante.

Sobre a Fundaparque

O Parque de Eventos de Bento Gonçalves possui estrutura preparada para abrigar variados eventos, dispondo de 322.566 m² de área territorial, sendo um dos maiores espaços cobertos e climatizados para eventos da América Latina (58.000 m²). A estrutura reúne torre de telefonia, internet, cobertura Wireless, heliponto, reservatórios de água próprios, estacionamento asfaltado para 2.500 automóveis, entre outras vantagens.

Os pavilhões recebem grandes eventos nacionais e internacionais. No primeiro semestre de 2018, figuram Movelsul Brasil, Feira de Carros Adaptados, Rodada de Negócios do Bento Convention Bureau, show da banda Maneva, Fiema Brasil, Envase Brasil, Festival da Cerveja Gaúcha, ExpoBento e Transposul.

Conselho Superior da Fundaparque com nova composição

 

FundaparqueA nova nominata do Conselho Superior da Fundaparque, que administra o Parque de Eventos, foi empossada no noite de ontem (14) em ato solene na sede do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, para um mandato de dois anos.   Os pavilhões do Parque de Evento tem sediado  tanto  feiras de negócios como relevantes encontros técnicos, artísticos e culturais.

Na ocasião,  o presidente do  CIC/BG, Laudir Picolli, assumiu também a presidência do Conselho Superior da Fundaparque. “Bento Gonçalves é uma cidade privilegiada por tudo o que tem a oferecer – desde seus habitantes, que são pessoas talentosas, trabalhadoras e empreendedoras, até sua cultura, suas tradições e belezas naturais. Temos, sem dúvida, muito a mostrar. Nesse contexto, a Fundaparque cumpre o papel de uma importante vitrine, mostrando aquilo que Bento Gonçalves tem de melhor. Nos pavilhões do Parque de Eventos encontros que reúnem profissionais de diferentes segmentos, vindos de todas as regiões, e que logo se transformam em turistas, apreciando nossa cultura, nossa gastronomia, nossos roteiros turísticos. Esse ciclo significa muito para nosso município: geração de empregos, de renda, de divisas. Por isso, quando tratamos do assunto Fundaparque, estamos tratando de nosso futuro. E, por causa dessa relevância tão grande que esse projeto precisa do apoio de todos nós”, disse em seu pronunciamento.

Complementam a composição do Conselho Superior da Fundaparque os representantes das entidades instituidoras: AJEBENTO (Cristiano Nero); CDL-BG (Marcos Carbone); FERVI (Paulo Ranci); MOVERGS (Volnei Benini); SIMMME (Juarez Piva); SINDAL (Mauro Gasperin); SINDIBENTO (Cleimar Sfredo); SINDILOJAS (Daniel Amadio); SINDIVINHO (Gilberto Petrucci) e SINDMÓVEIS (Edson Pelicioli).

A estrutura da Fundaparque apresenta, também, uma diretoria executiva composta pelo presidente Silvio Sandrin; 1° Vice-presidente, Sérgio Dalla Costa; e 2° Vice-presidente Gilberto Durante. O Conselho Deliberativo é presidido por Clacir Luis. Antonini, acompanhado dos conselheiros titulares Cândida Cervieri, Sabrina S. Cardoso, Romeu Dalcin, Gustavo Bertolini e Roberto Possamai. São conselheiros suplentes Cedamir Poletto; Márcia Ferronatto e Andréia Zuchi. Há, também, o Conselho Fiscal, que tem como titulares Juliano Lazarroto; Luciano do Rosário e Jaime Milan; e suplentes Cassiano De Paris; Elton Gialdi e Eduardo Cambion Bento. Integram a equipe administrativa Josirene Crestani e a equipe operacional Gilson De Toni.

O Parque de Eventos de Bento Gonçalves possui uma estrutura preparada para abrigar os variados eventos, dispondo de uma área territorial de 322.566 m², sendo um dos maiores espaços cobertos e climatizados para eventos da América Latina com 58.000m². Ali ocorrem atividades como a ExpoBento, Fimma Brasil, Movelsul Brasil, Envase Brasil, Bento em Dança, Avaliação Nacional de Vinho, Fiema Brasil, entre outros. Além de feiras, são realizados seminários, congressos, festivais, mostras e exposições.

 

Integração em prol da Fundaparque

Instituída para administrar o Parque de Eventos de forma ágil e independente, a Fundaparque exerceu papel fundamental na profissionalização da gestão da estrutura. “Conseguimos implantar avanços importantes como por exemplo a segurança no agendamento antecipado das datas de realização de feiras e eventos, além de outras ações independentes que ajudaram a colocar o Parque entre os mais reconhecidos do país”, disse Silvio Sandrin, presidente da Fundaparque.

Pela continuidade do sucesso dessa proposta, a palavra de ordem é integração entre as entidades instituidoras, a iniciativa privada e os poderes públicos. “Proponho que trabalhemos juntos pela Fundaparque e, acima de tudo, por projetos como esse, que tanto favorecem a nossa cidade de Bento Gonçalves. Precisamos integrar as equipes, unir esforços, unir competências, unir estratégias para fomentar a boa utilização da estrutura da Fundaparque. Nosso desejo é ver esse parque permanentemente ocupado por bons eventos, geradores de negócios, influenciadores do turismo, movimentadores de nossa economia. Investir no projeto Fundaparque é trabalhar pelo bem de nossa cidade – e tenho certeza de que todos nós que estamos aqui hoje queremos isso para Bento Gonçalves”, disse Piccoli, novo presidente do Conselho Superior.

Apoiadora da iniciativa, a Prefeitura de Bento Gonçalves prestou reconhecimento aos ganhos em agilidade e profissionalização que a instituição da Fundaparque trouxe. “Fruto de uma ideia durante muito tempo debatida entre empresários, essa ação foi fundamental para os avanços estruturais e investimentos que, hoje, permitem aos pavilhões continuar sediando relevantes eventos”, disse o vice-prefeito, Aido Bertuol.