Posts

Degustação às cegas e vinícolas em Flores da Cunha são novos roteiros oferecidos pela Giordani Turismo

Região Uva e Vinho tem opções diversificadas para enoturismo na Serra Gaúcha

Buscando proporcionar novas e diferentes experiências aos visitantes da região Uva e Vinho, a Giordani Turismo e Eventos coloca em seu portfólio duas novidades de roteiros de enoturismo na Serra Gaúcha. Uma em Garibaldi, Capital brasileira do Espumante, a outra em Flores da Cunha, cidade que passa a receber passeios operados pela empresa.

Os sentidos do turista são despertados com a ‘Rota dos Espumantes’ e a ‘Rota dos Espumantes Premium’ em Garibaldi, cidade pioneira na elaboração de espumantes no Brasil. Com duração aproximada de 4 horas, a ‘Rota dos Espumantes’ visita tradicionais vinícolas da cidade, entre elas a Peterlongo, primeira a elaborar a bebida no país e única autorizada a usar o termo Champagne em território brasileiro. É possível acompanhar o processo de elaboração, engarrafamento e aprender métodos de degustação. A ‘Rota dos Espumantes Premium’se diferencia por oferecer, além de visita a vinícolas locais, uma degustação às cegas, modalidade gold, com rótulos premiados da vinícola Garibaldi, onde são degustados um vinho ícone (Acordes), espumante Brut e Moscatel, além de um vinho tinto ou branco e suco de uva integral.

O primeiro passeio à Flores da Cunha operado pela Giordani Turismo e Eventos é o ‘Vinhos dos Altos Montes’, que proporciona conhecer três empreendimentos e apreciar belas vistas dos montes e vales da região, ao longo de 9 horas. A primeira parada é na vinícola familiar Viapiana, que recupera a história de vinhos na família e preserva o certificado e medalha, datados de 1925, recebidos pelo patriarca no primeiro concurso de vinhos que participou, promovido no cinquentenário da imigração italiana no Brasil.

A segunda vinícola visitada é a Salvador, instalada em um pavilhão histórico de Flores da Cunha. Os rótulos de cada linha elaborada são um dos diferenciais da empresa. Vinhos jovens apresentam obras de artistas renomados e os espumantes destacam o tempo de contato com as leveduras. O roteiro é finalizado na vinícola Luiz Argenta, que apresenta arquitetura diferenciada e que rendeu o título de uma das ‘Mais Belas Vinícolas do Mundo’, conforme revista especializada. O design surpreendente dos produtos também chama a atenção e dá sofisticação e exclusividade.

A disponibilidade e datas para realização dos passeios devem ser consultadas através da Central de Atendimento da Giordani Turismo e Eventos, (54) 3455.2788 ou pelo www.giordaniturismo.com.br.

 

Rota dos Espumantes

Quando: até 31 de outubro de 2018

Locais: Vinícola Peterlongo, Vinícola Garibaldi, city tour em Garibaldi e visita ao Museu Municipal

Valor: R$ 110,00 por pessoa

 

Rota dos Espumantes Premium

Quando: até 31 de outubro de 2018

Locais: Vinícola Garibaldi e Vinícola Courmayeur

Valor: R$ 240,00 por pessoa

Vinhos dos Altos Montes – Flores da Cunha

Quando: de terças a sábados – até 30 de outubro

Locais: Vinícola Viapiana, Vinícola Salvador e Vinícola Luiz Argenta

Valor: R$ 269,00 por pessoa – almoço e taxa de visita das vinícolas não inclusos

 

Giordani Turismo e Eventos

Ingressos e informações: (54) 3455.2788 | www.giordaniturismo.com.br

16ª Avaliação de Vinhos, Espumantes e Sucos de Garibaldi inicia na segunda-feira, 23

Entre os dias 23 a 27 de julho, visão, olfato e o paladar de 27 enólogos experientes estarão completamente direcionados para eleger as melhores bebidas do município. A 16ª Avaliação de Vinhos, Espumantes e Sucos de Garibaldi consolida-se como um evento confiável, em que serão avaliadas 126 amostras inscritas por 14 vinícolas. O evento será realizado na Câmara de Indústria e Comércio de Garibaldi (CIC). O resultado da apuração será conhecido no dia 24 de agosto, no já tradicional jantar de premiação, na Associação dos Motoristas de Garibaldi (AMG). “Os enólogos e mesários avaliadores são altamente técnicos. Todo o processo tem muita transparência e credibilidade, o que nos dá a certeza de mais um grandioso evento”, avalia o presidente da Aviga, Elenir Antonio Cesca.

????????????????????????????????????

Revelação

 O resultado da análise será conhecido na sexta-feira, 24 de agosto, no já tradicional evento realizado na sede social da Associação dos Motoristas de Garibaldi (AMG). Em um jantar harmonizado, serão conhecidas as empresas e seus produtos premiados de cada categoria.

 A promoção é da Associação dos Vinicultores de Garibaldi (Aviga), com apoio do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RS), Associação de Pequenas e Médias Empresas (Apeme) e da Prefeitura Municipal de Garibaldi. Mais informações pelo fone (54) 3462-7228 ou e-mail aviga@aviga.com.br.

Fotos: Alexandra Ungaratto

Vinícolas ganham mais prazo para inscrever amostras

Empresas de todo o Brasil têm até 12 de julho para participar da maior degustação de vinhos de uma mesma safra do mundo

 A Associação Brasileira de Enologia (ABE) estendeu até o dia 12 de julho o prazo para que vinícolas brasileiras inscrevam suas amostras na Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2018. São seis dias a mais para garantir participação na maior degustação de vinhos de uma mesma safra do mundo. Regulamento e ficha de inscrição estão disponíveis no site www.enologia.org.br.

Mais importante evento do setor vitivinícola brasileiro, reconhecido por enólogos e formadores de opinião do mundo inteiro, a Avaliação é o espelho da qualidade e diversidade da produção nacional. Este ano, com uma safra de grande desempenho, entre as melhores de todos os tempos, a expectativa é grande. O presidente da ABE, enólogo Edegar Scortegagna, acredita que o mercado vai poder degustar vinhos brancos e tintos, além de espumantes de alto nível de qualidade. “A natureza fez a sua parte e os enólogos brasileiros entraram em ação, contribuindo com conhecimento e sensibilidade. Acreditamos que esta Avaliação será um espetáculo de grandes vinhos”, destaca.

JS5_7617

 As vinícolas podem inscrever vinhos de variedades vitis vinífera, secos, 100% varietais, da safra 2018, pertencentes a um lote representativo de pelo menos 4 mil litros. Esta é a primeira etapa da Avaliação. A perspectiva dos organizadores é que a 26ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2018 reúna amostras de diversas regiões produtoras do país, evidenciando a pluralidade de estilos geradas pelos variados terroirs.

 Em 25 safras, a Avaliação Nacional de Vinhos já apreciou 5.857 amostras e reuniu 16.367 degustadores. O evento é reconhecido por sua proximidade com a cadeia produtiva da uva e do vinho, contribuindo para que a produção do vinho brasileiro evolua em qualidade, tecnologia e reconhecimento.

 Coleta de amostras – segunda etapa

Encerradas as inscrições, a Associação parte para a segunda etapa: a coleta de amostras, prevista para começar dia 16 de julho. Este processo é feito por um funcionário da Embrapa e/ou membro da diretoria da ABE, que percorre o Brasil, passando por cada vinícola participante. As amostras são retiradas dos tanques, recipientes ou lotes de barricas. Para os vinhos já engarrafados, são solicitadas vistas do estoque para conferir se o volume condiz com as regras.

LEIA TAMBÉM: Cooperativa Vinícola Garibaldi comemora desempenho em concursos de vinhos

 A terceira etapa envolverá cerca de 100 enólogos brasileiros, que participarão da Degustação de Seleção no Laboratório de Análises Sensoriais da Embrapa Uva e Vinho, durante o mês de agosto. Às cegas, eles avaliarão cada amostra e o resultado somente será anunciado no dia 29 de setembro, no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, quando cerca de 900 apreciadores conhecerão a relação dos 30% mais representativos em cada uma das cinco categorias. O público poderá, ainda, degustar 16 amostras selecionadas, provando na taça a representatividade da Safra 2018. As inscrições para os apreciadores abrem somente no início de setembro.

 CATEGORIAS DE AMOSTRAS

 CATEGORIA I

BRANCOS FINOS SECOS NÃO AROMÁTICOS

Elaborados a partir de variedade branca vinífera não aromática, conforme grupos:

Grupo A: Vinhos de variedade Chardonnay

Grupo B: vinhos de outras variedades não aromáticas

 CATEGORIA II

BRANCOS FINOS SECOS AROMÁTICOS

Elaborados a partir de variedades brancas viníferas aromáticas.

 CATEGORIA III

TINTOS FINOS SECOS

Elaborados a partir de qualquer variedade tinta vinífera.

 CATEGORIA IV

TINTOS FINOS SECOS JOVENS

Elaborados a partir de qualquer variedade tinta vinífera, devendo ter um Índice de Polifenóis Total máximo de 50.

 CATEGORIA V

VINHO BASE PARA ESPUMANTE

Elaborado a partir de qualquer variedade vinífera, sendo permitido o corte de variedades diferentes.

 Foto: Jeferson Soldi

Safra 2017 é degustada por mais de 100 enólogos em Bento Gonçalves

Evento ocorre durante oito dias, com análises de 327 amostras e 59 vinícolas

 DSC_0120A 25ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2017, iniciada na última terça-feira, 15, se estenderá até o dia 24 de agosto . Nesses oito dias de degustação, 120 enólogos, divididos em oito grupos de 15 profissionais cada, estão avaliando às cegas 327 amostras de 59 vinícolas de seis estados brasileiros. São eles: Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. No dia 23 de setembro, será apresentado a um público de 850 apreciadores o resultado da degustação com os 16 vinhos selecionados entre os 30% mais representativos da Safra 2017. Os participantes também poderão fazer a degustação dos escolhidos.

As degustações serão realizadas em Bento Gonçalves, no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho, responsável pela coordenação técnica do evento. Os primeiros dois grupos, A e B, entram em ação nos dias 15 e 16 de agosto.Nos dias 17 e 18 será a vez dos grupos C e D; nos dias 21 e 22 os grupos E e F e nos dias 23 e 24 os grupos G e H finalizam a etapa de degustação de seleção.

O presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), Edegar Scortegagna, estará acompanhando de perto os trabalhos. “A degustação é técnica e segue normas internacionais. Os avaliadores têm acesso apenas a informações relacionadas a categoria das amostras”, explica o enólogo. “Nossa expectativa é grande. Na taça poderemos, de fato, avaliar a qualidade da safra e antever o que o consumidor poderá encontrar a partir do final deste ano”, complementa.

Inscrições do público

O grande momento do vinho brasileiro é quando o grande público participa da última etapa da Avaliação, degustando as 16 amostras selecionadas entre os 30% mais representativos. Para participar dessa experiência única, considerada a maior degustação de vinhos de uma safra do mundo, os interessados deverão se inscrever no site www.enologia.org.br. O período para as inscrições abre dia 29 de agosto, às 8h30min.

O investimento para associado é de R$ 250. Não associados pagam R$ 310. A partir deste ano, a Fundaparque, administradora do Parque de Eventos onde ocorre a Avaliação, passará a cobrar R$ 10 para o estacionamento de carros e R$ 5 de motos. A cobrança será aplicada a todos os veículos que acessarem o parque, oferecendo cobertura de seguro, além de atuar com uma equipe responsável pela orientação e segurança do local.

Programação da degustação de seleção

Grupos A e B: 15 e 16 de agosto

Grupos C e D: 17 e 18 de agosto

Grupos E e  F: 21 e 22 de agosto

Grupos G e H: 23 e 24 de agosto

Foto: Jeferson Soldi