Posts

Câmara de vereadores dá urgência para compras de vacinas

Mesa Diretora se reúne para dar celeridade ao projeto que autorizará o município a comprar vacina para imunizar população contra a COVID-19

Os Poderes Legislativo e Executivo seguem unidos em uma força tarefa no combate ao coronavírus. Nessa segunda-feira (1º), a Mesa Diretora se reuniu para dar celeridade ao Projeto de Lei protocolado hoje, o qual autoriza o município a abrir um crédito especial de R$ 1 milhão para a compra da vacina contra o coronavírus.

Na semana passada, logo após o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar Estados e Municípios a efetuarem a compra de vacinas, o prefeito Diogo Segabinazzi Siqueira se reuniu virtualmente com os vereadores para tratar sobre a possibilidade de Bento Gonçalves efetuar a compra direta de vacinas para imunizar a população contra o coronavírus.

“A compra de vacinas para combater o coronavírus tem atenção total e absoluta do Poder Legislativo. Estamos seguindo os trâmites internos, e em rito de urgência a matéria será votada. Em um momento difícil como o que estamos passando, o caminho é a imunização de nossa gente para vislumbrar uma retomada das atividades com segurança”, destaca o vereador Rafael Pasqualotto (PP) presidente da Câmara Municipal de Bento Gonçalves.

A matéria foi encaminhada para parecer das Comissões Técnicas, e uma Sessão Extraordinária está marcada para às 15h de quinta-feira (4) para votação da matéria.

 

Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves

Segunda dose da vacina contra o coronavírus para idosos acima de 85 anos será aplicada no domingo

No próximo domingo (07), será realizada a aplicação da segunda dose da vacina contra o coronavírus para os idosos acima de 85 anos, vacinados nos dias 13 e 14 de fevereiro. A vacinação ocorre no formato drive-thru, das 8h às 12h. É necessário apresentar o cartão entregue no dia da imunização e documento.

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Campanha contra a Gripe estende prazo para vacinação

Grupos prioritários têm até o dia 22 de junho para buscar a imunização

 Nesta quinta-feira, 14, o Ministério da Saúde solicitou as Secretarias Municipais da Saúde que estendam o prazo para vacinação contra a Gripe até o dia 22 de junho. A Campanha encerraria nesta sexta-feira, dia 15.

 De acordo com o memorando divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, os municípios foram orientados a prorrogar a vacinação contra a influenza, considerando que muitos não atingiram a meta de cobertura vacinal.

 Além disso, na última semana, a Secretaria da Saúde ampliou as faixas etárias para a vacinação contra a gripe para crianças de 5 a 9 anos e a população de 50 a 59 anos, além dos grupos prioritários. A vacina já é oferecida às crianças de seis meses a menores de cinco anos, idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, gestantes (em qualquer fase da gravidez), puérperas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, povos indígenas e professores das escolas da rede pública e privada.

 Em Bento Gonçalves, até o momento mais de 70% da meta foi alcançada. Quem ainda não se vacinou pode buscar a imunização nas Unidades Básicas de Saúde das 7h30 às 11h, e das 13h30 às 17h.

stethoscope-840125_960_720

Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe é prorrogada até 15 de junho

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe que estava programada para encerrar nesta sexta-feira, dia 1º, foi prorrogada até o dia 15 de junho, por determinação do Ministério da Saúde.

Entre as justificativas para a prorrogação estão o Feriado de Corpus Christi e o ponto facultativo decretado pela maioria dos Municípios.

Em Bento Gonçalves, a Secretaria Municipal de Saúde imunizou 21.282 pessoas dos grupos de risco. A vacina é oferecida às crianças de seis meses a menores de cinco anos, idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, gestantes (em qualquer fase da gravidez), puérperas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, povos indígenas e professores das escolas da rede pública e privada.

“As pessoas que ainda não se vacinaram ainda podem buscar a imunização nas Unidades de Saúde mais próximas das 7h30 às 11h, e das 13h30 às 17h”, salienta o coordenador de Vigilância em Saúde, Rafael Vieira.

30153247_81244_MD

Foto: Divulgação/SES