Posts

SIMMME inaugura salão de eventos com Palestra Jantar

O evento será realizado na quinta-feira, 05 de julho na sede do sindicato

O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves (SIMMME) realiza, no dia 5 de julho, a primeira edição da Palestra Jantar, uma promoção em parceria com o Instituto de Desenvolvimento da Empresa Familiar(IDEF). O encontro vai marcar a inauguração do salão de eventos da entidade e terá a palestra “Reinventar-se e Recomeçar  – Vencendo os Desafios da Carreira e dos Negócios”, conduzida por Maria Beatriz Dal Pont, única sommelier de azeites do Rio Grande do Sul. O evento inicia às 19h, com recepção e degustação de azeites de oliva.

Neta do fundador do Pastifício Caxiense, Maria Beatriz abriu mão de uma sólida carreira na área da Educação para auxiliar o pai no negócio familiar, no final da década de 80. Depois de passar por dificuldades na empresa, superando problemas financeiros e emocionais, ela teve de reinventar-se. A paixão pela culinária e a experiência acadêmica levaram Maria Beatriz a dirigir faculdades e cursos de gastronomia em São Paulo e no Rio de Janeiro, passando por uma especialização na Itália em azeites de oliva.

Nem todos os herdeiros de empresas familiares têm o seu propósito de vida alinhado aos negócios da família, “Esta frase traz consigo a vivência da palestrante e nos faz refletir sobre a necessidade de prepararmos a sucessão familiar das nossas empresas, bem como de preparar nossos filhos para e negócios para uma constante reinvenção. Escolhemos um tema que também está alinhado com o novo momento do sindicato e da sua constante busca por novidades e ampliação dos serviços aos seus associados”, destaca o presidente do sindicato Juarez José Piva. O Simmme inaugura oficialmente com este evento o seu salão de festas e divulgará na ocasião as demais dependências da estrutura.

 image002

PALESTRA JANTAR FAMILIAR – “REINVENTAR-SE E RECOMEÇAR”

Valor: R$75 (associados) e R$105 (não-associados)

Local: Alameda Fenavinho – Sede do Simmme

Informações: 54 3452.1277 /simmme@simmme.com.br

 SOBRE MARIA BEATRIZ DAL PONT • É especialista em Administração de Recursos Humanos e em Letras. Tem Licenciatura Plena em Língua e Literatura da Língua Portuguesa e Inglesa. Foi docente da Universidade de Caxias do Sul (UCS) por 30 anos, sendo professora adjunta do Departamento de Administração do Centro de Ciências Sociais Aplicadas. Atuou na administração superior da UCS por 25 anos, ocupando diversos cargos, dentre os quais o de Pró-Reitora de Pesquisa e Extensão. Autora do projeto de implantação da Escola de Gastronomia UCS-ICIF, sendo diretora da escola de 2002 a 2008. Foi diretora do Campus de Hospitalidade – Universidade Estácio de Sá. Tem formação internacional em Gastronomia pela Alan Ducasse Formation (ADF), França e em Hotelaria pela Ecole Hôtelière Lausanne (EHL), Suíça. Diretora de Área de Hospitalidade – Hotelaria, Gastronomia e Turismo – SENAC-RJ. Tem cursos e estágios em Gastronomia das Regiões da Itália pela ICIF–Itália. Realizou cursos de Degustador de Azeite de Oliva – International Olive Oil Agency, Itália, Sommelier de Azeite – IRVEA, Itália e Sommelier Honorária – FISAR, Itália. É produtora de conteúdos para mídias sociais na área de gastronomia, estudiosa da alimentação e apaixonada por gastronomia. Autora dos livros “Azeite de Oliva e Vinagre Balsâmico” e “Cozinha da Serra Gaúcha, ReceitasNós Amamos Grãos – propriedades, usos e receitas regionais”.  Colaboradora no livro “Vinho Nacional”, de Roberta Malta Saldanha. É articulista nas revistas Bom Vivant (coluna Comida & Cultura) e Afrodite (coluna Simples Assim) e colaboradora da revista Viver com Gosto. É sócia da empresa Amada Cozinha Buffet & Catering, de Caxias do Sul.

2º Ciclo de Encontros Rurais da Serra Gaúcha, de 18 de abril a 30 de maio

Em sete encontros, será focada a segurança das propriedades rurais e a rastreabilidade da produção primária

 Até 30 de maio deste ano ocorre o 2º Ciclo de Encontros Rurais da Serra Gaúcha inicia. O evento, que iniciou no dia 18 deste mês em Faria Lemos, segue com mais seis encontros em outros locais. ‘Defesa da Propriedade Rural – Legislação, Fiscalização e Segurança’ é o tema da programação do ciclo, promovido pelo Sindicato Rural da Serra Gaúcha nos seis municípios de atuação da entidade: Bento Gonçalves, Garibaldi, Carlos Barbosa, Santa Tereza, Monte Belo do Sul e Pinto Bandeira. Serão encontros direcionados ao desenvolvimento socioeconômico da propriedade rural, através de capacitações e repasse de informações. Ao término de cada encontro, profissionais das áreas jurídica e ambiental estarão à disposição dos participantes, para esclarecimento de dúvidas.

A primeira edição, ocorrida em 2016, foi marcada por onze encontros entre produtores rurais dos seis municípios que, ao todo, reuniram cerca de 400 pessoas. Para a pró- xima edição, a expectativa do presidente do Sindicato Rural da Serra Gaúcha, Elson Schneider, é mobilizar mais de 800 pessoas em torno das explanações técnicas do encontro, seguidas por troca de opiniões sobre os temas apresentados.

Schneider adianta que as palestras técnicas sobre formas de defender a propriedade rural vão focar maneiras simples e acessíveis a qualquer produtor rural da região Nordeste do Estado. Também adianta outro assunto que será destaque nos encontros: a rastreabilidade da produção primária, prevista em lei federal para produtores de frutas e hortaliças direcionadas a consumo in natura. O assunto vai ser abordado pelo chefe de transferência de tecnologia da Embrapa Uva e Vinho, Marcos Botton.

Agende-se

18 de abril – Abertura, às 18 horas, no salão da Linha Paulina, Faria Lemos
26 de abril – Encontro, às 18 horas, no salão de São José da Costa Real, distrito de Garibaldi
2 de maio – Encontro, às 18 horas, no salão paroquial de Monte Belo do Sul
9 de maio – Encontro, às 18 horas, no salão paroquial de Pinto Bandeira
16 de maio – Encontro, às 18 horas, no salão da comunidade Graciema Baixa, interior de Santa Tereza
18 de maio – Encontro, às 18 horas, no salão da comunidade de Santo Antônio de Castro, interior de Carlos Barbosa
30 de maio – Encerramento, às 13h30min, no auditório da Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves

Foto: Difusora 890

Ângela e Neilene são as novas representantes do Sindicato dos Servidores Públicos de Bento Gonçalves

neilene

A ex vereadora Neilene Lunelli, servidora pública municipal aposentada, assumirá a presidência do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bento Gonçalves (SINDISERP-BG) em 1 de janeiro do próximo ano, para 0 exercício 2018-2021.

A chapa 2, encabeçada por Neilene e pela vice Ângela Maria De Toni Bissolotti, recebeu 684 votos, seguida pela chapa 1, com 371 votos. Votaram 1083 servidores municipais, em eleição ocorrida no último dia 29 de setembro, na sede da entidade.Dentre as propostas da nova diretoria estão a luta pelo reajuste salarial e do vale-refeição, o fortalecimento e a ampliação dos cursos ofertados e a manutenção da licença-prêmio.

Angela e Neilene assumem em janeiro de 2018.

Foto: Andionara Boaro

A gestão 2018-2021 eleita pelo funcionalismo para presidir o SINDISERP-BG é composta por:

Presidente: Neilene Lunelli

Vice-Presidente: Angela Maria De Toni Bissolotti

Secretária Geral: Leila Cirino Nunes

Primeiro Secretário: Margarete Sanches

Tesoureiro: Bernardete Isabel Zanchetti

Primeiro Tesoureiro: Adriana de Costa

Diretor de Educação: Taís Helena Riboldi

Diretor de Formação e Relações Intersindicais: Camile Casagrande

Diretor de Imprensa e Comunicação: Leda Terezinha Vivam Grapiglia

Diretor de Administração e Patrimônio: Irani Signor

Diretor de Cultura, Esporte e Lazer: Antenor Sassi

Diretor de Saúde e Seguridade Social: Patrícia Lunkes Weber

Relação dos Suplentes:

Carmen Festa Perego

Cristiane Fleck

Daniela Montipó

Denize Catarina Mizael Andrade Tosi

Gislaine Mariete Arsego

Iluir Inês Santini

Ivete Antoninha Miorelli Trevisan

Márcia Valéria Donini de Mattos

Liberalino Ausani

Luis Leite Soares

Marilza Bruschi

Monica de Dordi Costi

Conselho Fiscal – Titulares:

Cristiana Oltramari da Silveira

Lucimara Lourdes Rodrigues

Sandra Frare Pedrotti

Conselho Fiscal – Suplentes:

José Alberto Simão

José Carlos da Rosa

Maria Alda Bdento de Aguiar

 

Foto: Andionara Boaro

STIMMME-BG tem diretoria de Elvio de Lima reeleita pra mais uma gestão

Grupo teve 91% de aprovação dos trabalhadores do setor metalmecânico

DSC00450Os resultados da votação para a diretoria do STIMMME-BG  foram apurados nesta última quarta-feira, dia 27 de setembro, indicando a diretoria de Elvio de Lima para mais uma gestão frente ao sindicato. A entidade representa os profissionais dos segmentos metalúrgico, mecânico e de material elétrico. O processo de votação coletou a opinião dos associados de Bento Gonçalves, Veranópolis, Guaporé e Nova Bassano, cidades onde o sindicato mantém sua sede e subsedes. A próxima gestão administrativa do STIMMME-BG inicia em janeiro de 2018 e segue por cinco anos.

“Ficamos muito felizes com o resultado das urnas, que traduz a opinião dos trabalhadores da categoria. Nossa diretoria tem, ao longo dos anos, atuado com muito empenho e dedicação, comprometida em defender os direitos dos profissionais e agregar cada vez mais benefícios e facilidades que se traduzam em qualidade de vida para a família metalúrgica. O resultado desse compromisso apareceu, mais uma vez, no índice de satisfação que obtivemos”, comentou o presidente Elvio de Lima.

Nas últimas eleições, realizadas em outubro de 2012, a diretoria comandada pelo sindicalista também obteve percentuais muito expressivos: 93% de aprovação junto aos associados. “Esse registro é um grande motivador para o novo desafio que estamos prestes a assumir, pois revela a confiança que o associado tem em nosso trabalho representativo. Estamos passando por uma etapa de reposicionamento do movimento sindical, em âmbito nacional, que precisa se reinventar em sua forma de atuação, sem esquecer os ideais de união, ética e transparência que regem seu comportamento – princípios fundamentais cultivados pelo STIMMME-BG no decorrer de suas cinco décadas de história”, disse.

 

Sindicato dos Servidores Municipais de Bento Gonçalves em processo eleitoral

 

Sindicato servidores municipais

Até a próxima sexta-feira (4) estão abertas inscrições para registro de chapas que concorrerão a Presidência do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bento Gonçalves (SINDISERP-BG). As inscrições devem ser feitas na sede da entidade (Rua Cândido Costa, 24 – sala 1103).

A eleição ocorre no dia 29 de setembro deste ano, das 8 às 18 horas, na sede da entidade e também por meio de urnas itinerantes que passarão por setores da prefeitura de Bento Gonçalves. Atualmente, o SINDISERP é presidido por Isaura Bolesina.  A Comissão Eleitoral é composta pelos servidores Idete Zanesco do Nascimento (presidente), Célia Maria Allgaier (vice-presidente) e Luiz Fernando Ferreira (secretário).

 

 

Candidatos a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Sindicato Rural - candidatos

Postal e Pauleti

Os pequenos produtores rurais Onecimo Pauleti e Cedanir Postal, candidatos a presidente e vice presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves, visitaram a redação do Jornal Integração da Serra para divulgar a proposta da trabalho da chapa. Entre elas, a de firmar convênios com órgão públicos para facilitar o acesso dos associados à cadeia produtiva de turismo.  A eleição está marcada para o próximo dia 9.

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves completa 55 anos hoje

 

Fachada Sindicato

  Hoje, 25 de abril, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves (STRBG), com extensão de base em Monte Belo do Sul, Santa Tereza e Pinto Bandeira, completa 55 anos de fundação. O aniversário será comemorado no próximo dia 1º de maio, no salão paroquial da Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Pinto Bandeira, com intensa programação. A festa reunirá associados do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e lideranças políticas e comunitárias. A programação prevê missa às 8h30min, celebrada pelo pároco Luiz Mascarello e cantada pelo coral das Linhas 28 e 32. Após a missa, show com o padre Ezequiel Dal Pozzo, no salão paroquial, seguido de almoço festivo e sorteio de mais de 50 prêmios para os sócios em dia com a mensalidade. A festa continua com baile animado pelo grupo Festança.

21 de abril, Dia do Metalúrgico

Élvio

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico, Élvio de Lima,  que representa cerca de 14 mil profissionais da categoria de 18 municípios da região nordeste do Rio Grande do Sul, comenta sobre algumas das temáticas presentes na pauta metalmecânica.

O Dia do Metalúrgico, neste ano, vem acompanhado de muita apreensão para os trabalhadores do setor. Quais os principais fatores que preocupam os profissionais?

Elvio de Lima: Não só os metalúrgicos, mas os profissionais de todos os segmentos estão bastante apreensivos com a possibilidade de aprovação das reformas Trabalhista e Previdenciária, propostas pelo Governo Federal. Estamos severamente preocupados com essa alteração constitucional que é danosa para todos os cidadãos. No caso da reforma Previdenciária, as maiores prejudicadas serão as mulheres, que terão aumento de 10 anos para se aposentar (no caso delas, a idade mínima passará de 55 para 65 anos). Já a reforma Trabalhista tira direitos legalmente conquistados e firmados na CLT, enfraquece o profissional e isola o Sindicato de suas funções de defender aqueles que representa. É um retrocesso sem tamanho. Não podemos aceitar passivamente essa agressão. As pessoas precisam assumir seu papel na sociedade e protestarem contra essas reformas, que terão impacto negativo não só sobre elas, mas também para seus filhos e netos. É necessário agir agora para impedir a aprovação de uma proposta que em nada beneficia o trabalhador.

Como o setor reagiu diante de outra questão polêmica, que foi a aprovação da Lei da Terceirização?

Elvio de Lima: A aprovação do projeto que libera a terceirização geral causou grande revolta pois é uma afronta aos direitos conquistados pelo trabalhador e garantidos pela CLT. Com esse retrocesso, os profissionais ficam desamparados na relação com o empregador e socialmente desprotegidos; perdem propriedade na hora de negociar salários e condições dignas para exercer suas atividades, ficando à mercê de um mercado sem regras. Além disso, a medida submete o trabalhador a uma situação de insegurança permanente com relação ao seu futuro. A consequência mais séria dessa decisão é a precarização da mão de obra. De forma alguma teremos, com essa medida, os alegados incentivos à geração de emprego e movimentação da economia – muito pelo contrário. A aprovação dessa medida abre precedente para enfraquecer os direitos conquistados pelos trabalhadores de todas as classes e subjuga-los às mais nocivas condições de exercício profissional, com total desamparo da lei.

De que forma o movimento Sindical tem se posicionado diante dessas problemáticas?

Elvio de Lima: A O movimento sindical nacional está fortemente mobilizado, engajando os cidadãos em diversas frentes de protesto e na interlocução com a presidência da república, na esperança de reverter esse passo desastroso. Aqui em Bento Gonçalves e região temos replicado essas ações, com diversas intervenções junto aos trabalhadores – distribuindo material informativo, por exemplo e esclarecendo dúvidas sobre o tema. Nesse mês de abril tivemos, também, uma audiência pública debatendo sobre as reforças Previdenciária e Trabalhista, realizada na Câmara de Vereadores do município. Entendemos que existem muitas outras formas de o governo ajudar as empresas a se tornarem mais competitivas sem, com isso, sacrificar o trabalhador – e vamos defender seus direitos de forma incansável.

A ameaça do desemprego é uma constante no dia a dia do trabalhador – dados do IBGE mostram que o número de pessoas sem ocupação bateu recorde entre dezembro de 2016 e fevereiro deste ano, ultrapassado os 13 milhões de indivíduos. De que forma o STIMMME tem atuado para auxiliar os profissionais?

Elvio de Lima: Quem enfrenta o desafio de manter seu cargo ou procura a recolocação no mercado precisa ficar atento a um diferencial muito importante: a qualificação permanente do currículo. Mostrando os caminhos para quem deseja investir em sua formação, o Centro Profissionalizante do Setor Metalmecânico e Material Elétrico oferece de forma permanente cursos de capacitação e especialização no segmento. Implantado em Bento Gonçalves pelo STIMMME, o CEPROMEC já qualificou mais de duas mil pessoas desde 2010, com o diferencial de deixar o aluno realmente apto a aplicar seus conhecimentos em situações reais da rotina de uma empresa, ou seja, com plenas condições de conquistar sua colocação no mercado de trabalho.

.Em um cenário de tantas adversidades, que motivos os profissionais encontram para celebrar neste Dia do Metalúrgico?

Elvio de Lima: Estamos, sim, passando por um momento com diversos fatores causadores de apreensão – mas é importante que mantenhamos a convicção de que essa será uma fase passageira e, em breve, começaremos a notar sinais de melhora, especialmente no contexto macroeconômico. Acompanhamos diariamente o esforço das empresas para manterem seus negócios competitivos e preservarem seu quadro funcional e acreditamos que até o segundo semestre deste ano haverá aquecimento nas demandas. É importante, contudo, que preservemos as características de união e engajamento que identificam nossa categoria e a tornam tão forte e representativa. Atuando em defesa de seus direitos e trabalhando de forma permanente em busca de ações capazes de resultar em melhores condições e mais qualidade de vida, a família metalúrgica de Bento Gonçalves e região conta com a dedicação do STIMMME-BG. Em seus 50 anos de trajetória, tem um histórico de conquistas que a todos beneficiam – com destaque para os atendimentos médicos e odontológicos gratuitos, certamente um suporte muito importante para o trabalhador. Apesar de quaisquer adversidades, nosso compromisso com os profissionais representados continua diariamente renovado.

STIMMME recebe medalha Aristides Bertuol pela trajetória de 50 anos

Sindicato metalúrgico completa meio século de fundação no mês de março e, em homenagem, receberá a distinção do Legislativo de Bento Gonçalves na próxima quinta-feira, dia 23

Entre as comemorações do cinquentenário de fundação do STIMMME-BG, na noite da próxima quinta-feira, 23 de março, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico recebe a medalha Aristides Bertuol. A entrega ocorrerá em Sessão Solene, às 19h, na sede da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves.

A honraria é concedida pelo Poder Legislativo Municipal a pessoas, entidades e empresas que tenham se destacado por suas ações em favor do município. Em 2017, o STIMMME-BG foi contemplado com a outorga em reconhecimento a sua trajetória de 50 anos, que começou a ser edificada em prol dos profissionais do setor metalmecânico em 1º de março de 1967.

unnamed (3) “Queremos, nesse momento único, rememorar as conquistas de uma história de comprometimento com as categorias que representa, com as comunidades onde está inserido e, principalmente, com o desenvolvimento socioeconômico de uma região”, diz o presidente Elvio de Lima, que também é vereador em Bento Gonçalves. No exercício do cargo legislativo, foi autor do Projeto de Resolução que concede a medalha ao Sindicato – proposta apoiada por outros 15 parlamentares e aprovada por unanimidade.

A medalha Aristides Bertuol foi instituída em 12 de dezembro de 1983 como distinção honorifica máxima da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves. Cunhada em bronze, remete à biografia do cidadão que empresta seu nome à outorga, cuja atuação, em todas as atividades de sua vida, é exemplo de integridade e decisão. Ao longo de 33 anos, a honraria foi concedida a 36 pessoas e duas entidades (desde 1992 foi instituído como limite máximo um agraciado por ano). A última entrega da outorga ocorreu em 2014.

Conquistas e realizações que justificam a homenagem

O STIMMME-BG congrega aproximadamente 3,5 mil associados, representando cerca de 14 mil profissionais da categoria e atua em 18 municípios da região nordeste do Rio Grande do Sul. Em sua trajetória, a entidade consolidou reconhecimento nacional enquanto modelo de gestão sindical seja pela atuação responsável, ética e transparente em prol dos trabalhadores ou pela atuação permanente, visando à consecução de serviços e benefícios oferecidos aos associados. Relembre algumas dessas passagens:

Consolidação: Em 1967 o Sindicato recebeu a Carta Sindical, documento que oficializou sua atuação em defesa dos direitos dos profissionais do segmento. Passados 50 anos, a entidade congrega aproximadamente 3,5 mil associados, representando cerca de 14 mil trabalhadores alocados em 18 municípios da região nordeste do Rio Grande do Sul.

Compromisso com o trabalhador: O STIMMME foi uma das entidades pioneiras na região a oferecer atendimentos médicos e odontológicos para os associados. O projeto de benefícios iniciou em 2008 e, três anos mais tarde, migrou para a atual modalidade, em que os serviços são prestados de forma gratuita. Só em 2016 foram cerca de oito mil atendimentos oferecidos sem custo. Completam a grade assistência jurídica e previdenciária. Essas facilidades são disponibilizadas na estrutura da própria Sede Administrativa.

Representatividade: Fortemente engajado nas causas do movimento sindical, o STIMMME participa permanentemente de interlocuções a favor de conquistas para os trabalhadores e de reivindicações que garantam a manutenção de seus direitos. Essa atuação ocorre em conjunto com entidades representativas estaduais, federais e, também, junto às esferas governamentais.

Sede Campestre: Em 2004 o STIMMME entregou um grande benefício à família metalúrgica: a Sede Campestre. Recanto de lazer exclusivo para associados e familiares, totaliza três hectares com infraestrutura completa: piscinas, quadras de futebol-sete e vôlei, área de camping com churrasqueira, recanto para festas, bar, vestiário e estacionamento. Outro destaque é o Centro de Eventos Valdemiro Orso.

Formação: O STIMMME foi, mais uma vez pioneiro ao inaugurar o Centro Profissionalizante do Setor Metalmecânico e Material Elétrico de Bento. A iniciativa surgiu em 2010 e, desde então, já capacitou mais de dois mil trabalhadores.

Quem já foi agraciado com a medalha Aristides Bertuol:

1984: Elmira Roveda Bertuol e Irmão Nadir Bonini Rodrigues

1985: Milton Rosa, Cláudio Pasquetti e Loreno José Dal Sasso

1986: Hylda B. Antoniollo, Antônio Maso (Nonô Maso) e Maria Borges Frota

1987: Hélio Schmidt e Armindo Schenatto

1988: Renzo Zaffanella e Ministro Henrique Saboia

1989; Emyr Farina e Pe. Ernesto Mânica

1990: Zaira Caprara e Ademar de Gasperi

1991: Antônio Costa, Nilza Côvolo Kratz e Darci Loss Luzzatto

1992: Álvaro Acco Koslowski

1995: Eleonora Fontanella e Fábio Koff

1996: Tarcísio Michelon

1997: Equipe adulta de vôlei de Bento Gonçalves, Rinez Da Trindade e Cel. José H. Z. Vargas

1998: Ayrto Luís Giovannini

1999: Róger Caumo

2000: Carlos Domingos Picolli

2001: Vercino Franzoloso

2003: Werner Schunemann

2005: Roseli Faccio Fornazier

2006: Guilherme Paulus

2007: Albino Santarossa e Armando Piletti

2010: Vicente Paulo Mattos De Britto Pereira

2011: Pe. Izidoro Bigolin

2013: Ancilla Dall’Onder Zat

2014: Instituto Tarcísio Michelon

STIMMME-BG comemora 50 anos de atividades

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves completa   50 anos de fundação neste dia 1º de março de 2017.

Foto 2 stimme“A trajetória que o Sindicato construiu até aqui é, sem dúvida, motivo de grande orgulho para todos nós, trabalhadores do segmento. Motivados pela série de conquistas já alcançadas, neste momento, voltamos nossa atenção para o futuro – reafirmando o compromisso com a continuidade da atuação em defesa da família metalúrgica e na busca constante de instrumentos capazes de ampliar sua qualidade de vida”, diz o presidente  da entidade, Elvio De Lima.Além das atividades sindicais de cunho político, a agenda de março será marcada pelo início da programação social no calendário de eventos do STIMMME. Abrindo as comemorações temáticas dos seus 50 anos, o Sindicato promove a tradicional Festa do Dia da Mulher. Exclusivamente dedicada ao público feminino, a integração ocorrerá no próximo dia 18 de março, no DallOnder Grande Hotel, em Foto 1 StimmeBento Gonçalves, com expectativa de reunir mais de 500 pessoas. Entre as atrações confirmadas estão o sorteio de uma moto 0km, de R$ 1,5 mil em prêmios diversos, apresentações teatrais e musicais. As interessadas em participar já podem garantir o ingresso na sede administrativa do Sindicato ou também nas subsedes de Veranópolis, Guaporé e Nova Bassano.