Posts

Agroindústria familiar tem 40 expositores na ExpoBento 2018

Pequenos empreendedores apresentarão os sabores da Serra Gaúcha aos mais de 200 mil visitantes esperados durante a maior feita multissetorial do país

 Cartão de visitas da Serra gaúcha, a farta gastronomia, recheada pelos sabores remanescentes da colonização italiana, tem destaque confirmado na ExpoBento 2018. Em uma iniciativa que valoriza tanto a herança cultural da região quanto o empreendedorismo dos pequenos produtores, o espaço da Agroindústria Familiar promete ter a participação de 40 expositores nesta edição da feira, maior encontro multissetorial do país.

 Por meio do Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf) – uma política pública do Governo do Estado, via Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), os mais de 200 mil visitantes que circulam pela feira multissetorial durante os onze dias de evento podem conhecer um mundo de opções e ainda apreciar delícias como cucas, pães, queijos, salames, chimias, capeletti, licores e muitos outros itens representativos da produção local. Fruto de uma parceria firmada com o Governo do Estado para subsidiar a adesão de pequenos produtores, a iniciativa coloca na vitrine o trabalho das micro-indústrias familiares de bento-gonçalvenses e de municípios vizinhos.

Expositores - Agroindústria

 Ampliado com relação à edição anterior da feira, o espaço destaca-se pela significativa contribuição ao fomento da economia, com geração de renda e emprego para a comunidade. “Com essa parceria, garantimos o desenvolvimento dos pequenos empreendedores, que conseguem aumentar as vendas, reforçando o sustento da família, e divulgar seus produtos, muitos deles ícones da gastronomia gaúcha. Ao gerar esse tipo de negócio, a Expobento cumpre um relevante papel social na comunidade onde está inserida, retribuindo todo o apoio e acolhida que recebe da população, da iniciativa privada e dos poderes públicos. Estamos fortalecendo um ciclo de retornos positivos que favorece a todos”, sintetiza o diretor geral da ExpoBento 2018, Leocir Glowacki.

 Incentivo aos pequenos negócios

O Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf), da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul (SDR), é uma iniciativa que valoriza o trabalho dos pequenos produtores locais e incentiva seu viés empreendedor, contribuindo fortemente para o desenvolvimento econômico e social da região.

LEIA MAIS: Curso Básico de Mecânica para Mulheres em Bento

“A agroindustrialização da produção realizada pelos agricultores familiares é uma importante alternativa de geração de renda no meio rural. Processar e comercializar a própria produção torna as famílias independentes dos complexos agroindustriais. Neste tipo de empreendimento, os agricultores são os protagonistas do processo, passando a atuar em toda a cadeia produtiva. Além disso, promovem a descentralização e a diversificação da produção e o desenvolvimento local, fortalecendo os valores culturais, a sustentabilidade ambiental e oferta de produtos diversificados e de qualidade à população”, explica o secretário da SDR, Tarcisio José Minetto.

VEJA MAIS: Sparkling Night Run está confirmada para 10 de novembro

O programa apoiará 40 espaços junto a ExpoBento 2018. Atualmente há 20 agroindústrias bento-gonçalvenses inclusas no programa. A iniciativa atenderá, também, pequenos produtores de municípios vizinhos na Serra gaúcha. A participação das famílias na feira é percebida como importante instrumento para agregar valor aos produtos feitos no interior, conforme ressalta o diretor de Agricultura Familiar e Agroindústria da pasta, José Alexandre Rodrigues. “No momento em que o produtor se torna agroindústria, recebe o certificado de inclusão no programa estadual e pode aumentar sua renda acompanhando grandes feiras como a ExpoBento”, completa.

 Sobre a ExpoBento

Promovida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), a ExpoBento chega a sua 28ª edição entre os dias 7 e 17 de junho, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves, reunindo mais de 400 expositores de segmentos como Moda, Imóveis, Variedades, Automóveis, Agroindústria, Gastronomia, Serviços, entre outros. O horário de visitação será das 18h às 22h30min (segunda a sexta-feira); das 10h às 22h30min (sábados e feriados) e das 10h às 21h (domingos).

 Foto: Emerson Ribeiro

Programas de Agroindústria Familiar em Bento

Sabor de BentoO Programa de Agroindústria Familiar no estado do Rio Grande do Sul foi instituído através da Lei Estadual 13.921 de 18/01/2012 e regulamentado pelo Decreto Lei 49.948 de 13/12/2012.

A região da Serra Gaúcha é a que atualmente desponta no cenário estadual com o maior número de agroindústrias familiares inclusas no programa e comercializando seus produtos de forma totalmente formalizada. Isso se deve ao espírito empreendedor das famílias rurais que habitam a região e que, em grande parte, sabem aproveitar as oportunidades que surgem. Sem dúvida alguma o Programa Estadual de Agroindústria Familiar foi e está sendo uma ferramenta que proporciona aos pequenos produtores rurais empreenderem novos negócios.

A região administrativa da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul abrange 49 municípios. Nesses municípios estão presentes 166 agroindústrias familiares, comercializando produtos de ótima qualidade, que vão desde conservas vegetais, derivados de farinha, embutidos, queijos e tantos outros produtos que são elaborados de maneira artesanal conservando a maneira tradicional que nossos antepassados produziam, mas sempre mantendo a segurança alimentar e a inocuidade dos alimentos.

Há também mais de 200 famílias rurais em processo de desenvolvimento de seus projetos e que em breve estarão atuando no mercado de maneira formal.

Dos 49 municípios da região administrativa da Emater/RS-Ascar, regional Caxias do Sul, o município de Bento Gonçalves é o que desponta no número de empreendimentos. Hoje temos em Bento Gonçalves 33 agroindústrias que são permanentemente acompanhadas pela secretaria municipal da Agricultura, Vigilância Sanitária e Emater.

Esta parceria entre as entidades é reflexo de um projeto piloto a partir da criação do programa municipal de agroindústria familiar, sendo único município do Rio Grande do Sul a possuir um programa específico para essa atividade, instituído a partir da Lei municipal n° 5553, de 26/02/2013 e regulamentado pelo Decreto n° 8458, de 28/03/2014.

Os frutos desse trabalho podem ser identificados através do selo Sabor de Bento, marca própria que exalta a originalidade, característica e a qualidade de seus produtos.

A parceria entre os responsáveis pela Vigilância Sanitária Municipal, Secretaria Municipal da Agricultura (Serviço de Inspeção Municipal) e Emater/RS-Ascar/BG, que operacionalizam os Programas Estadual e Municipal de Agroindústria Familiar, têm incentivado a consolidação do programa e, mais do que isso, através da orientação prestada aos empreendedores, as agroindústrias estão evoluindo e oferecendo produtos de ótima qualidade aos consumidores.