Posts

YANGOS lança clipe gravado em Portugal

Vídeo de ‘Gaita ou Sanfona’, do disco ‘Brasil Sim Senhor’, já está disponível no Youtube

É ao som de Gaita ou Sanfona, no ritmo de uma cativante “chamarra”, que o grupo YANGOS apresenta nesta segunda-feira, 17, seu mais recente clipe, gravado em apenas oito horas nas freguesias de Graça, Alfama e Alcantara, em Lisboa, Portugal. Trata-se do seu vídeo mais bem produzido, com captação e edição de imagens que traduzem muito da energia e do profissionalismo do grupo de Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, hoje referência na música latina instrumental no sul do Brasil.

O esmero com a produção tem uma justificativa técnica, a expertise da equipe da produtora portuguesa Wondr, coordenada por Pedro Coelho. Mas tem também – e muito – uma relação de amizade e cumplicidade entre o diretor do clipe, o caxiense Filipe Mello, e a YANGOS. Radicado há um ano em Lisboa, Mello recebeu os amigos por lá durante uma breve parada que o quarteto fez em Portugal antes de seguir para a Rússia, onde se apresentou durante a Copa do Mundo, em julho.

A fotografia de Maurício Franco, que divide a direção com Mello, e a produção de Carine Panigaz dão ao clipe beleza estética e dinamismo, conceituando as cenas com a descontração típica da YANGOS. “Nunca tivemos pretensão de fazer algo extraordinário, estávamos todos ali para celebrar o nosso encontro aqui na Europa. Foi tudo meio no improviso, mas com suporte profissional. O clipe é uma celebração da amizade, nada mais do que isso”, resume Mello.

Para o tecladista e autor de Gaita ou Sanfona, Mello era a pessoa certa para fazer o clipe. “Essa música busca minimizar as diferenças, desfazer os rótulos. Por exemplo, não importa se chamamos gaita ou sanfona, o que importa é criar, tocar, fazer a coisa acontecer. E o vídeo mostra isso, nossa linguagem estética visual, quem somos e a nossa proposta por meio da música instrumental. O olhar do Filipe foi certeiro nesse sentido”, destaca Casara.

Confira o clipe de Gaita ou Sanfona:

https://youtu.be/hTBnfDswtw8

Ficha técnica:

Produtora: Wondr

Direção: Filipe Traslatti de Mello e Maurício Franco

Direção de Fotografia: Maurício Franco

Assistente de Fotografia: Virgílio Pinto

Produção: Carine Panigaz

Edição: Filipe Traslatti de Mello

Gaita ou Sanfona 4 - Produtora Wondr

A YANGOS

Formado por César Casara (piano), Cristiano Klein (percussão/cajón e bombo leguero), Rafael Scopel (acordeon) e Tomás Savaris (violão), é um dos grupos referência da música instrumental sul-brasileira. Faz da união desses instrumentos um encontro cheio de energia, transmitida por ritmos como milonga, vaneira, chacarera e chamamé, misturados com um punhado de performance rock e uma pitada jazzística. Em 13 anos de carreira, o quarteto soma cinco álbuns, um DVD, uma premiação e três indicações ao Prêmio Açorianos de Música (2015/2016), uma menção honrosa no Festival Audiovisual da Serra Gaúcha (2017) e uma nominação ao Latin GRAMMY Awards ® (2017). Foi selecionado com outros 10 grupos do Brasil para apresentar-se durante a FIFA World Cup 2018, Moscow/Russia. Conquistou público e crítica de todas as regiões do Brasil e em mais de uma dezena países em todas as três Américas e Euro-Ásia.

Saiba mais:

O trabalho da Yangos está disponível em todas as plataformas de streaming e nos canais oficiais do Spotify, YouTube e Soundcloud, além do Facebook e Instagram @yangosoficial.

www.yangos.com.br

You tube: https://www.youtube.com/user/yangosquarteto

Crédito da imagem em anexo: Produtora Wondr

Sesc Bento Gonçalves recebe show do grupo Yangos

Grupo se apresenta no dia 14 de setembro e ingressos já estão disponíveis no Sesc local

O grupo Yangos traz um espetáculo musical a Bento Gonçalves, no dia 14 de setembro. A apresentação inicia às 20h, no Teatro do Sesc. O espetáculo GrandTangos traz grandes clássicos do tango argentino, um dos ritmos mais apreciados no mundo. Os ingressos já estão disponíveis no Sesc local, por R$ 12 para pessoas com o Cartão Sesc/Senac na categoria Comércio e Serviços; R$ 18 para categoria Empresários do Cartão Sesc/Senac; R$ 26 para público em geral, e R$ 13 para estudantes, professores, idosos e classe artística.

Em um ambiente que exala o romantismo em histórias de amor e drama, o grupo Yangos apresenta a batida contagiante do ritmo portenho em um show de música instrumental. GrandTango fundamenta-se na importância do tango na música latino-americana, da sua origem nos bordéis de Buenos Aires às maiores casas de espetáculo da Europa. Frequentando livremente a cena artística e musical, esta produção transita pelos caminhos da paixão, sedução, obsessão e desejo, em um show repleto de música. Uma apresentação com alguns dos grandes clássicos do tango em versões exclusivas e autorais.

Yangos (2)

Sobre o Arte Sesc – Cultura por toda parte – Criado pelo Sistema Fecomércio-RS em 2007, o programa reúne todas as atividades culturais desenvolvidas pelo Sesc no Rio Grande do Sul, entre teatro, música, artes plásticas, literatura e cinema. Além de promover uma intensa troca de experiências e ampliar o acesso à produção artística, o Arte Sescbusca ser reconhecido como promotor de ações culturais no Estado, sendo elas não só apresentações artísticas, mas também de caráter formativo e educacional, orientadas por três eixos: transversalidade, diversidade e acessibilidade.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3452-6103, no site www.sesc-rs.com.br/bentogoncalves e na páginawww.facebook.com/sescbentogoncalves.

Grupo YANGOS de Caxias do Sul participa do Festival El Mapa de Todos em Porto Alegre

YANGOS integra o line-up da sétima edição do Festival El Mapa de Todos na próxima semana em Porto Alegre.
O El Mapa de Todos chega a sua sétima edição, novamente em Porto Alegre, em 2017, nos dias 2, 3 e 4 de maio. O festival, pelo qual já passaram 96 artistas, de 11 países da América do Sul, Central, México, Espanha e Portugal, vai acontecer no Theatro São Pedro, a “catedral” da cultura gaúcha. Os caxienses da YANGOS estão entre os selecionados para a programação deste ano, sendo uma das sete atrações que representam as mais variadas vertentes musicais do nosso continente.
 unnamed (1)O grupo, que vem ganhando destaque no cenário nacional, a exemplo da premiação no Açorianos de Música em 2016, vai levar ao palco do El Mapa as novidades sonoras do “Chamamé”, álbum que será lançando ainda no primeiro semestre deste ano. Além da YANGOS, os caxienses da Bob Shut e do Ccoma + Tam Tam África já estiverem no palco do El Mapa em edições passadas.
A programação do festival também conta o uruguaio Daniel Drexler; os mexicanos-brasileiros Francisco, El Hombre, com seu som das ruas; os brasileiros Boogarins e a sua psicodelia internacional; e os colombianos Romperayo, com um mix de música tropical envenenada pela psicodelia, samplers, sintetizadores e percussão.
YANGOS, Carmen Correa e Zudizilla são os representantes da diversidade da música gaúcha no festival. A apresentação da YANGOS será na abertura do El Mapa de Todos, dia 2 de maio, noite que também contará com o show de Francisco, El Hombre. Os ingressos podem ser adquiridos na portaria do Theatro São Pedro.
 
Ingressos: de R$20 a R$60 intera | de R$10 a R$30 meia-entrada e promocional
Pontos de venda: Bilheteria do Theatro São Pedro
Informações: (51) 3227-5100 ou (51) 3227-5300