Posts

Roteiro 1ª Colônia da Imigração Italiana realiza planejamento para 2019

Garibaldi compõe grupo de sete municípios

Na última semana, representantes dos municípios que compõem o Roteiro 1ª Colônia da Imigração Italiana reuniram-se para tratar de ações que promovam o desenvolvimento da Rota. Garibaldi esteve representada pela turismóloga Melina Casagrande.

O Roteiro tem como objetivo resgatar e preservar a cultura trazida pelo imigrante, como por exemplo o “Talian”, também conhecido como dialeto vêneto do norte da Itália, além de trazer turistas para conferir o que há de mais autêntico no Destino Uva e Vinho da Serra Gaúcha: a gastronomia, a fé e a arquitetura.

Baseado nesses três pilares, o intuito é que o turista percorra os caminhos dos imigrantes, passando pelos sete municípios. Em um primeiro momento, a ideia é oferecer ao turista o passeio realizado de carro, mas se tem o objetivo de amadurecer o projeto e no médio e longo prazo transformá-lo no que hoje acontece no “Caminho de Santiago de Compostela”, trajeto formado por um conjunto de rotas situadas na Europa, onde existem inúmeras possibilidades de visitas e muitas rotas de peregrinação.

Igreja Matriz Créditos ALexandra Ungaratto (1)

O Roteiro diferencia-se também pela sua historicidade, cujo objetivo é atender ao turista sedento de informações e acontecimentos genuínos sobre a imigração no Rio Grande do Sul.

Integram o Roteiro os municípios de Garibaldi, Carlos Barbosa, Farroupilha, Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Santa Tereza e Pinto Bandeira. A Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra) coordena as atividades.

Foto: Alexandra Ungaratto