Posts

Novo Presídio de Bento já conta com mais de 35 celas prontas

Em visita ao local, autoridades verificaram as obras

Na tarde desta quinta-feira, 12, o prefeito Guilherme Pasin esteve juntamente com o secretário Estadual de Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos, Raffaele Di Cameli, secretário Municipal de Governo e Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira e vereadores, Eduardo Viríssimo e Anderson Zanella, visitando as obras do novo presídio de Bento Gonçalves.

De acordo com o engenheiro Fernando Verdi, as obras estão dentro do cronograma e a entrega da obra deve acontecer dentro do período de contrato, até o fim de janeiro de 2019. “Até o momento já foram concluídas mais de 35 celas, das 44 programadas, além do trabalho avançar nas áreas de convivência, lavanderia, refeitório e área administrativa”, salienta.

capa presidio

“Estamos muito felizes nesta tarde porque conseguimos verificar os avanços da obra do novo presídio de Bento Gonçalves. As celas estão quase prontas, os módulos prisionais, área de convívio com os familiares, parlatório, as obras estão muito avançadas. Em breve, muito em breve, nossa comunidade não terá mais que conviver com o presídio no centro da cidade”, ressalta o prefeito, Guilherme Pasin.

No momento, mais de 80 funcionários, entre pedreiros, armadores, carpinteiros e auxiliares trabalham no local. Os trabalhadores foram encaminhados por meio da Secretaria de Habitação, através do Programa Acessuas Trabalho.

Fotos: Marina Teles

Apenados do Semiaberto iniciam atividades com a Secretaria de Meio Ambiente

Ação faz parte da parceria assinada com o Programa Sistema de Segurança Integrada com os Municípios

 Os apenados do regime semiaberto iniciaram nesta semana as atividades junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A ação faz parte da parceria firmada entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Segurança, e o Programa Sistema de Segurança Integrada com os Municípios – SIM, da Secretaria de Segurança do Estado.

 O convênio possibilita que o Governo Municipal contribua para a reinserção de apenados do regime semiaberto do Presídio Estadual de Bento Gonçalves. Com isso, oportunizou que inicialmente sete apenados realizem os serviços. Entre as ações estão capinas, roçadas, podas de árvores, limpezas de logradouros, entre outras. A parceria conta com o apoio do Poder Judiciário, Ministério Público, Conselho do Presídio e SUSEPE.

EDITADA

 Com o acordo, a SUSEPE irá designar até 20 apenados do regime semiaberto do Presídio Estadual de Bento Gonçalves, todos monitorados com tornozeleiras eletrônicas, o que possibilita a localização em tempo real de cada um. A carga horária será de 44 horas semanais, de segunda a sexta-feira. Os apenados irão receber 75% do salário mínimo nacional, conforme o artigo 29 da Lei de Execução Penal (LEP). O convênio tem duração de 60 meses, podendo ser renovado.

 Para o secretário de Segurança, tenente-coronel José Paulo Marinho, “a possibilidade da utilização de mão de obra prisional nos serviços públicos mostra o interesse da Administração Municipal em dar uma oportunidade aos apenados. Além de contribuírem para a manutenção da cidade, eles vislumbrarão que existe um outro caminho, que não aquele que escolheram e pelo qual acabaram sendo punidos. Esperamos que o Projeto dê certo, contudo, deixamos bem claro aos participantes que a possibilidade de retornarem à casa prisional dependerá única e exclusivamente deles, na forma em que desenvolverem seu trabalho”, salienta.

Bento adere a projeto para utilização de mão-de-obra prisional

A Prefeitura de Bento Gonçalves assinou com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, nesta quinta-feira, 08, convênio para utilização de mão-de-obra prisional. O Município é o primeiro a firmar o acordo dentro do Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM). O programa foi criado a partir da necessidade de unir esforços entre instituições federais, estaduais e municipais e a sociedade civil organizada para o enfrentamento da violência e da criminalidade no Rio Grande do Sul. Bento aderiu ao Sistema em dezembro de 2017. Estiveram presentes na assinatura o prefeito Guilherme Pasin, o procurador Sidgrei Spassini, o secretário de Segurança Pública, tenente-coronel José Paulo Marinho e o presidente do CONSEPRO, Laercio Pompermayer.

Com o acordo, a SUSEPE irá designar 20 apenados do regime semiaberto do Presidio Estadual de Bento Gonçalves, para trabalharem em serviços de limpeza, roçada, pintura de meio-fio, entre outros. A carga horária será de 44 horas semanais, de segunda a sexta-feira. Os apenados irão receber 75% do salário mínimo nacional, conforme o artigo 29 da Lei de Execução Penal (LEP).

IMG_20180308_WA0077_2

 “A cedência de mão-de-obra prisional é uma das principais vertentes do SIM, pois dá a oportunidade de trabalho ao apenado. A ressocialização diminui a reincidência no crime, pois trabalha a autoestima do apenado”, destaca o secretário Cezar Schirmer.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura cria projeto “Prato do Bem”

 Para o prefeito Guilherme Pasin a sociedade é beneficiada com o trabalho. “São serviços que vão auxiliar no embelezamento da cidade. O que estamos vendo é o retorno de todo investimento que a sociedade faz aos presos, retorno em forma de trabalho”, disse.

 O convênio tem duração de 60 meses, podendo ser renovado. Também participaram do ato a presidente do Conselho Comunitário, Regina Zanetti, o diretor do Presídio de Bento Gonçalves, Volnei Zago, e o assessor do secretário de Segurança do Estado, tenente-coronel Alexandre Augusto Aragon.

Foto: Emanuele Nicola