Posts

Trevo do Santa Marta é o primeiro local contemplado com projeto Adote uma Praça

Iniciativa visa incentivar ações de manutenção, conservação e promoção de melhorias urbanas

 

A preservação do verde e o colorido das flores na paisagem urbana é um dos objetivos da Prefeitura com o Programa Adote uma Praça. O projeto, que iniciou o chamamento de empresas no mês outubro já tem o seu primeiro parceiro. Nesta segunda-feira, 5, o prefeito Guilherme Pasin acompanhado do secretário do Meio Ambiente, Claudiomiro Dias, assinaram o Termo de Cooperação com Márcio Borges Floricultura Ltda. A empresa será responsável pela manutenção do o trevo da Rua Vitório Carraro esquina com a Rua Batista Dosso, no bairro Santa Marta.

O proprietário da Floricultura Márcio Borges afirmou que tomou a iniciativa para incentivar outras pessoas a aderirem o programa.  “Isso é um trabalho de todos, preservar e manter os espaços mais limpos, ainda mais de tratando de uma cidade turística como Bento”, ressaltou .

Os interessados devem apresentar suas propostas quanto à conservação e manutenção e às melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas que pretendem realizar nos espaços, além de documentos pertinentes. “Ficamos muito contentes em receber interessados no projeto e esperamos que assinaturas como no dia de hoje se tornem rotina”, destacou o secretário da pasta.

Conforme o prefeito Guilherme Pasin o Adote uma Praça é uma “forma de estender ainda mais o nível de atuação dos cuidados com esses espaços. A ação permite que empresas e cidadãos interessados possam cuidar das praças de forma voluntária. Estamos juntos deixando nossa cidade ainda mais bela”, disse.

Como contrapartida, as empresas podem utilizar a local como instrumento de promoção, publicidade e propaganda. A cooperação tem tempo mínimo de um ano, podendo ser prorrogada.

Adote uma praca

Para participar o adotante deverá preencher o formulário – disponível no site da Prefeitura na aba “Adote uma Praça” – com a proposta e protocolar na Sala do Empreendedor, onde será analisada e avaliada por uma Comissão Especial previamente constituída. Cerca de 50 locais do Município estão disponíveis.

São considerados objetos de adoção: parques naturais, parquinhos infantis, academias populares, rotatórias, canteiros, jardins, praças, áreas de ginástica e lazer e áreas verdes.

A Secretaria de Meio Ambiente e a Sala do Empreendedor estão localizadas na Rua 10 de novembro, 190, fundos. Mais informações pelo telefone 3055-7052.

Foto: Davi Da Rold

Praça CEU é considerada exemplo de sucesso no país

Representante do Governo Federal esteve no Município vistoriando o local

Representando o Ministério da Cultura, o Secretário de Infraestrutura Cultural (SEINFRA), Paulo Edy Nakamura, esteve no último dia 14 de junho visitando a Praça CEU, local onde está situado o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) de Bento Gonçalves.

Na ocasião, os secretários da Cultura, Evandro Soares, e de Habitação e Assistência Social, Milena Bassani, apresentaram toda a estrutura e funcionamento do Centro, que conta com quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, academia ao ar livre, pista de skate, mini palco de apresentações, biblioteca, telecentro, salas multiuso e um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

Após a vistoria, Nakamura destacou que a Praça CEU do Município é uma iniciativa que merece ser divulgada para o restante do país. “Vim aqui com o objetivo de verificar o andamento das obras que foram realizadas dentro deste grande programa nacional, que são as Praças CEUs. Nós temos 333 locais como este, especificamente no Rio Grande do Sul nós temos 22 praças em funcionamento ou em fase de conclusão. Foi uma grata surpresa esta minha visita, quero parabenizar toda a Administração, as secretarias de Cultura e de Assistência Social do Município, pelo bom trabalho desenvolvido. Este é um exemplo de sucesso e de uma boa gestão. O desejo do Governo Federal é que possamos replicar este tipo de proposta pra diversos outros municípios”, pontuou.

IMG_9535

Durante o encontro, o secretário também acompanhou o andamento de uma das aulas da oficina de Artesanato em Madeira. No local são ofertadas ainda outras cinco oficinas culturais e artísticas de forma gratuita: de violão, de capoeira, de danças urbanas, de grafite e de crochê e amigurumi para aproximadamente 150 alunos, entre crianças, adolescentes e grupos da melhor idade.

Em Bento Gonçalves, o CEU promove acesso à educação, cultura e esporte a cerca de quatro mil pessoas de todas as faixas etárias, dos bairros Zatt, Aparecida, São Roque, Ouro Verde e Loteamento Bertolini.

Também acompanharam a visita, a coordenadora da Praça CEU, Patrícia Da Rold, e o coordenador de Implantação do CRAS, Clóvis Prates.

Créditos foto: Laura Kirchhof