Posts

Inscrições para o curso “Formação de Gestores para o Comércio” são prorrogadas até dia 11

Ampliação do prazo é decorrência das paralizações que ocorrem no país. Capacitação, fruto da parceria entre CDL-BG e UCS, tem nova data de início marcada para 12 de junho.

Os profissionais interessados em agregar qualificação às suas habilidades de gestão ganharam prazo extra para investir em sua formação. As inscrições para o curso “Formação de Gestores para o Comércio” foram prorrogadas até o dia 11 de junho – por conta das paralisações que transtornaram o país nos últimos dias. As aulas iniciam em 12 de junho e ocorrem às terças e quintas-feiras, das 19h30min às 22h30min, na sede da CDL-BG (Rua Marechal Deodoro, nº 139 – Centro de Bento Gonçalves).

O curso é uma iniciativa do projeto Escola de Negócios, parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves e a Universidade de Caxias do Sul. Seu programa contempla 13 disciplinas, totalizando 150 horas. A grade curricular foi planejada conforme as necessidades identificadas em pesquisa de mercado conduzida com lojistas. Nesse processo, foram identificadas as principais lacunas de capacitação e objetivos dos comerciários junto aos seus funcionários. “A expectativa é de preencher as necessidades do comércio em capacitação para gerir com competência. Nosso trabalho é focar no que realmente importa para que eles atinjam esse objetivo”, comenta um dos coordenadores do programa, professor Cristiano Wagner Tesser Pavinato.

Outro diferencial importante é o caráter prático da metodologia, que torna o curso amigável para o aluno. “O fator mais importante foi, sem dúvida, a necessidade de termos uma especialização que falasse a linguagem do comerciante. Não adianta criar um curso com professores letrados, mas sem experiência no comércio. Por isso trabalhamos para que todos os docentes fossem capacitados e com experiência no segmento”, esclarece. Nessa perspectiva prática, a disciplina de Análise de Crédito e Cobrança, por exemplo, usa a ferramenta do SPC Brasil de forma on-line em sala de aula, simulando o que acontece no dia-a-dia das empresas.

SERVIÇO

O que: curso “Formação de Gestores para o Comércio”

Quando: inscrições até 11 de junho. Início das aulas dia 12 de junho.

Inscrições:

UCS Relações com o Mercado: (54) 3449-5203, com Catiane Zembruski

CDL Bento Gonçalves: (54) 3055-0566 ou [email protected]

            Mais informaçõeswww.cdlbento.com.br/cdl-treinamento

Crédito das imagens: Exata Comunicação

Quíntuplas de Santa Catarina

História das meninas, de 7 anos, é acompanhada de perto por moradora de Bento Gonçalves

IMG_2848

As gêmeas quíntuplas Evelin, Isadora, Poliana, Samanta e Vitória, de 7 anos, que residem no município de Braço do Norte, região sul de Santa Catarina, são “as meninas do coração” de Jurema Milani, 78 anos, moradora de Bento Gonçalves. Em visita a uma tia que mora em Braço do Norte, Jurema ficou sabendo do nascimento das cinco meninas e quis conhecê-las. Desde então acompanha a vida das meninas, que acabaram de concluir o primeiro ano do Ensino Fundamental no Colégio Espaço, com notas acima da média, todas estudando na mesma sala de aula. As cinco meninas são fruto de concepção natural. A mãe Sidnéia Daufemback Batista, hoje com 38 anos, descobriu a gravidez das quíntuplas logo no segundo mês da gestação.

40 dias

Em agosto de 2010, na manhã do dia 20, Sidnéia deu à luz cinco meninas, prematuras, com 7 meses, na maternidade Carmela Dutra, em Florianópolis. As bebês, que pesavam entre 1050 e 1280 gramas, tiveram que permanecer em incubadoras nos 41 dias seguintes para ganho de peso. A mãe, Sidnéia, recebeu o auxílio dos pais e demais familiares e também da comunidade. O nascimento das gêmeas foi noticiado pela emissora SBT em rede nacional, sensibilizando inúmeras pessoas que enviaram fraldas, mamadeiras e vestuário, entre outros donativos, para as recém-nascidas.

18403106_1193596874082980_5813017255872832301_n

Sidnéia trabalha fora somente nos finais de semana, organizando e fazendo coberturas fotográficas em festas infantis. Durante a semana, o tempo da mãe é focado na rotina das cinco filhas e nos afazeres domésticos. “Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor e a satisfação de ser mãe. Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes. Agradeço a Deus pela maternidade, que me tornou alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo”, ressalta Sidnéia.

LEIA TAMBÉM: Alice, Miguel e Arthur foram os nomes mais usados em recém -nascidos em 2017, tanto no RS como no Brasil

SAIBA MAIS: Patas e Focinhos: Integração na Integração na rede de apoio a animais abandonados ou vítimas de violência