Posts

Conjunto de Canicross bento-gonçalvense é vice campeã da corrida Anomati Trail

unnamed (3)A bento-gonçalvense Letícia Casonatto da equipe de canicross Cusco participou da primeira etapa da corrida Anomati Trail – corrida que duplica as distâncias percorridas por etapas – no último sábado, dia 25 e conquistou o segundo lugar da competição.  O evento aconteceu ao som das marchinhas de carnaval, nas dunas da beira-mar de Arroio do Sal, litoral norte do estado. Foram duas provas, uma de 6 e outra de 12 km. Além de Letícia, o conjunto Maurício Pinzkoski e Olívia também da Cusco participaram da corrida, aberta para cães. O evento ainda teve a participação inclusiva de uma deficiente auditiva e de uma mãe com uma bebê no carrinho. A segunda etapa da Anomati ainda está em fase de planejamento.

Interessados em conhecer e começar a praticar Canicross (modalidade de corrida realizada com cães) em Bento Gonçalves, pode entrar em contato com Letícia pelo telefone 54-98134-9005.

Maratona do Vinho na serra gaúcha recebeu a primeira equipe de Canicross

canicrossA Maratona do Vinho, ocorrida no último domingo, 12, no Vale dos Vinhedos, reuniu mais de 1000 competidores. Mas em meio aos corredores individuais, quartetos e octetos, quatros duplas tiveram destaque especial. Letícia Casonatto e Pipoca, Gregori Zamprogna e Madoff, Maurício Pinzkoski e Olívia e Camila Casarotto e Lek. Eles integram a Cusco Equipe de Canicross, primeira equipe do sul do Brasil. Junto aos seus companheiros caninos, participaram pela primeira vez do evento. Eles são canicrossers, nome dado aos praticantes do esporte canicross, corridas e caminhadas realizadas com cães.

Às 7:35 aconteceu a largada das equipes de revezamento de duplas, quartetos e octetos. Letícia e Pipoca compôs o primeiro conjunto da Cusco Equipe de Canicross, que revezou os 44Km com as outras duplas. A equipe recebeu o apoio da Age! Comunicação, Vai Totó e IERGS,

“Nunca é fácil realizar algo que jamais foi feito. Mas estamos muito satisfeitos em todos os sentidos, tanto que para 2018 o organizador sugeriu uma categoria exclusiva para nós, canicrossers”, declarou o competidor Maurício Pinzkoski.

O esporte canicross
Existente desde 2000 e de origem europeia, o canicross – no Rio Grande do Sul – começou em 2015 em Passo Fundo. Em 2016 surgiu a Corrida e Caminhada Beneficente Vai Totó (em Porto Alegre) que promove a atividade. No mesmo ano os “treinões”, e a Cusco Equipe de Canicross, surgem  nos parques da capital incentivando a modalidade. “Correr é fácil, e correr com um cão também é. O canicross pode ser com qualquer cachorro de qualquer raça, desde que treinados”, explicou Camila Casarotto.