Posts

Ana Botafogo é atração confirmada em Congresso de Empreendedoras

Inspirar, fomentar conexões profissionais e incentivar o protagonismo feminino dentro das organizações são os objetivos do Feminina – 1º Congresso de Mulheres Empreendedoras da Serra Gaúcha. O evento marcado para o dia 5 de outubro, na Sede social da Associação dos Motoristas de Garibaldi (AMG) é promovido pela Apeme Mulher – Núcleo feminino da Associação de Pequenas e Médias Empresas (Apeme), de Garibaldi. Entre as atrações está a palestra Magna “Vida de Bailarina”, com Ana Botafogo.

Visando reunir mulheres com perfil empreendedor de todas as idades e segmentos, a Apeme Mulher pensou em criar um evento que promova reflexão e inspirações. Por isso, o dia será repleto de palestras com líderes e gestoras com trajetória reconhecida. A primeira palestra será O Círculo Virtuoso do Empreendedorismo: A trilogia Foco, Vontade e Potencial”, com Cintia Lee Martínez Megget. Nascida em Montevidéu, a especialista em Sistemas Integrados de Gestão abordará o que é ser empreendedora e explicará como desenvolver as características essenciais.

f662d22eaa0500c1a3027d06d50c9f34

Na sequência, os participantes assistirão ao painel Mulheres Empreendedoras: Histórias de Sucesso, com a presença da executiva da Malharia Anselmi, Maria Anselmi; diretora-presidente da Rede de Ensino Caminho do Saber e vice-presidente de serviços da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), de Caxias do Sul, Maristela Tomasi Chiappin, e as garibaldenses: proprietária da Osteria Della Colombina, Odete Bettú Lazzari, e a pesquisadora em astrofísica Cristina Furlanetto. A partir das 17h, será a vez da palestra show Mulher, a alma do cuidado humano, com o filósofo, teólogo e cantor Gustavo Balbinot.

A última atração do congresso é a palestra magna Vida de Bailarina, com Ana Botafogo. A primeira-bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro é dona de uma carreira repleta de conquistas importantes. Entre os muitos títulos que recebeu estão o de Embaixatriz da Cidade do Rio de Janeiro e o de Benemérito do Estado do Rio de Janeiro. O Ministério da Cultura da República Francesa nomeou-a em 1997 Chevalier Dans L’Ordre des Arts et des Lettres e, em 1999, o Ministério da Cultura do Brasil outorgou-lhe o Troféu Mambembe, referente ao ano de 1998, pelo reconhecimento ao conjunto do trabalho.