Consultório do Unidos por Bento atendeu a mais de 400 pacientes

A última atualização dos números do consultório do Unidos por Bento, voltado ao atendimento imediato aos primeiros sintomas da covid-19, comprova a eficácia do serviço surgindo no final de abril. Desde então, 444 pacientes procuraram o consultório, sendo realizados 259 testes, com a confirmação de 148 casos positivos. Desses, apenas dois precisaram de internação hospitalar – ou seja, 1,35% do total. “Não há como afirmar que esses casos evoluiriam para um quadro grave, mas é possível garantir que esse trabalho ajudou a reduzir a pressão no sistema hospitalar”, diz Rogério Capoani, presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), entidade à frente do movimento Unidos por Bento.

Parte significativa dos bons resultados já alcançados pela iniciativa é mérito da determinação, dedicação e coragem dos profissionais da área da saúde que fazem os atendimentos no consultório do Unidos por Bento. Coordenados pelo pneumologista Alexandre Pressi, atendem no espaço os médicos Roberta Bellora, Jaime Arrarte, Marlize Ferrari, Sadi Spagnol, Silvana Piccoli, Marco Grando, Andrew da Silva e Angela Ozelame. “Esses profissionais são merecedores de nossa admiração e gratidão pelos incansáveis esforços dedicados a salvar vidas, trabalhando diuturnamente, com zelo, cuidado e garra impressionantes, por nossa comunidade. O CIC-BG, em nome do Unidos por Bento, e de Bento Gonçalves, presta a eles merecido reconhecimento”, diz Capoani.

Cuidados ainda são necessários

Mesmo com o melhor andamento da vacinação, a atuação do consultório segue importante para os trabalhadores, para quem o serviço é destinado. “A vacinação é uma prevenção, e esperamos que tão logo todos possam estar vacinados. Mas sabemos que, mesmo vacinada, a pessoa pode contrair o vírus. Por isso, precisamos estar sempre atentos aos primeiros sinais da covid”, alerta Capoani.

Empresas e pessoas físicas que desejarem contribuir com o Unidos por Bento para a manutenção e ampliação do serviço podem entrar em contato com o CIC-BG através do telefone 2105.1999. Nove médicos com vasta experiência na linha de frente do atendimento à covid fazem parte do consultório, sendo coordenados pelo pneumologista Alexandre Pressi. Para o melhor atendimento do serviço, os trabalhadores devem antes agendar a consulta por meio do telefone (54) 9.9908-4362.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *