Harmonia

Por César Anderle

O verdadeiro amor, em todo seu conceito, não espera retribuição do outro. Este sentimento necessita ser prático e não apenas de palavras bonitas. Ele deve ser alimentado com afeto, estar presente, gastar tempo com as pessoas e colocar o desejo e a própria necessidade do outro à frente das nossas próprias vontades.

Nada fácil de compreender, mas com muita disposição e abertura de coração, podemos almejar este nível de exigência humana e fraterna. Podemos ser mais, basta querermos ser empáticos.

Muitas vezes, as nossas próprias dificuldades se remetem em desafio para encontrarmos o nosso destino de vida. Por vezes, você, eu, nos interrogamos em como sair deste momento, cheio de desafetos, de descontentamentos, de ansiedade e sem sentido. Nesses instantes, a fé se faz solução.

Devemos perseguir a vitalidade que Deus nos dá de graça e a base familiar, em conjunto com a fé inserida em nosso dia a dia, por nossos pais e muitas vezes por conhecidos, nos acalenta o coração e nos fortifica para a busca do equilíbrio humano.

Muitas vezes me questiono e deixo para a sua reflexão: Como me descreveria para minha família, meus amigos e o mundo em geral?

O que impulsiona as minhas ações? Estudos, carreira, profissionalismo, disciplina, trabalho, reconhecimento, sucesso, sustento?

Me parece que isso tudo é importante e faz parte de nossas vidas, mas é só isso que me move e move você? Precisamos de algo a mais se quisermos ter uma vida íntegra, uma vida com mais valor espiritual e humano.

Desafio que começa a cada nova amanhecer e que o próprio Deus nos dá a oportunidade de vivermos um dia diferente, cheio de energia positiva, de bênçãos e amor. Somos parte de um todo, ninguém vive completamente sozinho. Precisamos do outro, para as mais diversas ações diárias. Não conseguimos viver isolados, com a idolatria do somente “eu”.

Tenha em cada dia a alegria de realizar pequenos agrados às pessoas de seu entorno: elogie, dê presentes, tenha um costumeiro bom dia com sorriso no rosto. Não espere retribuição por estas ações, faça favores, apenas faça. A bondade que revestimos e o amor que distribuímos torna o lugar onde vivemos mais agradável aos outros, mas principalmente a nós mesmos e, sem dúvidas, para Deus. Ele nos observa a cada instante e se alegra com atitudes positivas e cheias de fraternidade e bem querer.

Isso nos trará paz de espírito, sensação de humanidade, humildade e de encontro com o real sentido de Vida.

Paz a Você meu amigo (a)!

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *