vinho brasileiro

Fundovitis: R$ 12 milhões para promover o vinho nacional

Com a liberação do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura, Consevitis terá um ano para colocar em prática o plano de trabalho apresentado e aprovado pelo Governo do Estado

 

Depois de mais de um ano de espera, enfim é assinada a liberação do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura (Fundovitis) que passa a ser gerido pela Uvibra/Consevitis, formado por membros da Uvibra, Fecovinho, a Agavi e a Comissão Interestadual da Uva. Os R$ 12 milhões, referente ao fundo de 2018, serão utilizados na promoção do vinho nacional em 12 meses.

 

“Claro que esta notícia era muito aguardada pelo setor, mas ao invés de comemorar precisamos trabalhar com foco e recuperar o tempo perdido. Criamos o Consevitis já prevendo a participação e representatividade de todas as partes envolvidas no setor, descentralizando e democratizando a operação. Assim, vinícolas, cooperativas e produtores de uva farão parte das decisões dos rumos da vitivinicultura”, destaca o presidente da Uvibra, Deunir Argenta.

 

A assinatura, realizada na terça-feira, 20 de outubro, e publicada no Diário Oficial do Estado na sexta-feira, 23, contou com a presença do Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Luis Antônio Franciscatto Covatti, o presidente da Uvibra, Deunir Argenta e o secretário adjunto, Luiz Fernando Rodrigues Júnior. O termo de colaboração do convênio – FPE Nº 2238/2020 tem o propósito de realizar ações para a manutenção e promoção do setor vitivinícola por meio de metas que irão atuar em consonância com a Política Vitivinícola do RS, estabelecida pela Lei Estadual nº 10.989 de 13/08/1997 e alterações, conforme Plano de Trabalho aprovado pela Administração Pública.

 

Os recursos do Fundovitis vêm de uma taxa paga pelas vinícolas sobre a aquisição das uvas. Do valor pago, 50% retorna para o setor, através de um repasse do Governo do Estado, podendo ser utilizado na promoção do vinho com o propósito de aumentar o consumo da bebida no país, contribuindo para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva da uva e do vinho.

 

Os oito integrantes do Consevitis vêm se reunindo periodicamente, seguindo instruções do Estado. O coordenador do Conselho é o Diretor Executivo da Fecovinho, Hélio Marchioro, que tem o desafio de conduzir este trabalho gerindo os recursos que estavam depositados em fundo próprio desde 2019, em conta separada do caixa único do Governo do Estado. O dinheiro estava parado em razão de apontamentos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) relativo ao período de 2012 a 2016, quando os recursos eram geridos pelo Ibravin.

 

PARTICIPANTES DO CONSEVITIS

Uvibra – União Brasileira de Vitivinicultura

Fecovinho – Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul

Agavi – Associação Gaúcha de Vinicultores

Comissão Interestadual da Uva

Fundovitis2

Foto-da esquerda para diretita: Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Luis Antônio Franciscatto Covatti; o presidente da Uvibra, Deunir Argenta e o secretário adjunto, Luiz Fernando Rodrigues Júnior

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *