feira 3 (1)

Eventos virtuais superam expectativas

É o caso do Bento em Dança, da Feira do Livro e da Avaliação Nacional de Vinhos

Por Rodrigo De Marco

rodrigo@integracaodaserra.com.br

Edição: Kátia Bortolini 

katia@integracaodaserra.com.br  

A aldeia global está cada vez mais high tech. A migração para atividades de trabalho e para mais vivências online, imposta pela pandemia da Covid 19, está ocorrendo em todo o mundo. Como mola propulsora, a natural capacidade de adaptação da raça humana às mais variadas condições de vida. No dito “novo normal”, a atividade presencial está intimamente vinculada ou intercalada com a virtual.

 

No novo cenário, eventos tradicionais de Bento Goncalves nessa época do ano, como o Bento em Dança, a Avaliação Nacional de Vinhos e a Feira do Livro foram adaptados ao formato online. O Bento em Dança ocorreu de 7 a 12 deste mês, com a participação de cerca de 3500 pessoas, em 26 oficinas. A 35ª edição da Feira do Livro de Bento Gonçalves, que iniciou no dia 7 de outubro e segue até o próximo domingo, 18, está com as atividades centralizadas no palco do auditório do SESC, no centro da cidade, transmitidas pelo canal Youtube.

 

Nesta mesma pegada, entre 18 de outubro e 1º de novembro deste ano, ocorre a programação artística ‘Fenavinho Virtual’, com 16 apresentações transmitidas pelo facebook da Fenavinho e Youtube. Entre elas, a de Renato Borghetti, Rodrigo Soltton e Delcio Tavares.

 

A homenagem do Sindiserp a professores e servidores públicos municipais, pela passagem dos dias dedicados às categorias, também será online. Ela será prestada em lives shows dos artistas Johnny Grace e Rodrigo Soltton, às 19 horas do dia 25 deste mês de outubro, via Facebook.

bento em dança

Bento em Dança 3

Avaliação Nacional de Vinhos com nova proposta

A 28ª edição da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020, promovida pela Associação Brasileira de Enologia (ABE), ocorre no próximo dia 7 de novembro, a partir das 17 horas. Essa edição bateu recorde de inscrições, com 395 amostras da bebida, por 56 empresas do setor. Segundo o presidente da ABE, Daniel Salvador, a edição será histórica pela avaliação de vinhos elaborados com a melhor safra de uvas que o Brasil já registrou e, também, pela migração do formato presencial para o online, podendo ser assistida ao vivo por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, via Facebook, Instagram e Youtube da ABE.

 

A migração para o formato virtual foi resolvida com a oferta de 700 kits contendo as 16 mostras representativas da Safra 2020, vendidos pelo site da entidade no último dia 23 de setembro, em menos de duas horas. Os participantes vão degustar as mostra dos vinhos selecionados entre os 30% mais representativos da safra, em suas casas ou onde preferirem.

 

Cada kit contém 16 garrafas baby (187 ml), o que permitirá que a amostra seja degustada por duas ou até três pessoas. O conjunto inclui, ainda, duas taças personalizadas de cristal para vinho, além das Fichas de Degustação e da 10ª Revista Brasileira de Viticultura e Enologia. O envio foi feito pela ABE por transporte privado.

 

As edições anteriores, presenciais, ocorreram em Bento Gonçalves, na Fundaparque. Essa próxima, virtual, terá como cenário o Hotel Spa do Vinho, localizado no destino enoturístico Vale dos Vinhedos, somente com a presença de comentaristas convidados e equipe de organização e transmissão.

 

Uma das estratégias adotadas pela ABE para mobilizar as pessoas em torno do mundo do vinho, foi convidar as pessoas a se engajar à campanha “Eu já descobri o meu vinho, e você?”, produzida pela Agência Gringa. Se engaram na campanha, enólogos, sommeliers, jornalistas, médicos, celebridades e empresários que, ao longo das 27 edições, integraram o painel de comentaristas e avaliadores.

avaliação do vinho

avaliação 2

 

Bento em Dança invade as telas

Neste ano, o Bento em Dança se reinventou para continuar marcando presença e o resultado superou as expectativas, afirma a coordenadora do evento, Ercy Grapiglia. “Não foi fácil, como vender uma mercadoria. A alma do evento é a dança, o movimento. O legal foi que os professores queriam conversar, saber de onde eram os alunos, e esse retorno fomos tendo ao vivo, online mesmo. Além das aulas, utilizamos o chat, sempre com um mediador conversando com os alunos. Muitos queriam utilizar depois como recurso de ensaio, por isso todas aulas ficaram disponibilizadas no nosso canal do YouTube. A abrangência do festival se equiparou ao presencial, com abrangência nacional e internacional. Tivemos participação de alunos da Argentina, Chile, Suíça, Itália, Estados Unidos, portanto, além-fronteiras”, ressalta.

 

Ela também salienta que todos, independentemente de serem bailarinos ou de estarem praticando dança, puderam estar próximos da atividade.  “Envolvemos uma série de pessoas que não conseguiriam estar no evento. Agradeço aos professores e às pessoas que auxiliaram nesse processo, para que pudéssemos ter a imagem do Bento em Dança presente. Penso que as manifestações culturais devem permanecer fortes e presente na vida das comunidades. Como coordenadora do festival deixo meu carinho a todos”.

 

Acesse o canal do YouTube do Bento em Dança 

https://www.youtube.com/channel/UC4ic5W1MeE8fQovtNtJskVg

 

Feira do Livro se reinventa

A cultura pulsa cada vez mais forte em Bento Gonçalves, e nem mesmo a pandemia impediu a realização da Feira do Livro. O evento, no formato online, engajou um público ávido por cultura. De acordo com um dos organizadores da feira, Robert Melo, nos sete primeiros dias de evento os vídeos das atrações disponibilizados no YouTube tiveram mais de cinco mil visualizações.

 

“O feedback está sendo bem positivo, principalmente em relação a programação. Recebemos vários elogios. Nos anos anteriores, a feira ocorreu na Via Del Vino, com programação desde a manhã até início da noite. No formato virtual, tivemos que reduzir, mesmo assim, as pessoas estão gostando da programação. Esse é o principal feedback de quem está nos assistindo”, conta.

 

Com o sucesso da feira no formato online, os organizadores já estudam a possibilidade de a próxima edição, prevista como presencial, manter algumas atrações transmitidas online, permitindo maior abrangência de público.

 

“Acreditamos que no próximo ano, mesmo que a feira seja no centro, iremos manter o formato híbrido. Nesse ano, por exemplo, teremos a participação online da escritora Ana Terra, que mora na França. Na próxima edição, essa forma de participação será utilizada com escritores brasileiros de renome internacional, que residem em outros países. O online também permitirá que escritores com bastante demanda participem do evento. Como exemplo, o escritor André Neves participou dessa edição atendendo simultaneamente cerca de 300 crianças simultâneas”, explica.

 

Segundo Melo, o temor era atrair o público ao evento. “Mas vimos que, no decorrer, tivemos muitas visualizações nos canais digitais que a feira está utilizando. Convido a acessarem o nosso site feiradolivrobento.com, onde está sendo disponibilizada a programação completa”, acrescenta.

Para bibliotecária, Eunice Pigozzo, que durante 30 anos atuou na biblioteca, concretizando muitas edições da Feira “é uma alegria poder representar todos os trabalhadores da literatura, que passaram pela biblioteca. É uma honra poder participar neste ano emblemático, em que a tecnologia foi colocada em pauta, mas permaneceu a importância de falar do livro, da leitura. E principalmente dos 80 anos da Biblioteca Pública”, destaca.

 

Patrona do evento, a escritora gaúcha Letícia Wierzchowski ressaltou que “a alegria é uma forma de coragem. É um orgulho ser patrona da Feira do Livro, em uma edição corajosa. Em um momento, que vários Municípios cancelaram o evento, vocês realizaram e proporcionaram momentos especiais para crianças e adolescentes. Que possamos estar juntos novamente falando do livro, de histórias. Porque todos somos história”.

 

As transmissões foram realizadas diretamente do Sesc. “Como promotor da cultura, temos a honra de receber a Feira do Livro. Agradeço toda equipe que construiu esse momento, os homenageados, que são figuras importantes na disseminação da cultura no nosso Município. Uma feira que ficará marcada não só na história, mas nas redes sociais”, disse o gerente do Sesc, Jaques Facchineli.

 

O secretário de Cultura e presidente da Fundação Casa das Artes, Evandro Soares falou sobre a importância da cultura. “Hoje celebramos uma Feira do Livro de sucesso. Cumprimos o desafio de trazer para o ambiente online, o mundo da literatura, homenageando a Biblioteca Pública, que em seus 80 anos conquista premiações, hoje tem um acervo digital e é motivo de orgulho. Que todo conhecimento que passou por esse palco, possa continuar sendo levado adiante pelas redes sociais”, disse.

 

Também participaram do encerramento o jornalista e escritor, Fabiano Mazzotti, e representando os patrocinadores da feira o Superintendente executivo de varejo da Caixa, Ariel Carissimi.

 

Acesse o canal da Feira do Livro no YouTube

https://www.youtube.com/channel/UCt7AeQkSSqfA4ppWe2xOsmw

grupo feira do livro

feira 1

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *