Bento-Gonçalves-Foto-Fabiano-Mazzottib

Bento adere a #OComércioQuerTrabalhar

Sindilojas Regional Bento abraça campanha da Fecomércio-RS

Certo de que fechar as portas do comércio não é a solução para combater o Coronavírus, o Sindilojas Regional Bento se lança em mais uma ação, além de tantas que já vem realizando no enfrentamento desta pandemia global. Como braço da Fecomércio-RS numa base territorial que abrange 11 municípios (Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul), a entidade coloca nas ruas a campanha ‘O Comércio quer Trabalhar’.

Cartazes com a identidade da campanha estão sendo distribuídos aos associados, a fim de chamar a atenção e sensibilizar sociedade e governo, mostrando que o fechamento das atividades comerciais não resolve o problema da pandemia, pelo contrário, expõe empresas e famílias, que sem renda não têm condições de sobreviver. “Estamos fazendo a nossa parte e, por isso, não somos foco de transmissão. Estamos seguindo todos os protocolos e dependemos da venda para seguir gerando emprego e renda, além de pagar impostos”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio.

Além de estar exposta na porta e vitrine dos estabelecimentos comerciais, a campanha também circula pelas redes sociais do Sindicato com a #OComércioQuerTrabalhar e, por meio do whatsApp, entre os associados, criando uma corrente pela flexibilização do comércio.

Outras ações e conquistas

Desde que Bento Gonçalves e entorno vem enfrentando a Covid-19, o Sindilojas Regional Bento não tem medido esforços no sentido de criar ferramentas capazes de ajudar os associados a enfrentar o problema que toma conta do mundo todo. Com a ação ‘Bento é Super’, a entidade mobilizou mais de 100 empresas que são pontos de coleta para a arrecadação de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza (água sanitária, sabão e sabonete), que estão sendo recolhidos pela Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social (Sedes) e distribuídos entre famílias que necessitam deste apoio. A demanda triplicou desde que o vírus chegou na cidade, passando de mil para 3 mil cestas básicas por mês.

Além disso, o Sindilojas também desenvolveu três E-Books focados em conhecimento para auxiliar no incremento das vendas. A ferramenta está sendo disponibilizada gratuitamente a todas as empresas que integram o quadro social. Junto à Federação, o Sindicato também comemora a conquista da ação judicial que assegura às empresas a manutenção dos serviços de telefonia e internet até 15 de outubro. Ou seja, as companhias não podem suspender os serviços mesmo que haja inadimplência. Também não podem cobrar multa e jutos sobre as faturas não pagas. Outra cobrança que está isenta em razão da pandemia é a de direitos autorais junto ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD).

A possibilidade de operar com tele entrega mesmo em Bandeira Vermelha é mais uma das conquistas da Federação comemorada pelo Sindilojas, que também atuou na negociação com o SEC-BG, na redução do bônus por feriado trabalhado em 10%, em relação a Corpus Christi e Santo Antônio. Outro acordo firmado entre os sindicatos e que trouxe benefício aos representados ao Sindilojas é o prazo mais elástico para a compensação do banco de horas, assim como a flexibilidade para a concessão de férias devido aos períodos de fechamento das lojas.

Foto: Fabiano Mazzotti

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *