Jos-Eugnio-Farina

Prefeitura de Bento decreta três dias de luto pela morte do empresário José Eugênio Farina

A Prefeitura de Bento Gonçalves decretou no final da tarde desta quarta-feira,27, três dias de luto oficial no Município pela morte do empresário, José Eugênio Farina, 95 anos. Conhecido como “seu Geninho”, o empresário deixa um legado de empreendedorismo, desenvolvimento e contribuição com a comunidade.

 

Natural de Bento Gonçalves, iniciou sua vida profissional com 12 anos, como balconista de uma farmácia. Ao longo dos anos, trabalhou num armazém de secos e molhados, como balconista numa agência de automóveis até chegar ao cargo de diretor na Metalúrgica Bento Gonçalves e na Farina S/A, respectivamente.

 

Em 1971, ele adquiriu ações da Todeschini S/A, reconhecida como uma das mais proeminentes fabricantes de acordeões da América Latina. Após um incêndio que destruiu todas as instalações, iniciou uma caminhada rumo ao desenvolvimento e crescimento do mercado moveleiro brasileiro. Iniciava-se a fabricação de móveis componíveis. Atualmente, a Todeschini S/A é uma das maiores empresas do setor moveleiro, reconhecida internacionalmente.

 

Farina também é reconhecido por sua contribuição comunitária. Durante sua trajetória, integrou diversas entidades empresariais e sociais, sendo presidente do CIC-BG, da Fenavinho, da Apae, do Conselho Administrativo do Hospital Dr. Bartholomeu Tacchini, dentre tantas outras. Em 2002 idealizou e fundou o Projeto Coração Cidadão.

 

O Prefeito Guilherme Pasin lamentou o falecimento e reforçou a importância da atuação empreendedora de Geninho. “Com grande pesar recebi a informação do falecimento do empresário José Eugênio Farina. Geninho deixa um legado de contribuições com o desenvolvimento do município e região, evidenciando o empreendedorismo, liderança, trabalho e respeito a todos. Os sentimentos aos familiares e amigos. Nossa cidade perde não somente um empreendedor, mas uma figura singular em nossa história, por isso estamos decretando três dias de luto na cidade”, disse.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *