quindim

Instituto de leitura Quindim faz live sobre a função da contação de histórias no desenvolvimento humano

Warley Goulart, Flávia Scherner e Yolanda Reyes são os convidados do “Quindim Entrevista” desta semana, que exaltará a importância de narrar histórias para a vida das crianças

O “Quindim Entrevista” desta semana conversará com os brasileiros Warley Goulart e Flávia Scherner e a colombiana Yolanda Reyes, especialistas em literatura para a infância, reconhecidos no Brasil e fora dele, que exaltarão a importância de ler e contar histórias, desde o berço, para o desenvolvimento emocional e intelectual das crianças. Os bate-papos acontecerão nos dias 13, 15 e 16 de maio, respectivamente.

Na pauta estarão questionamentos da escolha dos livros e formas de abordagens para diferentes assuntos. Entender a diferença da compreensão da criança numa leitura de um livro feita dentro de casa, daquela feita na tela do computador, também entrarão na discussão, conforme explica presidente do Instituto de Leitura Quindim, Volnei Canônica. “Em tempos de pandemia, com os pais em casa convivendo mais de perto com a educação dos filhos, as histórias têm o papel não apenas de entreter, mas de ajudá-los na explicação e subjetividade de alguns assuntos, apresentando as contradições do mundo”, afirma.

O projeto “Quindim Entrevista” é uma série de lives, no Instagram do Instituto de Leitura Quindim, que acontecem nas quartas e sextas-feiras, às 21h, com convidados nacionais e aos sábados, às 16h, com convidados internacionais. O bate-papo com duração de 50 minutos cada, conta com nomes importantes das áreas da literatura, educação, cultura e da infância, que falam sobre suas obras, experiências e áreas de atuação.  As entrevistas são ministradas pela equipe do Quindim.

Confira a programação completa:

– 13/05 Warley Goulart: Ator formado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), com especialização em Literatura Infanto-Juvenil pela Universidade Federal Fluminense (UFF).  Warley ainda é contador de histórias, músico, artista visual e diretor do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, que há 20 anos é referência no gênero no Brasil e na América do Sul. No bate-papo Warley abordará o trabalho de pesquisa que o grupo tem na cultura oral e como transformou a forma de contar a história utilizando adereços, tapetes e exposições de personagens. Falará ainda sobre como a pandemia tem atingido os contadores de histórias que vivem de eventos públicos.

– 15/05 Flávia Scherner: Fafá é a versão contadora de histórias de Flávia Scherner, atriz profissional desde 2005 e que pisou no palco pela primeira vez com 9 anos de idade. Em 2008, após ser selecionada num concurso entre mais de 400 inscritos, apresentou por 3 anos o Zoom, um programa sobre cinema na TV Cultura, em SP. Atualmente no Youtube, com o canal Fafá Conta, de literatura e histórias infantis, promove o estímulo à imaginação e a criatividade nas crianças. Na conversa com o Quindim, Fafá contará quais conhecimentos os contadores de histórias precisam ter para usar as ferramentas digitais. Quais são as histórias que mais funcionam nessas plataformas? Como agregar seguidores para esses canais e como contar histórias na internet pode levar o leitor a ler o livro físico?

– 16/05 Yolanda Reyes: Nascida em Bogotá, na Colômbia, Yolanda é licenciada em Ciência da Educação, com especialização em Literatura, e pós-graduação em Língua y Literatura Espanhola, pelo no Instituto de Cooperación Iberamericana, em Madri. É fundadora e diretora do Instituto Espantapájaros, um projeto cultural de formação de leitores, dirigido não só às crianças, como também a mediadores e adultos. O projeto serviu de inspiração para a criação do Instituto Quindim. Yolanda é uma das mais importantes especialistas em literatura desde o berço, com participação ativa como conferencista de encontros no mundo todo sobre leitura, literatura e formação de leitores. Yolanda possui uma larga experiência em trabalhar o desenvolvimento do leitor ainda no ventre das mães. No encontro com o Quindim explicará como preparar os pais para ler um livro. Por que as crianças usam as histórias para dialogar com os pais sobre os seus desejos, medos, inseguranças, alegrias e visão de mundo?

Todxs contra coronavírus

Vale lembra ainda que o Instituto conta com o canal http://bit.ly/TodxsContraCoronavirus, que convoca escritores, ilustradores, contadores de histórias, professores, artistas de diferentes áreas, profissionais de gastronomia, psicologia e saúde, entre outros, que tenham boas ideias de entretenimento com atividades educativas, lúdicas e saudáveis para que crianças e familiares possam aprender e se divertir em casa, no período da quarentena.

 

Sobre o Quindim:

​O Instituto de Leitura Quindim foi inaugurado em 2018 a partir de um desejo do idealizador Volnei Canônica, de formatar um espaço democrático onde crianças, jovens e adultos pudessem ter acesso à literatura infantil e juvenil de qualidade, além de conteúdos teóricos sobre esse universo. Empréstimo de livros, contação de histórias, exposições, encontros com autores e lançamento de livros, cursos, seminários, curadorias, assessoria de eventos literários e oficinas, são algumas das atividades gratuitas ou com custo acessível, disponíveis no instituto tanto para agendamento com grupos escolares e universitários, quanto para a comunidade em geral.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *