Bento Gonçalves ganha caminhões automatizados para coleta de resíduos

Bento Gonçalves será sede de mais um processo inovador. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e a empresa RN Freitas, irão iniciar a implantação de uma nova modalidade de coleta de resíduos, a partir da utilização de caminhões automatizados. Essa é mais uma iniciativa da Administração Municipal, que integra o planejamento de ações contra o Coronavírus (Covid-19).

 

A empresa RN Freitas, responsável pelo serviço de coleta na cidade, adquiriu três caminhões, sendo um responsável pela movimentação dos containeres (munck), um compactador carga lateral automatizado e um lavador automatizado. Também foram adquiridos 140 containeres (70 pares de resíduos orgânicos e recicláveis) específicos para o funcionamento do sistema.

 

O caminhão responsável pela coleta não exige o trabalho de garis, pois a operação é realizada pelo próprio motorista. O veículo possui uma máquina acoplada que recolhe o material para o compactador e devolve o container para o local.

 

Inicialmente, os novos containeres serão instalados na área central e na rota gastronômica (ruas Herny Hugo Dreher e Avenida Planalto), devido ao volume de resíduos produzidos nos locais e ao tráfego de veículos. A instalação inicia no próximo dia 30 e a operação do sistema é prevista para o dia 1º de maio.

 

“São containeres totalmente vedados, com maior capacidade, que terão uma espécie de pedal, para que a pessoa deposite o lixo sem ter contato com o coletor. Além disso, os moradores poderão depositar os resíduos 24 horas por dia. Os caminhões, por sua vez, possuem sensor de movimento e temperatura, e nove câmeras acopladas”, explica o gerente operacional da RN Freitas, Everton Luis Lopes e Fraga.

 

Outro ponto positivo do novo sistema é a higienização. Os containeres serão desinfetados toda semana no lavador automatizado. O horário de recolhimento, que antes ocorria às 18h nos pontos, passará para as 19h.

 

“A coleta automatizada é uma novidade. O sistema é utilizado em poucas cidades no Brasil e segue o padrão europeu. O armazenamento dos containeres é maior. São inúmeros benefícios para a comunidade. Com menos impacto no trânsito, menos lixo nas calçadas. Com certeza, essa nova modalidade irá otimizar e trazer mais qualidade para a coleta na cidade. Estamos implantando mais uma ação contra a disseminação do Coronavírus na cidade”, destaca o secretário da pasta, Claudiomiro Dias.

 

O novo sistema exigirá uma participação maior da população na separação dos resíduos. “É preciso a colaboração da comunidade na hora de separar os resíduos. É um processo inovador para a cidade. Mais prático para o contribuinte. A qualidade do serviço é outra, mas é preciso a conscientização de todos”, ressalta Fraga.

 

Bento Gonçalves e o alto índice de reciclagem

Atualmente, das 45.419,86 ton/anual de lixo produzido, 24% é potencialmente reciclado, segundo dados da Secretaria do Meio Ambiente.

 

A coleta seletiva para reciclagem dos materiais está possibilitando a recuperação diária de 36% quilogramas de papel e assemelhados; 40% de plásticos; 20% toneladas de vidro; 3% toneladas de ferro; e 1% de outros metais.

Fotos: Divulgação/RN Freitas

caminhão 3

caminhão 4

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *