Empreendedor virtual chega a 205 cadastros na Secretaria de Turismo

Desde o início deste ano, a empresa que atende turistas em Bento Gonçalves possui uma ferramenta em que pode incluir fotos do estabelecimento e se inserir nas programações do município. A plataforma do Empreendedor Virtual, desenvolvido pela Secretaria de Turismo (Semtur) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur), em parceria com as secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Finanças, chegou a 205 cadastros e Alvarás Turísticos, até o momento.

O portal oferece um controle de visitação daquele empreendimento, podendo registrar o número de visitantes que a empresa recebe. O Alvará possibilita mensurar a quantidade de empresas abertas no setor turístico, quantas pessoas trabalham na área e a medição do crescimento, para poder definir estratégias de fomento ao ramo, não gerando custo adicional ao empreendedor.

A proprietária do Hotel Villa Michelon, Elaine Michelon, é uma das adeptas ao projeto e destaca que a iniciativa coloca os empreendedores na vitrine. “Com isso conseguimos congregar as informações, junto ao Poder Público, para que o turista veja que Bento Gonçalves tem muito a oferecer e pode realizar várias atividades sem repetir”, frisa.

Um dos objetivos desse projeto pioneiro é ordenar o setor turístico e dar um suporte também a esse empresário. “Hoje todas as atividades realizadas na Secretaria são voltadas a dar um alicerce para quem está começando na área ou já atende visitantes”, reitera o titular da Semtur, Rodrigo Ferri Parisotto.

“Estamos investindo sim em uma inovação, mas também trazendo para dentro do Conselho as inquietações do próprio empresariado e no que diz respeito à políticas públicas”, pontua a presidente do Comtur, Márcia Ferronato.

Quem quiser aderir a proposta deve comparecer na Secretaria de Turismo para se inscrever e obter o benefício. O projeto para a concessão do Alvará Turístico foi desenvolvido em parceria com as secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Finanças.

cadastro empreendedor virtual

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *