Bento Gonçalves é uma das cidades brasileiras que concorrem ao Prêmio Makci

Bento Gonçalves é uma das cidades finalistas do Prêmio MAKCi (Most Admired Knowledge City) as quatro cidades mais admiradas do mundo. A premiação será realizada durante o 12º do Knowledge Cities World Summit (KCWS), conferência da cúpula mundial das cidades do conhecimento que será realizada em Florianópolis, entre os dias 4 e 7 de novembro. No Brasil, somente duas cidades foram indicadas por especialistas do mundo inteiro Bento Gonçalves (RS) e Florianópolis (SC).

A cerimônia de premiação será no dia 4 de novembro, às 9h45, no Hotel Sesc Cacupé. A iniciativa é do World Capital Institute (WCI) que identifica e reconhece o progresso de comunidades urbanas ao redor do mundo que implementaram estratégias de desenvolvimento baseadas no conhecimento (KBD). O KCWS vai ser realizado pela primeira vez no País por iniciativa do Sistema Fecomércio/SC e com a correalização do Sebrae/SC.

A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e membro do conselho diretor do WCI, Ana Cristina Fachinelli, diz que o Prêmio MAKCi é um estudo colaborativo de pesquisa on-line e uma importante ferramenta para a compreensão das dinâmicas e transformações das cidades. “Depois das indicações, outra rodada de questionário é disparada para especialistas de diversos países para que decidam o voto”, explica Fachinelli, que também é palestrante do KCWS e membro do Comitê Executivo do Annual Knowledge Cities World Summit.

Categorias

A premiação divide-se em quatro categorias.

Metrópole do Conhecimento, que é uma capital nacional ou um importante centro internacional de atividades políticas, econômicas ou culturais, como Barcelona (Espanha) e Boston (EUA). Possui três milhões de habitantes ou mais vivendo em área urbana.

Cidade ou Região do Conhecimento apresenta tamanho pequeno a médio, com cerca de 500 mil habitantes a menos de três milhões. É uma capital regional ou um centro econômico ou cultural que atua como epicentro de políticas ou atividades culturais. Exemplos são Bangalore, (Índia) e Brisbane (Austrália).

A Cidade do Conhecimento Emergente é uma capital regional ou um centro econômico ou cultural em crescimento, que atue como um núcleo para atividades políticas, econômicas ou culturais nos últimos 15 a 30 anos. Pode ter porte pequeno, médio ou grande. Exemplos: Bento Gonçalves (Brasil) e Arequipa (Peru).

A Região de Conhecimento ou Cluster é uma quarta categoria que entrou para o escrutínio do conselho consultivo em 2018. É uma capital regional ou um importante centro econômico, político ou cultural geograficamente disperso (grupo de Ilhas ou Penínsulas), mas tem capital para atuar como sede de atividades. Possui tamanho pequeno a médio (500 mil habitantes a menos de três milhões). Exemplos são Florianópolis (Brasil) e Ilhas Canárias (Espanha).

Foto: Rodrigo Parisotto 

BG 9

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *