Sebrae RS já atendeu mais de 100 cervejarias em quatro anos

Organização atua desde 2015, com projetos que vão desde reconhecer a cerveja como um segmento até projetos que firmam esse segmento como indústria

O dia 02 de agosto é considerado o dia Internacional da Cerveja. E o Rio Grande do Sul tem muito o que comemorar, pois é o Estado brasileiro com maior número de registro de novas cervejarias do Brasil, chegando a 186, em 2018. Os dados são do mais recente Anuário da Cerveja no Brasil, divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Além disso, Porto Alegre é a capital com o maior número de registros de novas cervejarias. Só no ano passado, chegou a 465.

O Sebrae RS está presente nesse setor desde 2015 e já atendeu mais de 100 cervejarias através de projetos, consultorias e eventos. Atualmente, 30 delas participam do projeto Desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Alimentos e Bebidas no RS. A trajetória do Sebrae RS com cervejarias começou com o projeto Polo Cervejeiro no RS, que procurou, inicialmente, reconhecer a cerveja como um segmento e fortalecer as suas lideranças. Foram trabalhados aspectos básicos, com enfoque em gestão, precificação e consultorias empresariais, bem como, a identificação das lideranças e fomento da reconstrução da associação que os representa. No ano seguinte, em 2016, o foco foi transferido para dentro da fábrica, para melhorar produtividade e rentabilidade. Em 2017 e 2018, o projeto tomou um novo rumo e foi destinado para crescimento e posicionamento das marcas.

Atualmente, as cervejarias representam um terço dos empreendimentos que participam do projeto Desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Alimentos. “O projeto é para que as cervejarias possam se reconhecer como indústria e ampliar o leque de atuação”, afirma a gestora de projetos do Sebrae RS, Francine Oliveira Danigno. Ela acrescenta que o projeto também tem como objetivo apresentar as cervejarias e outras indústrias de alimentos e bebidas para supermercados, bares e restaurantes dentro e fora do Rio Grande do Sul.

Sustentabilidade é o caminho

A Cervejaria Edelbrau surgiu após uma viagem para a Irlanda feita em 2010 pelos sócios Fernando Maldaner e Samuel Zang. Ao conhecer as cidades europeias, os empresários viram uma oportunidade de negócio em algo que lá era muito comum: a cerveja. Hoje, oito anos depois da inauguração da marca, a Edelbrau carrega muitas conquistas, entre elas o título de primeira cervejaria sustentável do Brasil.

O Sebrae RS começou a atender a cervejaria há quatro anos, com o projeto Polo Cervejeiro do RS. De consultorias sobre gestão à consultorias sobre eficiência energética, os sócios engajaram-se nos conhecimentos passados pelo Sebrae RS e conseguiram colocar muitas ações em prática. Segundo Maldaner, os projetos ajudam muito a ter uma visão inovadora e também a aplicar essas tendências. Ele ressalta a relevância do networking proporcionado pelos projetos. “Antes não tinha nada que unisse as cervejarias, o Polo Cervejeiro no RS foi muito útil para trocar experiências e fazer contato com outros empresários”, acrescenta.

Localizada em Nova Petrópolis, a fábrica da Edelbrau sempre chamou atenção dos turistas que vão em direção a Gramado. Por isso, os empresários criaram um espaço de visitação e degustação que hoje recebe pessoas do Rio Grande do Sul inteiro. Com cisterna para a coleta de chuva, caldeira à lenha de reflorestamento, placas de energia solar e outras iniciativas sustentáveis, a empresa está constantemente inovando e caminhando para o caminho da sustentabilidade.

Cerveja-Artesanal

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *