Chefe do Cartório Eleitoral alerta sobre prazos para o cadastro biométrico

Ricardo de Abreu, fez uso da tribuna durante a sessão ordinária desta segunda-feira, dia 3, para explanar sobre a importância dos eleitores efetuarem o cadastro biométrico o mais breve possível

Durante a sessão ordinária desta segunda-feira, dia 3, o Chefe do Cartório Eleitoral de Bento Gonçalves, Ricardo de Abreu, fez uso do espaço regimental para explanar em tribuna, sobre os prazos para os eleitores efetuarem o cadastro biométrico.

A partir de 2022, o eleitor de Bento Gonçalves que não tiver efetuado o cadastro, terá seu título cancelado.  A biometria tem por objetivo tornar ainda mais segura a identificação do eleitor na hora de votar. O procedimento confirma a sua identidade, prevenindo tentativas de fraude, já que as digitais de cada indivíduo são únicas. Assim, representa uma evolução em relação à urna eletrônica, que há 22 anos trouxe segurança no processo de votação e apuração.

Além do cadastro das digitais de todos os dedos do eleitor, o cadastramento envolve coleta de fotografia e assinatura digital, bem como atualização dos seus dados.

Segundo Abreu, cerca de 43 mil dos 88.794 eleitores cadastrados pela Justiça Eleitoral em Bento Gonçalves ainda não realizaram a atualização do cadastramento biométrico. “Mesmo que não há a obrigatoriedade para as eleições do ano que vem, o ideal seria que o eleitor bento-gonçalvense fosse até o cartório e realizasse o procedimento. Sabemos que muitos deixam para a última hora e como temos uma capacidade limitada de atendimentos diários, se todos esperarem até o final do prazo, muita gente ficará impedida de votar”, alerta.

Até o momento 42.589 títulos já realizaram o cadastro, totalizando 47,96% dos eleitores. Para evitar filas, o eleitor pode agendar o seu atendimento através do site da justiça eleitoral, ou comparecer pessoalmente ao cartório, munidos do documento de identificação oficial com foto, comprovante de residência atual e o CPF.

Chefe cartório

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *