Cooperativa Vinícola Garibaldi traz medalhas do México

Amostras da vinícola gaúcha representaram a qualidade do terroir da Serra

Com sombrero e taça na mão, a Cooperativa Vinícola Garibaldi desembarca do México comemorando mais conquistas para seu quadro de premiações. Desta vez, as honrarias vêm do XXVII Concurso Internacional Ensenada Tierra del Vino, realizado nos dias 17 e 18 de maio, na Escola de Gastronomia e Enologia da Universidad Autónoma de Baja California (UABC). Representando o terroirda Serra gaúcha, os espumantes Garibaldi Moscatel e Garibaldi Prosecco foram as únicas amostras brasileiras premiadas na avaliação – recebendo, respectivamente, medalhas de Ouro e Prata.

O enólogo da Cooperativa Vinícola Garibaldi, Ricardo Morari, participou do concurso como avaliador e ressalta o bom desempenho da marca perante amostras oriundas de diversos países. “Apenas três espumantes foram premiados na avaliação, sendo dois deles da Cooperativa Garibaldi. Para nós, essas premiações oferecem destaque mundial, com especialistas interessados em nossos produtos. Ganhamos, portanto, mais uma oportunidade de nos aproximarmos dos mercados na América do Norte”, resume.

Organizado pela UABC, o concurso reúne produtos vinícolas que passam pela avaliação de júri especializado, buscando reconhecer amostras que se destacam com base em definições do código Internacional de práticas enológicas. Assim, a Cooperativa Vinícola Garibaldi contribui para outro objetivo do Ensenada Tierra del Vino: promover e difundir a cultura do vinho com uma visão global. “Esse é o único concurso do mundo totalmente organizado por uma universidade e há dois anos conta com patronagem da OIV [Organização Internacional da Vinha e do Vinho]. Destaque para o sistema de avaliação automatizado praticamente instantâneo”, comenta Morari.

Sobre a Cooperativa Vinícola Garibaldi

A história da Cooperativa Vinícola Garibaldi começou a ser escrita em 1931, pela união de diversas famílias de agricultores como alternativa para vencer as dificuldades econômicas do país na época. Atualmente, são 400 famílias associadas, localizadas em 15 municípios da Serra gaúcha. Seu portfólio tem 65 produtos distribuídos em 12 marcas, entre espumantes, vinhos tintos e brancos, linhas de exportação, frisantes, filtrados e sucos de uva – além de opções orgânicas e biodinâmicas.

thumbnail_Ricardo Morari - foto Exata Comunicação (3)

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *