ASCON divulga resultados do Censo Imobiliário de Bento Gonçalves 2018

 

 Realizado pela Ascon Vinhedos desde 1998, com o objetivo de ser uma ferramenta para o planejamento das empresas do setor da construção civil, a edição 2018 do Censo Imobiliário  foi apresentado no último dia 06 de novembro, demonstrando os resultados obtidos através da coleta de dados em Bento Gonçalves,  que contou mais uma vez com a coordenação de Rafael Panazzolo, Vice-presidente de Qualidade e Produtividade da entidade.

Segundo as informações apresentadas por Panazzolo, foram identificados em Bento Gonçalves 156 empreendimentos com áreas superiores a 500 m². Destes, 109 empreendimentos, de 59 empresas, possuem unidades à venda ou vendidas no período de agosto de 2017 a julho de 2018. Quando comparado ao ano anterior, a pesquisa revelou um aumento no número de lançamentos, passando de 264 para 638, sendo que os imóveis da faixa econômica (abaixo de R$ 170 mil) representaram grande parte deste acréscimo. Houve também um volume maior de vendas, passando de 523 no Censo 2017 para 737 no período 2017/2018. Como resultado disso, houve leve queda nos estoques, de 1115 para 1016 imóveis.

O levantamento também mostra que 52% das unidades vendidas estão enquadradas na categoria econômica. Das unidades a venda, 21,9% são da faixa econômica e 14,8% ficam entre R$ 250 mil a R$ 320 mil. Dos 1016 imóveis em oferta, 93,2% são residenciais (947) e 6,8% comerciais (69). A maioria, 582 unidades, são de apartamentos com dois dormitórios, seguido pelos de três dormitórios com 221 unidades. Destes imóveis em estoque, 72,64% ainda está em fase de construção.

Com relação a localização dos empreendimentos, os bairros Borgo, Centro e Cidade Alta lideram o ranking de unidades vendidas por bairro, com 50% do total de imóveis a partir de R$ 170 mil comercializados no período pesquisado. Os bairros Cidade Alta, Humaitá e São Francisco possuem a maior parte das unidades em estoque, com 393 imóveis à venda.

Censo 2018 - Ascon

Segundo o Presidente da Ascon, Adriano M. De Bacco, “o Censo Imobiliário é um estudo que engloba informações como quantitativos, valores e características das unidades imobiliárias da cidade, tornando-se, dessa forma, uma ferramenta muito valiosa para o setor da construção civil. A partir dos dados apresentados, aliados a outros indicadores do mercado imobiliário e da economia, os empresários do segmento podem nortear seus planejamentos e definir as estratégias para os próximos anos”.

A coleta de dados do Censo Imobiliário 2018 iniciou no mês de agosto e pesquisou empreendimentos situados em Bento Gonçalves, com áreas superiores a 500 m², que fossem novos e que estivessem à venda ou que tiveram suas unidades vendidas no último ano (de agosto/2017 a julho/2018). A data base para preenchimento das informações foi 31 de julho de 2018 e as obras industriais, imóveis para aluguéis e revendas não foram consideradas no levantamento. A versão digital do Censo Imobiliário de Bento Gonçalves 2018 está disponível no site www.asconvinhedos.com.br.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *