Bento Gonçalves apresenta projeto pioneiro com Alvará Turístico

Proposta possibilitará medir o crescimento do setor no Município, sem custo adicional ao empreendedor

 De forma pioneira, a Prefeitura de Bento Gonçalves, por meio da Secretaria de Turismo (Semtur), através de uma demanda do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) apresentaram no dia 02 de outubro, durante o Fórum Municipal de Turismo, o Alvará Turístico.

A proposta vem sendo estudada pelo Conselho desde 2017, e, através da Secretaria, será implementada em 2019. O projeto tem como objetivo valorizar o segmento, ampliar o apoio a empreendimentos e mapear o crescimento do setor.

“Toda pessoa que pretende abrir um negócio e até mesmo os empresários atuais tem a opção de atender ou não turistas. Aquele que atende o turista será também cadastrado no Alvará Turístico. Ele recebe o Alvará de Funcionamento normalmente, mas, além disso, receberá essa distinção do Turismo”, explica o secretário da pasta, Rodrigo Ferri Parisotto.

IMG_0099 2

Com a concessão do Alvará Turístico, a empresa também será cadastrada no Empreendedor Virtual. Nisso, o empresário terá uma ferramenta em que vai poder manter atualizados seus dados, incluir fotos do estabelecimento e poder se inserir nas programações de Bento. Além disso, a plataforma vai oferecer um controle de visitação daquele empreendimento, podendo registrar o número de visitantes que a empresa recebe.

Para a presidente do Comtur, Márcia Ferronato, construir junto aos 26 membros do Conselho esta proposta para encaminhar ao Poder Público a sugestão da implementação do Alvará foi um ganho coletivo. “Essa atitude simples ajudará no reconhecimento e ordenamento do setor, além de auxiliar na tomada de decisões futuras. Nós, do Comtur, estamos felizes e agradecemos ao secretário Rodrigo e demais envolvidos por acatar a sugestão do Conselho”

O Secretário garante que o Alvará Turístico possibilitará saber quantas novas empresas abriram no setor turístico, quantas pessoas trabalham na área e a medição do crescimento, para poder definir estratégias de fomento ao ramo, não gerando custo adicional ao empreendedor.

O projeto para a concessão do Alvará Turístico foi desenvolvido em parceria com as secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Finanças.


Foto: José Estefanon

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *