Prefeitura, entidades e varejo começam a definir estratégias para fortalecer comércio garibaldense

Resultados da pesquisa, desenvolvida em conjunto por entidades e empresariais e Prefeitura servirão de base para estratégias e ações

A união de esforços entre as três entidades empresariais que representam o varejo em Garibaldi e a Prefeitura vai possibilitar a realização de ações que promovam o setor no município e ofereçam condições para que os empreendedores, colaboradores e a comunidade possam usufruir de um comércio fortalecido e com serviços qualificados, além de produtos, preços e condições de pagamento que proporcionem bons negócios para consumidores e lojistas. Este é o objetivo da pesquisa realizada entre maio e julho, a partir da observação da movimentação do varejo e de entrevistas com proprietários de estabelecimentos comerciais e clientes.

A apresentação dos resultados do trabalho, inédito no interior do Rio Grande do Sul, foi realizado na noite de quinta-feira, 27 de setembro. Profissionais do varejo de Garibaldi conheceram o estudo que foi realizado sobre o comércio, perfil e estilo de vida do consumidor, além das possibilidades de melhoria e crescimento para os empreendimentos locais. Desenvolvido a partir da integração entre a Apeme, CIC e CDL, com o patrocínio da Prefeitura, o projeto foi executado pela Somos Romagna Mkt + Pesquisa.

A responsável pela pesquisa, Cristiane Romagna, destaca que o varejo vive um momento de muitos desafios, seja pela concorrência com a internet ou com a informalidade, seja pela instabilidade e incertezas da economia brasileira, ou, ainda, pela rápida mudança de hábitos dos consumidores. Porém, ela salienta que é preciso ficar atento às chances de inovação que surgem, diferenciar-se dos concorrentes e investir em ações para atrair e, principalmente, fidelizar o cliente.

Apresentação pesquisa Comércio 27-09-2018 j

“O objetivo do trabalho foi compreender como o varejo de Garibaldi é percebido, identificando quem são as pessoas que compram, qual seu perfil, seus desejos e suas necessidades para identificar oportunidades e alavancar as vendas”, salientou. Cristiane destacou que os consumidores, de modo geral, afirmaram que tudo o que precisam encontram no comércio de Garibaldi. Ela também apontou quais são os principais pontos que precisam receber maior atenção do varejo, assim como quais são as principais demandas que existem.

Durante a apresentação também houve o debate sobre as oportunidades que podem ser melhores aproveitadas, assim como melhorias de processos e diretrizes para desdobramentos de ações conjuntas para o fortalecimento setorial. Conforme a pesquisadora, com o resultado do estudo, as três entidades e a municipalidade terão subsídios para planejar iniciativas de curto, médio e longo prazo.

Fonte: Cassius Fanti/Assessor de Comunicação da CIC Garibaldi
Fotos: Cassius Fanti

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *