Ópera O Quatrilho chega a Bento Gonçalves em agosto

No próximo dia 15 de agosto, quarta-feira, Bento Gonçalves terá um espetáculo teatral com enredo que retrata a realidade dos imigrantes italianos no início do século XX, deixando claro o poder da mulher nas decisões de família e também de negócios.  A ópera vai acontecer no Anfiteatro Ivo Antonio da Rold, na Fundação Casa das Artes, às 20h30. Ingressos custam R$ 45 para estudantes e R$ 90 inteira. 

Produzida inteiramente no Rio Grande do Sul, a ópera O Quatrilho tem movimentado a cena cultural gaúcha nos últimos meses. Os ensaios reunindo todo o elenco, que inclui sete cantores/atores e 12 músicos da Camerata OntoArte, ocorrem diariamente em Porto Alegre com regência do maestro Antonio Borges-Cunha e direção cênica de Luís Artur Nunes.

cantoresatoresoquatrilho

A ópera em dois atos tem música de Vagner Cunha e libreto de José Clemente Pozenato com recitativos em português e árias, duetos e coros cantados em italiano.  O título faz analogia ao jogo do quatrilho, jogo de cartas onde os parceiros se trocam ao longo da partida. O elenco é integrado pelos cantores Carla Maffioletti, Maíra Lautert, Flávio Leite e Daniel Germano nos papeis principais, além de Luciane Bottona, Ricardo Barpp ePedro Spohr.

 Os elementos cênicos estão sendo produzidos integralmente no Estado. Assinados pela porto-alegrense Malu Rocha, os figurinos foram desenhados a partir de fotografias de famílias italianas que viveram e trabalharam na área rural do Rio Grande do Sul durante a imigração. A montagem tem cerca de 30 peças criadas em cores frias e terrosas, retratando as personalidades dos protagonistas da trama.

 Já o gaúcho Rodrigo Lopes é o responsável pela criação e concepção do cenário da montagem. Para remeter à época, o cenógrafo criou um lambrequim – adorno arquitetônico de madeira recortada muito utilizado nas casas dos imigrantes italianos. O acessório de 14 metros de largura ocupará toda a extensão dos palcos onde a ópera será encenada e estará acompanhado de alguns objetos originais que vão compor as cenas, como um barril e um fogão à lenha garimpados em antiquários.

 O Quatrilho faz sua estreia nacional dias 28 e 29 de julho no Theatro São Pedro, na capital gaúcha, com três récitas. Em agosto, a ópera segue em cartaz passando por sete palcos do Rio Grande do Sul: Recanto Maestro, Bagé, Pelotas, Passo Fundo, Bento Gonçalves (dia 15, no Anfiteatro Ivo Antonio da Rold), Caxias do Sul (dia 18, no Teatro Murialdo) e Novo Hamburgo.

Os ingressos estão à venda online e em diversos pontos de venda espalhados pelo Estado.

 A turnê no Rio Grande do Sul é uma realização do Ministério da Cultura, com patrocínio de Calçados Beira Rio, direção artística da Bell’Anima Produções Artísticas e produçãoexecutiva da Branco Produções. Em 2019, a ópera também chegará a Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.

 BENTO GONÇALVES

Dia 15 de agosto

Quarta-feira, às 20h30

Anfiteatro Ivo Antonio da Rold, na Casa das Artes (Rua Herny Hugo Dreher, 127 – Planalto – Bento Gonçalves/RS)

 

INGRESSOS

Setor

Inteiro

Meia-entrada

Plateia

R$ 90,00

R$ 45,00

PONTOS DE VENDA

Online: www.blueticket.com.br. Formas de pagamento: Visa, Mastercard, American Express, Hipercard, Dinners Club e Elo. Há taxa de conveniência.

Movie Arte Cinema: Rua 13 De Maio, 836 – São Bento – Bento Gonçalves. Forma de pagamento: somente em dinheiro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *