Primeiro Festival de Metal a receber incentivo do Estado ocorre em Bento Gonçalves em 15 e 16 de setembro, na Rua Coberta

Após primeira etapa em Caxias do Sul no mês de agosto, o Metal Sul Festival chega em Bento Gonçalves no próximo fim de semana. Um dos destaques será a  Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo, junto aos vocalistas Izmália e Sandro Seixas, interpretando clássicos do Rock e Metal mundial

MetalSul_Orquestra

Após a programação intensa do Celebra Rock Bento em função do Dia Mundial do Rock em julho deste ano, agora a Rua Coberta receberá em setembro o Metal Sul Festival. O evento ocorre nos dias 15 e 16 deste mês, na sexta a partir das 18 horas e no sábado, a partir  das 14 horas.

A programação, que inclui palestras, bate-papos e exposições, encerra com a apresentação da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo,
junto aos vocalistas Izmália e Sandro Seixas, interpretando clássicos do Rock e Metal mundial. O som pesado das bandas Doc Jones,
A Sorrowful Dream, Bloodwork, Piangers & Seixas Inc. e Distraught serão responsáveis pela destruição sonora, enquanto Ricardo Finocchiaro Bolsoni, Frank Jorge, Vandi Hard, Nayane Bragança, Cláudia Kunst, Eduardo Pisca, Rafael Giovanoli e Marcos Miller comandarão bate-papos, desfiles e exposições.

Primeira etapa ocorreu em Caxias do Sul 

Nos dias 18 e 19 de agosto deste ano, o município de Caxias do Sul sediou a primeira etapa do festival na Serra Gaúcha, no Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, reunindo cerca de 400 pessoas. “A repercussão que estamos tendo em torno desta edição nos faz perceber o quanto o estilo Heavy Metal é respeitado. Esse reconhecimento faz jus ao trabalho que fizemos em torno do edital para que ele fosse aprova do. Agora, estamos envolvidos com a edição de Bento Gonçalves para que o evento supere as expectativas”, ressalta a idealizadora Cláudia Kunst.

Pró-Cultura RS

O Metal Sul Festival é o primeiro festival de Heavy Metal a receber incentivo público, através de edital da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul. O projeto é uma realização da Kunst Empresa de Cultura, financiado  pelo Pró-Cultura RS – Lei de Incentivo e Fundo de Apoio à Cultura, contemplado pelo FAC Regional, em 2016. As prefeituras de Caxias do Sul e Bento Gonçalves também apoiam o evento através das secretarias de Cultura de cada município. O festival recebe a curadoria de Maicon Leite.

De acordo com Cláudia, Caxias do Sul e Bento Gonçalves foram escolhidas para sediar o Metal Sul Festival pelo grande potencial desses municípios no cenário Heavy Metal. “A Serra Gaúcha possui muitas bandas do estilo, com sinceros entusiastas. De acordo com algumas diretrizes do edital, tivemos de optar em realizar o projeto em determinadas regiões funcionais, mas não poderíamos ter atrações desses municípios se apresentando nelas. Por isto, não teremos nenhuma banda de Caxias e Bento Gonçalves na programação”, explica. Ela salienta que a ideia é levar as bandas desses municípios para circular pelo Estado nas próximas edições do evento.

PROGRAMAÇÃO RUA COBERTA E CASA DAS ARTES

15 DE SETEMBRO – SEXTA-FEIRA
18h Palestra Produção Fonográfica com Frank Jorge – coordenador do
curso de Produção Fonográfica da Unisinos
19h Palestra Produção executiva no cenário Heavy Metal de shows
nacionais e internacionais com Ricardo Finocchiaro
20h Show com Bloodwork
21h Show com Piangers & Seixas Inc.

16 DE SETEMBRO – SÁBADO
15h Bate-papo e exposição de ilustrações de capas de discos e
bate-papo com o artista Marcos Miller
16h Desfile de telas humanas tatuadas por Rafael Giovanoli
17h Show da banda Doc Jones
18h Show da banda A Sorrowful Dream
19h Show com a banda Distraught
20h Roda de bate papo: As Mulheres no cenário Heavy Metal, com as
produtoras Vandi Hard, Nayane Bragança e Cláudia Kunst –
mediação do produtor Eduardo Pisca
21h Concerto da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo
interpretando clássicos do Heavy Metal, com os solistas
Izmália e Sandro Seixas e o guitarrista Everton Batistel

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *