Fimma Brasil 2017 abre nessa terça-feira

banner_sindimov_MG_980x300pxA 13ª Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira – FIMMA Brasil 2017 abre nessa terça-feira, dia 28, em Bento Gonçalves, nos pavilhões da Fundaparque.  A quinta maior feira do mundo no setor moveleiro, a FIMMA Brasil 2017 deve reunir cerca de 25 mil visitantes entre os dias 28 e 31 de março. Organizada pela MOVERGS, a feira construiu e consolidou credibilidade no setor moveleiro, em mais de 20 anos de existência.

Durante quatro dias, o evento reunirá os principais players do mercado, que estarão expondo lançamentos, produtos e serviços, além de inovações. “As empresas participantes têm a chance de expor em uma vitrine mundial, fortalecendo as marcas em âmbito global, ampliando a rede de contatos e fomentando alianças estratégicas”, destaca o presidente da FIMMA Brasil 2017, Rogério Francio.

Em 2015, a FIMMA Brasil registrou números expressivos e que pretende repetir este ano. Ao todo, serão cerca de 360 marcas expositoras, de 30 países diferentes, como: Espanha, França, Itália, Alemanha, Índia, Áustria, Portugal, Turquia, República Tcheca e Peru.

Segundo Francio, a expectativa é de captar um volume de negócios semelhante ao alcançado na edição anterior. “Nossa meta é chegar a U$$ 290 milhões”, informa o presidente, que avalia: “A feira tem um compromisso firmado com e pelo setor. É uma ferramenta de auxílio a indústria e seus executivos na tomada de decisões, na concretização de parcerias e geração de negócios”.

Programação Intensa

Projeto Imagem, Projeto Comprador, FIMMA Marceneiro, Laboratório de Inovação e Workshop de Móveis

Para dar maior visibilidade aos expositores, a FIMMA Brasil realizará o Projeto Imagem, que levará para o evento formadores de opinião e profissionais da imprensa internacional para apresentar e divulgar as potencialidades da indústria moveleira nacional e, consequentemente, fomentar a construção e disseminação da imagem setorial no exterior.

A ampliação do mercado para a cadeia de madeira e móveis também receberá incentivo através do Projeto Comprador, que possibilitará o contato direto entre importadores de máquinas, matérias-primas e acessórios para móveis e exportadores brasileiros. Desenvolvido de forma estratégica e com foco na efetivação de transações comerciais internacionais e parcerias futuras, o projeto terá rodadas de negócios e visitas técnicas previamente agendadas.

Tanto o Imagem, quanto o Comprador recebem apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – APEX Brasil, através do Projeto Orchestra Brasil, e da ABIMÓVEL, pelo Projeto Brazilian Furniture. “Teremos a participação de 50 compradores internacionais e dez jornalistas e formadores de opinião dos Estados Unidos, México, Panamá, Chile, Colômbia, Peru, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos, Argentina, Uruguai, Bolívia e África do Sul. Sem esse importante suporte, isso não seria possível”, destaca Francio.

Outra atividade realizada durante a feira será o FIMMA Marceneiro. O projeto tem o objetivo de disseminar a cultura empreendedora entre os micro e pequenos empresários do ramo de marcenaria, com ações direcionadas que facilitam o acesso às informações, promovem o desenvolvimento sustentável e aproximam os profissionais das novidades do setor.

No “Espaço Marceneiro”, os alunos do SENAI demonstrarão na prática as etapas da fabricação de móveis que serão doados a entidades carentes após a FIMMA Brasil. FIERGS, SENAI, SEBRAE e ABIMÓVEL são alguns dos apoiadores desse projeto que se consagra também pelo caráter social. “É uma prática da MOVERGS promover ações sociais. Além disso, não queríamos perder a oportunidade de demonstrar ao vivo para os visitantes um pouco do que acontece no dia-a-dia das pequenas empresas”.

A feira promoverá também – com apoio do Instituto SENAI de Tecnologia Madeira e Mobiliário/ FIERGS – o inédito Laboratório de Inovação, que tem o objetivo de ser um espaço de inovação, onde serão alavancadas as demandas da indústria e poderão ser analisadas soluções para empresas, através de uma rede integrada e colaborativa de tecnologia e projetos. No local, que vai enfatizar robótica e eletrônica e o desenvolvimento de soluções inovadoras, os visitantes terão a oportunidade de jogar, criar, aprender, orientar, inventar e ter contato com especialistas, técnicos, pesquisadores, educadores e redes colaborativas de conhecimento.

Para complementar o intercâmbio de informações, o Workshop de Móveis vai abordar e discutir caminhos e oportunidades para uma gestão mais competitiva, tanto com produtos, quanto em processos. Ação estruturada vai disponibilizar conhecimento aos profissionais do setor, estabelecendo vínculos com outros empreendedores e proporcionando uma abordagem sobre temas relacionados a tecnologia, inovação, mercados, consumo, design e marca.

Seminários

E os debates continuarão com dois importantes eventos paralelos a feira: o “Seminário Internacional sobre a Indústria 4.0 – A Revolução Tecnológica em Curso”, que vai aprofundar e disseminar informações a respeito da quarta revolução industrial, e o “Seminário da Industria sobre a NR 12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos”, que abordará os impactos e oportunidades para o setor moveleiro, bem como a aplicação NR 12 no segmento, o Anexo que o setor vem construindo à norma e as tratativas para o seu atendimento. “A FIMMA Brasil é muito mais do que uma feira, é uma chance que as pessoas têm de ampliar seus conhecimentos e fazer novas conexões, estabelecendo um importante relacionamento com um mundo de novidades que a cerca”, finaliza Francio.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *