STIMMME recebe medalha Aristides Bertuol pela trajetória de 50 anos

Sindicato metalúrgico completa meio século de fundação no mês de março e, em homenagem, receberá a distinção do Legislativo de Bento Gonçalves na próxima quinta-feira, dia 23

Entre as comemorações do cinquentenário de fundação do STIMMME-BG, na noite da próxima quinta-feira, 23 de março, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico recebe a medalha Aristides Bertuol. A entrega ocorrerá em Sessão Solene, às 19h, na sede da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves.

A honraria é concedida pelo Poder Legislativo Municipal a pessoas, entidades e empresas que tenham se destacado por suas ações em favor do município. Em 2017, o STIMMME-BG foi contemplado com a outorga em reconhecimento a sua trajetória de 50 anos, que começou a ser edificada em prol dos profissionais do setor metalmecânico em 1º de março de 1967.

unnamed (3) “Queremos, nesse momento único, rememorar as conquistas de uma história de comprometimento com as categorias que representa, com as comunidades onde está inserido e, principalmente, com o desenvolvimento socioeconômico de uma região”, diz o presidente Elvio de Lima, que também é vereador em Bento Gonçalves. No exercício do cargo legislativo, foi autor do Projeto de Resolução que concede a medalha ao Sindicato – proposta apoiada por outros 15 parlamentares e aprovada por unanimidade.

A medalha Aristides Bertuol foi instituída em 12 de dezembro de 1983 como distinção honorifica máxima da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves. Cunhada em bronze, remete à biografia do cidadão que empresta seu nome à outorga, cuja atuação, em todas as atividades de sua vida, é exemplo de integridade e decisão. Ao longo de 33 anos, a honraria foi concedida a 36 pessoas e duas entidades (desde 1992 foi instituído como limite máximo um agraciado por ano). A última entrega da outorga ocorreu em 2014.

Conquistas e realizações que justificam a homenagem

O STIMMME-BG congrega aproximadamente 3,5 mil associados, representando cerca de 14 mil profissionais da categoria e atua em 18 municípios da região nordeste do Rio Grande do Sul. Em sua trajetória, a entidade consolidou reconhecimento nacional enquanto modelo de gestão sindical seja pela atuação responsável, ética e transparente em prol dos trabalhadores ou pela atuação permanente, visando à consecução de serviços e benefícios oferecidos aos associados. Relembre algumas dessas passagens:

Consolidação: Em 1967 o Sindicato recebeu a Carta Sindical, documento que oficializou sua atuação em defesa dos direitos dos profissionais do segmento. Passados 50 anos, a entidade congrega aproximadamente 3,5 mil associados, representando cerca de 14 mil trabalhadores alocados em 18 municípios da região nordeste do Rio Grande do Sul.

Compromisso com o trabalhador: O STIMMME foi uma das entidades pioneiras na região a oferecer atendimentos médicos e odontológicos para os associados. O projeto de benefícios iniciou em 2008 e, três anos mais tarde, migrou para a atual modalidade, em que os serviços são prestados de forma gratuita. Só em 2016 foram cerca de oito mil atendimentos oferecidos sem custo. Completam a grade assistência jurídica e previdenciária. Essas facilidades são disponibilizadas na estrutura da própria Sede Administrativa.

Representatividade: Fortemente engajado nas causas do movimento sindical, o STIMMME participa permanentemente de interlocuções a favor de conquistas para os trabalhadores e de reivindicações que garantam a manutenção de seus direitos. Essa atuação ocorre em conjunto com entidades representativas estaduais, federais e, também, junto às esferas governamentais.

Sede Campestre: Em 2004 o STIMMME entregou um grande benefício à família metalúrgica: a Sede Campestre. Recanto de lazer exclusivo para associados e familiares, totaliza três hectares com infraestrutura completa: piscinas, quadras de futebol-sete e vôlei, área de camping com churrasqueira, recanto para festas, bar, vestiário e estacionamento. Outro destaque é o Centro de Eventos Valdemiro Orso.

Formação: O STIMMME foi, mais uma vez pioneiro ao inaugurar o Centro Profissionalizante do Setor Metalmecânico e Material Elétrico de Bento. A iniciativa surgiu em 2010 e, desde então, já capacitou mais de dois mil trabalhadores.

Quem já foi agraciado com a medalha Aristides Bertuol:

1984: Elmira Roveda Bertuol e Irmão Nadir Bonini Rodrigues

1985: Milton Rosa, Cláudio Pasquetti e Loreno José Dal Sasso

1986: Hylda B. Antoniollo, Antônio Maso (Nonô Maso) e Maria Borges Frota

1987: Hélio Schmidt e Armindo Schenatto

1988: Renzo Zaffanella e Ministro Henrique Saboia

1989; Emyr Farina e Pe. Ernesto Mânica

1990: Zaira Caprara e Ademar de Gasperi

1991: Antônio Costa, Nilza Côvolo Kratz e Darci Loss Luzzatto

1992: Álvaro Acco Koslowski

1995: Eleonora Fontanella e Fábio Koff

1996: Tarcísio Michelon

1997: Equipe adulta de vôlei de Bento Gonçalves, Rinez Da Trindade e Cel. José H. Z. Vargas

1998: Ayrto Luís Giovannini

1999: Róger Caumo

2000: Carlos Domingos Picolli

2001: Vercino Franzoloso

2003: Werner Schunemann

2005: Roseli Faccio Fornazier

2006: Guilherme Paulus

2007: Albino Santarossa e Armando Piletti

2010: Vicente Paulo Mattos De Britto Pereira

2011: Pe. Izidoro Bigolin

2013: Ancilla Dall’Onder Zat

2014: Instituto Tarcísio Michelon

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *