Posts

Curta Latíbulo estreia em outubro

latíbuloCurta de terror gravado na Linha Jansen estreia em outubro

Suspense. Terror. Esses são os gêneros de Latíbulo, primeiro curta produzido pela Mosfera Filmes, de Bento Gonçalves, filmado numa casa antiga, de imigrantes suecos, situada na Linha Jansen, entre Bento Gonçalves e Farroupilha. Gravada em março deste ano, a produção tem estreia marcada para o próximo dia 5 de outubro, na Fundação Casa das Artes. O curta, de 12 minutos, foi custeado Fundo Municipal de Cultura de Bento Gonçalves.
As cenas foram gravadas na propriedade da família Bohm, na casa antiga que sedia um museu com objetos utilizados por cerca de 50 famílias de imigrantes suecos que se estabeleceram na região após os italianos ocupando os lotes íngremes que sobraram, na costa do Rio das Antas. A maioria dessas famílias retornou a Suécia, com o auxílio do governo de seu país.
Segundo o jornalista Gustavo Bohm Bottega, que dirigiu o curta, a equipe não tinha como ideia inicial abordar a cultura sueca. Ele acrescenta que o conceito surgiu a partir das locações e dos objetos ainda preservados no museu da família. Entre eles, uma réplica exata da máquina de fazer cordas, que o tataravô de Bottega trouxe da Suécia. A edição, finalizada em agosto deste ano, contou com efeitos especiais e trilha sonora adaptada de uma canção de ninar russa, com arranjos do flautista Thiago Bottega e da pianista Susu Lu. O roteiro foi escrito por Cristiana Livotto e Giovani Zaffari.

Definições para “Latíbulo”
“O legal da palavra Latíbulo é que, se tu procurar no dicionário, ela tem duas definições totalmente diferentes. O primeiro significa lugar escondido, secreto, esconderijo. Já o segundo sentido se refere à morada dos deuses, céu. Acho que essa ambiguidade nos permite causar dúvida ao público, principalmente ao interpretar a relação entre os personagens”, explica o diretor.
O projeto foi idealizado pela equipe da Mosfera Filmes, formada por Gustavo Bottega, Giovani Zaffari, Cristiana Livotto, André Cavalini e Augusto Tomasi. O elenco foi selecionado e preparado por Marcia Carraro, da Artistas no Palco. Latíbulo apresenta cinco personagens, interpretados por Osmar Bottega, Gabriela Brugnera Marini, Édipo de Almeida, Giana Brugnera, Will Monteiro e Glau Colturato.
“Ninguém é ator profissional. Apenas a Gabriela e o Édipo já atuaram. Ambos atuam em teatro em Bento e região”, salienta Bottega. “Com certeza, o público vai ver que houve muito cuidado com cada cena, cada detalhe. Estamos satisfeitos com o resultado. Acredito provarmos que é possível fazer cinema alternativo aqui em Bento e região”, afirma Bottega.