Posts

Sistema de Alerta Mosca-das-Frutas na Serra Gaúcha

Por Melissa Maxwell Bock

Engenheira Agrônoma Emater/RS-Ascar Pinto Bandeira

Os produtores e técnicos da Serra Gaúcha estão tendo à disposição um Boletim Informativo semanal visando a orientação sobre a presença da mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus) na região. Este programa é o resultado do Sistema de Alerta Mosca-das-Frutas Serra Gaúcha, uma iniciativa da Embrapa Uva e Vinho e Emater/RS-Ascar, que conta com o apoio das Prefeituras de Bento Gonçalves, Farroupilha, Pinto Bandeira e Veranópolis.

O objetivo do Sistema de Alerta é informar os produtores sobre a evolução da ocorrência da praga na região e orientá-los para o manejo integrado nos pomares, para que o controle da mosca seja feito com maior eficiência e precisão.

039

A mosca-das-frutas ataca todas as espécies de frutíferas cultivadas na Serra Gaúcha, sendo a principal praga das frutas de caroço, como ameixa e pêssego, e pode levar o produtor a perder toda a sua produção, se não for controlada. Os danos ocorrem em função da oviposição nos frutos que, além de abrir entrada para microrganismos, irão desenvolver a larva e o consequente apodrecimento do fruto.

Sempre que possível, os produtores também devem realizar o monitoramento na sua propriedade com armadilhas McPhail (tipo bola), as mesmas utilizadas pela rede de monitoramento. A recomendação é colocar pelo menos duas armadilhas por pomar de até 5 hectares, sempre nas bordas numa altura de 1,5 metros do chão. Deve-se utilizar de 300 a 500 ml de proteína hidrolisada de origem animal em cada armadilha, pois é o melhor atrativo para a mosca-das-frutas. Semanalmente, o produtor deve verificar as armadilhas e repor o volume do atrativo, se necessário, porque ela não precisa ser trocada.

O Sistema de Alerta Mosca-das-Frutas está funcionando da seguinte forma:

Segunda-feira: visitas aos pomares com monitoramento das armadilhas e coleta dos dados pelos técnicos da Emater e envio para a Embrapa;

Terça-feira: compilação dos dados e elaboração das orientações técnica pelos técnicos da Embrapa;

Quarta-feira: envio do Boletim via e-mail, Whats- -App ou no site da Embrapa para a imprensa, produtores e técnicos.

Os interessados em receber o boletim devem realizar o cadastro no site https://www.embrapa.br/uva-e-vinho ou ligar no escritório municipal da Emater de Pinto Bandeira e deixar o contato, que será feito o cadastro. O telefone da Emater é (54) 3452-0208.