Posts

Tempo de atendimento ao paciente infartado no Tacchini é reduzido por tecnologia

Em Setembro de 2018, o Hospital Tacchini passou a utilizar a Tecnologia da Informação para agilizar ainda mais o atendimento de urgência e emergência prestado ao paciente com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio. Os primeiros resultados mostram diminuição no tempo de atendimento, tendo como base o que determina os protocolos internacionais.

Chamada de ‘Protocolo da Dor Torácica’, a ferramenta foi desenvolvida dentro do próprio hospital e é capaz de monitorar todo o atendimento. Isso inclui desde a chegada ao Pronto Socorro, passando pela estabilização dos sinais vitais, bem como a realização do exame de eletrocardiograma e, se necessário, o envio ao serviço de hemodinâmica.

protocolo da dor torácica

Um dos fatores que contribuíram para a diminuição no tempo de atendimento está no fato de todos os integrantes da equipe assistencial terem passado por sensibilização quanto a importância de um atendimento ágil e seguro, além de terem sido capacitados para o uso da nova tecnologia, onde todos ‘falam a mesma linguagem’, contribuindo assim para um atendimento rápido, dinâmico e seguro ao paciente.

– Tempo de chegada na Emergência até a abertura da coronária, conforme protocolos internacionais: 90 minutos.

– Tempo médio para atendimento, antes da implantação da ferramenta: 120 minutos.

– Tempo médio para atendimento, após a adoção da nova ferramenta: 68 min.

Brigada de Emergência dos hospitais Tacchini e São Roque forma 20 novos brigadistas

Um grupo de brigadistas com treinamento diferenciado dos Hospitais Tacchini e São Roque recebeu recentemente o certificado de conclusão de curso, estando assim, aptos para atuar em diferentes situações de emergência. A solenidade aconteceu no auditório do Hospital Tacchini e contou com a presença do Superintendente Executivo, Hilton Mancio, além de gerentes, coordenadores, gestores de processos e integrantes do SESMT, bem como instrutores, formandos e convidados.

Os dois hospitais já contam com funcionários treinados, abrangendo todos os turnos e setores, seguindo o que preconiza a legislação que normatiza o trabalho das equipes. No início de 2018, porém, o SESMT, juntamente com a Coordenadora da Brigada, enfermeira Raquel Franzen, iniciou um modelo diferenciado de capacitação para os brigadistas. “Sentimos essa necessidade diante da complexidade que envolve o ambiente hospitalar e a estrutura física da instituição, sem se descuidar das questões que envolvem a legislação”, explica Raquel.

IMG_4909

O treinamento, realizado por instrutores experientes e atuantes nas áreas de combate e prevenção de Incêndio e Atendimento Pré-hospitalar (APH), foi ministrado aos integrantes desta equipe, no decorrer do ano. O diferencial do grupo que se formou foi uma capacitação aprofundada incluindo vários treinamentos simulados. Durante o curso, os brigadistas foram submetidos a situações que imitam a realidade aplicando as práticas de resgate e salvamento em diversos cenários. Desta forma, puderam aperfeiçoar suas técnicas em locais de difícil acesso, prestar atendimento pré-hospitalar, imobilizar e remover vítimas de acidentes, assim como combater incêndios.

Ao participar da Brigada de Emergência, o colaborador, além de estar apto a atuar na instituição em possíveis sinistros que possam ocorrer, também adquire um conhecimento a mais para sua vida profissional e pessoal.

Serviço de Nutrição do Tacchini conta com o trabalho de uma chef de cozinha

Aquela máxima de que a comida de hospital é sem sal e sem sabor ficou pra trás. Hoje, mesmo seguindo a dieta prescrita pelo médico, os pacientes internados no Hospital Tacchini contam com um serviço diferenciado, cuja proposta é tornar o momento da refeição algo mais prazeroso. Essa missão cabe à chef de cozinha Miriam Silva de Almeida, formada em Gastronomia pela Faculdade Cenecista. É ela quem dá ‘aquela pitada’ para tornar os pratos mais atrativos e saborosos, planejar os cardápios e propor melhorias.

A colaboradora Miriam Silva de Almeida tem longa experiência na área e conhece bem a estrutura do Hospital Tacchini. Sua trajetória na Instituição iniciou em 2003, quando foi contratada como auxiliar de Cozinha. Sua dedicação e empenho fez com que ela passasse a ser uma das cozinheiras. “Sempre me identifiquei com essa área. Aproveitei o incentivo da minha líder e o auxílio do Hospital e fiz o curso técnico de cozinheira pelo Senac”, conta Miriam. Em 2009 ela deixou o Hospital, voltando em 2011 como assistente de Cozinha, passando novamente a exercer o cargo de Cozinheira. Entre 2013 e 2017, ela participou do curso técnico em Gastronomia pela Faculdade Cenecista.

miriam1

A Líder da Produção de Alimentos do Hospital Tacchini, nutricionista Angela Federizzi, reconhece em Miriam uma profissional muito dedicada e comprometida. “Ela tem em si, os valores preconizados pelo ‘Orgulho em Pertencer’ e coloca sua marca em tudo o que faz’, elogia, lembrando que ela sempre salienta para a equipe a importância da alimentação para a recuperação da saúde dos pacientes.

Serviço de Nutrição

Sob a coordenação da nutricionista Fernanda Dalle Laste, o Serviço de Nutrição do Hospital Tacchini serve, em média, 110 mil refeições/mês. Destas, 33 mil são para pacientes; outras 10.500 para assistentes e 67 mil para os funcionários, sendo 12 mil almoços e 5 mil jantares.

A equipe da Produção de Alimentos é composta por uma chef de cozinha, duas cozinheiras, 19 auxiliares de cozinha e uma nutricionista. As equipes da noite contam com uma cozinheira e uma auxiliar de cozinha em cada noite.

Tacchini leva exposição Intestino Gigante ao Parque Moinhos de Vento

 

Projeto do  Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde é mostrado ao público em Porto Alegre

O Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS) foi uma das diversas instituições que apoiaram a ação ‘Troque o Medo por Esperança’, promovido no último domingo, pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica. A atividade aconteceu no Parque Moinhos de Vento, em Porto Alegre, tendo por objetivo levar ao público a informação e a conscientização quanto a prevenção dos mais diferentes tipos de doenças.

Desde que foi mostrado ao público pela primeira na Expobento 2018, o projeto do Intestino Gigante tem atraído a atenção de diferentes públicos e comunidades.Após a mostra realizada na Expobento, a estrutura já foi montada na empresa Todeschini e na Faculdade Cenecista, em Bento Gonçalves e na rua Coberta em Carlos Barbosa.

Assim como em Porto Alegre, o projeto do ITPS tem conseguido em suas ações chamar a atenção do público, expondo a todos dados da sua região de abrangência, os sintomas comumente registrados, os fatores de risco, entre outras. Na ação do último domingo, cerca de 500 pessoas de Porto Alegre e da região metropolitana visitaram a exposição, receberam material informativo e puderam conversar com a equipe do ITPS.

A próxima ação acontecerá no dia 08 de dezembro, no município de Tupandi, na região do Vale do Caí.

 IMG_20181125_100803382

Exames gratuitos – O ITPS continua oferecendo à comunidade a oportunidade de realizar o exame de sangue oculto nas fezes, de forma gratuita, de modo a detectar o tumor de intestino. Todas as pessoas que apresentam sintomas como emagrecimento, presença de sangue, muco e catarro junto às fezes, desconforto abdominal, cólicas, anemia ou fraqueza, ou história familiar da doença, podem participar do projeto, o qual tem apoio da empresa Roche.

Os interessados devem contatar o ITPS para mais informações e agendar o exame. Os exames estão disponíveis para os municípios de Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Bom Princípio, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Cotiporã, Fagundes Varela, Garibaldi, Guabiju, Guaporé, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Vendelino, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Prata, Paraí, Protásio Alves, São Jorge, União da Serra, Veranópolis, Vila Flores e Vista Alegre do Prata.

Mais informações são obtidas pelo telefone (54) 3455-4333, ramal 1125 ou pelo e-mail responsabilidadesocial@tacchini.com.br. O ITPS fica na rua General Osório, 235, Centro de Bento Gonçalves.

 

Hospital Tacchini realiza atividades para lembrar o Outubro Rosa

Tradicionalmente, o mês de outubro é marcado por ações que visam a conscientização para a importância da detecção precoce do câncer de mama. É o período em que são intensificadas as informações através de palestras, encontros e demais eventos relacionados ao tema.

Outubro rosa hospital tacchini 2

No Hospital Tacchini, o Instituto do Câncer promoveu uma exposição de fotos de pacientes que estão realizando tratamento contra o câncer de mama. A exposição aconteceu na recepção do Instituto do Câncer, sendo que no dia 30 aconteceu uma palestra alusiva ao tema e distribuídas as fotos a cada uma delas. A gestora do Instituto do Câncer, Enfermeira Gislaine Grapiglia, conta que a ideia surgiu numa reunião de equipe e que a fotógrafa Marivete Consalter Caglioni (que já tinha passado por tratamento) manifestou o desejo de fazer uma parceria com Instituto do Câncer neste sentido. Atualmente temos cerca de 40 mulheres realizando tratamento contra o câncer de mama. As 18 mulheres fotografadas são moradores de diferentes municípios em que o Hospital Tacchini é referência no serviço oncológico”, relata.

Outubro rosa hospita tacchini

A exposição teve por objetivo alertar e conscientizar a comunidade para a importância do auto exame e a necessidade das mulheres consultarem seu médico anualmente. “Foi a forma que encontramos para mostrar, principalmente, a superação de todas estas mulheres que descobrem a doença e que a enfrentam com coragem e determinação este processo”, lembra Gislaine.

Ação Interna – O SESMT, com apoio da CIPA do Hospital Tacchini, realizou ações alusivas ao Outubro Rosa na semana de 22 a 27 de outubro.

O ponto forte da ação aconteceu no dia 23, quando todos os funcionários tiveram a oportunidade de conversar com profissionais da saúde sobre o auto exame da mama; pousar para fotos com uso de adereços relacionados ao tema e participar de sessão de maquiagem e esmaltaria. O restaurante do Hospital Tacchini também entrou no clima e ofereceu um cardápio Rosa. A Liga de Combate ao Câncer também participou, realizando a venda de produtos e a distribuição dos laços cor-de-rosa que simbolizam a campanha.

Coral do Hospital Tacchini realiza seu concerto anual

Evento, alusivo aos 94 anos da Instituição, marcou a despedida do maestro Geraldo Farina à frente do grupo

Aconteceu na última sexta-feira, dia 26, o Concerto Anual do Hospital Tacchini, evento realizado desde 2012 como forma de levar a cultura do canto coral à comunidade. A edição deste ano marcou ainda uma das últimas apresentações do grupo sob a batuta do maestro Geraldo Farina, que após 15 anos, deixará o grupo ao final do ano. O encontro aconteceu no auditório do Hospital Tacchini, que ficou lotado, tendo como ingresso a doação de um item de higiene pessoal ao Grupo de Voluntariado do Hospital. Os materiais serão repassados aos pacientes internados no Tacchini, através do SUS.

DSC07386

20181026_201852

Formado por colaboradores da Instituição e por pessoas da comunidade, o Coral apresentou 14 canções clássicas, italianas e da cultura brasileira, com destaque para a obra do músico e compositor baiano Dorival Caymmi. O Concerto teve ainda dois momentos especiais: num deles, o maestro Geraldo Farina foi homenageado pelos filhos Camila, Diogo e Cassiano, que subiram ao palco para cantar músicas que aprenderam com o pai, antes mesmo de optarem pelo trabalho musical que realizam hoje. Num segundo momento, a direção do Hospital Tacchini prestou homenagem ao maestro, entregando a ele uma placa em reconhecimento ao seu trabalho de 15 anos à frente do Coral. A entrega foi realizada pelo presidente do Conselho de Administração do Hospital Tacchini, Daniel Ferrari e pelo Superintendente Executivo, Hilton Mancio.

DSC07373

Coral do Hospital Tacchini – O Coral do Hospital Tacchini iniciou suas atividades em setembro de 1997, com um grupo de 12 colaboradores, todos voluntários, tendo como responsável artística a Enfermeira Simone Bordignon. Em maio de 2003, o Hospital Tacchini contratou o maestro Geraldo Farina para ampliar e qualificar o grupo e a evolução ocorreu naturalmente com o esforço dos integrantes, amigos e familiares. No ano seguinte, o Coral passou a exercer funções bem mais amplas, animando celebrações e representando a instituição em festivais de coros e cantorias pela região.

Em maio de 2011, o coral organizou, em parceria com a Paróquia São Roque, seu primeiro encontro de coros, repetindo o evento em 2012. Naquele mesmo ano, realizou seu primeiro Concerto de Natal no auditório do Hospital. Em 2013 e em 2014 o grupo realizou concertos especiais no Teatro do SESC de Bento Gonçalves.

Em 2014, o grupo viajou para a Itália, na companhia de integrantes do Coral Vale dos Vinhedos, onde participou do festival ‘Voce del Mondo’, em Cittadella, província de Pádua. Nessa viagem, o coral realizou concertos na cidade de Este, em Veneza e na praça São Pedro, no Vaticano. Em junho de 2015, o Coral animou missa no Santuário de Aparecida do Norte. Em 2016 e em 2017, organizou seu festival na Casa das Artes, lotando o anfiteatro nas duas edições.

Instituto do Câncer do Hospital Tacchini: atendimento focado no paciente da região

Desde sua fundação em 1924, o Hospital Tacchini sempre trabalhou focado em oferecer serviços em saúde a fim de atender a demanda da população de Bento Gonçalves. Ao longo deste tempo, a Instituição cresceu e tornou-se referência no atendimento para 29 municípios da Serra Gaúcha. Para atender toda essa população superior a 430 mil habitantes, o Tacchini ampliou sua estrutura, investiu em tecnologia de alta performance, contratou mais profissionais e hoje é um dos Hospitais de excelência no Estado. Paralelo a isso, todos os anos atualiza suas ações através de um Planejamento Estratégico capaz de prever e antecipar os futuros investimentos. Foi através deste planejamento que surgiu o Instituto do Câncer, onde o acolhimento e a dedicação ao paciente oncológico estão sempre em evidência.

HOSPITALTACCHINI INSTITUO CANCER (5)

Hoje, todos os recursos para o tratamento do câncer encontram-se dentro do Tacchini. São 1.500 m² de área onde estão instalados equipamentos de alta performance, além de consultórios e boxes individuais para quimioterapia. Todos os médicos que atuam no Instituto do Câncer atendem os pacientes no local, o que garante maior comodidade a todos.

HOSPITALTACCHINI INSTITUO CANCER (2)

A equipe é formada por oncologistas clínicos, hematólogos, cancerologista cirúrgico, urologista, mastologista, cirurgião torácico, cirurgião do aparelho digestivo, cirurgião da cabeça e pescoço, ginecologista, odontólogo e onco-radioterapeuta, além de uma geneticista que realiza o mapeamento dos pacientes e apoia as equipes no momento de decidirem as melhores práticas, bem como o tempo de duração dos tratamentos. Paralelo a isso, os médicos contam com o apoio das equipes multiprofissionais, acesso a equipamentos e remédios de última geração e suporte do Laboratório de Análises Clínicas, Centro de Diagnóstico por Imagem, Bloco Cirúrgico e Internação e Emergência 24hs.

HOSPITALTACCHINI INSTITUO CANCER (4)

“O tratamento e a prevenção ao câncer são prioridades para o Tacchini. Diante disso, queremos muito interferir no volume de incidência da doença na região. Temos a certeza de estar fazendo o bem para toda a nossa região”, declara o superintendente executivo do Hospital Tacchini, Hilton Mancio.

HOSPITALTACCHINI INSTITUO CANCER (3)

Assim, o Instituto do Câncer presta toda a assistência necessária, desde a primeira consulta até a última sessão de quimioterapia ou radioterapia, realizando ainda o monitoramento de todos os pacientes no pós-tratamento. O setor conta hoje com 57 profissionais, todos comprometidos em garantir uma assistência com qualidade e segurança aos pacientes.

HOSPITALTACCHINI INSTITUO CANCER (1)

O Instituto do Câncer do Hospital Tacchini possui hoje um dos melhores equipamentos de Radioterapia do Sul do país, sendo o único da Serra Gaúcha habilitado para tratamentos com intensidade modulada (IMRT). Equipado com feixes de alta energia, possui colimadores automatizados que desenham o formato exato da área a ser tratada. Através de um planejamento totalmente computadorizado permite-se irradiar o tumor e poupar ao máximo os órgãos normais adjacentes. Esta técnica é uma das mais modernas em radioterapia e padrão ouro de tratamento para maior parte dos tipos de câncer. A partir destas melhorias é possível irradiar com maior exatidão apenas as regiões doentes e conferir tudo através de imagens no próprio equipamento.

Passados mais de 25 anos desde que começou a oferecer atendimento oncológico, o Hospital Tacchini, baseado nas informações oriundas da área de pesquisa da Instituição, conta com um banco de dados sobre todos os pacientes atendidos desde 2005. Desta forma, Tacchini se posiciona como um dos principais centros de tratamento de câncer do Sul do país, entregando tratamentos seguros e precisos aos pacientes.

Hospital Tacchini é novo membro da Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP)

Desde o início de outubro, o Hospital Tacchini faz parte de um seleto grupo de hospitais que integram a Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), uma organização que congrega os 110 maiores e mais bem conceituados hospitais privados do Brasil. No Rio Grande do Sul, o Hospital Tacchini junta-se aos hospitais Moinhos de Vento, Mãe de Deus e São Lucas, da PUC/RS, todos em Porto Alegre.

Segundo o Superintendente Executivo do Hospital Tacchini, Hilton Mancio, o ingresso do Tacchini na ANAHP vai ao encontro da filosofia da Instituição que tem como visão, ‘ser um hospital focado na promoção de saúde e no bem-estar das pessoas, gerando e incorporando conhecimentos aplicados por equipes de alta performance’. “Trata-se de uma oportunidade de estar em uma entidade que representa os principais hospitais privados de excelência do país. Ao mesmo tempo em que comemoramos, sabemos que estamos dando um grande passo que nos trará um nível de exigência ainda maior sobre nossa Instituição e, esta exigência, nos fará melhores para nossos pacientes”, avalia.

Ele explica que a ANAHP possui grupos de trabalho nos quais executivos do Tacchini serão inseridos, conforme o programa, tendo oportunidade de trocar experiências e estar em contato com as melhores práticas na área de saúde hospitalar. “Também teremos acesso a mais de 300 indicadores, onde será possível comparar nosso desempenho em relação às melhores práticas assistenciais, modelos de gestão de pessoas, informações quanto ao equilíbrio econômico-financeiro dos hospitais, bem como a organização do corpo clínico e nosso relacionamento institucional, entre outros”, relata o superintendente. 

ANAHP – Criada em maio de 2001, a Associação Nacional de Hospitais Privados representa hoje os principais hospitais privados de excelência do país. A entidade surgiu para defender os interesses e necessidades do setor, bem como expandir as melhorias alcançadas pelas Instituições privadas para além das fronteiras da Saúde Suplementar, favorecendo assim todos os brasileiros. Atualmente a ANAHP ocupa função estratégica no cenário Político e Institucional, principalmente no desdobramento de temas essenciais à sustentabilidade do sistema.

Dados do setor mostram que dos cerca de 6 mil hospitais no país, menos de 350 possuem algum tipo de Acreditação Hospitalar. Destes, 31,8% integram a ANAHP. 72% das Instituições são de alta complexidade e 47% realizam algum tipo de transplante.

Ao longo de 2017, os 110 Hospitais associados à entidade realizaram, juntos:

– 100.667.387 exames;

– 1.581.036 internações;

– 1.166.459 cirurgias;

São 24.431 leitos e a geração de 163mil empregos diretos.

fonte: www.anahp.com.br.

Departamento de Voluntariado do Hospital Tacchini atento à demanda das pessoas carentes

O Departamento de Voluntariado do Hospital Tacchini, sempre visando contribuir com as pessoas mais carentes, esteve a frente de duas importantes ações recentemente.

Na primeira delas, o grupo recepcionou as senhoras Vilma Sachett e Ana Maria Dalla Corte Piletti, que integram o Lions Clube Bento Gonçalves Fêmina Integração. A visita serviu para que elas conhecessem as novas instalações do Departamento de Voluntariado. Na ocasião, a senhora Ana entregou um cheque como doação, sendo que o valor repassado foi oriundo de sua festa de aniversário, na qual ela pediu aos convidados que a presenteassem com qualquer quantia em dinheiro. “Dona Ana sempre foi incentivadora do nosso trabalho, sempre esteve à frente de nossas atividades. O gesto dela mostra bem o quanto ela se importa com as pessoas e o quanto confia em nosso trabalho”, avalia a presidente do Departamento de Voluntariado, a colaboradora Margaret Donadel.

20180914_112416

Em outra ação, as senhoras voluntárias estiveram à frente na captação de doações que foram entregues ao gabinete da primeira-dama, Cynthia Beatriz Gomes Costa Pasin. Segundo a presidente do voluntariado, Margaret Donadel, as doações foram feitas por colaboradores, conselheiros e médicos do Hospital Tacchini. “Assim como recebemos doações e as repassamos à pessoas carentes internadas pelo SUS, também contribuímos para amenizar a necessidade de algumas famílias, sendo que todas estão cadastradas na Secretaria de Habitação e Assistência Social”, explica. Foram repassados alimentos, roupas para adultos e crianças, materiais de higiene, fraldas e até alguns brinquedos. A entrega das doações foi feita pela presidente Margaret e sua vice-presidente, Ana Luiza Brandelli, à primeira-dama, Cynthia Pasin. Estiveram presentes ainda, a dra. Roberta Pozza, diretora técnica médica do HospitalTacchini; a gerente de enfermagem, Lúcia Falk e a coordenadora do gabinete da primeira-dama, Ana Maria Passaia.

Associação Hospitalar Moinhos de Vento abre seleção de médicos residentes 2019

Inscrições podem ser realizadas até 24 de outubro em 11 programas de residência

Estão abertas as inscrições para o concurso de seleção de residentes médicos para a Associação Hospitalar Moinhos de Vento. São 11 programas de residência nas áreas de Medicina Intensiva, Cardiologia, Neurologia, Oncologia Clínica, Pediatria, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Clínica Médica, Mastologia, Nefrologia, Gastroenterologia e Pneumologia.

O Programa de Residência do Hospital Moinhos de Vento é credenciado na Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) desde 2003. Cada vez mais a instituição se consolida como polo de educação, sendo incorporada no seu mapa estratégico como uma de suas três diretrizes principais.

Inspirado pelo modelo americano de Educação Médica, decorrente da parceria com a Johns Hopkins International, o programa promove, durante todo o período, contato próximo e constante com os preceptores no acompanhamento de casos clínicos nas suas mais variadas apresentações e complexidades. Os médicos residentes têm acesso a tecnologias de diagnóstico de última geração e tratamentos alinhados com o que existe de mais atualizado na literatura.

As inscrições devem ser efetuadas pela internet, no site www.amrigs.org.br, no período de 12 de setembro a 24 de outubro. O processo seletivo é realizado conforme resolução nº 02 de 27/08/2015 da CNRM por meio de prova escrita (peso 90%) e análise curricular (peso 10%).

moinhos de vento

Foto: Divulgação/Setor Saúde