Posts

Rodrigo Bellora assume liderança do movimento Slow Food em Garibaldi

O chef de cozinha Rodrigo Bellora assume nesse mês de junho a liderança do Slow Food Primeira Colônia Italiana, o convivium do grupo com sede em Garibaldi. Ele dará continuidade ao trabalho que vinha sendo coordenado pela turismóloga Ivane Favero, que liderava o grupo desde a fundação, em 2013. Completa o grupo como vice-líder a nutricionista Bruna Posthinger.

Ivane Fávero, que segue contribuindo como associada e conselheira, comemora os projetos importantes desenvolvidos desde a fundação do convivium, a exemplo da campanha “Sou Orgânico, Pode Confiar”; as hortas escolares; a criação da Via Orgânica em Garibaldi, um roteiro que surge como fruto do movimento; e o gemelaggio com a Itália – projeto único no mundo que permite intercâmbios entre os dois países. Outros eventos, como o Pizza na Praça, em Garibaldi, e uma série de palestras realizadas ajudaram a posicionar o convivium como um dos mais ativos do Brasil.

Ela deixa como exemplo para outras cidades brasileiras com grupos Slow Food a relevância do envolvimento do Poder Público a articulação do movimento. Em Garibaldi, o Slow Food foi fundado dentro do contexto da Secretaria de Turismo e Cultura, que apoia continuamente o Slow Food e empresta a estrutura para os encontros do convivium. “A grande lição que fica é a construção de um trabalho não pessoalizado, resultado de muitas pessoas contribuindo. É uma célula salutar que vai crescendo e se fortalecendo”, frisa.

DSC_7010

Chef de Cozinha e idealizador do conceito “Cozinha de Natureza”, Rodrigo Bellora é proprietário do restaurante Valle Rustico e cofundador do Slow Food Primeira Colônia Italiana. O alimento, para ele, é uma maneira direta de contribuir para um mundo mais limpo. Por isso, em seu restaurante, Bellora aplica os conceitos Slow Food cuidando dos ingredientes desde plantio/nascimento até o prato. “É pela comida que vejo um mundo melhor possível”, reforça.

Como líder do convivium, seu primeiro grande objetivo é levantar recursos para a participação de produtores locais no Terra Madre Salone del Gusto,  o evento mundial do Slow Food, em setembro, em Turim. Nesse sentido, o Slow Food Primeira Colônia Italiana já está promovendo uma série de jantares em restaurantes de cozinheiros membros do convivium. O próximo deles será dia 11 de julho, no próprio Valle Rustico, com menu experiência a R$ 100,00. Metade da renda desses eventos está sendo revertida para a participação no Terra Madre.

Mais sobre o Slow Food

O Slow Food é um movimento que defende o direito ao prazer da alimentação com ética, defendendo o alimento bom, limpo e justo. É uma organização internacional com 1500 grupos pelo mundo e mais de 100 mil associados difundindo as relações entre a comida e o meio ambiente. Para o movimento, as relações entre uma refeição e o planeta são indissociáveis e o que está dentro do prato interfere nas condições do meio ambiente, na biodiversidade, nas tradições e na economia.

Esses conceitos são difundidos pelo Slow Food Primeira Colônia Italiana por meio de mesas redondas, hortas escolares, educação para o gosto e a troca de experiências entre produtores, cozinheiros e consumidores – que o movimento trata sempre como coprodutores,

Qualquer pessoa pode se associar ao Slow Food. Basta fazer um cadastro simples no portal slowfoodbrasil.com. O Slow Food Primeira Colônia Italiana tem perfis no Facebook e Instagram, onde são divulgadas as atividades e campanhas do grupo:  www.facebook.com/slowfoodprimeiracolonia/ e www.instagram.com/slowfoodprimeiracolonia/.

 Foto: Ana Carolina Azevedo

Equipe de filmagens do reality show Super Merendeiras encerram gravações em Bento

Daniela Felizardo, criadora da receita polenteca que é resultado do Projeto Olhar Atento da SMED, participa do programa

Na última semana, o município recebeu a equipe de filmagens do Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar (FNDE) e da TV Escola. Na ocasião, o grupo realizou entrevistas e captou imagens de Bento Gonçalves que irão integrar o reality show Super Merendeiras do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), no qual participa Daniela Felizardo, merendeira da rede municipal de ensino e criadora da receita polenteca, que venceu o primeiro lugar do 2º Concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar – Etapa Regional Sul.

A polenteca é resultado do Projeto Olhar Atento: Ciências para Vida – Alimentação Saudável da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Secretaria da Agricultura, com o apoio da EMATER, SINDILOJAS, SICREDI, Associação dos Agricultores Ecológicos de Bento Gonçalves, Associação dos Agricultores Familiares de Bento Gonçalves, Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Papelaria Botafogo, Agropecuária Agro Pet dos Anjos, Adubare-Compostos Orgânicos e Subprefeitura do Vale dos Vinhedos.

IMG_3605

Esta ação é desenvolvida desde 2013, e em 2017 contemplou 15 escolas municipais. As escolas envolvidas recebem orientação técnica e pedagógica, bem como a doação de mudas, sementes e composto orgânico. A implantação e reativação das hortas escolares propiciam que aos alunos compartilharem responsabilidades como plantar, cuidar, aguar e colher. Os gêneros escolhidos para o plantio primam pela variedade, buscando enriquecer a experiência dos estudantes em torno do cultivo da terra, propiciando o acompanhamento do crescimento de diferentes vegetais que, colhidos, incrementaram a alimentação escolar.

Sineidy Santos, assessora de coordenação do Programa Nacional de Alimentação Escolar, ressaltou que “A figura da merendeira, sua função dentro da escola, a valorização do seu trabalho, só existe por ter uma boa gestão. E isso, em Bento Gonçalves, ficou muito claro por meio do Projeto Olhar Atento e isso faz toda a diferença para o sucesso e o reconhecimento de uma educação exemplar e integrada à comunidade”.

Super Merendeiras

O roteiro da equipe incluiu a captação de imagens como Praça Achylles Mincarone, Vinícola Aurora, Belvedere Parque da Ferradura, Caminhos de Pedra, Via Del Vino, Pipa Póritco e a Escola Municipal Infantil Feliz da Vida. As filmagens contaram com o apoio das Secretarias de Educação e Turismo e da produtora cultural local Deise Chagas.

O programa, no estilo Master Chef, terá um total de 13 episódios de 26 minutos cada, e tem previsão de estrear em setembro, onde as vencedoras da primeira edição irão competir com as vencedoras da segunda edição do Concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar, promovido pelo Ministério da Educação e pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As gravações do programa irão acontecer em julho, no Rio de Janeiro.

O programa Super Merendeiras tem o objetivo de divulgar as boas práticas da alimentação saudável e a valorização da profissão de merendeiro (a) no processo educacional e pedagógico, pois colocam em prática todos os critérios estabelecidos para uma alimentação saudável, manipulando diretamente os alimentos e mantendo uma relação expressa com os estudantes. O PNAE, que teve início em 1942, é responsável por servir mais de 50 milhões de refeições todos os dias para 45 milhões de estudantes de 160 mil escolas de todo o país.

Boas práticas de agricultura familiar

Os investimentos da administração municipal na compra de alimentos in natura (sem processamento), que chegam nas 42 escolas do município, beneficiam mais de 10 mil alunos. Do início do ano letivo até maio de 2018 foram investidos em merenda escolar R$613.166,39.

Cerca de 95% dos recursos transferidos pelo FNDE através do Programa Nacional de Alimentação Escolar, são investidos em produtos da agricultura familiar, beneficiando os produtores rurais de Bento Gonçalves e região, fator decisivo para classificação do Município. São frutas, legumes, hortaliças, entre outros alimentos ricos em vitaminas, sais minerais e fibras que compuseram 2,7 milhões de refeições que chegam até as crianças.

Fotos: José Martim Estefanon

Candidatas à rainha e princesas das Fenachamp serão apresentadas no Festival do Frango e do Vinho

Promoção, que reedita um dos clássicos eventos de Garibaldi, será realizado em 11 de agosto

 Garibaldi vai conhecer, no dia 11 de agosto, durante o Festival do Frango e do Vinho, as 12 candidatas ao título de rainha e princesas da Festa do Espumante 2019. A Comissão Social anunciou nesta semana que o processo de inscrições foi encerrado, já que o limite de postulantes ao cargo de soberanas da Fenachamp foi atingido. Até a apresentação oficial, as candidatas iniciarão a preparação visando o concurso que será realizado em 23 de novembro.

Candidatas a soberanas da Fenachamp 2017 - 30-07-2016 004 j

Conforme a coordenadora da Comissão Social da Fenachamp 2019, Lina Berto Furlanetto, o evento conta com um prestígio muito grande, o que faz com que o número de inscritas tenha que ser limitado para que se possa ter um concurso com qualidade e representantes bem preparadas para o posto que irão ocupar.

Festival do Frango e do Vinho

A 28ª edição do Festival do Frango e do Vinho será realizada neste ano na sede da Associação dos Motoristas de Garibaldi. Além da apresentação das candidatas à soberanas da Fenachamp 2019, o evento terá como atrações as bandas Relativos e Zabadak.

Isso sem contar com a variedade gastronômica, privilegiando os derivados do frango. O ingresso individual custa R$ 75,00 (dando direito a uma taça da promoção), podendo ser adquirido na CIC. Reservas podem ser feitas pelo fone 3462 8500. Organizado pela CIC, neste ano a promoção tem o apoio do CEC e da AMG.

 CARDÁPIO

Entradas: rissole de frango, brusqueta (frango, tomate e ervas), coxinha de frango no espeto

Saladas: radicci, chicória, repolho, tomate, maionese de frango e pepino

Pratos Principais: frango no espeto, salsichão de frango, strogonoff de frango, lasanha de frango, frango ao molho, arroz branco, massa ao molho de miúdos, polenta mole, fortaia e queijo em cubos

Sobremesas: sagu, creme, abóbora e pudim de leite

Bebidas: vinho branco, vinho tinto e água

Conheça harmonizações de vinhos ideais para o seu churrasco

Substituir a clássica cerveja pelo vinho pode ser uma grande aposta no quesito sabor. Por isso, a Evino separou algumas dicas especiais para ajudar nessa combinação

Embora caipirinha e cerveja ainda mantenham a soberania no churrasco brasileiro, a quantidade de pessoas adotando as taças mostra que o vinho vem ganhando espaço. Mas você sabe como combinar a bebida ideal com cada um dos cortes de seu churrasco? Não se pode negar que uma boa harmonização faz toda a diferença e o vinho pode ser considerado um grande aliado no quesito sabor. A Evino separou algumas dicas especiais de harmonização para cada corte.

Para Lana Ruff, sommelière da Evino, o crescimento no número de pessoas que começaram a adotar a harmonização de vinho e churrasco representa uma mudança gradual na nossa cultura. “Um palpite é o fato de que o vinho tem propriedades que ajudam a contrabalancear as características extremas da carne”, diz.

VINHOS-E-CHURRASCO-COMO-CRIAR-A-HARMONIZAÇÃO-PERFEITA_2-1200x640

De acordo com ela, é importante saber que sal e gordura são elementos amigos da harmonização (e por isso as combinações queijo-vinho e carne-vinho são tão famosas). Ambos os aspectos combinam com o elemento do amargor, que existe naturalmente nos taninos presentes em vinhos tintos. “Não à toa a Malbec, que é uma uva com bastante tanino, é o par tradicional de cortes suculentos e fibrosos, como bife ancho e contrafilé“.

Já a acidez ajuda a cortar as moléculas de gordura no palato, então alguns cortes mais gordurosos, como picanha e alcatra, vão precisar de uvas com teor alto de acidez, como Cabernet Sauvignon, para garantir equilíbrio.

“Quem quiser ousar pode investir sem dó em filé mignon com Chardonnay barricado. As transformações microbiológicas que o vinho branco sofre enquanto está em contato com a barrica dão a ele um aspecto mais pesado, carnudo e até aromas de manteiga”, pontua. Esse tipo de característica faz com que o vinho tenha mais presença em boca, pareça mais encorpado e, portanto, páreo pra encarar uma carne vermelha magra.

Outra dica da especialista é prestar atenção se o tempero é o elemento principal do prato. Por exemplo, se estiver rolando uma costela ao barbecue, o molho vai predominar em virtude do seu sabor forte. Syrah é um clássico para essa receita, pois, além de ser uma uva que rende vinhos encorpados, ela tem aromas de especiarias que entram em harmonia com o molho.

Já a mistura clássica de carne branca e vinho branco também é bem famosa, pois temos uma harmonização por peso e semelhança: a carne e o vinho são leves e por isso não há muito risco de um se sobressair ao outro. “Se o frango estiver temperado com ervas, aí a dica é Sauvignon Blanc, uva branca com aromas tipicamente herbáceos ou Carménère, uva tinta que também vai nessa direção. Essas dicas também valem para o pão de alho, que precisa de vinhos com sabores e aromas fortes” comenta.

As carnes de porco têm muito sal e muita gordura, mas sabores mais suaves, em geral. Assim, a harmonização não tem segredo, já que os elementos que se destacam são fáceis de combinar. A linguiça é a oportunidade certa para dar aquela variada e investir em rosés ou, até mesmo, espumantes, cuja acidez sempre alta promete cortar a gordura.

E os vegetais são um desafio para uma harmonização bem sucedida, pois eles unem consistências confusas, ora crocantes, ora macias. Mas de acordo com a especialista nem tudo está perdido. “Pra dar conta dessa explosão de sabores e texturas vale dar uma temperada nos legumes com o próprio vinho. E vale lembrar que cogumelo e Pinot Noir, ou a uva piemontesa Nebbiolo, são pares clássicos”, finaliza.

 

My Way Cozinha Universal – Culinária com identidade cultural

mauricio crippa 2

Para agradar os paladares mais sofisticados e os amantes da boa comida, o My Way Cozinha Universal nasceu com proposta alternativa em Bento Gonçalves, há quase dois anos. A casa que abriga o restaurante encontra-se na tranquilidade do bairro Barracão. Liderado pelo chef Mauricio Crippa, o My Way serve pratos das mais deliciosas – e peculiares – culinárias do mundo. Um verdadeiro show de gastronomia indiana, mexicana, árabe, tailandesa, italiana e peruana, entre tantas outras. A partir de cardápios fechados, atende jantares às sextas-feiras e sábados e esporadicamente almoços nos sábados e domingos, o espaço também atende festas, confrarias, formaturas e eventos fechados.

file welligtonCom tantas especialidades, a primeira edição do Integração Indica sugere o restaurante do Crippa para comemorar a data mais acolhedora do ano, o Dia das Mães. Para o próximo domingo dedicado a elas, o cardápio é super especial – com direito ao famosíssimo filé Wellington, o queridinho da casa e muito bem falado pela cidade. Acima da boa comida e da atmosfera única do local, o My Way é acolhedor e autêntico, como mãe: desde que abriu em junho de 2015, são mais de cinco mil refeições servidas sem nunca repetir um cardápio.

Com a interpretação e a sensibilidade de Crippa, os pratos são criados a sua uaumaneira, seguindo, principalmente, a base das receitas clássicas, mas adequadas a partir da leitura do chef. “Gosto de interpretar os pratos e aproximar para os gostos da culinária local. Quero que o cliente se sinta à vontade no meu restaurante para vivenciar as sensações, a simplicidade e a beleza nas preparações culturais apresentadas”, ressalta.

Em um relacionamento fiel as  panelas há 20 anos, o chef Crippa carrega experiências dos seus dez anos vividos no Nordeste Brasileiro, onde cozinhou nos restaurantes Dom Quixote, “é” e El Chicano em Recife, Beijupira em Porto de Galinhas e na capital gaúcha, no Restaurante Marcos. Ao todo, foram 12 cidades nacionais e internacionais onde criou seus pratos, incluindo localidades da Índia e África.

Totalmente característico ao chef, a decoração do restaurante foi feita de forma gradativa e com objetos e artigos da família, transferindo a identidade que Crippa desejava. O ambiente coleciona experiências e lembranças de lugares onde my way sobremesaMaurício já visitou, além de mapas e fotografias, imagens de Deuses, Santos e Budas. Nas mesas, velas e literatura diversa em pequenas pilhas. Nas prateleiras, os discos de vinil e cds que fazem parte da vida do chef e hoje são a trilha sonora do restaurante. Ao todo, o restaurante recebe confortavelmente 45 pessoas.

A cada jantar ou almoço, são cerca de seis pratos servidos em porções bem satisfatórias. Prezando pela sustentabilidade, os jantares e almoços só acontecem mediante reserva, para evitar o desperdício. Mas isso não significa pouca comida servida. Conforme a boa tradição de quem vive em Bento, têm comida para servir e repetir.

MENU DIA DAS MÃES

ANTEPASTO
Pães e patês artesanais

ENTRADA
Causa de salmão

PRINCIPAL
Filé Wellington, acompanhado de risoto de palmito e alho poró e palha de batata

SOBREMESA
Manjar de Santa Clara
(pudim de côco e calda de morangos)

IMG_20170422_203207866

IMG_20170422_203105355

IMG_20170422_203216406

ambiente my way

IMG_20170422_222528824

IMG_20170422_215941446

IMG_20170419_134532162

Prova de MasterChef gravada em Bento Gonçalves será exibida nesta terça-feira

Time-vermelho-Crédito-Carlos-Reinis-BandA primeira prova coletiva fora do estúdio da quarta temporada de MasterChef Brasil, programa exibido pela emissora Band, será exibida na noite dessa terça-feira, dia 4, a partir das 22h30min. O episódio gravado nos dias 4, 5 e 6 de março, nos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha, terá como desafio a elaboração de menus acompanhados de vinhos nacionais. A prova será avaliada por 80 convidados, entre eles dirigentes do Ibravin, representantes de vinícolas e enófilos, que terão a difícil missão de eleger a equipe vencedora.

Serão harmonizados três rótulos com pratos inspirados  na culinária italiana e alemã, apresentando a produção vitivinícola brasileira aos 20 competidores, aos jurados da atração, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin a e para audiência fiel do programa. Entre as bebidas, o espumante Brut 130, da Casa Valduga, o vinho tinto Reserva Merlot, da Vinícola Aurora e o espumante moscatel rosé Aquarela, da Casa Perini.

O MasterChef Brasil é transmitido pela Band às terças-feiras, às 22h30, com exibição simultânea no site e no aplicativo da emissora para smartphones, sendo também reproduzido pelo Discovery Home & Health, nas sextas, às 19h20min, com reapresentação aos domingos às 21h45min.