Posts

19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática reuniu mais de 400 congressistas em Caxias

Evento movimentou setor hoteleiro e gastronômico do município

Caxias do Sul recebeu, entre os dias 19 e 22 de setembro, o 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática, realizado no Bloco M da Universidade de Caxias do Sul (UCS). O evento reuniu mais de 430 congressistas de todo o Brasil, que movimentaram o setor hoteleiro e gastronômico do município.

Durante os quatro dias de evento, mais de 80 palestrantes trataram sobre temas como: a Estimulação cognitiva para idosos; Espiritualidade no atendimento ao paciente; O adoecimento como manifestação simbólica; Questão de gênero no processo educativo; Longevidade saudável e Diálogo com os órgãos: um recurso terapêutico.

O Congresso também contou com a colaboração da renomada psicóloga, Karina Okajima Fukumitsu, que apresentou seus estudos na área do Suicídio e tratou sobre a prevenção, posvenção e valorização da vida. Karina, é pós-doutora pelo Instituto de Psicologia da USP, coordenadora do Departamento de Gestalt-terapia do Instituto Sedes Sapientiae, coordenadora em parceria da Pós-Graduação de Psicologia Clínica e Institucional em Gestalt-terapia da UNICSUL, autora dos livros: “A vida não é do jeito que a gente quer”, “Suicídio e Gestalt-terapia”, “Suicídio e Luto: história de filhos sobreviventes” e “Perdas no Desenvolvimento Humano: um enfoque fenomenológico”.

Crédito Ângela Salvallaggio

O evento também trouxe para Caxias do Sul o presidente da Associação Brasileira de Psicossomática (ABMP), Wimer Bottura Junior, que é médico psiquiatra, presidente do Comitê Multidisciplinar de Adolescência da Associação Paulista de Medicina (APM), membro do grupo de professores da cadeira de psicologia médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Bottura, falou, em especial, sobre cineterapia e as perspectivas de futuro para a psicossomática.

O homenageado do 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática foi o médico, professor doutor do Instituto de Psicologia (IP) da Universidade de São Paulo (USP), Avelino Luis Rodrigues. O homenageado também é orientador de mestrado e doutorado dos programas de pós-graduação em psicologia clínica, neurociências e comportamento do IP USP. Avelino, que também é doutor em psicologia, membro honorário da ABMP, e coordenador do Laboratório Sujeito e Corpo – (SuCor) do Grupo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Psicossomática, falou sobre a Epistemologia da Psicossomática, sua história e seus fundamentos, além de seus estudos referentes aos avanços em neurociências.

Para o presidente do Congresso, Dorval De Andrade Tessari, a missão em trazer um encontro, deste porte, para Caxias foi cumprida com sucesso. “Dificilmente um congresso médico é sediado no município caxiense. Atividades deste tipo acabam sempre sendo realizadas em outras cidades da Serra pelo apelo turístico. É importante trazer essa nova perspectiva de atuação, que não é apenas alopática, mas sim um exercício que integra todos os aspectos da vida humana, para cá, para o nosso município. Sinto que cumprimos com nossa missão em fazer Caxias do Sul melhor e mais conectada com a ideologia da medicina psicossomática”.

O 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática foi uma Promoção da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática. Realização da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática Regional do Rio Grande do Sul. Teve o Patrocínio-Master da Censi Fisa Empreendimentos. Apoio Especial da Universidade de Caxias do Sul. Apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Co-patrocínio de Carib Tur Agência de Viagens, Casa Serra Acabamentos, Life Pilates, Microlab Laboratório, Re-criar Centro de Estudos Avançados em Medicina e Psicologia, Salus Pronto Atendimento e Unimed. Organização da Interface.

Texto: Exata Comunicação

Foto: Ângela Salvallaggio

19ª Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática tem início nesta quarta

Evento será realizado pela primeira vez em Caxias do Sul

Caxias do Sul recebe, pela primeira vez, o 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática, com o tema “Psicossomática, novas perspectivas e suas novas práticas”. O evento, organizado pela Associação Brasileira de Medicina Psicossomática- Regional RS, ocorre a partir desta quarta (19) e segue até o sábado (22) com uma programação variada.

Tendo como principal objetivo estudar como inúmeros fatores de desequilíbrio acometem os seres humanos produzindo as doenças, o Congresso conta com a participação de mais de 80 especialista de todo o Brasil das mais diversas áreas relacionadas a saúde, meio ambiente e social, 8 cursos pré-congresso, 28 mesas-redondas, 4 mesas informais para conversas com professores e discussões de casos clínicos, e um espaço destinado ao debate público com gestores da saúde para implantação de políticas públicas.

Segundo o presidente do Congresso, Dorval de Andrade Tessari, este encontro tem como finalidade buscar novas soluções e práticas para a promoção do bem-estar humano na sua integralidade. “Discutir novas práticas se faz necessário, pois a psicossomática vem tomando um lugar de destaque na forma de condução de casos clínicos. Existem situações em que não conseguimos resolver a situação com o que já é utilizado. É preciso fazer uso de novas perspectivas para a área da saúde, para que consigamos auxiliar os profissionais a abrirem novos horizontes no auxílio aos pacientes. Mas, sob hipótese alguma, excluímos aquilo que já está consagrado. Nós acrescentamos a possibilidade de olhar para dentro do ser humano, e ajudar aquele que verdadeiramente sofre”, afirma.

Mesmo que o Congresso tenha um cunho científico, ele está aberto a todas às pessoas que queiram viver bem consigo mesmas e com o meio, pois um dos princípios da medicina psicossomática é promover a consciência de que a mente é a grande geradora das doenças e suas próprias curas. O presidente do Congresso explica, ainda, que este ramo tem como principal linha de estudo o surgimento da doença física atrelada exclusivamente ao pensamento. “As emoções necessitam ser drenadas, colocadas para fora por meio da linguagem. Quando uma pessoa não consegue fazer esta ação, o corpo acaba sendo o aparelho de fala, comunicando por meio das doenças. E é a partir daí que as novas práticas dentro da psicossomática se fazem tão necessárias. Precisamos estudar e discutir cada vez mais as várias formas de lidar com a saúde em um conjunto com todas as esferas da vida”, finaliza.

Para participar da 19ª edição do Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática, conhecer os palestrantes e compreender mais sobre questões, como: abuso e violência infantil, qualidade de vida no trabalho, estimulação cognitiva para idosos, adoção homoafetiva, sexualidade em pacientes com câncer e muito mais, acesse o site e se inscreva www.psicossomatica2018.com.br. Ainda dá tempo de garantir uma vaga neste encontro de nível nacional.

Dorval de Andrade Tessari

O 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática é uma Promoção da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática. Realização da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática Regional do Rio Grande do Sul. Patrocínio-Master da Censi Empreendimentos. Apoio Especial da Universidade de Caxias do Sul. Apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Co-patrocínio de Carib Tur Agência de Viagens, Casa Serra Acabamentos, Life Pilates, Microlab Laboratório, Re-criar Centro de Estudos Avançados em Medicina e Psicologia, Salus Pronto Atendimento e Unimed. Organização da Interface. 

Texto: Dinâmica Comunicação

19ª Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática pela primeira vez em Caxias do Sul

 Com o tema “Psicossomática, novas perspectivas e suas novas práticas”,  o 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática será realizado pela primeira vez em Caxias do Sul. Entre os dias 19 e 22 de setembro, o Congresso contará com cerca de 70 especialistas de todo o Brasil das mais diversas áreas relacionadas a saúde, meio ambiente e social.  O evento, organizado pela Associação Brasileira de Medicina Psicossomática- Regional RS, tem como principal objetivo estudar como inúmeros fatores de desequilíbrio acometem os seres humanos produzindo as doenças.

Segundo o presidente do Congresso, Dorval de Andrade Tessari, este encontro tem como finalidade buscar novas soluções e práticas para a promoção do bem-estar humano na sua integralidade.  Serão 8 cursos pré-congresso, 28 mesas-redondas, 4 mesas informais para conversas com professores e discussões de casos clínicos, e um espaço destinado ao debate público com gestores da saúde para implantação de políticas públicas.

Mesmo que o Congresso tenha um cunho científico, ele está aberto a todas às pessoas que queiram viver bem consigo mesmas e com o meio, pois um dos princípios da medicina psicossomática é promover a consciência de que a mente é a grande geradora das doenças e suas próprias curas.

Para Tessari, discutir novas práticas se faz necessário, pois a psicossomática vem tomando um lugar de destaque na forma de condução de casos clínicos. “Existem situações em que não conseguimos resolver a situação com o que já é utilizado. É preciso fazer uso de novas perspectivas para a área da saúde, para que consigamos auxiliar os profissionais a abrirem novos horizontes no auxílio aos pacientes. Mas, sob hipótese alguma, excluímos aquilo que já está consagrado. Nós acrescentamos a possibilidade de olhar para dentro do ser humano, e ajudar aquele que verdadeiramente sofre”, afirma.

Dorval de Andrade Tessari

O presidente do Congresso explica, ainda, que este ramo tem como principal linha de estudo o surgimento da doença física atrelada exclusivamente ao pensamento. “As emoções necessitam ser drenadas, colocadas para fora por meio da linguagem. Quando uma pessoa não consegue fazer esta ação, o corpo acaba sendo o aparelho de fala, comunicando por meio das doenças. E é a partir daí que as novas práticas dentro da psicossomática se fazem tão necessárias. Precisamos estudar e discutir cada vez mais as várias formas de lidar com a saúde em um conjunto com todas as esferas da vida”, finaliza.

Para participar da 19ª edição do Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática, conhecer os palestrantes e compreender mais sobre questões, como: abuso e violência infantil,  qualidade de vida no trabalho, estimulação cognitiva para idosos, adoção homoafetiva, sexualidade em pacientes com câncer e muito mais, acesse o site e se inscreva www.psicossomatica2018.com.br.

O 19º Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática é uma Promoção da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática. Realização da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática Regional do Rio Grande do Sul. Patrocínio-Master da Censi Empreendimentos. Apoio Especial da Universidade de Caxias do Sul. Apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Co-patrocínio de Carib Tur Agência de Viagens, Casa Serra Acabamentos, Life Pilates, Microlab Laboratório, Re-criar Centro de Estudos Avançados em Medicina e Psicologia, Salus Pronto Atendimento e Unimed. Organização da Interface.