Posts

Festa Nacional da música confirmada em Bento Gonçalves

Bento Gonçalves é uma cidade turística com destaque na gastronomia e lazer, e neste ano será a Capital da Música. Nesta sexta-feira, 29, o Município foi confirmado como a sede da Festa Nacional da Música. Considerado o maior encontro da Música Popular Brasileira, a Festa se tornou referência para artistas e gravadoras de todo o país. As últimas edições foram realizadas em Canela e Porto Alegre.

O evento, que acontecerá em outubro, conta com uma programação que contempla apresentação de diversos artistas, noite de premiação, palestras, jam sessions e shows, além de lançamentos de novos artistas, novos trabalhos de artistas já consagrados, divulgação de parcerias e projetos.

Conforme o organizador e jornalista Fernando Vieira, em três dias, cerca de 600 artistas passarão pelo Município. “É um passo muito grande, estamos apostando em Bento Gonçalves  para realização deste grande evento. Levaremos música para as ruas, para as escolas, quando centenas de alunos terão a oportunidade de se reunir com seus ídolos. É uma parceria de sucesso, que será um marco para o Festival”, disse.

Festa-Nacional-da-Musica-2016

O secretário Municipal de Turismo, Rodrigo Parisotto, comenta que a atração do evento é resultado de um amplo trabalho do poder público. “É uma conquista para o Município. Um trabalho que iniciou há meses, e nossas potencialidades para atração de eventos, foram fundamentais para escolha de Bento. Um evento que será transmitido para todo o Brasil. Serão dias que a nossa comunidade irá se envolver e respirar música”, afirma.

SAIBA MAIS: Secretaria de Cultura lança concurso Ilustra’s Stock

O prefeito Guilherme Pasin comemorou a notícia dada pelos organizadores do evento. “Estamos orgulhosos por receber esse grandioso festival em nosso Município. O que era um sonho há algumas semanas começa a se tornar realidade. Será um presente para a  nossa comunidade, que conviverá com artistas de todo o Brasil”, salienta.

Metal na Serra: Rotten Penetration e Hollow

Por Natália Zucchi

Rotten Penetration

Letras sobre temas horrorizantes que assombram o Rio Grande do Sul

Fundada em 2002, em Bento Gonçalves, pelo baterista Aécio Conte Valenti, a banda Rotten Penetration também se encaixa no gênero “Splatter Death Metal”, sonoridade pesada com letras macabras. A atual formação, além de Valenti, é representada por Alex Correa na guitarra, Lucas Lazzarotto no vocal e Vagner Cappellaro no baixo. Em janeiro de 2018, a banda lança oficialmente o terceiro disco, intitulado “Farrapo Canibal”. O álbum terá nove faixas autorais e uma música cover da banda americana Cannibal Corpse. “Escolhemos este nome para o álbum com o intuito de homenagear a cultura do povo Gaúcho”, destaca Valenti.

Rotten banda

Durante os 15 anos de carreira, houveram diversas mudanças na formação e, paralelo a isso, surgiram uma série de composições autorais. “Nossa primeira demo foi gravada em 2002 e recebeu o nome Putrid Cadaver is Fucked. Depois, lançamos alguns materiais em parceria com outras bandas, os chamados Splits-CD’s, em que diversas bandas dividem o mesmo disco. Em 2005, lançamos o primeiro álbum oficial, Horrorous State of Anatomical Decomposition”, explica Valenti. Após esse lançamento, a banda sofreu novas mudanças na formação até se estabilizar e gravar, em 2013, o segundo álbum “Pathologic Porn Gore Splatter”. Em 2014, quatro faixas do último álbum foram selecionadas, dando origem ao EP “Departamento de Patologia e Medicina Legal”, lançado somente na Itália.

Inicialmente, as letras eram compostas por Aécio e pelo ex-guitarrista Ioanne. Após, pelo ex- -vocalista Fernando Zanella Menegatti. Com a chegada do vocalista Lucas Lazzarotto, as composições ficaram a cargo dele e do baixista Cappellaro, que participou da criação das letras do novo álbum. As letras têm como temas principais o canibalismo, a Guerra dos Farrapos e histó- rias sobre temas aterrorizantes que assombram o Rio Grande do Sul. “Contamos um pouco da nossa história e da nossa cultura de uma forma um tanto quanto sinistra”, reconhece Cappellaro.

Por que Rotten Penetration?
“O nome da banda é uma homenagem a primeira demo da banda mineira, Sanatório, intitulada “Rotten Penetration”, gravada em meados de 1999. Foi uma forma que eu achei para homenagear esta antiga banda de Brutal Death Metal, que até hoje me serve como inspiração”, afirma Valenti.

Curta a página no Facebook clicando aqui

Contato:
rottenpenetrationband@gmail.com

Hollow

Nova gravação autoral e participação em CD de tributo à banda Sepultura

De Garibaldi, a banda Hollow está na estrada há 16 anos tocando Thrash, Groove Metal e Heavy Metal. Da formação original, o único que permanece é Renan Cauê Müller, vocalista e guitarrista. Hoje, os músicos da banda são também Mauricio Zorrer na guitarra, Lucas Lussani no contrabaixo, Mauricio Steffani, na bateria e Vinícius Tieppo Zeni, na guitarra, integrando o grupo há pouco tempo. No primeiro semestre de 2018, a banda lançará seu segundo álbum, intitulado Down Fall, com 12 faixas autorais. A Hollow também integra o CD tributo à banda Sepultura, que será lançado no primeiro semestre de 2018.

banda Hollow

A Hollow iniciou a carreira tocando covers de grandes bandas, como Slayer, Exodus e Sepultura, que ainda influenciam a sonoridade e as composições autorais do grupo. O primeiro álbum autoral veio em 2014, intitulado Spirit Soldier, com sete faixas. O vocalista Renan Cauê Müller é o responsável pela composição das letras, com temas como: guerras, conflitos políticos, religiosos e sociais. Também há composições relacionados à situação atual do mundo.

A capa dos dois álbuns autorais da banda também tem ligação com outros grandes nomes do metal. Isso porque a arte desses álbuns foi feita por Marcelo Vasco, do P2RDesign, profissional que já assinou trabalhos com o Slayer, Testament, Exodus, Dimmu Borgir, Obtuary, entre outras grandes bandas.

Coletâneas e tributo ao Sepultura

Com visibilidade nacional e internacional, a banda participou de várias coletâneas, entre elas a “The Gates of Brazilian Metal Scene”, lançada em 2015, com distribuição exclusiva em países da Europa. Participou também da coletânea Roadie Metal vol. 5, lançada em 2015 e distribuída nacionalmente. Outra participação recente e de relevância no cenário, é no CD tributo a banda Sepultura, intitulado “Third World Domination: A Tribute to Sepultura”, com lançamento para o primeiro semestre de 2018. “Este projeto é dedicadoà fase que se iniciou em 1998, com a entrada do vocalista norte-americano Derrick Green. É umas das bandas brasileiras mais importante do mundo do metal, por misturar ritmos brasileiros ao estilo”, comenta o guitarrista Mauricio Zorrer. A Hollow faz parte do álbum com a música Convicted in Live.

Por que Hollow?
“Por sermos fãs da Banda Pantera, é o nome de uma música deles, e pelo significado do nome (oco, cova, obscuro)”.

Curta a página no Facebook clicando aqui

Contato:
hollowthrashmetal@hotmail.com

www.hollowmusic.com.br

www.msmetalpress.com/ptbr/hollow

9º Polentaço em Monte Belo do Sul

Monte Belo do Sul terá a 9ª edição do Polentaço nos dias 19, 20 e 21 de maio com uma programação variada e alusiva ao alimento homenageado da festa: a polenta.

Em paralelo ao evento, exposição de esculturas de polenta, feira de artesanato, vinhos e sucos e torneio de bocha. As festividades iniciam às 18 horas da sexta-feira, 19, com a 4ª Cantare in Monte Belo, encontro de corais e grupos de canto, na Igreja Matriz São Francisco de Assis.

A abertura oficial acontece às 20 horas, no Clube 24 de Maio, seguida às 21 horas pelo Café com Polenta com Jeverson Carelli.

No sábado, 20, o evento inicia às 10 horas, com o Encontro de Motos, Monte Belo em Duas Rodas, com show das bandas de rock Black Adder, Lennon Z and The Sickboys Trio e Malvinas Rock Band na praça Padre José Ferlin, entre outras atrações programadas. Às 17h 30min acontece o tombo da polenta gigante de 800 quilos também na Praça, atração que será repetida no domingo, às 15 horas no local.

No domingo, às 9 horas, inicia a Missa em Ação de Graças na Igreja Matriz São Francisco de Assis. Entre as atrações do dia, shows de dança italiana com Ballo D’Italia às 13h 30min e de dança japonesa com o Grupo Folclórico Shinsei às 14h30min. O encerramento acontece às 17 horas com show de Adriana de Los Santos e banda.

Veja a programação completa abaixo:

 

PROGRAMAÇÃO POLENTAÇO 2017 – Monte Belo do Sul/RS

 

DATA ATRAÇÃO HORÁRIO
✟  19/05/2017 4º Cantare in Monte Belo 18h
**  19/05/2017 Abertura oficial do Evento 20h
**    19/05/2017 Café com Polenta com Jeverson Carelli 21h
🎼  20/05/2017 Encontro de Motos Monte Belo em Duas Rodas – Shows com as Bandas de Rock Black Adder, Lennon Z and The SickBoys Trio e Malvinas Rock Band 10h as 17h30
🥂  20/05/2017 Café com Polenta com som ambiente 12h
🎼   20/05/2017 Show com Projeto Monte Belo Música, Canto e Dança 17h
🎼   20/05/2017 TOMBO DA POLENTA GIGANTE DE 800 KG 17h30
🎼   20/05/2017 Show com Paloma e Miqui 18h
🥂    20/05/2017 Café com polenta com Ragazzi Dei Monti 20h
✟  21/05/2017 Missa em Ação de Graças 09h
**    21/05/2017 Café com Polenta com Gera & Jonas 12h
🎼   21/05/2017  Shows de Dança Italiana com Ballo D’Italia 13h30min
🎼 21/05/2017 Show de Dança Japonesa com o Grupo Folclórico Shinsei 14h30min
🎼   21/05/2017 TOMBO DA POLENTA GIGANTE DE 800 KG 15h
🎼 21/05/2017 Show com Projeto Monte Belo Música, Canto e Dança e Grupo Vicentino 15h30min
🎼   21/05/2017 Premiação da exposição de Esculturas de Polenta e Torneio de Bochas – Modelo 48 16h30min
🎼   21/05/2017 Encerramento com show de ADRIANA DE LOS SANTOS e banda 17h
Celebração do Dia do Vinho

·         Mostra de Vinhos locais

Locais das Atrações:

** – Clube 24 de Maio

🎼 – Praça Padre José Ferlin

* – Salão Paroquial

*** – Ao lado do Salão Paroquial

✟ – Igreja Matriz São Francisco de Assis

 

Programação Paralela

  • A única Exposição de Esculturas de Polenta do Mundo – * São Paroquial;
  • Feira de Artesanato, Vinhos e Sucos e Agroindústria – * Salão paroquial;
  • Torneio de Bochas – Modelo 48 – ***Ao lado do Salão paroquial ;
  • Encontro de Motos – Monte Belo em Duas Rodas – 🎼;
  • Gastronomia típica no “CAFÉ COM POLENTA” – ** Clube 24 de Maio – Valor de R$ 45,00 por pessoa
  • 4º Cantare In Monte Belo (Encontro de Corais e Grupos de Canto) – ✟
  • Food Truck com gastronomia a base de Polenta – 🎼

 

Informações: secturismo@montebelodosul.rs.gov.br  /  (54)3457.2050 / (54)3457.1056

III FESTI NÉLVI terá dois dias de festival em Bento Gonçalves

Após o hiato de dois anos, a 3ª edição do FESTI NÉLVI acontecerá nos próximos dias 11 e 12 de março na Fundaparque, em Bento Gonçalves. No sábado, o evento terá início às 15 horas e terminará na madrugada de domingo. O festival retorna no domingo a tarde, das 15 às 21 horas. Como de costume, o evento reunirá bandas de vários gêneros e subgêneros do rock n’ roll e metal.

16195002_1233488626735140_6083238196865799363_nSerão 75 músicos entre 15 bandas  regionais, com projetos covers e autorais, e Dj Zonatão,  que tocarão em uma área coberta com capacidade para 2 mil pessoas, garantindo que o festival aconteça mesmo com chuva.

Para alimentar os roqueiros, haverá food trucks diversos e chopp artesanal. O evento ainda conta com dez expositores, artistas locais e brechó, reunindo fotografia, artes plásticas e artesanato e valorizando o cenário artístico da cidade ao mesclar tribos.

O passaporte para os dois dias do festival custa R$ 30. Ingresso para os dias individuais custam R$ 20. O III FESTI NÉLVI conta com o apoio da Secretaria de Cultura Bento Gonçalves, Conselho Municipal de Política Cultural e Fundo Municipal de Cultura.

Bandas confirmadas

No sábado
Malvinas, Jam
Os Comparsas
Hard Rockets
Os Penteados
Monty Python Band
Rocker
Libertino
DJ Zonatão com a Liquid Souza Band

No domingo
O Terceiro Olho
Pink Floyd Cover
Rev. Tabordex e as Velhas da Janela ou Unicórnios da Babilônia
Dr. Medeiro (com focus em seu olho)
Thanks to Queen encerram o festival.

Onde comprar os ingressos para o FESTI NÉLVI:

Bento Gonçalves: Musical Center, Barbearia Mistura fina, Restaurante Barracão, BG Materiais de Construção, Musikando, Café com Arte, In Concert CDs, Musictália, Musictralhas, músicos e expositores

Pinto Bandeira – com Diego Soligo

Nova Prata – Sonora Instituto Musical

Farroupilha – com Trubian

 

Foi Cult – Diversidade artística e cultural no BelArt Festival

O festival de arte integrada Bel’Art, ocorrido no último dia 21 de janeiro, incentivou o cenário cultural da cidade ao explorar dois pontos de entretenimento em horários distintos. Iniciou com uma proposta mais light no Ricordare durante a tarde do sábado e seguiu à noite, no Ferrovia Live. Em 12 horas de música, artes visuais, brechó e fotografias, o evento recebeu mais de 300 pessoas. Entre os destaques, os registros fotográficos das atrações e momentos do festival, capturadas por Ezequiele Panizzi.

170121_RBMF2401

170121_RBMF2454

170121_RBMF2462

170121_RBMF2406

170121_RBMF2439

170121_RBMF2539

170121_RBMF2566

170121_RBMF2535

170121_RBMF2603

170121_RBMF2522

170122_RBMF2616

170122_RBMF2713