Posts

Espetáculo ‘’O TEMPLÁRIO’’ encerra as apresentações teatrais da ARTE NA MARGEM

O Grupo Ueba Produtos Notáveis apresenta o espetáculo “O Templário – Reflexões à Beira da Morte”. Serão duas sessões no Moinho da Cascata nos dias 29 e 30 de junho, sempre às 20 horas, em Caxias do Sul.

O Templário é um solo escrito e atuado por Jonas Piccoli, com direção de Aline Zilli e surge a partir de pesquisas históricas sobre a ordem dos Cavaleiros Templários. Esta organização atuou por cerca de dois séculos na idade média, e tinha como objetivo proteger cristãos que peregrinavam a Jerusalém, porém os templários sofrem um golpe do Rei, que por ganância e poder prende seus integrantes para não pagar-lhe dividas e empréstimos.

O espetáculo traz à cena um prisioneiro que aguarda sua execução na masmorra. Nestes momentos finais de sua vida ele rememora os fatos que o levaram até a cela. Por mais que esses fatos tenham acontecido há muitas décadas, os assuntos sobre a condição humana ainda são muito atuais e as reflexões necessárias. Entre passagens leves, densas, cômicas ou momentos históricos, só lhe resta um confidente em quem confiar.

Por Aline Zilli

A peça ‘’O Templário – Reflexões à Beira da Morte’’ é o encerramento da programação de apresentações do MOSTRA ARTE NA MARGEM que possui financiamento FINANCIARTE. O projeto atuou durante os meses de abril, maio e junho recebendo cerca de 1500 pessoas na sede do grupo, o Centro Histórico e Cultural Moinho da Cascata. Além da encenação, a Ueba realiza exposição de fotos e figurinos. Todas as atividades são GRATUITAS e ABERTAS AO PÚBLICO.

SINOPSE

Jean foi um bravo guerreiro, um cavaleiro Templário, que lutava por uma causa que acreditava ser justa e digna, porém fora traído justamente por aqueles que ele defendia. Encontra-se agora em uma masmorra pacientemente aguardando sua execução e de seus companheiros, dentre esses o líder Jaques Demolay, por traição a Igreja.

Entre torturas e angustia ele lembra suas histórias ora de forma fraterna ora visceral, levanta questionamentos, fala sobre sua ordem e de sociedades secretas, como a dos Pedreiros Livres. Na hora de sua morte relembra a busca por justiça social, por democracia, liberdade e igualdade.

Cia Teatral Acto abre inscrições para oficina de teatro

Teatro físico será tema da primeira oficina do projeto que pretende trazer, até setembro, quatro professores de fora, trabalhando diferentes linhas de estudo teatral 

A Cia Teatral Acto está com inscrições abertas para a primeira oficina de teatro que integra o projeto aprovado junto à Prefeitura Municipal de Garibaldi, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura. As aulas de Teatro Físico ocorrem nos dias 22, 23 e 24 de junho, abrindo uma sequência de quatro oficinas agendas até o mês de setembro, trazendo profissionais renomados, em estilos como Mimo Corporal (mímica), Comicidade – Clown e Bufão. Todos os encontros serão realizados em uma sexta, das 19h às 22h; sábado e domingo, das 9h ao meio dia, e das 13h às 17h, além de uma mostra aberta agendada para o domingo, às 18h. As oficinas são gratuitas, com limite de 20 vagas a serem preenchidas por moradores de Garibaldi.

f178f15c4fd7b81bde0a488712ef2da8

A construção de personagens por meio do teatro físico será o tema da primeira oficina, neste mês, ministrada pelo professor Sidinei do Carmo, de Minas Gerais. Ao longo dos encontros o professor pretende unir a teoria e a prática de teatro físico a partir do Método Grotowsky, relacionando e apropriando os espaços cênicos e uso de objetos em cena; onde os participantes irão compor cenas/ações que podem ser conduzidas para micro peças e intervenções na cidade.

SERVIÇO

O que? Oficina Teatro Físico, com Sidinei do Carmo

Quando? Dias 22, 23 e 24 de junho

Onde? Centro Social e Cultural São José (ao lado do Hotel Mosteiro São José | R. Buarque de Macedo, 3590 – Centro)

Quanto? Oficina gratuita. Vagas limitadas!

Inscrições abertas pelo cia.acto@gmail.com.

OFICINAS 2018*

JUNHO | Teatro Físico

Construção de Personagens

Ministrante: Sidinei do Carmo (MG)

Dias 22, 23 e 24 de junho

JULHO | Mimo Corporal

Oficina introdutória

Ministrante: Mhirley Lopes (SC)

Dias 27, 28 e 29 de julho

AGOSTO | Comicidade Clown

O teatro do palhaço

Ministrante: Melissa Dornelles (RS)

Dias 24, 25 e 26 de agosto

SETEMBRO | Bufão

A beleza disforme

Ministrante: Simone De Dordi (RS)

Dias 28, 29 e 30 de setembro

*As oficinas ocorrem sempre na sexta, das 19h às 22h, sábado e domingo, das 9h ao meio dia; e das 13h às 17h, no Centro Social e Cultural São José. As inscrições ocorrem de forma independente e incluem uma mostra final, no domingo, às 18h.

Ilustra’s Stock Bento Gonçalves para celebrar o Dia Mundial do Desenhista

Segunda edição do evento artístico terá Concurso de Desenho

Comemorado em 15 de abril, o Dia Mundial do Desenhista será celebrado em Bento Gonçalves através do Ilustra’s Stock. O evento ocorrerá de 13 a 15 de abril, promovido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Cultura. Entre as atrações, exposições e feira de arte, cinema, workshops, oficinas e palestras e, como novidade da edição, o Concurso de Desenho.

A segunda edição do evento tem como artista convidado Diogo Carlet Carini, que trabalha há 15 anos como artista gráfico. Com o nome artístico DBNS, Carini voltou às origens, ao analógico, com papel e tinta, criando obras com o intuito de mexer com os sentimentos e as opiniões do público. “Espero fazer o público pensar a respeito de algo, incomodar, achar bom, ruim, entre outras coisas… Não adianta a arte ser extremamente bem feita e não ter conteúdo algum, não fazer refletir. A arte só se completa através do público, da representação
que este faz daquela obra. Sem isso é estéril”, ressalta.

card ilustra diogo

Para Carini, os artistas trazem dentro de si as referências da História de Arte, bem como conexão com a evolução das tecnologias. “Hoje existem muitas outras referências que não são apenas da área artística. A internet nos possibilitou ser influenciados por milhares de imagens, sons, formas e artistas desconhecidos. Acredito que essa seja a maior referência atual, pois possibilitou o acesso e a difusão”,
destaca.

“É um grande sonho da Secretaria da Cultura promover este evento, pois o desenho é a alma de todo e qualquer projeto na vida: o traço, as formas, as cores traduzem desde o espaço privado ou público que nós vivemos até o vestuário que usamos, em qualquer segmento das ciências humanas ou exatas. Por isso, a Secretaria da Cultura tem o dever de difundir e valorizar o profissional que trabalha com desenho”, destaca o Secretário da Cultura, Evandro Soares.

Feira de Arte

A Feira de Arte ocorre das 10h às 16h30, no dia 14 de abril, na área externa da Fundação Casa das Artes. Artistas visuais irão expor e comercializar os seus trabalhos de forma aberta ao público. Em caso de chuva, o evento será transferido para o interior da entidade. Inscrições através do e-mail culturabento@gmail.com ou pelo telefone (54) 3454.5211.

Oficinas de Desenho com modelo vivo

Nos três dias, a programação do Ilustra’s Stock contará com oficinas de desenho humano com modelo vivo, pintura abstrata a óleo, palestra sobre a produção artística voltada ao desenho e exibição do filme “O mundo dos pequeninos”, anime de Hiromasa Yonebayashi, de 2010.

Exposições
Durante todo o evento também haverá exposições de obras dos artistas bento-gonçalvenses na Casa das Artes e na Ftec. Entre os artistas, Fabio Soares de Jesus, Val Flores, Carlos Civardi, Geison Ranzi, Anderson Barbosa, Marcelo LA, Anderson Lopes, Diogo Carlet Carini, Anderson Lopes, Emmy Dalla Senta, Marjori Brandolt Vaccari, Priscila Trevisan e Douglas Garcia Dias.

Concurso de Desenho

Destinado a todos os desenhistas, artistas brasileiros ou estrangeiros residentes em qualquer estado do Brasil, o concurso se divide em duas categorias: Desenho Artístico ou Desenho Amador. Cada concorrente poderá participar com apenas um trabalho e somente em uma categoria. As inscrições estão abertas até 16 de abril. Acesse o regulamento no site do Jornal Integração da Serra ou da Secretaria de Cultura.

Inscrições através do email culturabento@gmail.com. Os ganhadores na categoria Desenho Artístico levam prêmios em dinheiro: 1º lugar – R$ 600,00; 2º lugar – R$ 400,00 e 3º lugar – R$ 200,00. Há premiação também para os destaques da categoria Amador: 1º lugar – Bolsa de estudos na Fundação Casa das Artes; 2º lugar – Bolsa de 01 mês estudos na Micael Biasin Escola de Arte e 3º lugar – Kit desenho.

Card 3 Ilustra's stock

Programação

Mostra coletiva de desenhos

Card 2 Ilustra's stock ftec

Sexta-feira, 13 de abril

Exibição do filme “O mundo dos Pequeninos”
Gênero: Aventura – Tempo de Duração: 94 minutos – Indicação: Livre
Horário de exibição: 8h20min e 14h – Sala Pública de Cinema
Sinopse: Nos subúrbios de Tóquio, sob o assoalho de uma casa velha, Arrietty vive em seu minúsculo mundo com a família, fazendo de tudo para manter em segredo a existência de todos. Sobrevivendo como pequenos ladrões, eles conhecem as regras para que nunca sejam percebidos pelos verdadeiros – e grandes – donos da casa. Para isso, procuram manter a desconfiança deles em cima dos gatos e ratos e tomam todos os cuidados possíveis para evitar de serem vistos. Contudo, quando um jovem rapaz se hospeda na casa, a pequenina Arietty acredita que poderá manter uma amizade com ele, apesar da diferença dos tamanhos.

Card 4 Ilustra's stock

Oficina “Uma linguagem de expressão” – Pintura óleo sobre tela, com Josélia Vianna
Horário: 14 horas, entrada gratuita. Inscrições através do e-mail culturabento@
gmail.com
É necessário trazer material de pintura em óleo que quiser, mas a professora
fornecerá as telas.

Card 7 Ilustra's stock

Sábado – 14 de abril

Aula aberta com professor Micael Biasin e seus alunos (Micael Biasin Escola de Arte)
Horário: 16 horas – Fundação Casa das Artes. Entrada gratuita

Card 8 Ilustra's stock

Palestra “Pensar Desenho – linhas e variações”, com o palestrante Anderson Luiz de Souza
Horário: 18 horas – Sala pública de Cinema

Card 5 Ilustra's Stock

Domingo – 15 de abril

Oficina de desenho humano, com modelo vivo com o professor Douglas Garcia Dias
Horário: 14 horas – Fundação Casa das Artes Valor: R$ 50,00. Inscrições através
do e-mail culturabento@gmail.com
Trazer material básico de desenho, lápis de cor, grafite, canetas, borrachas,
apontador, folhas de desenho.

Curso Desenho Artístico_jovens e Adultos

Quatro dias voltados à arte das ruas no Hasta La Cypher

Cultura hip hop

Por Natália Zucchi

A 9ª edição da Battle In The Cypher, evento já consagrado na cultura hip hop do Brasil, ocorre de 29 de março a 1 de abril deste ano, em Bento Gonçalves, sob nova denominação: “Hasta La Cypher”. Nos quatro dias de programação, ocorrem workshops, oficinas e batalhas de dança na sede da Fundação Casa das Artes, em escolas das redes municipal e estadual, mais intervenções artísticas urbanas.

BATTLE CYOHER

Focando a profissionalização da cena hip hop, com o intuito de democratizar a cultura na região, o evento reunirá no município cerca de 200 convidados, entre jurados, competidores, instrutores, dançarinos, grafiteiros, rappers, DJs e skatistas, de países da América do Sul e da Europa. Os competidores foram selecionados em pré-edições qualificatórias ocorridas no estado do Mato Grosso do Sul e nos países do Uruguai e no Paraguai. A atividade, que integra o Calendário de Eventos de Bento Gonçalves, é promovida pelo Coletivo Nest Panos, com verba oriunda de projeto aprovado pelo Fundo Municipal de Apoio à Cultura (FAC).

BATTLE CYPHER 1

“Pronto como um macaco para ser lançado no espaço”

“A estimativa total de público é mais de dez mil pessoas, reafirmando a importância desse encontro cultural tanto para a comunidade local, quanto para a cena urbana nacional e sul-americana”, ressalta um dos organizadores Pedrinho Foortwork Squad. Entre os artistas e especialistas da cultura hip hop da 9ª edição, o Rapper Gigante no Mic, que ministra o primeiro workshop sobre produção de hap. Mais DJ Gio Marx e integrantes do grupo Atentado Napalm. Formado em 2012, em Goiás, o grupo ganhou destaque nacional em 2013 com o álbum intitulado “Pronto Como um Macaco para ser Lançado ao Espaço”. A dupla vem com a proposta de causar impacto por meio de ideais e reflexões que contribuam para uma mudança sociocultural relevante. Rodrigo Elemento X, de Belo Horizonte, Amendoim Diademaica, de São Paulo, A Uruguaia Viky, do grupo de breaking Elemento Suicida e do Uruguay Rap Underground são no mês confirmados no evento, nos papéis de jurados e instrutores.

LEIA MAIS: Museu do Imigrante recebe exposição de Sebastião Salgado

O artista urbano Xadalu de Porto Alegre, que trabalha com a arte dos styckers (adesivos) e tem seu personagem “indiozinho” colado nas ruas de em torno de 60 países do mundo, dará uma aula sobre street art e produção de adesivos. “É interessante ver a bagagem deste artista, porque ele foi além do perímetro urbano e buscou nas artes plásticas mais base para trabalhar. É a primeira edição de um workshop com serigrafia no evento”, destaca Pedrinho.

BATTLE (2)

A lista de DJs também é animadora. Além do Dj Gio Marx, o cearense Flip Jay, referência de Deejay no Breaking Nacional, Zion, de Porto Alegre, Saturn, do Paraguai, e o residente Bugs. “Queremos que as pessoas entendam que o hip hop é diversão, mas também é trabalho sério, com qualidade. Os convidados brasileiros e estrangeiros vêm com conhecimento técnico proveniente de muita dedicação e estudo. O evento mostra que a cultura hip hop tem qualidade”, afirma o organizador.

BATTLE CYPHER (2)

Ainda, segundo Pedrinho, ao longo dos anos os moradores de Bento Gonçalves têm tomado gosto pelas atividades oferecidas, boa parte delas gratuitas. “O reconhecimento está aumentando porque o evento se propõe a ser formador, com conteúdo profissionalizante focado na cena”.

PROGRAMAÇÃO – FUNDAÇÃO CASA DAS ARTES

Abertura oficial, com presença de autoridades e público geral, com a tradicional Expo Falantes, dos Boombox da Nest Panos, e a exposição das Jaquetas Customizadas do Artista Wagner Wagz em Colab com Amanda Medeiros 29 de março, às 19 Horas, na Fundação Casa das Artes

BATTLE (1)

Cine Battle: exibição do filme Wild Style, de Charlie Ahearn, que mostra o início da cultura Hip Hop, de maneira em que os personagens do filme representavam seus próprios papéis na vida real. Após exibição, bate papo.
30 de março, 14 horas, na Fundação Casa Das Artes

SAIBA MAIS: Secretaria de Cultura lança concurso Ilustra’s Stock

Workshops e palestra com artistas renomados da dança, turntablism e graffiti. Serão seis aulas de 1h30min cada, divididas em 2 dias. 30 e 31 de março, às 14 horas, na Fundação Casa Das Artes

BATTLE CYPHER (1)

Cypher Livre: cyphers e flash mobs de passinhos de soul funk. 31 de março, às 15h30 na Fundação Casa Das Artes

Happy Hour Dance: atividade em local aberto, com cyphers , competição de danças e batalha de Deejay. 31 de março, às 19 horas, no Queens Bar

BATTLE (3)

Battle In The Cypher: grande final do evento, com três ambientes diferentes e batalhas de breaking, e campeonato de skate modalidade best trick no Mad Max, carro da Nest Panos customizado, como um obstáculo para manobras. 1 de abril, às 14 horas, na Fundação Casa Das Artes

Battle In The Cypher Graffiti: festival paralelo ao Battle In The Cypher, com artistas renomados que irão graffitar diversos muros na cidade.

Fora da programação financiada:

Hasta La Cypher Hip Hop Party: tradicional festa do evento, sem financiamento público, que contará com Show do grupo Atentado Napalm, Seven To Smoke de Top Rock, batalha show de MCs, e muita cypher ao som dos deejays Gio Marx, Flip Jay, Bugz e Zion
30 de março, às 23 horas, no Ferrovia Live.

Fotos: Bruna Ferreira

Secretaria de Cultura lança concurso Ilustra’s Stock

Nos 13 a 15 de abril, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Cultura, realizará o concurso de desenho Ilustra’s Stock, em comemoração ao Dia Mundial do Desenhista, que é celebrado no dia 15 de abril. As inscrições são gratuitas e estarão abertas no período de 16 de março a 16 de abril de 2018.

Capa_face

O concurso tem um regulamento e visa o fomento do segmento das artes visuais, destinando-se a todos os desenhistas, artistas brasileiros ou estrangeiros residentes em qualquer estado do Brasil. Haverá duas categorias: Desenho Artístico ou Desenho Amador. Cada concorrente poderá participar com apenas 01 trabalho e somente em uma categoria.

Podem concorrer nas categorias DESENHO ARTISTICO E DESENHO AMADOR,  desenhos feitos à mão, realizados ou mesclados em qualquer técnica (grafite, lápis de cor, giz, nanquim, aquarela, entre outras). Não serão aceitos desenhos editados em softwares gráficos. Na categoria DESENHO AMADOR, poderão se inscrever apenas pessoas residentes em Bento Gonçalves.

PREMIAÇÃO

Desenho Artístico
1º – R$ 600,00
2º – R$ 400,00
3º – R$ 200,00
Os 03 primeiros colocados farão uma exposição coletiva na Fundação Casa das Artes de Bento Gonçalves

Desenho Amador
1º – Bolsa de estudos na oficina de desenho da Fundação Casa das Artes
2º – Bolsa de estudos no curso de desenho artístico de 20 horas na Micael Biasin Escola de Arte
3º – Kit de materiais desenho

Acesse o regulamento clicando aqui para mais informações e inscreva-se pelo e-mail culturabento@gmail.com.

Museu do Imigrante recebe exposição de Sebastião Salgado

Sebastião Salgado aporta no Museu do Imigrante de Bento Gonçalves com a sua mostra Êxodos, trabalho fotodocumental onde é abordado a luta dos imigrantes em diferentes partes do mundo. Durante seis anos, Salgado visitou 40 países e dividiu o trabalho em cinco temas principais: África, Luta pela Terra, Refugiados e Migrados, Megacidades e Retratos de Crianças.

unnamed (1)

unnamed

A exposição é composta por 300 imagens e, no Museu do Imigrante, estão presentes 39 fotografias, cedidas pelo Museu Municipal de Caxias do Sul. Nelas, Salgado retrata e expõe a necessidade de deslocamento (por razões políticas e/ou econômicas) que produz mudanças significativas no cotidiano e na cultura dos povos.  Assim, a exposição é um convite para a reflexão sobre o impacto de milhares de pessoas quando expostas e/ou impostas à transição, ao processo de migrações e como isso transforma a realidade geopolítica do mundo.

unnamed (7)

Sebastião Salgado tomou posse no início de março na Academia Francesa de Belas Artes, sendo o único brasileiro a ocupar um das 52 cadeiras da instituição. Grande parte de sua obra foi editada, no Brasil, pela Companhia das Letras: Trabalhadores (1997), Terra (1997), Retratos de Crianças do Êxodo (2000), Êxodos (2000), O fim da pólio (2003), Da minha terra à Terra (biografia, 2014) e Outras Américas(2015).  Já Gênesis (2013), África (2007), entre outros títulos, foram editados pela norte-americana Taschen.

unnamed (3)

A exposição Êxodos é uma parceria do Museu do Imigrante com o Museu Municipal de Caxias do Sul e conta com o apoio da Fundação Casa das Artes e da Secretaria Municipal da Cultura.

unnamed (5)

unnamed (12)

Serviço

O que: Êxodos, de Sebastião Salgado

Período de visitação: de 16 de março a 20 de abril de 2018

Quando: de terças-feiras a sábado

Horário: das 8h30 às 11h45 e das 13h30 às 17h30

Onde: Museu do Imigrante – Rua Herny Hugo Dreher, 127, bairro Planalto. Fone: (54) 3451.1773. Email: mueseudoimigrante@bentogoncalves.rs.gov.br

Entrada gratuita

Artistas Associados de Garibaldi lançam site

Os Artistas Associados de Garibaldi lançaram na noite da última quarta-feira, 14, um novo site para a divulgação de seus trabalhos. O palco foi a Vinícola Peterlongo, onde, junto ao Museu da Vinícola, ficará uma exposição alusiva aos 105 anos da empresa.

Disponível em www.artistasdegaribaldi.com.br, o portal abriga a agenda dos artistas, os contatos e tem como objetivo integrar a comunidade por meio da expressão artística e cultural.

A história da Vinícola, pioneira na fabricação de espumantes no Brasil, chama a atenção pelas instalações que remetem à região francesa de Champagne, apresentando uma cave subterrânea e uma residência em forma de castelo.

O prefeito de Garibaldi, Antonio Cettolin, felicitou os artistas pelo trabalho, que representa e divulga a cultura e o turismo do Município. Também parabenizou a Vinícola Peterlongo pelo título da fabricação do primeiro champagne brasileiro. Além disso, ressaltou a importância da empresa abrir as portas para abrigar a arte produzida em solo garibaldense.

Lançamento Manoel Peterlongo - A arte e a história e do site dos Artistas Associados Jean Teixeira (13)

O secretário de Turismo e Cultura, Paulo Salvi, ressaltou a importância da associação para o crescimento e organização dos artistas. Também estiveram presentes representantes da Associação de Pequenas e Médias Empresas (Apeme), Museu Municipal, Arquivo Histórico, professores, artesãos e comunidade em geral.

A Associação

Fundada em 2015, o objetivo da Associação é unir potencialidades e conseguir mais representatividade. Atualmente, dispõe de três espaços permanentes:  o varejo da Cooperativa Vinícola Garibaldi, a Vinícola Peterlongo e a Biblioteca Pública Frei Miguel. Em julho de 2016, foi inaugurada a primeira Pinacoteca de Garibaldi, na Vinícola Garibaldi, com mostra permanente que contou com a doação de 13 obras dos artistas locais.  Para maior interação com a comunidade, os associados participam de vários eventos como Fenachamp, Expogaribaldi, Semana do Vinho e Feira do Livro, por exemplo.

Foto: Jean Teixeira

Festival Brasileiro de Música de Rua ocorre entre 17 e 25 de março em Caxias

Em seu sétimo ano de execução, o Festival Brasileiro de Música de Rua ocorre de 17 à 25 de março em misturando a  música latino-americana com artistas do Norte e Nordeste, integrados à artistas do RS e grupos do Chile, México e Uruguai.  Num total de nove dias, comunidades, escolas públicas, entidades, ruas, praças e parques, receberão pequenos shows, palestras e exibições de documentários. Já nos dias 24 e 25 de março, o Festival se transforma num grande evento no Palco Fonograma, com shows ao ar livre no campus sede da Universidade de Caxias do Sul.

@marcelo casagrande (1) red

 Com a proposta de apresentar um georreferenciamento da Música Brasileira Contemporânea, o FEST RUA aproxima – por exemplo – os consagrados OTTO (pernambucano da cena mangue beat) e Vitor Ramil (cantautor gaúcho) com os grupos caxienses selecionados pelo edital Natura Musica 2017 Catavento e Yangos (nominado ao Grammy 2017).

 A força das mulheres estará vivamente representada pelas cantautoras Melaní Luraschi (Uruguai), Laura Múrcia (México) e pela revelação caxiense Vic Limberger, que preparam, inclusive, apresentações conjuntas.

 COMO UMA ANTENA

Aproximando extremos geográficos e musicais do Brasil, o FEST RUA funciona como uma antena captadora da novíssima música brasileira, apresentando, por exemplo, o paraense Lucas Estrela (guitarrada com toques de tecnobrega), e o grupo paraibano de pífanos Avuô.  Outro papel do festival é amplificar os artistas do RS, como a banda caxiense Cuscobayo, que em mais de 200 shows já tem um público fiel, e o músico Hique Gomes (ex Tangos e Tragédias), com seu show Fantasioso e Hiperbólico.

sem título-2671

A cena da música da Serra Gaúcha estará representada também pela  psicodelia do grupo Salve Jurema (São Marcos), pelo folk do Velho de Guerra (Flores da Cunha) e pelo acordeom jazzista de Uiliam Michelon (Vacaria).

O pianista porto alegrense João Maldonado (ex TNT) vai levar o piano elétrico às ruas de Caxias do Sul. Apontando as boas novas da música da Cena da Serra Gaúcha,  a caxiense Araucana, coloca a voz de Nina Fiorezi para dançar sobre as milongas contemporâneas arranjadas pelo produtor Carlo Balbinot acompanhadas pelo acordeon de Rafael De Boni .Magabarat, grupo de rock progressivo e instrumental, pisa forte na música de raiz de vários lugares. O rap do mestre Chiquinho Divilas se aproxima das comunidades nos dias 17 e 18 e estabelece diálogos com as escolas através de palestras sobre a cultura Hip Hop.

 A pesquisa de música de raiz brasileira estará representada pelos grupos Choro de Balcão e Maracatu Baque dos Bugres. De olho no futuro da música traz o canto coral pelo Coro Juvenil Moinho UCS, sob a batuta da maestrina Cris Ferronato, e a banda Marcial do Colégio Cristóvão de Mendonça, com o  maestro Antônio Filho, resgata a tradição das bandas marciais.  A música infantil é contemplada com estreia do projeto  Táca-lhe Clown, do chileno Cristian Beltran, em entidades assistenciais.

 FORMAÇÃO

Além dos concertos ao ar livre, serão promovidas ações de formação para o “Negócio da Música – Viver de Música”, na qual produtores, patrocinadores, gestores de cultura e artistas se encontram para discutir a profissão, através das palestras e debates da Incubadora da Música.  Para isto, terá como convidado o ex-diretor do Centro Cultural São Paulo e produtor musical Pena Schmit, que carrega em seu currículo trabalhos como Mutantes, Titãs, Hollywood Rock, Free Jazz Festival e o primeiro Rock In Rio. Os encontros acontecem no Centro de Cultura Ordovás (sexta à noite) e na UCS (sábado pela manhã), em Caxias do Sul.

 “O RS tem uma dificuldade geográfica em captar aquilo que está acontecendo no Norte e no Nordeste do Brasil. E certamente estas regiões também têm essa dificuldade para acessar a música feita aqui. Um dos principais papéis deste Festival é criar esses canais de transmissão direta. Ter o apoio da Natura Musical e do Governo do Estado do RS são importantíssimos para aproximarmos os extremos do Brasil e movimentar a economia da cultura”, afirma Luciano Balen, realizador do evento em conjunto com o Sistema Fecomércio – SESC/RS. Esta é a sétima edição do FEST RUA, que nos anos anteriores contabilizou um público superior a 150 mil pessoas, interagindo com artistas em mais de 400 concertos, 60 oficinas/palestras e outras 160 atividades.

Em 2018, o FESTIVAL conta com o apoio do mais importante financiador da música no Brasil Natura Musical – projeto da Natura Cosméticos que há 12 anos vem salvaguardando a música popular em nosso país. O Festival Brasileiro de Música de Rua é o único festival do Sul do país a obter a chancela deste edital.

Além da Natura Musical e da Universidade de Caxias do Sul, que apresentam esta edição, são apoiadores: Metadados, Focco Sistemas de Gestão, Pisani Plásticos S.A e Empresas Randon. O financiamento é da Prefeitura Municipal de Caxias do Sul através da Lei de Incentivo à Cultura e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através do Pró-Cultura RS LIC-RS.

IDENTIDADE VISUAL – 2018

A criação do designer Marco Verdi destaca uma paisagem urbana imaginária: um mundo colorido pela força e energia da música. “Uma visão idílica de cidade, com os olhos cheios de encantamento e poesia. Um lugar que respira, onde a leveza da música harmoniza a dureza da cidade”, traduz o designer, que, para a composição do cenário, teve como principal referência os recortes primários e as cores puras de Henri Matisse. “No resultado final, o modernista americano Stuart Davis e a arte brasileira de Cordel também estão representados e homenageados”, pontua Marco Verdi.

Inspirada na arte urbana do designer Marco Verdi, a arquiteta Roberta Tiburri, criou uma cenografia sustentável para o Festival.  Prédios e outros ambientes urbanos serão representados através de composições com engradados plásticos, integralmente reutilizáveis.

SERVIÇO 
FESTIVAL BRASILEIRO DE MÚSICA DE RUA – Etapa Caxias do Sul – 17 a 25 de março/2018
Site: http://festivalbrasileirodemusicaderua.com/
Patrocínio: Natura Musical
Colaboração: Universidade de Caxias do Sul
Apoio cultural: Metadados e Focco Sistemas de Gestão

Parceiros:  Pisani Plásticos SA, 12º BPM, Noise Produtora de Áudio, Copihel, Fox Viagens e Turismo, Projeto Gema, Personal Smart Hotel, Ibermúsicas, Ministério de Educación y  Cultura de Uruguay e Secretaría de Cultura de México.
Financiamento: Prefeitura Municipal de Caxias do Sul,  Pró-Cultura RS LIC-RS  – Governo do Estado do Rio Grande do Sul.
Realização: De Guerrilha Prod., Santo Dai Prod.

Co-realização: Fecomércio RS – Sesc
ACESSO LIVRE

Site: http://festivalbrasileirodemusicaderua.com/
Facebook: https://www.facebook.com/fmusicaderua
Instagram: https://www.instagram.com/musicaderua/
Assista #MúsicaDeRua 2017: https://youtu.be/8EMgX-NOOjE

Link para fotos das edições passadas: https://drive.google.com/drive/u/0/folders/1raGl6lD5lcysmki2maJZcLLkM379Ed-Q

Link para fotos de artistas desta edição:
https://drive.google.com/open?id=1m_va2LMrAbrNU9ql-vZGF7ZkD7pYt9z8

Link para download de músicas dos artistas deta edição:
https://drive.google.com/open?id=15cp-kGbiaax39X0TuWUpVGb1UwvDy9c5

Contato: Luciano Balen
balen@deguerrilha.com


Informações para a Imprensa – Vera Mari Damian – MTB 5119
infinitacom@terra.com.br

ARTISTAS CONVIDADOS

OTTO (PE) – https://www.facebook.com/Oficial.OTTO/

VITOR RAMIL (RS) – https://www.facebook.com/ramilongos/

HIQUE GOMEZ (RS) – https://www.facebook.com/HiqueGomezFan/

LUCAS ESTRELA (PA) – https://www.facebook.com/lucasestrelamusic/

AVUÔ (PB)

YANGOS (RS) – https://www.facebook.com/yangosoficial/

CATAVAVENTO (RS) – https://www.facebook.com/CTVNTGlimb/

MELANÍ LURASCHI (Uruguai)  – https://www.facebook.com/luraschimelani/

LAURA MURCIA (México) – https://www.facebook.com/lauramurciamx/

TÁCA LHE CLOWN / Cristian Beltrán (CHILE)

CUSCOBAYO (RS) – https://www.facebook.com/Cuscobayo/

ARAUCANA  (RS) – https://www.facebook.com/araucanacxs

MAGABARAT (RS) – https://www.facebook.com/magabarat/

VIC LIMBERGUER (RS) – https://www.facebook.com/VicLimberger/

SALVE JUREMA (RS) – https://www.facebook.com/SalveJurema/

VELHO DE GUERRA (RS) – https://www.facebook.com/velhodeguerra/

UILLIAM MICHELON (RS) – https://www.facebook.com/uiliammichelon/

JOÃO MALDONADO (RS) https://www.facebook.com/profile.php?id=100002135147158

CHIQUINHO DIVILAS, Me. (RS) – https://www.facebook.com/chiquinhodivilas/

CHOROS DE BALCÃO (RS) – https://www.facebook.com/choros.debalcao/

CORO JUVENIL MOINHO UCS (RS) – https://www.facebook.com/CoroJuvenildoMoinho/

BANDA MARCIAL DO CRISTÓVÃO DE MENDOÇA e ESSEMBLE DE METAIS E PERCUSSÃO DA BANDA MARCIAL DO CRISTÓVÃO DE MENDOZA – https://www.facebook.com/bandamarcialcristovao/

MARACATU BAQUE DOS BUGRES (RS) – https://www.facebook.com/maracatubaquedosbugres/

 

ETAPA FORMAÇÃO DE PLATEIA

 

17 de Março – FESTIVAL NA COMUNIDADE DO BAIRRO BELTRÃO DE QUEIROZ

CHIQUINHO DIVILAS, Me.  (RS)

18 de Março – FESTIVAL NA COMUNIDADE DO BAIRRO SÃO VICENTE

CHIQUINHO DIVILAS, Me.  (RS)

De 19 à 22 de março (Ruas, Pontos de ônibus, Escolas e Entidades)

AVUÔ (PB)

TÁCA-LHE CLOWN / Cristian Beltrán (CHILE)
CHIQUINHO DIVILAS, Me.  (RS)
ESSEMBLE DE METAIS E PERCUSSÃO DA BANDA MARCIAL DO CRISTÓVÃO DE MENDOZA

CHOROS DE BALCÃO (RS)

CORO JUVENIL MOINHO UCS (RS)

SALVE JUREMA (RS)

VELHO DE GUERRA (RS)

UILLIAM MICHELON (RS)

JOÃO MALDONADO (RS)

 

 

 

ETAPA INCUBADORA DA MÚSICA

23 de Março  – Centro de Cultura Ordovás – Palestra com Pena Schimdt (19h00)

24 de Março  – Universidade de Caxias do Sul – Palestra com Pena Schimdt (10h00 – 13h00)

 

ETAPA GRANDES SHOWS – PALCO FONOGRAMA “É NA UCS”

24 de março – das 14h00 às 20h00

VIC LIMBERGUER (RS)

LAURA MURCIA (México)

MAGABARAT (RS)

YANGOS (RS)

VITOR RAMIL (RS)

AVUÔ (PB)

LUCAS ESTRELA (PA)

CUSCOBAYO (RS)

25 de março – das 14h00 às 20h00

ARAUCANA  (RS)

HIQUE GOMEZ (RS)

MELANÍ LURASCHI (Uruguai)

BANDA MARCIAL DO CRISTÓVÃO DE MENDOZA

MARACATU BAQUE DOS BUGRES (RS)

CATAVAVENTO (RS)

OTTO (PE)

Evento Noite no Museu ocorre nesta sexta-feira em Bento

Para celebrar a vida, o trabalho, a memória e a história, o Museu do Imigrante de Bento Gonçalves promove o evento “Noite no Museu”, atração cultural inédita no município que conjuga conhecimento, diversão e gastronomia. A primeira edição ocorre no dia 9 de março, das 16 às 23h30 nos arredores do Museu Histórico. Reunindo food trucks, cervejas artesanais e degustação de vinhos coloniais, haverá feira de produtos artesanais com mais de 15 expositores
de vários segmentos e show acústico durante a noite. Em caso de chuva, o evento será transferido com data a confirmar. Previsto para se tornar um evento permanente do município, a Noite no Museu deverá ter quatro edições
em 2018.
Segundo o secretário da Cultura e presidente da Fundação Casa das Artes, Evandro Soares, “trata-se de um evento cujo objetivo é integrar o Museu na dinâmica de Bento Gonçalves, criando um espaço de promoção econômica autônoma e regional, bem como de valorização das memórias da cidade. Será uma noite para celebrar histórias em ritmo de festa”, destaca.
Conheça os expositores 
DudaBela Ateliê
Gatitude
Giórgia de Marco- Tecidos e Artesanatos
M.e.dite Arte
Spazio Blu – Blu 3D + Enojoias + Patty Pedrotti
Inspire Sapazio D’Arte
Vó Araci Bordados
Tenda da Saúde
Vanilla Saboaria
Dona Fifi
Maison Antique Antiquário
Nega Maluca
Valle Bier
Circolo Trentino/ Trentino promozioni
C’alma – Coisas Gostosas

26º BENTO EM DANÇA – O espetáculo vai continuar

CIC de Bento Gonçalves confirma apoio decisivo para Festival prosseguir

O Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) acaba de confirmar coparticipação, garantindo a cobertura de investimentos imprescindíveis para a realização da 26ª edição do Bento em Dança, em outubro de 2018.  Com edições anuais desde 1993, o evento ficou comprometido por falta de incentivo financeira anunciado em 2017.

 O apoio garante a locação do espaço que compreende o Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, além do consumo de água e energia elétrica. “O CIC abraçou o Bento em Dança e garantiu a continuidade do evento. Este apoio é de fundamental importância para seguir promovendo a arte da dança, formando bailarinos do Brasil e do exterior”, agradece a presidente do Bento em Dança, Erci Grapiglia.

 Junto ao Centro está a Fundaparque, administradora do Parque de Eventos. O presidente do CIC-BG, Elton Gialdi, anunciou o suporte em reunião com o secretário de Turismo, Rodrigo Parisotto, realizada no início da tarde desta quarta-feira, 7. O empresário adiantou que buscará respaldo junto a outras entidades da cidade. “O Bento em Dança é de Bento, promove a cidade, atrai visitantes e faz nossa economia girar. O CIC não poderia deixar que este sonho chegasse ao fim”, destaca o presidente Elton Gialdi. Parisotto se comprometeu com serviços de logística.

DSC_0025

 A interrupção do evento havia sido anunciada pela presidente Erci Grapiglia na cerimônia de abertura no ano passado. A falta de incentivo levou à decisão, que imediatamente resultou no movimento #ficaBentoemDança. Bailarinos e coreógrafos manifestaram-se a favor da continuidade, assim como Ana Botafogo e Carlinhos de Jesus, artistas que já participaram do Bento em Dança no palco e como jurados e professores. Na ocasião, o secretário de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul, Victor Hugo Alves da Silva, também deu seu depoimento lamentando o fim do evento.

 “Agora vamos recuperar o tempo perdido e organizar a 26ª edição. As luzes do palco não se apagaram, pelo contrário, estão mais acesas do que nunca. Com certeza, hoje, o mundo da dança segue embalado pelo ritmo da felicidade”, finaliza Erci, que também aposta no apoio do Poder Público Municipal.

 Com a participação de 150 mil bailarinos de mais de 20 países, o evento é considerado um dos principais festivais de dança do país no gênero. Somente na edição anterior, o Bento em Dança reuniu mais de 6.327 bailarinos em 627 coreografias e 18 oficinas. O festival também premiou os destaques com 22 bolsas de estudo em escolas na Itália, no Uruguai e no Brasil.

 Fotos: Kauê Camargo / Conceitocom Brasil