Parceiros Voluntários convida para o engajamento social

O início de 2020 pode ser uma boa oportunidade para quem deseja ingressar em um grupo diferenciado: o das empresas e cidadãos socialmente engajados. A Parceiros Voluntários de Bento Gonçalves convida a comunidade a exercitar essa proposta. Existem diversas formas possíveis de participação, permitindo uma adesão que independe de classe, raça, gênero ou condição social: é aberta a todos, pois é para todos.

Acolher e oferecer aporte aos indivíduos interessados em voluntariar é a principal missão da ONG – incentivando os voluntários a atuarem de acordo com sua disponibilidade e capacidade. A entidade os direciona em duas frentes: pelos programas ‘Voluntário Pessoa Física’ e ‘Voluntário Pessoa Jurídica’.

Para quem deseja colaborar por motivação própria e individual, a Parceiros Voluntários conta com um sistema de apoio que incentiva o futuro voluntário a procurar a unidade e participar de uma reunião de conscientização, na qual é possível conhecer, com mais detalhes, o trabalho desenvolvido e o conceito do trabalho voluntário. No encontro, o interessado preenche um cadastro e agenda uma entrevista de encaminhamento, a fim de detalhar a forma que pode e pretende ajudar. Depois desse processo, é definido o local onde o novo voluntário irá atuar – dentre o rol de entidades assistenciais conveniadas à ONG.

Já o programa ‘Voluntário Pessoa Jurídica’ incentiva o envolvimento das empresas na transformação da realidade social por meio do incentivo ao trabalho voluntário entre seus colaboradores. Os programas voltados à comunidade jovem são uma das principais apostas em prol do fortalecimento da corrente solidária. Nesses casos, a Parceiros respalda as ações e auxilia no processo de criação, definição e execução das ações. As atividades podem ocorrer dentro ou fora da empresa, de acordo com a disponibilidade do empreendimento.

O interesse em voluntariar deve partir de iniciativa própria, porém a Parceiros Voluntários incentiva o envolvimento comunitário por meio de ações de conscientização. Quem deseja participar – seja pessoa física ou jurídica e voluntários jovens – pode contar com o suporte da ONG em sua sede no município, que fica no Bento Gonçalves Centro Empresarial e atende pelo telefone (54) 2105-1999 ou pelo e-mail parceiros@parceirosvoluntarios-bg.org.br.

 

Mudança de cultura

A Parceiros Voluntários chegou a Bento Gonçalves no ano 2000. Sob a tutela do Centro da Indústria, Comércio e Serviços, hoje concentra mais de 100 voluntários cadastrados e 18 entidades assistenciais conveniadas. Praticado como exercício de cidadania, o voluntariado bento-gonçalvense mudou de panorama após a implantação da ONG. “O suporte oferecido aos interessados em aderir à prática solidária estimula a sociedade civil a entender que o valor da disponibilização do tempo, do conhecimento e do sentimento comunitário é fundamental na construção de uma sociedade mais justa. Por isso, estamos em uma constante e permanente campanha de conscientização e incentivo à solidariedade”, destaca a coordenadora na ONG, Angélica Somenzi.

Fotos: Exata Comunicação 

parceiros 4

parceiros 5

Semana de calor intenso no Rio Grande do Sul

A semana será de sol e calor no Rio Grande do Sul. Segundo as previsões do Climatempo, em Bento Gonçalves as máximas poderão passar dos 30°C entre esta segunda-feira e sexta-feira (7). Mesmo com o calor intenso característico do mês de fevereiro, haverá períodos de pancadas de chuva, diminuindo o calorão. A previsão é de pouco mais de 50mm de chuva até o final da semana.

Confira a previsão para o RS nesta segunda-feira

Bento Gonçalves: Sol com muitas nuvens e com chuva a qualquer hora. Máxima de 28°C;

Capital: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 31°C;
Pelotas: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 26°C;
Caxias do Sul: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 31°C;
Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 32°C;
Santa Rosa: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 32°C;
Erechim: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 30°C;
Uruguaiana: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 36°C;
Torres: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 25°C;
Rio Grande: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 26°C;
Mostardas: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 26°C;
Passo Fundo: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 29°C;
Bagé: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 34°C;
Tramandaí: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 25°C;
Xangri-Lá: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 25°C;
Capão da Canoa: tempo instável, com chuva isolada. Máxima de 25°C;
São Borja: tempo aberto e com pouca nuvens. Máxima de 34°C.

calor

Vitivinicultores franceses visitam a Embrapa

Um grupo de 42 pessoas incluindo viticultores, enólogos,  representantes de  cooperativas,  consultores na área do vinho e técnicos do Instituto Francês da Vinha e do Vinho (IFV) da região Sudoeste da França visitaram a Embrapa Uva e Vinho nesta terça-feira, dia 28 de janeiro.

Na ocasião os franceses tiveram a oportunidade de conhecer a vitivinicultura brasileira e gaúcha através de palestras apresentados pelos pesquisadores. O Chefe Geral da Embrapa Uva e Vinho, o pesquisador José Fernando da Silva Protas apresentou o contexto sócio econômico da vitivinicultura brasileira e gaúcha, bem como o marco organizacional brasileiro no setor. Patrícia Ritschel expôs o programa de melhoramento genético “Uvas do Brasil” com as novas variedades de uvas criadas pela Embrapa para mesa e para a agroindústria do vinho, as quais são mais  resistentes a pragas e doenças, com melhores padrões de  produtividade e qualidade destinadas aos diversos estados produtores do Sul, de clima temperado, ao Nordeste, de clima tropical.  Jorge Tonietto mostrou o processo de construção das Indicações Geográficas de vinhos no Brasil, hoje com mais de 10 reconhecidas ou em fase de estruturação, num modelo assemelhado ao francês.  Celito Guerra apresentou a geografia brasileira da produção, mostrando a diversidade de tipos e estilos dos  vinhos das regiões produtoras. Giuliano Pereira apresentou a vitivinicultura tropical brasileira das regiões  Sudeste e Nordeste, que apresentam características únicas no mundo do vinho.

Segundo a organizadora da visita, a pesquisadora francesa do IFV Fanny Prezman  “Nesta visita estamos podendo conhecer  um país bem diverso em termos de produtos e regiões, desde a tradicional Serra Gaúcha até viticultura tropical do nordeste, o que enriquece o conhecimento e a experiência por parte dos nossos produtores”. Para o casal de vitivinicultores do Domaine de Borie-Vieille no sudoeste da França, Jean-Michel Roc e esposa: ”Os sistemas produtivos tem vínculo muito estreito com o mercado e com as demandas da sociedade, que são diversas  na Europa ou na França e no Brasil. Aqui observa-se uma pressão de desenvolvimento tecnológico para produzir mais e melhor; na França já estamos buscando  diversificação de produtos bem com estamos vivemos um conflito cada vez mais presente que se estabelece entre  o urbano e rural. A visita ao Brasil serve para intercambiar experiências com a possibilidade de eventualmente revermos coisas que fazemos”.

Para Tonietto, a vinda de uma missão tão significativa de produtores franceses para conhecer a nossa realidade mostra que o Brasil tem despertado interesse, tanto pela dinâmica quanto pela originalidade da produção vitivinícola nacional.

 

Programação do Jantar Sob as Estrelas é divulgada

A partir da próxima sexta-feira, 7, a Rua Herny Hugo Dreher e a Avenida Planalto estará repleta de atrações gastronômicas e culturais. O Jantar Sob as Estrelas 2020 brinda o público com mais de 130 empreendimentos, além de curtir as novidades do Mercatino Bento e Mercado Criativo. Em caso de chuva, o evento será transferido.

 

Na 11ª edição o Jantar sob as Estrelas reúne muitas paixões: gastronomia, música, cultura regional, produção artesanal, moda, comércio, turismo… Aqui todo mundo se encontra para aproveitar o verão sob a luz das estrelas e ter uma grande experiência ao ar livre. A programação completa pode ser acompanhada no Facebook: www.facebook.com/JantarSobAsEstrelas ou no site www.seghuvaevinho.com.br.   Outras informações podem ser obtidas pelo (54) 3453.8000 | fb/JantarSobAsEstrelas e Instagram @seghuvaevinho.

 

O evento é uma promoção do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, em parceria com a prefeitura municipal de Bento Gonçalves, Fruki, Caitá Supermercados, Isabela, Cainelli Gás, ExpoBento/Fenavinho, CIC, CDL, Via Sul e Valle Bier. E conta com apoio da Associação de Moradores do Bairro São Bento, Magik Decoração de Eventos, Senac/Fecomércio, Sindilojas e DWR.

 

Confira as atrações:

Ali Lucietto e Moisés Jacobs – Av. Planalto próximo ao Hotel Laghetto Viverone

Banda Farina Brothers – Avenida Planalto próximo a APAE

Banda Old School – Avenida Planalto próximo a La Fruta Açaí

Banda Rock in Trio – Cobo Wine Bar

Banda Sunset Riders – Canta Maria Gastronomia e Pub Latitude 29

Bento Jazz & Wine Festival apresenta banda New Orleans – Praça Achylles Mincarone

DJ Luiz Metz – Rua 15 de Novembro

DJ Minucci – Pizzaria Casa Modena

Filipe Girardi –  Av. Planalto próximo Espaço Kid

Jaiane Trivelin – Amora Sabores Especiais

Junior Mineiro – Sapore Sublime Pizzaria

Leo oliveira – Deck Bar e Restaurante

Banda Furiosa, Coral Vale dos Vinhedos e grupo de cantoria Belle Canzione – Longe Cultural próximo ao Museu do Imigrante

Piano com Cesar Giovamazzi Filho – Piacenza Restaurante e Pizzaria

Projeto Artístico Cultural com apresentações: Os Gaudérios, Orquestra de Teotônia, Trupe Circense e D’Arte Multiarte – Rua Herny Hugo Dreher ao lado do Quenn’s Bar

Roda de samba com Samba de Moça – Bangalô Estação Club e Bamboo Bar

Show Ezequiel e Giovani – Devereda Restaurante

Willian Hamon – Viverone Café Boutique

Wladi Costa – Av. Planalto próximo Lounge SEGH

 

Serviço 

O que: Jantar Sob as Estrelas 2020

Quando: 07 de fevereiro, das 19h à 1h. (Em caso de chuva, o evento será transferido para o dia 14 de fevereiro).

Onde: na Rua Herny Hugo Dreher e Avenida Planalto, em Bento Gonçalves.

Quanto: entrada franca

Outras informações: (54) 3453.8000 e fb/JantarSobAsEstrelas

Imagem em anexo da última edição: créditos

 

Lista de participantes e programação

(alguns estabelecimentos solicitam reserva prévia de mesa)

 

RUA HERNY HUGO DREHER 

Bangalô Estação Club e Bamboo Bar–  Cardápio da casa. Show externo com a banda Samba de Moça.

Trailler Colheita Boutique Sazonal – Hamburgão do colheita, sanduíche de cordeiro, sanduba de costela e fudge de chocolate com caramelo Salgado

Subway – Cardápio da casa. Parceira com Vinícola Salton com degustação de chás

Delivery Much – Mostra de produtos e serviços

Cobo Wine Bar e Projeto Wine For Us – Tábua de frios, hambúrguer e batata chips fritas.  Parceria com Vinícola Cainelli, Vinhos Cristofoli, Lovara Vinhas e Vinhos e Vinhos Larentis.

Show com a Banda Rock in Trio.

Dall’Onder Grande Hotel e Casa da Ovelha –  Porco no rolete, Arroz com amêndoas, Macarrão ao molho noccioli, Purê de batata gratinada com queijo gorgonzola, Iscas de carne acebolado e Farofa de damascos e frutas secas e saladas. Sobremesa cheese cake de nozes com calda de framboesa. E serviços de hospedagem sem igual.  Sob reserva.

Papa Burguer – Cardápio da casa

Loja Todeschini –  Mostra de produtos. Degustação de cervejas

Primazia Alimentos – Rodízio de risoto de cogumelos, 4 queijos, tomate seco e rúcula, filé e salmão. Sobremesa brownie com sorvete. Sob reserva

Sapore Di Fiorenza – À la carte de pizzas. Parceria com Urso Brownie com comercialização do Kit da felicidade, Ursinho decorado, Pote da felicidade e Brownie de chocolate. Além de degustação de mini brownies.

Le Petit Macarons –  Cardápio com macorons, cafés, chás quentes e gelados.     Lançamento oficial dos drinks preparados com o vinho.

Maria Henriqueta –  Mostra de produtos. Parceria com Glamour Baby Boutique e Lucindo Café e Doceria.

Lounge 15 de Novembro: Couros do Vale – Mostra de produtos. Parceria Satoru Sushi Lounge com temaki e Malthbeer   Kombi de Cerveja Artesanal. Così Gelato – Gelateria italiana com duas opções de sobremesas de gelato com coberturas exclusivas criadas para o Jantar sob as Estrelas 2020. La Birra – Cervejas e chope e CTG Laço Velho – Salchipão, Galeto desossado no pão e Entrevero no pão.

Quiero Café – Cardápio da Casa

Botequim São Bento –  Cardápio da Casa

Pizzaria Casa Modena –  Interno: tradicional rodízio de pizzas. Externo: pizzas à la carte, pedra maluca, porção de fritas e chope. Música com DJ Minucci

Queen’s Bar – Cardápio da casa

AmaBento, Criacon e Outlet de Vinhos e Espumantes – Mostra de Produtos. Tábua de Frios, Vinhos e Espumantes.

Loja Horos – Lançamento Coleção Outono/Inverno 2020. Degustação em parceria com o Senac e Vinícola Salton.

Yoko Oriental Lounge – Sequência de sushi e cardápio da casa

Sapore Sublime Pizzaria – Interno: rodízio tradicional de pizza e show com Junior Mineiro. Externo: a lá carte de pizza

Valle Bier – Cervejas artesanais

Piacenza Restaurante e Pizzaria – Interno: na Duomo de Piacenza:  boas vindas com 1 taça de espumante moscatel ou brut rosé da Miolo. Cardápio Medalhão de filé mignon ao molho madeira e risoto pera com gorgonzola Cardápio, saladas. Sobremesa fatia de pizza de morango loiro. Música ao vivo das 21h às 24h com o pianista Cézar Giacomazzi Filho interpretando os sucessos dos anos 70, 80 e 90.  Sob reserva.   Externo: Fatia de pizza sabores: cheeester c/ catupiry, calabresa, marguerita e 4 queijos e chope.

Canta Maria Gastronomia e Pub Latitude 29 –  Viale Canta Maria: comidinhas e bebidinhas. Parceria com Jovem Pan FM, Vinícola Aurora, Jagermeifter, Casa Rosa com brigadeiros gourmet, Roleta Russa Cervejas. Show da banda Sunset Riders.

Dolces e Salgados

Empório Beauty Store – Mostra de produtos.

Dom Pepe Pizzaria e Restaurante e Coliseu Bar –  Cardápio da casa

 

AVENIDA PLANALTO 

Hotel Laghetto Viverone – Hospede-se com quem tem paixão em servir

Viverone Café Boutique – Mesa de happy de hour, com doces e salgados e rodada de hambúrguer. Música ao vivo com William Hamon. Sob reserva.

Cinco Cepas, Tudo em Grãos e Amo.Te Lisboa – Café e Doceria Portuguesa –   Bacalhau às natas, empanadas chilenas, seleção de grãos salgados, pastel de belém e doce de amêndoas, harmonizados com vinhos, espumantes e drinks. Lounge e música ao vivo com Moisés Jacob.

Cia do Sono – Mostra de produtos

D’Art Decorações, Design & Estilo – Mostra de produtos

Eko Ambientes – Mostra de produtos. Parceria com Iva Espaço da Beleza, La Facción Barbearia e Valle Bier Cervejaria Artesanal

Atelier da Criança – Criança tem que brincar e se divertir.  Interno: Recreação, brincadeiras, pintura de rosto e brinquedos. Animação com palhaço. Cachorro quente, sanduíche natural, pipoca, agua e refrigerante.

Vinícola Salton – Bar da Salton com Drinks e espumantes

Deck Bar e Restaurante –  Pratos Especiais: Entrecot, risoto 4 queijos e salada; Filé Grelhado, arroz, batata frita caseira, polenta frita e salada; Filé de frango, purê e legumes. Além de petiscos, pizzas e burger das estrelas e sobremesa petit gateau.  Show com Leo Oliveira.

Croasonho –  Croaburger de 4 sabores, cardápio da casa. E combo das estrelas: na compra de 2 Croasonhos tamanho G ganhe 1 Croasonho P Chocolate Preto/Branco com Morangos. Parceria com produtos Casa Perini

Alto Piano Pizza – Pizzas e Chope

Amora Sabores Especiais – Opção 01: entrada salada de folhas, rosbife e molho de mostarda, Filé ao molho de Vinho, Batatas Assadas e Cebolas Caramelizadas. Opção 02: entrada gravlax de Salmão em baquetas crocantes, congrio as natas sob cama de batatas e farofa crocante.  Sobremesa: Sorvete com calda de frutas vermelhas e paçoca.

Além das Ilhas de Sorvete Santo Fruto, de Chás Gelados Salton Grape Tea e de Sanduíches Naturais do Amora.  Show com Jaiane Trevelin.

Plissé Moda – Mostra de produtos

Xis Bocão – Cardápio da casa

  1. Blanc Festas e Noivas– Mostra de produtos. Parceria com Jane Beauty   Centro Estético “Um dia de Noiva”.

Mercado Conci – Kombi com chope, espumantes, vinhos, pizza e crostoli.

Restaurante Agratto – Interno:  Opção 1: Risoto de copa com figo, tomate seco com rúcula, funghi, ou 4 queijos. Opção 2: Massa espaguete sabor de funghi, moda da casa, 4 queijos com nozes ou tortei com molho de tomate seco. Cada prato será acompanhado de filé mignon ou de frango grelhado e salada mista.

Externo:  porções de Risoto de copa com figo; Massa penne artesanal com molho italiano ou molho quatro queijos e Espetinho de carne e coraçãozinho. Chope, refrigerante e água.

Sierra Café –  Burger americano defumado, cachorro quente e chope

Imobiliária Faggion, Forma e Grupo Valor – Lounge projeto APAE com happy hour e show da banda Farina Brothers

Movie Arte Cinemas – pipoca e distribuição de ingressos para o cinema

Nomad Lounge, La Fruta Açaí e Satoru Cozinha Internacional –  show da Banda OldSchool, com rock anos 70, 80, 90.

Nomad – Interno: cardápio especial com 02 opções para escolha. Externo: Estação ossobuco com polenta e estação espumante Ponto Nero.

La Fruta Açaí – Cardápio da casa

Satoru Cozinha Internacional – Interno: festival japonês. Externo: temakis

CFC Puma – Mostra de produtos e simulador de transito.

Cia do Micro – Mostra de produtos. Campeonato de game com led 4×4 e equipamento robótico parceria com Bento+20 com câmara de inovação. Chope com Juudith Bier.

Papelaria Aquarela – Brincando Sob as Estrelas. Contação de histórias, show de mágica, malabares e música. Espaço com materiais para um brincar livre das crianças. Cachorro quente e suco.

Projetarium Móveis – Mostra de produtos. Sequencia finger Food com seis pratos, harmonizada com espumante Cave Geisse. Cardápio elaborado pelos formandos do curso de gastronomia da UNICNEC. Sob reserva

Pórtico Ambientes Corporativos – Mostra de produtos. Drinks parceria com a loja Aline Indica.

Crepes e Churros do Tiago

Q’Palato Gourmet e Pizza – Hamburguer Q’Palato, Risoto Dona Ana, Entrevero e Pizza broto, Parceria com exposição de carros antigos e Rota Aventura.

Devereda Restaurante – Entrevero, Carré de cordeiro e espaguete com aspargos, Entrecot com molho francês. Porções de batata fritas. Parceria com Chope Trinker.  Show Duo de Ezequiel De Toni e Giovani Pinceta.

Trailler Valle Rustico – Rustico burger com chips. Risoto de Pesto vermelho. Chocolate orgânico e brownie. Aperol spritz e água

Becco 54 – Entrecot grelhado com farofa e molho.  Choripan e batata frita. Cervejas e vinhos.

Pipoca do Popó

Lavandas Senzafine –  Mostra de produtos

Heilige Brew Pub –   Cervejas artesanais

 

Mais atrações:

Lounge SEGH, Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves e parceiros

Lounge Cultural – Museu Municipal, Casa das Artes e Amigos do Museu do Imigrante: Fotos antigas e visitação. Além das apresentações.

Lounge Secretaria de Meio Ambiente

Fruki

Cainelli Gás

Caitá Supermercados – Degustação de massas Zaccaron, cervejas Coruja e Vinhos.

Isabela – Lançamento com degustação de produtos:  biscoito Cristal e wafer Chocks.

100 Limites Bikes

Associação de Artistas Plásticos

Confraria do Opala Bento Gonçalves

Espaço Kid Play

Espaço Pet Rações & Cia

ExpoBento e Fenavinho

Giordani Turismo e Eventos

Grupo Harley’s Brothers

Mercado Criativo com 24 expositores

Mercatino Bento com 19 expositores

Escola Mamãe toda a Hora

KNN Idiomas

Unilasalle

Bento Gonçalves encerra 2019 com superávit de cerca de R$ 47 milhões

A Prefeitura de Bento Gonçalves encerrou o ano de 2019 com superávit de R$ 46.946.543,71 milhões. O balanço orçamentário foi apresentado nesta sexta-feira, 31, durante encontro do Prefeito Guilherme Pasin com a imprensa. A Secretária de Finanças Mariana Largura e a contadora da Prefeitura, Elisiane Schenato participaram do encontro.

No último ano, a prefeitura arrecadou R$ 542.652.300,29 milhões e aplicou R$ 447.003.449,89, destes 34% são recursos próprios. “Trabalhamos para aumento de receita própria, sem aumentar imposto, somente buscando recuperar valores já devidos”, destaca a Secretária de Finanças.

Ainda conforme a Secretária “pela primeira vez conseguimos fechar o ano com superávit e isso se deve a política de economia em todas as secretarias municipais, cortando gastos considerados não essenciais, e focando principalmente nos investimentos e nos gastos considerados prioritários, venda de imóveis inservíveis, entre outros. Os gastos com despesa de pessoal, incluindo terceirizados, ficaram em 44,06% abaixo do último ano, que foi  48,25%”.

No que se refere aos investimentos em educação e saúde foram investidos R$ 96.724.348,17 e R$ R$ 120.584.822,43, respectivamente, acima dos índices exigidos pela Constituição Federal. Nestas áreas também foi apresentado superávit de R$ 20.108.202, 41 (educação), e R$ 10.975.298,51 (saúde).

O Prefeito Guilherme Pasin destacou que são recursos, que serão utilizados conforme a necessidade da comunidade. “Já estamos com a previsão da construção de uma nova escola no bairro Fátima, e em projeto para início de outra para 120 alunos, realizamos no final do ano o chamamento público para compra de 700 vagas na rede particular para Educação Infantil, também estamos iniciando o processo licitatório para última etapa do Complexo Hospitalar no Botafogo. Além de todos projetos em andamento”, destaca.

O ano de 2019 também apresentou o maior volume de investimentos em infraestrutura. Foram R$ 38.673.161,29. “Realizamos no último ano o maior investimento em infraestrutura no Município dos últimos anos, foram 100 obras e para este ano esta previsto um grande volume de ações para o desenvolvimento da cidade”, concluí o Prefeito.

25 amostras são aprovadas na temporada 2019 da Denominação de Origem Vale dos Vinhedos

O Vale dos Vinhedos encerrou 2019 com ótimas notícias e expectativas de grandes vinhos no mercado a partir de 2020: 25 amostras foram aprovadas na avaliação para a Denominação de Origem Vale dos Vinhedos safra 2019. A degustação dos vinhos provenientes de 10 vinícolas associadas à Aprovale, foi realizada nos dias 16 e 18 de dezembro, na Embrapa Uva e Vinho.

Em 2019 o processo da Denominação de Origem buscou a inovação: foram 28 amostras inscritas para o processo, igualando o número recorde de 2018. Além das 28 amostras oficiais, foram inscritos e aprovados 2 vinhos em caráter experimental e 9 para a Indicação de Procedência Vale dos Vinhedos. Segundo Daniel de Paris, Diretor do Conselho Regulador da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos e Diretor Técnico da Aprovale, “a quantidade de amostras inscritas reflete não somente a evolução qualitativa do processo de elaboração, mas também o empenho dos enólogos quanto à valorização dos processos de IP e DO geridos pela Aprovale.”

A Denominação de Origem Vale dos Vinhedos foi a primeira Denominação de Origem para vinhos no Brasil, reconhecida em 2012 pelo INPI. Desde o início da operação, em 2009, os vitivinicultures trabalham para amadurecer e consolidar o processo, assegurando ao consumidor que os vinhos que carregam o selo de identificação são únicos, elaborados na área delimitada, tem a origem das uvas comprovada, bem como acompanhamento referente ao método de elaboração e qualidade dos produtos. São vinhos tintos, brancos e espumantes que fazem parte de uma seleta carta de vinhos que refletem a cultura, história e características do terroir do Vale dos Vinhedos, único no mundo.

Indicação Geográfica: Indicação de Procedência e Denominação de Origem Vale dos Vinhedos
Indicação de Procedência e Denominação de Origem são duas modalidades de Indicação Geográfica reconhecidas pelo INPI no Brasil. Antes de ser reconhecida como Denominação de Origem, o Vale dos Vinhedos foi pioneiro no reconhecimento como Indicação de Procedência (2002). A diferença entre as duas é que a I.P.V.V. reconhece a tradição da região na elaboração de vinhos. E a D.O.V.V. vai além, ela reconhece também o método de elaboração, delimitando regras para que os produtos elaborados exprimam no paladar tipicidades exclusivas.

Quando a Denominação de Origem Vale dos Vinhedos começou a ser trabalhada na região, optou-se por, como forma de estímulo ao produtor quanto à consolidação da Denominação de Origem, deixar a Indicação de Procedência em stand-by. Em conjunto com os enólogos das vinícolas associadas a Aprovale, decidiu-se sobre a retomada da Indicação de Procedência Vale dos Vinhedos em 2019, objetivando que ambas as modalidades de reconhecimento sejam trabalhadas pelas vinícolas.

Uma das curiosidades da I.P. Vale dos Vinhedos é que ela reconhece um número maior de variedades para elaboração de vinhos: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Tannat, Pinot Noir, Gamay, Pinotage, Alicante Bouschet, Ancelotta e Egiodola para as tintas. Chardonnay, Riesling Itálico, Sauvignon Blanc, Sémillon, Trebbiano, Pinot Blanc, Gewurztraminer, Flora, Prosecco, Moscatos e Malvasias para as brancas. 85% das uvas devem ser cultivadas na área delimitada, que é maior do que a D.O.V.V.: 81,23 km².

Já a Denominação de Origem autoriza um número menor de variedades, que são as que melhor se adaptaram ao terroir da região: para vinhos finos tintos secos: Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Tannat; Para vinhos finos brancos secos: Chardonnay e Riesling Itálico; e, para vinhos espumantes brancos ou rosados finos: Chardonnay, Riesling Itálico e Pinot Noir. 100% as uvas devem ser cultivadas e processadas na área delimitada que possui 72,45 km². Além disso, existe o controle de produtividade por pé de videira e acompanhamento quanto ao amadurecimento dos vinhos até a sua comercialização.

Em 2019, além das 25 amostras aprovadas para a D.O.V.V., 9 amostras para I.P.V.V. também foram degustadas e aprovadas nos dias 16 e 18 de dezembro e em breve devem chegar ao mercado.

Como funciona o processo da I.P.V.V. e da D.O.V.V.?


Para ambos os processos, o primeiro passo refere-se ao envio dos Formulário de Declaração de Safra juntamente com as atualizações das informações cadastrais das vinícolas solicitantes.

São colhidas amostras dos vinhos inscritos diretamente nas vinícolas solicitantes: sete garrafas por amostra são coletadas pelo Consultor Técnico da Aprovale, para facilitar as operações dos diferentes laboratórios envolvidos: da Embrapa Uva e Vinho e laboratório de análises físico-químicas. Estas amostras são armazenadas em garrafas específicas para o processo, identificadas por códigos conhecidos somente pelo consultor que as coletou.

Após a coleta, as amostras são encaminhadas para análise sensorial. Aspectos organolépticos qualitativos e quantitativos serão avaliados por um comitê de degustação qualificado, composto por enólogos indicados por associados da Aprovale, um enólogo da Associação Brasileira de Enologia e 3 técnicos indicados pela Embrapa Uva e Vinho. Aspectos visuais, olfativos, gustativos e tipicidade varietal são avaliados às cegas pelos participantes, que apresentam seu parecer individual. As vinícolas são comunicadas sobre o parecer relativo à cada amostra degustada. Em caso de não aprovação, a vinícola recebe orientações sobre o motivo de não aprovação, podendo posteriormente inscrever nova amostra para avaliação.

No caso da D.O.V.V. o reconhecimento desta avaliação tem prazo de 60 dias. Os vinhos que não forem ao mercado neste prazo, passam por nova avaliação antes do início do processo de comercialização. Para os vinhos tintos é obrigatório período de amadurecimento, desta forma são reavaliados obrigatoriamente.

denominação de origem 2

Garibaldi recebe a Maratona do Vinho no dia 09 de fevereiro

Em sua sétima edição, a Maratona do Vinho além de uma competição esportiva, é um evento que coroa a temporada da colheita da uva, principal produto para a elaboração de vinhos e espumantes. No percurso oficial de 42 Km, a Maratona contemplará os municípios de Garibaldi, Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul, no dia 09 de fevereiro.

Durante a atividade, os participantes percorrerão o Vale dos Vinhedos e a Estrada do Sabor, aliando o mundo do vinho, do turismo e da gastronomia com o do esporte. A prova envolve maratonistas de alto rendimento, atletas amadores, representantes de academias, clubes, associações, grupos de amigos e familiares que estão em busca de harmonia e saúde, formando assim uma grande integração onde o palco desse evento está inserido entre vales, parreirais, vinícolas, belas paisagens rurais e o agradável aroma das uvas.

Na Fórmula 1, a área de reabastecimento é nos Pit Stops, já na Maratona do Vinho, a área de reabastecimento é nos “Vino Stops” – momentos de revezamento e descontração regados a uva, suco, vinho, pão, queijo, salame, além de músicas e assistindo danças típicas da região. Para a premiação dos atletas e das equipes, a competição apresenta outra particularidade: todos os atletas receberão a medalha de participação, e os cinco primeiros receberão troféus e uma porcentagem do seu peso corporal em vinho. Os três atletas ou equipes mais bem caracterizados, com o tema Uva e Vinho, receberão cestas com produtos coloniais.

Dotado de substâncias antioxidantes, o vinho é capaz de auxiliar na recuperação pós-prova. Os benefícios da bebida para a saúde estão relacionados com os polifenóis presentes nas sementes e na casca das uvas. O consumo moderado de vinho está associado ao bem-estar e à longevidade.

Detalhes sobre a competição e demais informações podem ser encontradas no site: www.maratonadovinho.com.br. A organização da Maratona do Vinho é da Lavandosky Promoções, e a Prefeitura de Garibaldi, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, apoia o evento.

Maratona 2

Maratona 3

Aprovados no Sisu já podem se inscrever na faculdade de sua preferência

Inscrições vão até o dia 4 de fevereiro    

Os estudantes classificados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 têm até o dia 4 de fevereiro para enviar às instituições de ensino a documentação necessária para se matricular no curso para o qual foram aprovados.

O período de matrículas começou nesta quarta-feira (29), um dia após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter liberado a divulgação do resultado do Sisu, que chegou a ser temporariamente suspensa devido às queixas de estudantes que alegavam ter sido prejudicados por problemas na atribuição de notas.

Na semana passada, o próprio Ministério da Educação reconheceu que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil estudantes que participaram do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Foram classificados os estudantes mais bem posicionados, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. As vagas são distribuídas de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) e de políticas de ações afirmativas, que podem variar de instituição de ensino para instituição.

Lista de espera

O prazo para os estudantes se inscreverem na lista de espera das instituições de ensino também começa hoje (29) e termina no dia 4 de fevereiro. Parte dos candidatos à espera de vagas deverá ser convocada a partir de 7 de fevereiro até 30 de abril.

Só pode participar da lista de espera quem não foi selecionado em nenhuma das duas opções de cursos escolhidas no momento da inscrição. O candidato selecionado em primeira ou segunda opção, independentemente de efetuar sua matrícula, não poderá manifestar interesse em participar da lista de espera.

Para participar dessa segunda chance, o candidato que não foi selecionado para nenhuma de suas duas opções deve acessar o seu boletim Sisu e manifestar o interesse no prazo especificado no cronograma. É importante que o candidato acompanhe junto à instituição da vaga escolhida, a lista de espera e as convocações para matrícula.

resultado do Sisu, educação. MEC

resultado do Sisu, educação. MEC

Praça CEU registrou aumento de 79,3% de alunos em suas oficinas em 2019

Em 2019 a Praça CEU registrou um aumento no número de oficinas ofertadas, totalizando 269 alunos, 79,3% em relação a 2018.  Por um período de 10 meses, foram ofertadas oficinas como Dança Urbana, Ginástica para a 3ª Idade, Artesanato em Madeira, Violão Básico, Desenho Artístico, Canto Coral, Artesanato Sustentável, Crochê e Amigurumi, Biodança, Judô, Hapkidô, Capoeira e Meditação.

A terceira Idade foi o público com a maior demanda, beneficiando-se de cursos como Informática (em parceria com a ACESSUAS), Ginástica e de trabalhos manuais como Crochê e Amigurumi e Artesanato Sustentável, totalizando 110 alunos. Igualmente, as oficinas tiveram alunos de Inclusão visando à igualdade de oportunidades e a valorização das diferenças humanas.

De acordo com a coordenadora, Patrícia Da Rold “no nosso quadro de alunos temos dois alunos com necessidades especiais que frequentaram as oficinas em 2019. O convívio com os outros alunos foi essencial para o desenvolvimento da aprendizagem de todos já que o nosso objetivo era incluí-los no núcleo artístico e esportivo. Muitos alunos vêm por indicação psicológica, pois auxilia em questões como hiperatividade ou fobia social”.

Outro fator importante a ser mencionado é a procura de vagas de alunos das três esferas da Educação: municipal, estadual e privado.  “Isso reflete uma caminhada de trabalho de qualidade, de seriedade e de respeito à proposta de oferecer cursos no contraturno, e do mesmo modo, de ampliar e ouvir a demanda das pessoas. Nesse sentido, tivemos uma procura de professores voluntários que trouxeram os cursos de Capoeira, Hapkidô e Biodança. Isso enriqueceu o nosso quadro de opções, além de integrar cada vez mais a Praça CEU junto à comunidade como um pólo difusor de cultura e esportes”, ressalta a coordenadora.

A Biblioteca da Praça CEU – Estação Cidadania também teve um acréscimo em seu acervo que soma 3.200 livros, 250 usuários inscritos e 1330 empréstimos, ao longo de 2019.

Além de seu caráter cultural, sua estrutura abriga o CRAS I, e, no seu entorno, integra juntamente a ESF Ouro Verde, CEACRI Balão Mágico (localizado no bairro Aparecida), Conselho Tutelar e escolas municipais. “Isso forma uma rede que promove um maior acompanhamento das crianças e jovens com a troca de informações, visando à diminuição da evasão escolar e o risco de envolvimento com drogas e a criminalidade”, destaca o Secretário de Cultura, Evandro Soares.

Palco de Eventos e Praça CEU na Cartografia dos Palcos

Em agosto a Praça CEU recebeu a visita técnica do Projeto Cartografia dos Palcos – Mapeamento dos Equipamentos Culturais do Rio Grande do Sul. Com financiamento do edital Pró-Cultura, da Sedac, a plataforma está online e a Praça CEU figura entre as opções que pode sediar atrações artísticas e culturais. A plataforma online se constitui como uma ferramenta de trabalho, pesquisa e articulação à disposição da comunidade artística do RS, da mesma maneira que é um espaço que fomenta e incentiva as políticas públicas para a sua conservação, ampliação e melhorias. A plataforma pode ser acessada por meio deste link: https://cartografiadospalcos.com.br/.

Para o Secretário “o equipamento cultural Praça CEU expressa uma pluralidade de usos e é uma realidade conquistada, pois diz diretamente à cidadania. É um direito social, garantido por lei, ter uma vida cultural. A Praça CEU ampliou o acesso a difusão e fruição dos bens e serviços da área juntamente com o esporte e assistência social. E isso se nota nos incentivos à leitura, sessões de cinema, eventos de Hip Hop, na valorização do aluno da 3ª Idade. E a inserção neste projeto, Cartografia dos Palcos, nos coloca no roteiro de opções de locais para sediar eventos, bem como, no âmbito estadual, quanto no nacional, formando um mapa de locais que melhor atendem os requisitos apresentado pelo projeto”.

O local ainda abrigou eventos do Dia da Mulher, Dia das Mães, Eu amo bicho, Avaliações de Saúde Bucal, sessões de cinema como o Cine Debate, Curso de Primeiros Socorros, Visita e apresentações das Oficinas no Lar do Ancião, Campanha do Agasalho (Gabinete da Primeira-dama), evento de Hip Hop Bah Tchê Tri! e a quarta edição do projeto contemplado pelo Fundo Municipal de Cultura “Do livro ao rap”.

A Praça CEU

A Praça CEU – Estação Cidadania de Bento Gonçalves está se tornando cada vez mais uma referência no quesito difusor de Cultura, Esportes, Serviços Socioasistenciais e Inclusão Digital. Localizada na Rua Calisto Orestes Sganzerla, no bairro Ouro Verde, o espaço conta com uma estrutura com quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, academia ao ar livre, pista de skate, mini palco de apresentações, biblioteca, telecentro comunitário, salas multiuso e um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS I).

Em 2019, a Praça CEU contou com uma reforma onde foram trocadas telhas, calhas, conservação do gesso, pintura e embelezamento do jardim e da grama, ação conjunta entre as Secretarias de Meio Ambiente e de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana que proporcionaram mais segurança ao local. O plantio de árvores, ação esta que integra o projeto Contantes que foi contemplado pelo Fundo Municipal de Cultura, tornou o espaço ainda mais aconchegante para que amigos e famílias pudessem desfrutar da estrutura.

Fotos: Divulgação/Praça CEU – Estação Cidadania

praça ceu 2

praça ceu 3

Produção de móveis do RS registra alta de 1,7% no acumulado do ano

Resultado gaúcho de janeiro a novembro foi superior ao registrado na indústria nacional no mesmo período

 

O relatório ‘Conjuntura e comércio externo do setor de móveis no Brasil,’ com dados de novembro e dezembro, encomendado pela Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs) e produzido pelo IEMI – Inteligência de Mercado, demonstra que no acumulado de 2019, comparado com o mesmo período do ano anterior, a produção industrial no Rio Grande do Sul cresceu 1,7%, resultado superior ao registrado na indústria nacional.

O acumulado dos últimos 12 meses, segue a mesma tendência, com a indústria gaúcha registrando alta de 1,5%, enquanto a indústria nacional vem apresentando retração no mesmo período, de acordo com números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em se tratando especificamente da produção de móveis no Estado, o mês de novembro, registrou 8,3 milhões de peças, recuo de 6,3% em relação ao mês anterior.

Exportações

As exportações também registraram queda em dezembro, recuo de 18,0%, totalizando US$ 15,6 milhões.  Os três estados da região Sul: Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, juntos, foram responsáveis por 85,0% dos valores exportados no período, seguidos pelo estado de São Paulo com 11,0%.

No ranking dos países de destino das exportações de móveis do Rio Grande do Sul, o Uruguai aparece em primeiro lugar, com 17,5%; seguido pelos Estados Unidos, com 16,1%; e Reino Unido, com 14,4%. Destaca-se também o crescimento de 243,9% do México em relação ao mês anterior.

Consumo aparente

No item consumo aparente de móveis, apenas no Rio Grande do Sul, o volume foi de 7,4 milhões de peças em novembro, queda de 8,3% em relação ao consumo que foi registrado no mês anterior. Na variação dos últimos 12 meses houve queda de 2,5%.

Produção gaúcha