Trabalho de comunicação com imigrantes haitianos já tem resultados positivos

O trabalho iniciado há 30 dias, na Secretaria Municipal de Saúde tem resultados positivos tanto para os imigrantes haitianos, quanto para os profissionais da saúde do Município. O Haitiano, Jonel Pierre está atuando com o objetivo de estreitar a comunicação e buscar a interlocução entre os serviços oferecidos pela Prefeitura e a comunidade haitiana.

“Nossa maior dificuldade era na comunicação. Muitas vezes não conseguíamos fazer o tratamento mais adequado devido a esta barreira. Agora conseguimos localizar os pacientes, trazer para dentro da Unidade, entendermos mais sobre a cultura deles, além de interligarmos os serviços que oferecemos, através da Prefeitura”, ressalta o secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira.

Atualmente Bento conta com cerca de mil haitianos, sendo que 700 estão inscritos no Cadastro Único.

“É um trabalho bem legal, que o povo haitiano gosta muito. Antes eles tinham muita dificuldade de comunicação nas Unidades de Saúde, então eu ajudo no entendimento com os enfermeiros, nas consultas médicas, na utilização dos medicamentos”, explica Jonel Pierre.

A médica da Estratégia da Saúde da Família no bairro Tancredo Neves/ Conceição, Jéssica Maria Cionek destaca a importância do trabalho realizado por Pierre. “Tem sido fundamental porque antes era muita dificuldade de comunicação. Temos as gestantes, crianças e agora os idosos que precisam muito da nossa atenção”.

haitiano

Festival O Rio Grande Canta o Cooperativismo 2019 está com inscrições abertas

Artistas podem inscrever suas obras musicais até 30 de setembro

Cooperativas por um trabalho digno. Este é o tema do 12° Festival O Rio Grande Canta o Cooperativismo, maior festival de música cooperativista do Brasil, promovido pelo Sescoop/RS. E os artistas interessados em participarem da edição deste ano podem inscrever suas obras musicais até o dia 30 de setembro.

Neste ano, o Festival será realizado em duas etapas (classificatória e final), no Parque do Chimarrão, acesso Imperatriz Dona Leopoldina, 2294-2586, em Venâncio Aires.

Etapa Classificatória: Dia 22 de novembro de 2019 – 14h às 21h

Etapa Final – Dia 23 de novembro de 2019 – 21h às 24h

Novo formato do Festival

A partir de 2016, o Festival O Rio Grande Canta o Cooperativismo passou a integrar o Programa de Educação e Cultura Cooperativista, que realiza atividades e palestras de educação cooperativista para grupos de lideranças, crianças, jovens e mulheres.

Com objetivo de integrar dirigentes, associados, colaboradores, familiares e comunidade, conforme os objetivos do Programa de Educação e Cultura Cooperativista, o Festival visa promover os princípios e valores do cooperativismo para crianças, jovens, mulheres e comunidade, através da música. Trata-se de um espaço que proporciona aos artistas cooperativistas do RS uma maior integração e troca de experiências entre os músicos e poetas.

A comissão avaliadora irá selecionar 20 obras para serem apresentadas na etapa classificatória do Festival, que serão divulgadas no site www.sescooprs.coop.br, no dia 21 de outubro de 2019. Dentre essas, ao menos uma obra musical deverá ser de autor ou autores associados numa cooperativa, ou empregados de cooperativa, estabelecida na cidade sede do evento (Venâncio Aires), com o objetivo de estimular a participação da comunidade no Programa de Educação e Cultura Cooperativista.

As inscrições devem ser remetidas para o Sescoop/RS – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul, na Rua Félix da Cunha, n° 12, Bairro Floresta, Porto Alegre/RS, CEP: 90570-000. Observe o prazo final de inscrições, até 30 de setembro!

Julgamento e Premiação

Além dos valores previstos no artigo 25 do regulamento, o 12º Festival o Rio Grande Canta o Cooperativismo oferecerá às dez obras classificadas para a final, a título de premiação, os seguintes valores:

1º LUGAR R$ 8.000,00 e troféu;

2º LUGAR R$ 7.500,00 e troféu;

3º LUGAR R$ 7.000,00 e troféu;

4º LUGAR R$ 6.500,00 e troféu;

5º LUGAR R$ 6.000,00 e troféu;

6º LUGAR R$ 5.500.00 e troféu;

7º LUGAR R$ 5.000,00 e troféu;

8º LUGAR R$ 4.500,00 e troféu;

9º LUGAR R$ 4.250,00 e troféu;

10º LUGAR R$ 4.000,00 e troféu;

Na etapa final, o público presente escolherá, através de votação em cédula fornecida pelo Sescoop/RS no início do evento, a “Música Mais Popular do Festival”. Esta música receberá a título de premiação o valor de R$ 2.000,00.

festival de música

Oral Unic Implantes inaugurou nesta terça-feira unidade em Bento Gonçalves

Na noite desta terça- feira (10) foi inaugurada a Oral Unic Implantes unidade Bento Gonçalves, na Rua Xingu, 235, bairro São Bento, com a presença de familiares e amigos dos dentistas investidores. A clínica segue o conceito All-in-one, que concentra os exames e acompanhamentos necessários para o tratamento em um só lugar.
“A Oral unic implantes conta com as mais avançadas tecnologias que a odontologia dispõe, além de especialistas extremamente qualificados, oferecendo um atendimento humanizado, que trata o paciente de forma única e com muito respeito, transformando assim não somente o sorriso, mas a vida desses pacientes. Nosso objetivo é fomentar o turismo odontológico na região, trazendo uma estrutura moderna e diferenciada onde o paciente esqueça que está no dentista.” Afirmou o Dr. Guilherme Cidade Torres, diretor clínico e responsável técnico da unidade, cirurgião dentista e implantodontista.


Ao lado dele como sócios estão Dra. Bruna Portela – cirurgiã dentista, ortodontista e especialista em harmonização oro facial, Dr. Fernando Puhl – cirurgião dentista, implantodontista e protesista, Dr. Rafael Scholler – cirurgião dentista e implantodontista, Dr. Fernando Dalla Rosa – cirurgião dentista, implantodontista e ortodontista, Dr. Carlos Henrique Bordin Hessler – cirurgião dentista e periondontista, e a empresária Taís Lorencet Refosco Puhl.


A Franquia Premium Oral Unic Implantes foi fundada em junho de 2016 em Itajaí, conta com a melhor gestão no ramo, e está presente em mais 46 cidades além de Bento Gonçalves, espalhadas por 10 estados do Brasil – Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Goiás.

oral unick

oral unic

oral unic 2

Senac Bento Gonçalves oferta diversas opções de cursos técnicos EAD

O Senac Bento Gonçalves oferta 12 opções de cursos técnicos EAD, com matrículas imediatas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.ead.senac.br/polos/rs/bento-goncalves, até o dia 30 de setembro.

Comprometido em proporcionar a melhor experiência aos alunos, o Senac vai além das características comuns do setor, oferecendo o melhor ensino a distância do país. Entre seus diferenciais, está a ampla oferta em diversos níveis de ensino e áreas de conhecimento. Adequados às exigências do mundo profissional, os cursos técnicos do Senac EAD estão focados em proporcionar rápida inserção no mercado de trabalho, além de garantirem flexibilidade para que o aluno estude onde e quando quiser. Ao todo, são 58 polos espalhados pelas cidades do Rio Grande do Sul.

A metodologia de ensino a distância do Senac é centrada no aluno, enfatizando o desenvolvimento de competências valorizadas no mundo do trabalho, como organização, proatividade e responsabilidade, além de apresentar menor custo com deslocamento e a possibilidade de conciliar os estudos e a vida profissional. Os materiais didáticos estão disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem e são compostos por podcasts, vídeos, animações, simuladores, games, objetos de aprendizagem, e-books e recursos tecnológicos. Os recursos em mídias diversas estimulam diferentes formas de aprendizagem, que possibilitam ao aluno se envolver com conhecimentos abordados no curso e sentir a prática virtual em qualquer local e horário.

 Vagas disponíveis para cursos de diversas áreas. Confira:

Técnico em Administração
Técnico em Design de Interiores
Técnico em Guia de Turismo
Técnico em Informática
Técnico em Informática para Internet
Técnico em Logística
Técnico em Meio Ambiente
Técnico em Programação de Jogos Digitais
Técnico em Qualidade
Técnico em Recursos Humanos
Técnico em Segurança do Trabalho
Técnico em Transações Imobiliárias

Sobre a Fecomércio-RS

A Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul é uma entidade sindical, que atua no âmbito econômico, político e social em prol da constante qualificação e crescimento do setor terciário gaúcho. A Fecomércio-RS possui hoje 112 sindicatos filiados e representa mais de 580 mil empresas, geradoras de aproximadamente 1,6 milhão de empregos formais. Atualmente, o Sistema Fecomércio-RS reúne os braços operacionais dos setores de comércio e serviços, Sesc/RS e Senac-RS e conta também com o Instituto Fecomércio de Pesquisa (Ifep) e com o Centro do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RS (Ccergs). Mais informações pelo http://www.fecomercio-rs.org.br/.

Sobre o Senac-RS

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) é uma organização de educação profissional que tem o objetivo de colaborar na obra, difusão e aperfeiçoamento do ensino profissional no setor terciário da economia/comércio e serviços. Sua missão é “educar para o trabalho em atividades de comércio de bens, serviços e turismo”. Há 72 anos instalado no Rio Grande do Sul, o Senac-RS é administrado pela Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado (Fecomércio), entidade que conta com 112 sindicatos filiados, representando mais de 580 mil empresas. O Senac-RS já capacitou mais de 7 milhões de pessoas e possui 41 escolas de educação profissional, duas faculdades e 23 unidades de atendimento, somando mais de 60 pontos de atendimento no Rio Grande do Sul. Além disso, é a única instituição de educação do Brasil a ganhar o Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ). Em 2017, também conquistou o Prêmio Ibero-Americano da Qualidade e, em 2018, celebrou o reconhecimento Melhores em Gestão, concedido pelo PNQ.

?

?

Empreendedorismo por oportunidade predomina entre os gaúchos

Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) mostra o perfil dos empreendedores do RS

Abrir um negócio requer dedicação, perseverança e, principalmente, a reunião do máximo de informações sobre a área de atuação e gestão. Tudo indica que os gaúchos estão no caminho certo do empreendedorismo quando decidem seguir essa trajetória. A pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) conduzida pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) em parceria com o Sebrae RS mostra que é a oportunidade que predomina entre os gaúchos que optam pelo empreendedorismo. De acordo com os dados, em 2018, dois terços dos empreendedores iniciais afirmaram que foram motivados pela identificação de uma oportunidade no mercado. Isto indica que – para cada empreendedor por necessidade – há dois empreendedores por oportunidade, e, portanto, com maiores chances de sucesso.

No Rio Grande do Sul, 31,6% ou 2,4 milhões de pessoas empreendem, o que equivale a 4,5% do País. O percentual é superior ao da primeira edição da pesquisa, em 2016, que apontou que os empreendedores representavam 26% dos gaúchos e tinham uma participação de 4% no País. Em sua segunda edição, a GEM mostrou que, em 2018, a cada três gaúchos na faixa entre 18 e 64 anos, um estava envolvido com alguma atividade empreendedora, seja na criação de um novo negócio ou na manutenção de negócios já estabelecidos. Mais da metade dos empreendedores, 53%, atua em negócios estabelecidos. No Estado, a pesquisa em 2018 ouviu 2 mil adultos entre 18 e 64 anos e 17 especialistas.

O empreendedorismo está conquistando os gaúchos de todas as faixas etárias adultas e, praticamente, não existem diferenças nas três faixas que vão de 25 aos 54 anos, em torno de 35% são empreendedores. Nos grupos dos mais jovens (18 a 24 anos) e dos mais idosos (55 a 64 anos) encontram-se, aproximadamente, 25% de empreendedores. Embora com taxas menores, em números absolutos, essas duas faixas têm em torno de 620 mil indivíduos. As pessoas nas faixas dos 18 aos 34 anos apresentam uma intensidade no envolvimento com atividades empreendedoras em estágio inicial muito semelhante. Em 2018, 20,7% eram empreendedores iniciais na faixa de 18 a 24 anos e 19,3% daqueles com idade entre 25 e 34 anos. A partir dessa fase há uma diminuição progressiva na taxa, sendo 15,5% na faixa de 35 a 44 anos, 10,6% na de 45 a 54 anos e na faixa dos mais seniores, 6,8%.

A taxa de empreendedores estabelecidos é mais intensa na faixa de 45 a 54 anos (25,5%), e, em segundo lugar na faixa anterior (35 a 44 anos). As duas faixas de menor idade têm as menores taxas de empreendedores estabelecidos. Para se ter uma ideia, na faixa dos 18 aos 24 anos, é de 4,4% e de 25 a 34 anos apresenta uma taxa de 15,1%. Mas é nessas faixas que estão as duas taxas mais altas de empreendedorismo inicial no Rio Grande do Sul.

Escolaridade é decisiva para o empreendedorismo por oportunidade

A coordenadora da pesquisa no Sebrae RS, Andréia Grätsch do Nascimento, destaca que as diferenças do empreendedorismo segun­do a motivação se tornam mais reveladoras quando a escolaridade é considerada. Entre os que empreendem por oportunidade, 62,4% possuem ensino médio completo ou superior. “Esse empreendedor estuda o mercado, analisa a concorrência e tem mais elementos para aumentar as chances de sucesso”, complementa. Entre os que empreendem por necessidade, 65% não completaram o ensino médio, enquanto que esse percentual é de 37,5% para os que empreendem por oportunidade.

A pesquisa revela também que o empreendedorismo continua conquistando adeptos e que o número de empresários gaúchos deve manter a trajetória de crescimento. O estudo mostra que 25,8% da população adulta têm interesse em desenvolver-se como empreendedor, representando aproximadamente 2 milhões de gaúchos que vislumbram a possibilidade de empreender nos próximos três anos, independentemente de já possuírem, ou não, algum outro negócio. Esse sentimento é praticamente o mesmo encontrado no Brasil, em 2018, que foi de 26,2%.

Portrait Of Waitress Holding Credit Card Payment Terminal In Busy Bar Restaurant

Portrait Of Waitress Holding Credit Card Payment Terminal In Busy Bar Restaurant

 

CDL-BG amplia benefícios para associados em parceria com Sicredi

Os associados a Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves podem usufruir de um novo benefício oferecido pela entidade: o serviço ‘Correspondente Bancário Sicredi’, que permite o pagamento de boletos na própria sede da CDL-BG. Assim, contas de água, luz, telefone, internet e outras pendências bancárias poderão ser quitadas das 8h às 11h30 e entre 13h e 16h, de segunda a sexta-feira. As transações também possibilitam que títulos vencidos e de outras instituições bancárias sejam pagos (com limite máximo de pagamento sob consulta).

Essa nova facilidade é sinônimo de praticidade para os lojistas e agilidade na realização de atividades operacionais administrativas. “Trabalhamos para levar ao associado um conjunto de ferramentas capazes de contribuir com a gestão de seus negócios, colaborando para que os empreendedores possam ser cada vez mais eficientes e competitivos”, avalia o presidente Marcos Carbone.

Outro importante serviço que a CDL-BG disponibiliza em sua sede são as consultas ao SPC Brasil, permitindo que o lojista verifique o crédito do consumidor por meio de um banco de dados com mais de 2.200 entidades presentes em todas as capitais e nas principais cidades de todos os Estados. Dessa forma, consegue efetuar a concessão de crédito com mais segurança e tranquilidade, minimizando os riscos de inadimplência. Há, também na CDL-BG, a emissão do certificado digital, um dispositivo que garante proteção às transações comerciais e à troca de dados via internet, além de assegurar a autenticidade da assinatura de documentos.

Parceria mantém concessão de crédito

Além das novas opções implantadas pela CDL-BG, os associados são beneficiados de várias outras formas graças à parceria mantida com o Sicredi. O convênio com a instituição financeira garante descontos de cheques e títulos, aquisição de equipamentos de informática e máquinas, construção, reformas e aquisição de veículos com taxas reduzidas, além do programa ‘Compre Fácil’. A facilidade também se estende aos benefícios em condições negociais nas linhas de crédito – como o limite de giro capital de até R$ 100 mil e o investimento empresarial de até R$ 200 mil.

Os interessados em realizar as operações de crédito e conferir os serviços oferecidos pela entidade aos seus associados podem entrar em contato com a CDL-BG pelo fone (54) 3455-0555 ou se deslocar até a sede da entidade na Rua Mal. Deodoro, 139, segundo andar do Edifício Zanoni, no Centro de Bento Gonçalves.

Foto: Exata Comunicação, Alessandro Manzoni

CDL amplia benefícios

Setembro Amarelo: seminário sobre suicídio é nesta terça-feira

“Quando o sofrimento se transforma em doença” será o tema do 2º Seminário de Prevenção ao Suicídio realizado pela Prefeitura de Garibaldi, por meio das Secretarias Municipais da Saúde e Habitação, Trabalho e Assistência Social.

A palestra ocorrerá na Associação dos Motoristas de Garibaldi (AMG), nesta terça-feira, dia 10, em três momentos: o primeiro aconteceu às 9h, e os outros serão às 15h e 19h30. Durante o dia, a ação será direcionada às escolas (alunos e educadores) e profissionais da saúde (turno da tarde). À noite, toda a comunidade é convidada a participar, com entrada gratuita.

O palestrante será Abel Petter, psicólogo, membro da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas

em Suicídio (ABEPS) e técnico pericial.

UBSs

Para a participação dos profissionais da saúde no seminário, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) fecharão às 14h45 nesta terça-feira. A UBS de Marcorama não terá atividades.

Setembro Amarelo

Dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio e, desde 2015, a campanha Setembro Amarelo busca chamar a atenção da população brasileira sobre a causa.

O ato intencional de matar a si mesmo é um grave problema de saúde pública, que envolve fatores socioculturais, históricos, psicossociais e ambientais. Tanto o suicídio, quanto a ideação suicida são considerados violências autoprovocadas e devem ser notificadas e encaminhadas à saúde.

Seminário Suicídio - Setembro Amarelo

CPI das Fake News marca oitiva do vereador Moacir Camerini

Vereador investigado por suposta utilização da estrutura funcional da Câmara Municipal de Bento Gonçalves, para disseminar conteúdos falsos em redes sociais, será interrogado na quinta-feira, dia 12 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fakes News, protocolou a convocação do vereador Moacir Camerini (PDT), para oitiva na próxima quinta-feira, dia 12. O referido parlamentar, é investigado por suposta utilização da estrutura funcional da Câmara Municipal de Bento Gonçalves, para disseminar conteúdos falsos em redes sociais.

Conforme o documento protocolado pela Comissão, a oitiva está marcada para às 19h30, no plenário da Câmara, onde o vereador investigado poderá constituir advogado para acompanhar o ato e o processo.

Entenda o caso:

– A CPI das Fake News foi instaurada pela Resolução n° 267/2019,  para investigar a suposta utilização da estrutura funcional da Câmara Municipal de Bento Gonçalves, pelo vereador Moacir Camerini (PDT), para disseminar conteúdos falsos em redes sociais.

– O Requerimento nº 24/2019 que pediu a abertura da CPI, teve a subscrição de 14 vereadores.

– Em conformidade com o artigo nº 67 do Regimento Interno, a CPI das Fake News é composta pelos vereadores Jocelito Tonietto (PDT), Idasir dos Santos (MDB),Anderson Zanella (PSD), Gilmar Pessutto (PSDB), Volnei Christofoli (PP), Elvio de Lima (MDB), Marcos Barbosa (PRB) Gustavo Sperotto (DEM), Valdemir Marini (PTB), Sidinei da Silva (PPS).

– Após reunião entre os membros conforme Ata datada de 27 de maio de 2019, anexo ao processo, a presidência, vice-presidência e relatoria da CPI ficaram assim designadas: vereador Jocelito Tonietto (PDT) como presidente, o vereador Idasir dos Santos (MDB) como vice-presidente e o vereador Volnei Christofoli (PP) como relator.

Sobre as oitivas

Todas as Sessões da CPI foram transmitidas pela TV Câmara Bento por meio de suas redes sociais. Até o momento foram ouvidos três ex-assessores do vereador investigado, e a senhora Rogéria Policárpio:

– A primeira oitiva ocorreu dia 10 de junho, quando a comissão ouviu o ex-coordenador de gabinete do vereador, Dênis Alex de Oliveira.

– No dia 17 de junho, a comissão ouviu o ex-assessor Jorge Bronzatto Júnior.

– No dia 24 de junho, foi ouvido o ex-assessor Jorge Mattos.

– No dia 1º de julho, foi ouvida a senhora Rogéria Policárpio.

Atua na defesa do vereador Moacir Camerini, o advogado Vinícius Boniatti.

A CPI das Fake News, teve prorrogação aprovada em plenário por mais 60 dias para conclusão dos trabalhos.

cpi

CIC, Sindijoias e Mostra Guaporé têm novos presidentes

Edmilson Zortéa, Leo Fabris e Romeu Bressan estão incumbidos de comandar as entidades empresariais

A posse festiva dos novos presidentes e membros das diretorias da Associação Guaporé Pró-Eventos, Câmara da Indústria, Comércio, Agronegócios e Serviços (CIC) e Sindicato das Indústrias de Joalheria e Lapidação de Pedras Preciosas no Nordeste Gaúcho (Sindijoias) – três importantes entidades empresariais de Guaporé – marcou-se pela união, confraternização, chegadas e saídas. A atividade, realizada na noite de quinta-feira, dia 6 de setembro, nas dependências do Restaurante Central, contou com a participação de lideranças de entidades de classe empresarial e de serviços do Rio Grande do Sul (Fiergs, Federasul, Ajorsul, Senai, Sesi, Sebrae), autoridades dos Poderes Executivo e Legislativo, órgãos de segurança pública, representantes de entidades guaporenses (CDL e STR), associados, meios de comunicação e convidados.

Cerca de 150 pessoas acompanharam a posse do empresário Romeu Luiz Bressan como presidente da Associação Guaporé Pró-Eventos – entidade responsável pela realização da Mostra Guaporé, empresário Leo Clóvis Fabris como presidente do Sindijoias e do contador Edmílson Norberto Zortéa como presidente da CIC Guaporé. São eles, juntamente com suas diretorias, que vão ter a missão de fortalecer os setores econômicos, oportunizar aos associados mecanismos para a qualificação e desenvolvimento de seus negócios e colaboradores (cursos, palestras, oficinas, entre outros), bem como articular com os Poderes Constituídos e entidades empresariais do Estado projetos e propostas para que haja crescimento harmônico das categorias.

No evento, além das assinaturas dos termos de posse e da entrega das placas de agradecimento, os presidentes e o ex-presidente do Sindijoias, empresário Marcelo Chaves, pronunciaram-se mostrando a unidade que existe entre as três entidades.

Associação Pró Eventos

Bressan, que terá a missão de comandar a equipe para a realização da maior e mais charmosa feira de joias, lingeries e agricultura familiar do Sul do Brasil, salientou que era com alegria que assumia a presidência da entidade que planeja, organiza e executa a Mostra Guaporé, maior indutor de turismo de negócios do município. O empresário, que há anos está colaborando com o evento, agradeceu o empenho das entidades que fazem parte da Mostra Guaporé: Associação Guaporense de Automobilismo (AGA), CIC, Lions Clube e Moto Clube Mosca Verde.

“Planejar a Mostra Guaporé é sempre um desafio para as lideranças que, voluntariamente, se dedicam a pensar e construir este grande projeto. Aos amigos e companheiros da nova diretoria, que sejamos, nas pequenas e grandes tarefas da entidade, dignos da confiança de que somos depositários; dedicados na execução das tarefas que vêm pela frente; humildes na aceitação da crítica justa; corajosos na defesa de nossos princípios. Que tenhamos a capacidade, coragem e lucidez para fazer sempre o melhor”, destacou Bressan que ainda afirmou ter o maior carinho, admiração e respeito pelos expositores, patrocinadores e comunidade guaporense que apostam na realização anual da feira.

CIC Guaporé

Ex-presidente da Mostra Guaporé, Zortéa assume a CIC que tem como missão ser o agente articulador do desenvolvimento econômico, tecnológico e humano das empresas associadas, através da proliferação de métodos modernos de gestão, integrando-as às demais forças da comunidade para o desenvolvimento socioeconômico do município e região. Em seu pronunciamento, além de agradecer a todos que contribuíram para o sucesso da feira ao longo da gestão 2016/2019, Zortéa disse sentir-se honrado e privilegiado por ter sido o nome de confiança do empresariado guaporense para assumir a presidência da CIC, e envaidecido e prestigiado por aqueles que convidou para caminhar ao seu lado nesta gestão.

“Tenho consciência, que estou assumindo a entidade em um momento diferenciado em que o país passa por profundas transformações políticas e econômicas, através das quais, nosso Brasil, necessita urgentemente se reinventar e criar novos caminhos que coloquem num patamar de desenvolvimento. Nesse cenário, é fundamental que a entidade saiba se posicionar e cumprir com discernimento e serenidade o seu

papel, resguardando as necessidades e os anseios da classe empresarial. Tal postura somente é possível a partir da participação de todos: diretoria e associados”, afirmou.

A CIC Guaporé conta com aproximadamente 170 associados.

Sindijoias

Com mais de 145 associados de Guaporé, Bento Gonçalves, Santa Cruz do Sul, Veranópolis, Cotiporã e Caxias do Sul, o Sindijoias tem como novo presidente o empresário Leo Fabris. Ex-presidente da CIC, Fabris conduzirá sua décima entidade e agradeceu a confiança depositada por todos, em especial aqueles que aceitaram o desafio para os próximos três anos.

“Quando se fala em Sindijoias, muitas pessoas devem pensar em dissídio coletivo. Mas a entidade não é só isso. O Sindijoias tem um papel importante dentro da Fiergs, Sesi, Senai, Sebrae no que refere-se a defesa dos interesses da classe empresarial, seja através da modificação de leis, principalmente no que tange aos insumos de nossa produção”, destacou.

O Sindijoias, conforme destacou Fabris, está muito próximo das empresas do setor, promovendo o intercâmbio de tecnologias (através de cursos, palestras, seminários, concursos e missões tecnológicas), de divulgação e promoção das indústrias e de representatividade junto às outras entidades do setor, aos governos municipais e estadual e outras entidades.

Autoridades

Na posse festiva, pronunciaram-se, além dos presidentes e do ex-presidente do Sindijoias, o representante da CIC Serra, empresário Sérgio Massolini, diretor da Federasul, empresário Paulo Geremia, o presidente da Câmara de Vereadores Jairo Zanatta e o prefeito Valdir Fabris, que destacou a importância das entidades e das pessoas, que de forma voluntária deixam de pensar em seus próprios negócios, para investir no nosso melhor empreendimento: Guaporé.

“Homens e mulheres que querem prosperar junto com o lugar onde nasceram, a cidade que moram e o lugar que escolheram para criar raízes, formar família e onde nutrem seus laços de afeto e amor por uma terra tão linda, hospitaleira e acolhedora. Entidades fundamentais na promoção do turismo, do avanço tecnológico e humano, da união de talentos, geração

de produtos de excelência, fortalecimento dos setores de indústria, serviços, negócios. Articuladores e defensores de Guaporé dentro e fora de nosso município”.

Fabris desejou a Bressan, Leo e Zortéa sucesso na nova empreitada e que possam conduzir com maestria os rumos da Mostra Guaporé, Sindijoias e CIC, respectivamente.

“Desejo ao Edmilson, ao Leo e ao Romeu mares mansos e farta pescaria, e também algumas tempestades, pois são os desafios que fazem os bons marinheiros! Saibam que do porto hoje, partimos todos nós para grandes momentos, tendo sempre junto de cada um de vocês toda a estrutura do Poder Público Municipal, navegando ao lado de todas as pessoas que formam nossas maiúsculas entidades, em qualquer tempo! Parabéns e principalmente obrigado! Grandes homens escrevem grandes histórias! Contem sempre conosco”.

A solenidade de posse festiva encerrou-se em clima de confraternização com um delicioso jantar preparado com exclusividade e farta gastronomia pela qualificada equipe de profissionais do Restaurante Central.

mostra guaporé

Museu do Imigrante sedia a mostra “Nas ondas do Rádio”

O Museu do Imigrante inaugurou nesta segunda-feira, dia 9, a exposição “Nas Ondas do Rádio” que é composta por peças da coleção de aparelhos da instituição, datadas das décadas de 1950 e 1960. A mostra também terá um espaço que contará experiências de física relacionadas às ondas eletromagnéticas responsáveis pela transmissão do sinal radiofônico que serão organizadas pelos estudantes da UERGS, participantes do grupo Despertando a Vocação para Engenharia e Tecnologias.

 

Estabelecendo um diálogo entre os diferentes aspectos sociais relacionados à história do rádio no Brasil, o aparelho acompanha o cotidiano de milhões pessoas, que por meio dele se noticia, leva-se música, transmite-se esportes ao vivo, serviço e divertimento. Nenhum outro meio integra pessoas e comunidades longe dos grandes centros, sem acesso a outros meios de comunicação como o rádio.

 

De acordo com a museóloga Deise Formolo, “a exposição optou em conectar a história social do rádio com a história de seu funcionamento para dar espaço a característica interdisciplinar presentes nas ações do Museu, vamos trabalhar um pouco da história da cidade através da história do rádio”

 

A exposição Nas Ondas do Rádio é realizada pela Fundação Casa das Artes por meio do Museu do Imigrante e Associação Amigos Museu do Imigrante e conta com o apoio da UERGS por meio do grupo Despertando a Vocação para Engenharia e Tecnologias.

 

Serviço

O que: Exposição “Nas Ondas do Rádio”

Período de visitação: 09 a 30 de setembro de 2019

Horários de visitação: de terça-feira a sábado, das 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Local: Museu do Imigrante

banner_site_noticia_radio