Cinesesc: Sessões de cinema gratuitas em Bento Gonçalves

O CineSesc Bento Gonçalves traz um catálogo de produções alternativas na programação do mês de abril, em sessões gratuitas. A programação começa dia quatro, com o filme “Jornada ao Oeste”, segue no dia 11, com “Onde fica a casa do meu amigo?”. No dia 18, será exibido o filme “Viver é fácil com os olhos fechados” e no dia 25, “Trono manchado de sangue”. Após a exibição será realizado um bate-papo sobre questões apontadas nas tramas. As sessões iniciam às 20h, nas terças-feiras de abril, no Sesc Bento Gonçalves.

4220020411 de abril 

Onde fica a casa do meu amigo?
Origem: Irã O jovem garoto Ahmad, ao fazer seu dever de casa, percebe que pegou o caderno de seu amigo por engano. Sabendo que o professor exige que as tarefas sejam feitas no caderno, escapa dos olhos de sua mãe, e parte em busca de seu amigo. 83 minutos, livre

 

127200077SZ18 de abril

Viver é fácil com os olhos fechados
Origem: Espanha Em plena década de 60, Antonio (Javier Cámara), um modesto professor de inglês, é fã incondicional dos Beatles e sonha em conhecer seu ídolo, John Lennon. Para encontrar o seu “herói”, o professor viaja até Almeria e no meio do caminho esbarra com dois jovens. O encontro faz a vida de cada um tomar rumos imprevisíveis. 107 minutos, 14 anos

DVD-Trono-Manchado-de-Sangue-Kumonosu-jo-–-Edicao-Definitiva-379211325 de abril

Trono manchado de sangue

Origem: Japão Yoshiteru Miki (Akira Kubo) e Taketori Washizu (Toshirô Mifune) são os comandantes do primeiro e do segundo castelo de um reino local, cuja sede fica no Castelo das Teias de Aranha. Após defenderem seu senhor em batalha, eles estão retornando para casa quando encontram um espírito que prediz o futuro de ambos. 110 minutos, 14 anos

Edzul na Rua Coberta

16729010_1322159307844191_8163068111520831542_nA banda Edzul vai reunir amigos e convidados para juntos assistirem a projeção em telão do DVD Edzul Dream 35 Anos – Um sonho nunca morre! Chop artesanal e food trucks no local para acompanhar e músicos batendo um papo e autografando a obra que reúne, além do DVD, um CD e um fotobook promocional, contando em imagens os 35 anos da banda. O evento ocorre no próximo dia 12 de abril, às 19h30min, na Rua Coberta.

Mostra bento-gonçalvense de Dança ocorre no fim do mês de abril

dancaA Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Casa das Artes, em parceria com o L’América Shopping e o Sesc, realizam o evento “Mostra Bento-gonçalvense de Dança” entre os dias 28 e 30 de abril.  O evento nasce como comemoração a data 29 de abril, Dia Internacional da Dança.  Serão mostras dos talentos locais e  dois espetáculos da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre no dia 27 de abril, intitulados “Scanner e Humano Vazio”. O evento também realiza ação solidária, arrecadando quilos de rações para cães e gatos, que serão destinados à associação Todos por um Focinho de Bento Gonçalves.  Poderão participar do projeto bailarinos, escolas e grupos de dança da cidade. As inscrições das coreografias poderão ser feitas até 21 de abril, através do preenchimento da ficha de inscrição das coreografias e enviadas para o e-mail cristian.bernich@bentogoncalves.rs.gov.br.

Dia Internacional da Dança

A data foi criada em 1982 pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO, em comemoração ao dia de nascimento de Jean-Georges Noverre (1727 – 1810), considerado um dos primeiros contribuidores da dança.

 17388903_1394368943916655_6021268485044149887_oProgramação

 27/04

Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, espetáculo “Scanner e Humano Vazio”

Horário: 20h

Local: Anfiteatro Ivo da Rold, Casa das Artes

Ingresso: Escolas e Studios de Dança de Bento Gonçalves ou na Fundação Casa das Artes

Valor: R$ 20

28/04

Apresentações de danças

Horário: 19h

Local: Shopping L’América

Evento gratuito

 29/04

Oficinas de Dança

Horário: 10h às 17h

Local: Casa das Artes

30/04

Apresentações de danças

Horário: 19h

Local: Anfiteatro Ivo da Rold, Casa das Artes

Ingresso: R$ 10

Foto: Cintia Bracht/ Divulgação

Garibaldi celebrou Domingo de Ramos. Veja a programação da Semana Santa no município

A Paróquia São Pedro de Garibaldi acolheu os fiéis que participaram de procissão neste Domingo de Ramos. O  ponto de partida foi a Praça das Rosas, dirigindo-se à Igreja Matriz São Pedro. Há mais de 1200 anos a Igreja Católica inicia com este  gesto a Semana Santa. Encenação, preparada pelo Movimento de Emaús, trouxe um personagem representando Jesus, montado num jumentinho, acompanhado dos apóstolos e do povo, com base na narrativa do Evangelho (Mc 11,1).

igreja garibaldi 2Em todas as noites da Semana Santa, haverá Celebração na Igreja Matriz, iniciando às 19h em Garibaldi. Conforme o Pároco, Frei Jadir Segala, ”Para nossa Paróquia este é um dos momentos de Evangelização mais importantes do ano”. Segala explica também: “Devido ao restauro da Igreja Matriz que está em andamento em nossa comunidade, neste ano, em caso de más condições climáticas, faremos as encenações e celebração da Paixão de Cristo (Sexta-feira Santa) e da Ressurreição (Sábado Santo) no Ginásio Municipal de Esportes”.

A programação conta com apoio do Movimento de Cursilhos da Cristandade, Projeto Crescer e Municipio de Garibaldi.

Mais informações podem ser acompanhadas no site www.paroquiasaopedrogaribaldi.com.br, Fan Page @emausgaribaldi ou pelo fone (54) 3462-1153.

Confira a Programação da Semana Santa 2017:
Paróquia São Pedro de Garibaldi – Igreja Matriz São Pedro
“Comunidade acolhedora e missionária a serviço da vida”.

10 de abril, segunda-feira
Noite da Criança
19h – Igreja Matriz São Pedro

11 de abril, terça-feira
Noite da Juventude
19h – Igreja Matriz São Pedro

12 de abril, quarta-feira
Noite Penitencial
19h – Igreja Matriz São Pedro

igreja garibaldi13 de abril, quinta-feira
Celebração de Unção aos Doentes e Idosos
15h – Igreja Matriz São Pedro

Lava Pés e Santa Ceia com a Instituição da Eucaristia
19h – Igreja Matriz São Pedro

14 de abril, sexta-feira
Via Sacra da OFS
8h30min – Igreja Matriz São Pedro

Celebração da Macela
9h – Igreja Matriz São Pedro

Celebração da Paixão e Morte de Cristo
16h30min – Celebração na Praça da Igreja Matriz, com procissão à Ermida Nossa Senhora de Fátima

Em caso de mau tempo, será transferido para o Ginásio Municipal de Esportes.

15 de abril, sábado
Ressurreição de Cristo
19h – Praça da Igreja Matriz

Em caso de mau tempo, será transferido para o Ginásio Municipal de Esportes.

16 de abril, domingo
Celebrações de Páscoa
9h e 18h – Igreja Matriz São Pedro
12h – Benção dos Freis pelas Rádios Garibaldi AM e Mais Nova 88Fm

Na Semana Santa, de terça a sexta-feira haverá confissões na Igreja Matriz durante todo dia.

Fotos: Daniela Radavelli

Dupla Maiara e Maraisa fará show na ExpoBento 2017

 

ShowA dupla sertaneja feminina fará show em Bento Gonçalves, no Dia dos Namorados, 12 de junho, na ExpoBento 2017, que acontece na Fundaparque.  Maiara e Maraisa tem 2 milhões de inscritos no Youtube e vídeos com mais de 1 milhão de visualizações. A programação artística da feira promete, ainda, atrações para os fãs de outros gêneros musicais, com apresentações na Praça Central, além da valorização do talento de artistas locais e regionais diariamente contemplada no período da feira. Projetos especiais como o ‘Salão Fenavinho’, o ‘Quer Casar Comigo?’ e o ‘Buona Forechetta’ complementam o rol de novidades elencadas para esta edição.  A ExpoBento chega a sua 27ª edição neste ano, ocorrendo entre os dias 8 e 18 de junho.

Aurora Reserva Merlot recebe medalha Grande Ouro no Mundial de Bruxelas Edição Brasil

aurora4O vinho Aurora Reserva Merlot 2015 é premiado com a medalha Grande Ouro na 15ª Edição Brasil do Concurso Mundial de Bruxelas, realizada na última quinta-feira, dia 6,  em Bento Gonçalves, no Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos. A competição nacional é uma realização da Market Press e Revista Vinho Magazine com o Concurso mundial de Bruxelas. A edição Brasil avalia, com os mesmos critérios dos certames internacionais da marca, vinhos e destilados de todas as regiões produtoras do Brasil. A cerimônia contou com a presença de Bandouil Havaux, presidente mundial do Concurso Mundial de Bruxelas, que acompanhou todas as provas no Brasil.

A medalha Grande Ouro para o Aurora Reserva Merlot chega na mesma semana em que o vinho recebeu a atenção de expectadores por ter sido o tinto da grande prova coletiva do MasterChef Brasil, realizada na Serra Gaúcha e gravada nos vinhedos da Aurora em Pinto Bandeira.

 

Vencedores da distinção troféu Mérito Lojista, da CDL/BG

 Premiados CDL 2017A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Bento Gonçalves distinguiu profissionais do varejo do município que em 2016 se destacaram no cenário de empreendedorismo local, com o  troféu Mérito Lojista, entregue na noite da última quinta-feira (6) em evento que reuniu mais de 300 pessoas no Grande Hotel Dall Onder.  Receberam o troféu as empresas Cristo Rei Materiais Elétricos e Grepar, empatadas na categoria Comércio; Lancheria Portuguesa, em Serviços; e Fábio Brandalise, da Atitudes Esportes, como Jovem Empreendedor. A solenidade também foi marcada pela outorga do título Mérito Lojista Personalidade ao empresário Moysés Michelon, que há 50 anos presidiu a primeira edição da Festa Nacional do Vinho (Fenavinho).

Foto/ Jeferson Soldi.

 

 

50 anos do Clube Caça e Pesca Santo Huberto comemorados em festa com atrações musicais

md_8nsjopMuitas atrações estão sendo preparadas para a comemoração dos 50 anos do Clube Caça e Pesca Santo Huberto, no próximo dia 8 de abril, a partir das 18 horas, na sede da entidade. É uma festa para a família toda, com shows, djs, food trucks, e espaço kids. A Escola Mancha Verde, campeã do Carnaval de Caxias do Sul de 2016, se apresenta a partir das 20 horas entre o Ginásio de Esportes e a sede social. A banda gaúcha Papas da Língua dá continuidade ao embalo, a partir da 21h30min, em apresentação no ginásio.

A partir das 23 horas, a Banda Aeroporto anima baile na sede social do complexo. No subsolo da sede, um espaço mais tranquilo, para repor as energias e saborear sushis e drinks. A cervejaria Sud Brau e os vinhos e espumantes da Vinícola Dom Candido serão os responsáveis pelo fornecimento das bebidas

. No quiosque social, crianças de 3 a 12 anos poderão brincar sob os cuidados de recreacionistas, enquanto os responsáveis prestigiam os shows. O valor é de R$ 10,00 com direito a lanchinho.

Ingressos: à venda na secretaria do Clube, nas lojas da Vizia Óptica de Bento e no Katsu Sócios – R$ 30,00 |Não sócios – R$ 50,00

O ingresso dá acesso aos shows. Comidas e bebidas são à parte. Será entregue uma taça alusiva ao evento. Os sócios só poderão retirar os ingressos na Secretaria do Clube.

Esgoto de Bento Gonçalves continua sem tratamento por atraso em obras da Corsan

Reportagem: Natália Zucchi
Edição: Kátia Bortolini

Bento Gonçalves ainda não possui um metro cúbico de esgoto tratado pela Corsan, mesmo com recursos na ordem dos 80 milhões destinados pelo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) ao município para esta finalidade. A cidade já deveria ter dois terços de esgoto tratado ainda em 2014, ano da Copa do Mundo no Brasil, por ter sido candidata a sub-sediar alguma seleção. A Corsan, responsável pelo abastecimento de água em Bento Gonçalves, em março de 2010 renovou o contrato com o município por mais 25 anos. Na ocasião, o Plano Municipal de Saneamento (PMSA) foi transformado em lei, elaborado na metade de 2009. O PMSA, que traça metas para a coleta e tratamento de esgoto, previa que até o final de 2011 o serviço de veria atingir 20% das residências do município.burati

Para o final de 2013, o plano previa a implantação de 70% dos seis lotes das redes coletoras para a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) do Barracão, beneficiando os bairros Santa Helena, Santa Marta, Fátima, Santo Antão e Barracão. Atualmente, as três redes coletoras que estavam sendo implantadas estão paradas, dois lotes não iniciaram as obras e o sexto lote até então não foi licitado. Desde 2007, os usuários dos serviços de água e esgoto têm uma série de direitos assegurados pela Lei do Saneamento Básico (Lei Federal nº 11.445/2007). Essa lei determina que a empresa concessionária do serviço de abastecimento de água também deve tratar o esgoto.

Obras da ETE do Barracão paradas desde a metade do ano passado

A implantação da ETE do Barracão foi iniciada em setembro de 2011 e interrompida pela primeira vez em dezembro de 2012, por causa da possibilidade de existência de um sítio arqueológico no local. As obras foram retomadas em abril de 2014, sem ter sido encontrado qualquer vestígio de sítio pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Novos problemas, decorrentes do nivelamento do terreno, interromperam os serviços até agosto de 2015.

Na metade de 2016, pela terceira ocasião as obras foram paralisadas, desta vez por causa de quebra de contrato entre a Corsan e a empreiteira. Também estão previstas no contrato entre a prefeitura de Bento Gonçalves e a Corsan, as instalações de mais duas ETEs, uma na região do Burati e outra no Vale dos Vinhedos.

Prefeitura receptiva a propostas de outras empresas

pasin 1De acordo com o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, desde 2013 o município vem cobrando da Corsan o cumprimento do que está firmado em contrato. Ele acrescenta que, em 2015, a prefeitura levou o caso à Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (AGERGS).

Pasin também afirma que a água e o esgoto são do município. “O município concede a exploração para uma empresa gestar esses processos. Se a Corsan não está atendendo de forma plena, nada me impede de estar aberto a propostas de outras empresas que tenham condições de prestar esse serviço”. Ele observa que não adianta trabalhar a saúde preventiva, investir em unidade de saúde e em atendimento médico, se o esgoto não tratado vai direto para as fontes de captação de água. Pasin salienta que está aguardando um posicionamento positivo da Corsan, sem que seja necessária a quebra contratual. Caso isso ocorra, o município pode indenizar a Corsan e assumir a estrutura da estatal em Bento Gonçalves.

Adequação ao projeto original

O Prefeito conta que em 2015 o município tentou intervir nas obras, apresentando uma adequação ao projeto à AGERGS, para ser executada nas redes das ETEs do Burati e do Vale dos Vinhedos. A proposta apresentada consiste em implantar um processo de separação misto de esgoto, mais simples de ser construído. Ele explica que, no modelo atual de separação absoluta, deve haver dois encanamentos, um para o saneamento e outro para o pluvial, o que demandará a instalação de uma rede exclusiva para o esgoto. Acrescenta que o Executivo sugeriu a utilização da canalização pluvial já existente, pertencente ao município, havendo somente a adequação da tubulação, onde necessário.

O Prefeito afirma que a AGERGS e a Corsan mostraram-se receptivas a proposta. “Levamos essa alternativa devido ao alto custo para implantar uma rede exclusiva de esgoto, uma vez que o solo da região é raso e rochoso, sendo necessárias muitas detonações; e também pelo que aconteceu em ruas da zona sul da cidade. Nos bairros Santa Helena, Santa Marta e Santo Antão as obras de instalação das redes de esgoto da ETE do Barracão danificaram
o arruamento. Nós estamos tentando ajudar a Corsan, apresentando caminhos diferentes, mas não estamos tendo retorno”, destaca Pasin.

Comitê  Taquari-Antas afirma que água da sub-bacia do Burati, que abastece Bento, é de classe de uso inferior

Crédito: Helio Obregon Dos Santos

Crédito: Helio Obregon Dos Santos

Uma bacia hidrográfica é delimitada pelos chamados divisores de água, pontos mais altos do relevo, no qual as chuvas escoam, formando os córregos, riachos e rios. O Estado do Rio Grande do Sul é dividido em 25 bacias, agrupadas em três grandes regiões hidrográficas: Uruguai, Litoral e Guaíba. As fontes de captação de água de Bento Gonçalves fazem parte da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas, da região do Guaíba. A Bacia Hidrográfica Taquari-Antas compreende uma área de 26.415 quilômetros quadrados, abrangendo 118 municípios e uma população de 1.281.866 pessoas, de acordo com o Censo Demográfico de 2010. Ela inicia com o Rio das Antas, que nasce em São José dos Ausentes e quando encontra seu principal afluente, o Rio Carreiro, passa a se chamar Rio Taquari. Este rio recebe ainda outros grandes afluentes, como os rios da Prata, Guaporé e Forqueta, percorrendo aproximadamente 546 quilômetros da nascente até a sua foz, em Triunfo. Para compatibilizar os interesses dos diversos usuários e atuar na melhoria da qualidade das águas da bacia, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari-Antas foi criado em 1998 pelo Decreto Estadual 38.558/98.

Classe 4

Em 2012, o Conselho de Recursos Hídricos do Rio Grande do Sul (CRH -RS) aprovou, através da Resolução CRH 121/2012, o enquadramento em classes de usos das águas superficiais dos diversos trechos da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari-Antas, bem como estabeleceu metas de qualidade a serem alcançadas num horizonte de 20 anos, conforme deliberação do Comitê. A sub-bacia do Burati, fonte de captação de água para Bento Gonçalves, foi enquadrada na classe de uso 4 devido a elevada carga orgânica que recebe, dividida entre esgoto urbano e dejetos da produção agropecuária, além de dejetos industriais. Pelas metas estabelecidas, em 2022 a sub-bacia do Burati deverá pertencer à classe de uso 3 e em 2032 à classe de uso 2.

Se passaram cinco anos e o Burati continua na classe 4 porque o esgoto, maior gerador de poluição da sub bacia, continua sendo lançado in natura. A classe de uso 4 consiste em águas impróprias para o consumo e irrigação, destinadas somente para a navegação, harmonia paisagística e usos menos exigentes. A Classe de uso 3 corresponde as águas que podem proporcionar o abastecimento doméstico após tratamento convencional, irrigação de espécies arbóreas, cerealíferas e forrageiras e hidratação a animais. Já a Classe de uso 2, além de oferecer as competências da Classe 3, fortalece a proteção das comunidades aquáticas, irrigação de hortaliças e árvores frutíferas e a pesca.

Para melhorar a qualidade das águas da bacia o Comitê atua, principalmente, junto aos órgãos gestores dos recursos hídricos e de meio ambiente. Por exemplo, o Comitê tensiona para que sejam levadas em conta as metas do enquadramento em licenciamentos ambientais, onde são estabelecidos os padrões de lançamentos  dos efluentes. Nesse último caso, o presidente do Comitê Taquari-Antas, Julio Salecker, salienta a importância da execução dos Planos Municipais de Saneamento e a responsabilidade do Governo Estadual para a efetivação dos instrumentos da lei das águas do Rio Grande do Sul.

Salecker ressalta que o futuro das águas da bacia Taquari-Antas é promissor, desde que sejam implantados os instrumentos de gestão pelo estado do Rio Grande do Sul. Entre eles, a fiscalização efetiva dos órgãos de meio ambiente e a conscientização dos gestores públicos e da população sobre a necessidade do tratamento de esgoto. “É muito importante a participação ativa de nossa comunidade e lideranças no comitê da bacia Taquari-Antas.O Comitê é o espaço de tomadas de decisões que impactarão de forma sustentável no desenvolvimento da região. Na água temos o desenvolvimento e também a base para a vida. Precisamos equilibrar isto”, observa.

Ação “Viva o Taquari-Antas Vivo”

DSCF9979Engajadas à 11ª edição da ação “Viva o Taquari-Antas Vivo” a Companhia Energética Rio das Antas (Ceran), a PATRAM e as prefeituras de Bento Gonçalves, Veranópolis e Cotiporã, promoveram, no último dia 25 de março, a limpeza de resíduos nas margens e dentro do reservatório da Usina Hidrelétrica (UHE) 14 de Julho. O evento, alusivo ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, também foi marcado pela entrega de folders com informações sobre a importância da preservação dos mananciais hídricos a usuários que se encontravam próximo ao rio. A ação foi encerrada junto ao barramento da UHE 14 de Julho com palestra sobre a água e o meio ambiente para um grupo de moradores de Cotiporã. Ao todo, participaram 104 pessoas e foram recolhidos, aproximadamente, 2,0 metros cúbicos de resíduos, composto basicamente por plásticos. Todos os resíduos foram segregados e destinados de acordo com o tipo material (reciclagem ou aterro sanitário).

“0% de esgoto tratado é inadmissível”

agostinho petroliO vereador Agostinho Petroli (PMDB), logo após assumir seu primeiro mandato público no Legislativo de Bento Gonçalves, no dia 1 de janeiro deste ano, começou a se preocupar com a destinação do esgoto gerado no município. Ele leu o contrato firmado entre a prefeitura e a Corsan, em 2010, voltado a renovação da exploração do serviço de água e a implantação das ETEs.

Também visitou a gerência local da estatal, em fevereiro de 2017, ocasião em que foi informado sobre uma nova licitação para a retomada das obras da ETE do Barracão, prevista para o próximo mês de maio. “ É inadmissível que uma cidade dita turística tenho 0% de esgoto tratado. Além disso, para Bento Gonçalves é uma vergonha as outras cidades, com menor arrecadação, já possuírem estação de tratamento de esgoto público, enquanto a do município está estagnada”, declara Petroli.

Corsan não quis se manifestar

A reportagem do Jornal Integração da Serra entrou em contato com a Corsan, no escritório de Bento Gonçalves, onde foi informada que a questão de investimentos era com a Presidência da estatal, em Porto Alegre. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa em Porto Alegre, que repassou o assunto para o gabinete da Presidência. O gabinete, por sua vez, solicitou os questionamentos por e-mail, no último dia 20 de março, e até o fechamento desta edição não respondeu às perguntas do veículo.

O Guardião: Dois distritos de Bento Gonçalves serão cenário para curta de terror

Por Natália Zucchi

o guardiaA Casa Cainelli, no distrito de Tuiuty e uma área de vegetação natural, no distrito de São Pedro, serão cenários de um curta metragem de terror, intitulado “O Guardião”. A produção é local, com roteiro e direção de Fernando Menegatti, jovem cineasta natural de Bento Gonçalves. As gravações acontecem nos dias 8 e 9 deste mês de abril.

O pequeno filme terá 15 minutos para narrar o misterioso desaparecimento de uma criança na mata, local onde vive uma criatura perigosa, o Curupira. O curta se passa em meados de 1560, período de colocolonização portuguesa no Brasil. O filme será lançado em Bento Gonçalves no próximo mês de maio, e também estará disponível no Vimeo On Demand para o público.

A produção executiva é de Fernando Menegatti, Lenara Franzen, da Matrixx Multimídia, com o apoio de Bento Film Commission e Artistas no Palco. Participam do elenco, os atores: Fábio Vergani, como protagonista, Suzy Menegat, ambos de Caxias do Sul, André Santa Lúcia, Giovani Guerra, Márcia Carraro, Andressa De Ré e Ana Carolina Dorigon De Mattos.

O Cineasta

menegatiFernando Menegatti é graduado em Gestão Comercial e pós-graduado em Estudos de Gramática da Língua Portuguesa. Começou sua carreira como roteirista e editor em 2009, ainda quando cursava publicidade e propaganda, com o documentário O Gigante de Ferro – A Ferrovia do Trigo, como roteirista e editor. Em 2009 produziu seu primeiro curta Às suas Ordens, uma ficção de terror, e também participou como “aprendiz” em algumas outras produções.

Suas últimas produções são O Diabo no Armário e O Museu, ambos gravados em 2016. O Guardião será o oitavo curta de sua carreira. “Quero demonstrar nesse novo projeto o amadurecimento que adquiri em todos esses anos de empenho nas minhas produções”, destaca o cineasta.

O curta O Guardião não será produzido com verba pública. Os recursos serão captados através dos produtores executivos e da Bento Film Commission. “Hoje, o cinema brasileiro vive quase que 100% de incentivo público para a produção. Não sou contra, só vejo um pequeno problema: se produz sempre com incentivo público e quando ele acaba simplesmente não se produz mais. Acredito que o modelo adequado para o cinema é o modelo da televisão, um modelo de mercado. Penso que o cinema no Brasil precisa assumir postura de mercado e os  produtores devem se posicionar igual a qualquer empresário brasileiro: investindo do próprio bolso, sempre focando em seu produto, na qualidade dele, pensando 100% em seu público. Muitos produtores já estão fazendo isso em nosso país e estão colhendo bons resultados por mérito próprio. É assim que nos tornaremos sustentáveis, independentes do turbulento cenário político”, pontua Menegatti.

Sinopse

Brasil, 1560. Um caçador português convence dois companheiros a adentrar as misteriosas matas brasileiras à procura de sua filha perdida. Além do perigo iminente, eles terão de lidar com um terrível demônio das florestas, a quem os indígenas atribuem o sumiço da criança, uma entidade chamada por eles de Curupira, famoso pela carta do padre jesuíta José de Anchieta: “Há certos demônios, chamam Curupira, que acontece aos índios muitas vezes no mato, dão-lhe açoites, machucamnos. São testemunhos disso os nossos irmãos, que viram algumas vezes os mortos por eles”.

Para acompanhar o curta nas redes sociais, curta a página no Facebook através do link @curtaoguardião