Órgãos públicos municipais mudam de endereço

 Objetivo é centralizar setores e otimizar os recursos públicos, reduzindo custos que podem  ultrapassar R$ 1,2 mi

 O ano de 2018 sinaliza importante mudança no atendimento da população nas repartições públicas municipais. Integrando em um único espaço, diversos serviços ao cidadão, a Prefeitura irá transferir para a Rua 10 de Novembro, 190 (defronte a estação da Maria Fumaça), 14 repartições públicas.

A centralização dos serviços e atendimento ao público em um mesmo lugar vai permitir ao cidadão melhor atendimento, maior agilidade, segurança e a diminuição de custos de forma progressiva que podem ultrapassar R$ 1,2 milhões ao ano.

IMG_0716

O contrato de aluguel foi assinado no último dia 29 de dezembro. O prédio possui cerca de sete mil mts² de área a ser utilizada. Com a implantação, haverá redução de despesas com vigilância, limpeza, monitoramento, energia, aluguel e pessoal. De acordo com o secretário Adjunto de Administração e Finanças, Ivan Toniazzi, “os serviços terceirizados serão reduzidos, o que impacta substancialmente nos custos fixos”, afirma.

Além de reduzir a quantidade de locais alugados, gerando economia para os cofres municipais, a centralização vai evitar o deslocamento de funcionários e o atual transporte de documentos.

O prédio não é próprio e o funcionamento da Prefeitura no local possui prazo de cinco anos. O valor do contrato de aluguel será de R$ 77 mil por mês, com pagamento a partir de julho. De acordo com o secretário, Ivan Toniazzi ficou acordado que as despesas decorrentes da mudança serão de responsabilidade do proprietário do local.

Com a alteração serão unificados, a recepção, central telefônica e a central de frotas. Ao lado do prédio alugado já estão instalados a Secretaria de Saúde, Segurança e Mobilidade Urbana. Segundo a diretora Adjunta do IPURB, Melissa Betoletti, “também haverá um auditório com 80 lugares, casa dos Conselhos – com sala de reuniões, onde cada conselho terá seu departamento  e o setor de fiscalizações  que estará centralizado em um mesmo local”, salienta.

As mudanças deverão começar a ocorrer em 60 dias.

O que muda?

Secretarias e órgãos que vão funcionar na nova sede: Habitação e Assistência Social, Educação, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Turismo, IPURB, CTEC, CREAS, Conselho Tutelar, Junta Comercial, Arquivo Histórico, Captação de Recursos, SESMT e Centro Revivi.

Atendimento

Mais do que empenhado na redução de custos, o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin destaca que a concentração de diversas secretarias e órgãos públicos no novo local deverá melhorar ainda mais o atendimento á população e facilitar o trabalho dos servidores públicos. “As pessoas que necessitam de atendimento público, pela Prefeitura, precisam ter sua dignidade reconhecida com um excelente atendimento, num espaço físico compatível com a sua condição humana porque no final das contas é esse sujeito que financia o Poder Público, na condição de contribuinte, salienta Pasin”.

 Centro Administrativo

A construção do Centro Administrativo é uma das metas da administração do prefeito Guilherme Pasin. O projeto arquitetônico do prédio que será construído na Avenida Presidente Costa e Silva já está finalizado. Os demais projetos que incluem o Estrutural, Elétrico, Hidrossanitário com Reaproveitamento de Águas Pluviais, de Gás, Drenagem, Telefonia, Rede Lógica, Sub Estação Transformadora, Ar Condicionado entre outros também já foram finalizados.

O terreno pertence ao município e com tipologia arquitetônica de planta livre, volumetria em forma “H”, estrutura modulada em pré-moldado, a edificação terá 17.333,25 m², ainda sujeito a adequações.

O centro administrativo deverá ser erguido por meio de uma parceria público-privada. O Procedimento de Manifestação de Interesse deve ser publicado ainda no 1º semestre deste ano. O documento se destina a atrair empresas capazes de realizar todos os estudos técnicos necessários ao projeto.

Foto: Marina Teles

Prefeitura abre licitação para disponibilizar acesso à internet em praças

Como contrapartida, as empresas poderão utilizar o espaço público para divulgação publicitária

O Município tornou pública a abertura da licitação que permite o uso de espaço público para fins publicitários em praças de Bento, tendo como contrapartida o fornecimento de acesso à Internet com tecnologia WI-FI. O serviço será prestado pela empresa vencedora em um modelo de outorga de permissão de concessão de uso.

As propostas poderão ser entregues até a data da abertura dos envelopes, dia 22 de fevereiro, às 8h30, na Secretaria de Finanças. A vencedora será a empresa que oferecer a maior velocidade de acesso e cumprir outros critérios previstos no edital. Em caso de empate entre concorrentes no critério da velocidade, será feito sorteio para escolha da vencedora.

Internet-Wifi-smartphone-Foto-Shutterstock-Free-900x600

O acesso wi-fi está previsto para as sete praças que já tinham o serviço, prestado pelo poder público até o segundo semestre de 2017. Conforme o diretor da Coordenadoria de Tecnologia de Informação e Comunicação (CTEC), Roberto Carraro, o município precisava arcar com os custos de manutenção, como o reparo de redes de fibra ótica. Com a proposta, esses custos vão ficar a cargo da empresa e o município terá controle da quantidade de usuários conectados, locais e sites acessados.

Havendo necessidade e/ou interesse do Município, novos pontos poderão ser adicionados em novas praças públicas.

O edital pode ser consultado no site da Prefeitura, na aba “Licitações”, com o número do processo 186/2017.

Atividades de Férias iniciam dia 15 em Garibaldi e seguem com inscrições abertas

Um dos momentos mais aguardados pela criançada em Garibaldi chega no dia 15: as Atividades de Férias! A 10a edição do evento, promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, segue com inscrições abertas para turmas do dia 15 ao dia 19 de janeiro, e do dia 22 a 26 de janeiro. Ambas as semanas contarão com atividades pela manhã e tarde.

Atividades de Férias inverno 2017 - Priscila Pilletti (21)

As Atividades de Férias oferecem opções de atividades lúdicas e saudáveis para crianças dos 5 aos 11 anos de idade, incluindo esportes (futebol, futsal e vôlei), jogos como ping-pong, xadrez e futebol de botão, brinquedos infláveis, cama elástica, passeio de Tim-Tim, cinema e hora do conto. Em todas as tardes será oferecido lanche e haverá monitoramento de profissionais.

Atividades de Férias inverno 2017 - Priscila Pilletti (3)

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na própria Secretaria de Esportes e Lazer, localizada junto ao Ginásio Municipal de Esportes, pelo telefone (54) 3462-8269 ou pelo e-mail esportes@garibaldi.rs.gov.br. As vagas são limitadas.

Atividades de Férias – verão 2018
Quando:
 15 a 19 de janeiro ou 22 a 26 de janeiro, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h
Onde: Ginásio Municipal de Esportes
Faixa etária: dos 5 aos 11 anos
Inscrições e informações: (54) 3462-8269

Atividades de Férias inverno 2017 - Priscila Pilletti (17)

Fotos: Priscila Piletti

LEIA TAMÉM: Moda Retrô no Youtube por Clara Pasqualini

Estação Vindima brinda a temporada da colheita

A abertura oficial da 9ª Estação Vindima será no dia 18 de janeiro, porém, já no dia 13, eventos antecipam a programação. Até o dia 18 de março não faltarão motivos para visitar a região: colheita e pisa das uvas – relembrando o antigo método de extração do mosto; cursos de degustação de vinhos, espumantes, geléias e sucos; corrida e passeios ciclísticos em meio aos parreirais; jantares harmonizados; festas típicas nas comunidades; piqueniques e almoços ao ar livre são algumas das atrações do período. As atividades ocorrem em vinícolas, restaurantes, hotéis e outros empreendimentos do setor turístico.

01612_1-1359735630

A Estação Vindima é uma promoção da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, com apoio de entidades e associações do setor. Ainda durante o período, a rede hoteleira estará com pacotes e promoções especiais, enquanto as vinícolas oferecerão atrações e descontos diferenciados.

Abaixo alguns destaques da programação, que pode ser conferida na íntegra aqui.

 13 DE JANEIRO | SÁBADO

ENTARDECER DE VINDIMA

Horário: das 17h30 às 22h00

Local: Estrada RS- 431, Km 6, S/n – Faria Lemos, Bento Gonçalves – RS, 95713-000

Realização: Vinícola Cristofoli

Informações: cristofoli@vinhoscristofoli.com.br

 

17 DE JANEIRO | QUARTA-FEIRA

CINEMA & VINHAS | LANÇAMENTO VALE DOS VINHEDOS FILM FESTIVAL

Horário: 20h

Local: Vinhedos Espaço Uva e Vinho. Linha 8 da Graciema, SN, RS 444 – km 18,6 – Vale dos Vinhedos.

Realização: Circolo Trentino Bento Gonçalves e Trentino Promozioni

Informações: (54) 99142 7711 / 99924 0604 ou trentinopromozioni@gmail.com

 

18 DE JANEIRO | QUINTA-FEIRA

ABERTURA OFICIAL DA ESTAÇÃO VINDIMA

Horário: 18h30

Local: Vinícola Salton

 

26 DE JANEIRO | SEXTA-FEIRA

ABERTURA OFICIAL DA VINDIMA NO VALE DOS VINHEDOS

Local: Hotel Villa Michelon – Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves/RS

Realização: Aprovale

Informações e reservas: (54) 2102.1800 ou reservas@villamichelon.com.br

 

11 DE FEVEREIRO | DOMINGO

MARATONA DO VINHO

Local: Morro da Cruz ou Morro da Antena, na comunidade do Ceará, Vale dos Vinhedos – Km 17, RS 444

Informações: www.maratonadovinho.com.br

 

11 DE MARÇO | DOMINGO

3ª SAGRA TRENTINA

Horário: 20h

Local: Vinhedos Espaço Uva e Vinho. Linha 8 da Graciema, SN, RS 444 – km 18,6 – Vale dos Vinhedos

Realização: Trentino Promozioni

Apoio: Circolo Trentino Bento Gonçalves

Informações: (54) 99142 7711 / 99924 0604 ou trentinopromozioni@gmail.com

Terceira edição do Mercado de Rua ocorre neste sábado, 13

Colorido e pulsante. Gastronômico e musical. Artístico e plural. Poético e divertido. Entre tantas outras definições, o Mercado de Rua é uma grande feira a céu aberto, onde as pessoas podem conhecer, interagir e adquirir produtos diversificados, alternativos e cheios de estilo. Mas não só isso. É um espaço de trocas de idéias, experiências e trabalhos que promove e amplia o processo cultural do município.

Mercado de Rua :: Edição #03 :: Especial Praia ::

Com a energia do verão, a terceira edição do Mercado de Rua evoca a praia. Neste sábado, 13, a partir das 14h30, na Rua Coberta, o público poderá se sentir – um pouquinho – na praia. O evento contará com água de coco (na própria fruta), milho na palha, caipirinha e um luau conduzido por músicos. Além de um time de expositores e três shows. Também haverá um lounge especial para que o público possa permanecer no mercado e curtir a tarde de forma confortável.26229823_2035802046670579_2214367262588375684_n

O evento, que já está se consolidando como uma das atrações mais interessantes do município, teve uma boa receptividade pelo público. Aproximadamente, quatro mil pessoas visitaram a Rua Coberta nas duas primeiras edições. “Acredito que toda essa receptividade é o resultado de um projeto desenvolvido e executado com o coração. Além de dedicação, contatos, experiência, embasamento, publicidade, marketing, e todos os fatores “físicos” fundamentais para que um projeto tenha sucesso, a intenção com que ele é feito conta muito e é o que a equipe do mercado sempre coloca em primeiro lugar”, enfatiza Ezequiele Panizzi, organizadora.

LEIA TAMBÉM: Brique Colonial reúne gastronomia e cultura na Via del Vino

É válido destacar que o evento possui uma curadoria. Por meio das inscrições e pesquisas, os organizadores selecionam os participantes, avaliam a autenticidade e qualidade dos produtos, em primeiro lugar, e, depois, é pensado a harmonia de cada edição de forma que haja produtos de segmentos variados.

O evento conta com o apoio da Secretaria de Cultura. Para mais informações, entre contato por meio deste número (54) 9.8146.0176 ou acesse a página no Facebook: https://www.facebook.com/events/386706215106003/

26219789_2034504443467006_6001380008932913509_n

Serviço

O que: Mercado de Rua – Especial Praia

Quando: 13 de janeiro

Horário: 14h30

Onde: Rua Coberta – Fundação Casa das Artes

26731630_2034885706762213_1669754420365775994_n

LEIA MAIS: Moda Retrô no Youtube por Clara Pasqualini

6 dicas para gelar a cerveja mais rápido

O mestre cervejeiro Alexandre Levy, da cervejaria Ambev, dá alguns conselhos para deixar a bebida gelada mais rápido sem perder a qualidade

 Menos é mais fácil

Cinco latinhas de 200 ml vão gelar mais rapidamente do que uma garrafa de vidro de 1 litro – e também vão se aquecer em menos tempo. Latas de alumínio são mais vulneráveis às variações de temperatura. Isso é física elementar. Se você tem muita cerveja para gelar em pouco tempo, prefira a menor embalagem possível.

ddfa3fd7491cad285373cb56993f76ae

  1. Gelo com água é melhor que só gelo – acredite

Em muitos bares, o garçom acha que está fazendo um ótimo serviço ao trazer um balde com várias Originais geladas e alguns cubos de gelo. Se isso ocorrer com você, peça para ele encher o balde de gelo com água. Assim funciona muito melhor, por duas razões: 1) A garrafa tem mais superfície de contato com a água gelada do que com o gelo puro e; 2) Por mais estranho que possa parecer, o que resfria mais rapidamente a cerveja é o derretimento do gelo. Para mudar do estado sólido para o líquido, o gelo precisa de energia. Parte dessa energia vem do calor acumulado na cerveja. Quem disse que física precisa ser uma coisa chata?

  1. Use um cooler

As pedras de gelo são mais eficientes do que o ar do freezer para esfriar a cerveja. Se a ocasião pede muitas cervejas – uma festa ou churrasco, por exemplo – manter um cooler com gelo ensacado traz uma vantagem adicional. Você abre menos a porta da geladeira, o que preserva a temperatura fria lá dentro. E na geladeira, determine um espaço para armazenar as cervejas mais quentes. Isso facilita na hora de escolher qual está mais próxima da temperatura desejada e também o fluxo para reposição.

  1. Adicione sal à mistura para esfriar mais ainda

A água salgada derrete numa temperatura menor do que 0ºC – o ponto exato depende da concentração de sal. Assim, uma mistura de água e gelo poderá ser mais fria com a adição de sal. Esse truque só funciona quando o gelo está na temperatura de vários graus negativos.

  1. Girar a garrafa

Certamente você já deve ter pego uma garrafa mergulhada no balde de gelo, e a bebida no copo está pouco gelada. E, assim que bebe o segundo gole, está nos trinques. O problema é deixar todo o conteúdo da garrafa com a mesma temperatura. Quando estiver diante de um balde de garrafas parcialmente imersas na água, gire-as de vez em quando para misturar a cerveja gelada com a nem-tão-gelada-assim, delicadamente, para não agitar demais a bebida. Assim, vai equilibrar a temperatura do líquido por completo na garrafa.

  1. Não gele demais a sua cerveja

Cuidado para não gelar demais a sua cerveja. Além do risco de congelar, o que comprometeria bastante o produto, consumir muito gelada impede que você sinta todos os sabores dessa bebida produzida com tanto cuidado pelo mestre-cervejeiro. Para alguns estilos, vale inclusive a prática de tirar da geladeira alguns minutos antes de servir.

Brique Colonial reúne gastronomia e cultura na Via del Vino

Como forma de valorizar a cultura italiana e a produção das agroindústrias familiares cadastradas no Selo Sabor de Bento, a Secretaria de Turismo, com o apoio das secretarias de Agricultura e de Desenvolvimento Econômico, promove mais um Brique Colonial neste sábado, 13, das 8h às 17h, na Via Del Vino.

LEIA MAIS: Hotel Villa Michelon promoverá a 2ª edição do La Bella Vendemmia

Sucos de uva, biscoitos e geléias caseiros, artesanato típico regional, queijos e embutidos inspecionados pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM) são alguns dos produtos que a comunidade de Bento poderá adquirir.

4876_1a

Na primeira edição, realizada no início de dezembro de 2017, foram comercializadas 189 peças de artesanato, 197 unidades e 438 kg de produtos agroindustriais. Cerca de 20 artesãos e agroprodutores inscritos participaram.

VEJA TAMBÉM: Conheça harmonizações de vinhos ideais para o seu churrasco

O evento está programado para acontecer no segundo sábado de cada mês. Em caso de más condições climáticas, o evento será cancelado.

Foto: José Martim Estefanon

Em 2017 SMED investiu R$ 2,2 mil em alimentação escolar

Em média, 2.500 refeições foram servidas nos educandários

No ano de 2017, foram servidas, em média, 280.000 refeições por mês, nas escolas de Educação Infantil, de Ensino Fundamental e Médio e Entidades Filantrópicas. Foram utilizados aproximadamente R$ 2.250.000,00 para aquisição dos gêneros da alimentação escolar, sendo R$ 1.100.000,00 de Recursos Municipais e R$ 1.018.964,00  do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Governo Federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Dos recursos provenientes do FNDE, a Secretaria Municipal de Educação (SMED) deveria investir o mínimo de 30% do valor para aquisição de produtos da Agricultura Familiar. No entanto, em 2017, cerca de 95% do valor recebido foi utilizado para aquisição de produtos alimentícios das 50 famílias cadastradas na Associação de Agricultores Familiares de Bento Gonçalves. A Secretaria de Agricultura intermedia o contato dos agricultores com a SMED e as escolas. Cerca de 82% dos alimentos que compõem o cardápio nas escolas são oriundos da agricultura familiar.

LEIA TAMBÉM: Após recorde de 2017, safra da uva deverá ficar dentro da média histórica  

A valorização da agricultura familiar do município, somados ao trabalho realizado pelos setores de nutrição e pedagógico da secretaria, com projetos, formações dos profissionais envolvidos com a merenda escolar, dos professores e o trabalho realizado com os alunos, resultou na premiação de Bento Gonçalves com o 2º Concurso de Boas Práticas de Agricultura Familiar para a Alimentação escolar, promovido pelo FNDE.

Ainda, como demonstração da importância dada à merenda escolar, no ano de 2017 a merendeira Daniela Felizardo, da EMI Feliz da Vida, obteve primeiro lugar da Região Sul, com a receita Polenteca, no 2º Concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar.

No mês de agosto, o Setor de Nutrição da SMED recebeu a visita do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição Escolar (CECANE/ UFRGS) entidade veiculada ao FNDE, visando o aprimoramento da operacionalização do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

SAIBA MAIS: Quíntuplas de Santa Catarina

Segundo a secretária adjunta de Educação, Adriane Zorzi, “Bento Gonçalves obteve o reconhecimento do FNDE por atingir, ao longo dos anos, os critérios estabelecidos pelo programa refletindo de forma positiva, pois o investimento na merenda escolar, nas capacitações dos profissionais envolvidos, bem como, nas estratégias de educação nutricional obtiveram resultados além das expectativas no estado nutricional e nos hábitos alimentares das crianças, ampliando essa educação para suas famílias.”

IMG_3354

Todo esse trabalho acontece contando com valorosas parcerias como com Associação dos Agricultores Familiares, EMATER, Faculdade Cenecista, o Instituto Federal do Rio Grande Do Sul (IFRS) e outros profissionais e entidades que colaboraram na realização dos cursos de “Qualificação no Preparo de Alimentos para Alimentação Escolar” e “Boas Práticas para Serviços de Alimentação”, onde foram capacitadas merendeiras, direção e membros do Conselho de alimentação escolar e outras atividades.

VEJA TAMBÉM: Calendário de Pagamento do PIS/PASEP para pessoas com mais de 60 anos

SAIBA MAIS: IPVA – veja orientações de como pagar

Hotel Villa Michelon promoverá a 2ª edição do La Bella Vendemmia

O início da colheita da uva na Serra Gaúcha é sempre motivo de festa, de celebração. E disso o Hotel Villa Michelon entende muito bem. O estabelecimento, que há mais de dez safras integra hóspedes no período da colheita da uva no Vale dos Vinhedos, vai sediar a abertura oficial da Vindima 2018 no roteiro turístico, no próximo dia 28 de janeiro, a partir das 17 horas. Além disso, o hotel promoverá a 2ª edição da La Bella Vendemmia, nas sextas-feiras compreendidas entre 12 de janeiro a 18 de março de 2018, a partir das 17 horas.

LEIA TAMBÉM: A cada nova vindima, Bento e região recebem mais turistas

Na La Bella Vendemmia, o Villa Michelon se transformará num palco onde a colheita da uva será a protagonista. Na programação do evento, que ocorre no complexo do hotel, os hóspedes conhecerão um pouco da história da região que se tornou o principal roteiro enoturístico do Brasil. Eles também participarão da colheita de uvas no Parreiral Modelo, entre outras programações, como a da Casa do Filó, com degustações de pão caseiro, copa, queijo, salame, vinhos e suco de uva, ao som de cantorias italianas da época da imigração.

26165917_1584127661645575_3081860842883128852_n

VEJA TAMBÉM: Conheça harmonizações de vinhos ideais para o seu churrasco

Atrativos culturais

A infraestrutura do Villa Michelon oferece ainda como atrativo cultural aos hóspedes o Memorial do Vinho, com acervo de peças preservadas pelos descendentes dos imigrantes, contemporizadas em uma linha do tempo. Com esses objetos, textos, fotos e mapas é possível acompanhar a evolução das técnicas empregadas no cultivo das uvas e na elaboração do vinho numa concepção museóloga e museógrafa. O acervo se estende até a Casa do Filó, um centro de lazer e convivência onde as pessoas poderão visualizar a caminhada da fé dos imigrantes, assim como o cotidiano e as atividades da comunidade.

26168363_1586015971456744_8953214437981481877_n

LEIA MAIS: Após recorde de 2017, safra da uva deverá ficar dentro da média histórica  

Moda Retrô no Youtube por Clara Pasqualini

Por Natália Zucchi

O Jornal Integração da Serra entrevistou a acadêmica Clara Pasqualini, 23 anos, moradora de Bento Gonçalves que, em setembro de 2017, criou o canal Clara Retro Channel na plataforma de vídeos Youtube. O canal está com cerca de 4.600 visualizações.

Reportamos um pouco da história da jovem, que deixou a graduação em Jornalismo para cursar Design de Moda. Também mostramos algumas de suas criações para o verão 2018. Clara se forma em Moda na metade de 2018, mas desde 2014 é proprietária do Amelie Atelier Criativo, que confecciona camisas, saias e blazers, entre outras peças, na maioria das vezes exclusivas.

Sobre o Canal

Clara Retro Channel é um canal com vídeos sobre os assuntos que Clara mais ama: brechós, moda, fotografia, decoração, tattoos, viagens, beleza, livros e receitas, todos caracterizados pelo humor e também pela pegada retrô. O conteúdo do canal de Clara narra também um pouco da experiência dela como profissional de moda. “Tenho facilidade com trabalhos manuais, costura, colagem e desenho. Gosto de todo o universo retrô: ouvir discos de vinil, revelar fotografias analógicas, fazer curta metragens. Acredito que herdei esse gosto da minha mãe, Ângela Maria Postal, que sempre teve um cuidado nos detalhes da decoração de casa, principalmente móveis antigos, madeira, flores e muitas louças vintage”.

15284020_573038409570942_6545365234239298400_n

“O canal é sobre tudo que eu amo”

Por que Clara Retro Channel? O que te motivou a criar o canal?

Clara – Seguidamente recebia mensagens de pessoas pedindo informações sobre tatuagens, roupas e brechós. Então, decidi fazer vídeos para os Stories do aplicativo de fotos Instagram, mostrando esses lugares e contando um pouco sobre eles. Tive um retorno muito bacana. Logo comecei a receber mensagens da galera sugerindo a criação de um canal no Youtube. No primeiro momento fiquei com muita vergonha e pensei muito se devia criar ou não, mas acredito que temos que “colocar a cara a tapa”, né? Então fui lá e fiz!

15220152_573038382904278_8861201017148912310_n

O que você quer transmitir neste canal no Youtube?

Clara – O meu canal é sobre muita coisa e também sobre tudo o que eu amo. A ideia é fazer algo bem autêntico e mostrar muita coisa linda e retrô para o pessoal.

Teu público é regional ou nacional?

Clara – Por enquanto meu público é regional, mas logo quero estar fazendo vídeos em diferentes lugares do mundo para alcançar mais pessoas e mostrar coisas novas!

25497445_10215152486342368_622803628_n

Tem alguém que ajuda com o canal ou você grava e edita sozinha?

Clara – Às vezes, eu gravo sozinha, às vezes minha irmã, Joana, me ajuda a captar as imagens. O pessoal da Âncora Produções edita. Toda identidade visual do canal foi desenvolvida pelo designer Rafael Frozi. A da marca Amelie foi feita pela designer Pâmela Rosa.

No vídeo de apresentação, você fala que primeiro escolheu o curso de Jornalismo e depois migrou para a Moda. Você quer contar um pouco mais sobre isso?

Clara – Claro, comecei minha vida acadêmica no Jornalismo por medo de cursar Moda. Na época, as pessoas achavam que a carreira na moda era muito difícil e sofrida e acabei me deixando influenciar. Decidi pelo Jornalismo, para mais tarde escrever sobre Moda, mas no meio do curso senti muita falta de criar, de “colocar a mão na massa”, sabe? Aí eu decidi trocar de curso e me joguei na Moda, onde eu deveria estar desde o começo!

25555508_10215152485742353_2052349099_n

Você também está promovendo brechó/bazar?

Clara – No dia 19 de novembro organizei a 2ª edição do Brechó e Bazar na Amelie, onde reuni peças garimpadas e também peças do atelier em promoção. Além disso, neste ano organizei o primeiro Amelie’s & Zero54’s Fashion Festival, em Caxias do Sul, no Zero54. Foi um dia inteiro de programações como feira com marcas locais, workshop, bate-papos, desfiles e festa. Foi muito bacana!

25359997_10215113075317117_937013278_n

Quando você criou a marca Amelie? Por que este nome?

Clara – A Amelie nasceu em 2014. O nome Amelie veio do filme francês “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”. Quando vi o filme senti que tinha que tirar algo dele para a minha marca e logo pensei: claro, Amelie! Esse filme me encantou, simplesmente. Tanto pela história, com mensagens delicadas, quanto pela paleta de cores da fotografia. As lições e valores do filme combinaram comigo e com a marca que estava criando, foi algo especial.

O atelier começou trabalhando apenas com camisaria masculina, logo vi que poderia expandir meu mix de produtos e alcançar ainda mais pessoas. Hoje faço de tudo, masculino e feminino, camisas, saias, blazers, vestidos, mas o carro-chefe ainda são as camisas.

LEIA TAMBÉM – O glamour de Garibaldi

25323915_10215113072997059_1485467128_n

Como funciona o teu processo de criação de peças? Onde buscas inspiração?

Clara – Minhas coleções são feitas conforme o que eu sinto do mercado e do meu público. Crio me baseando no que me inspira no momento. É muito sobre mim, sobre minhas diversas “personalidades” e inspirações. É claro que estou sempre de olho nas grandes marcas e tendências que a rua está adotando, mas não uso isso de forma direta. Esses modismos acabam influenciando um pouco qualquer criador. Nas minhas coleções é muito mais pessoal, tem muito a ver comigo.

Lanço uma grande coleção por ano, e durante o ano lanço coleções cápsulas. E isso também está bastante relacionado ao fato de ser um atelier, não tenho fábrica e minha mão de obra é artesanal.

25323982_10215113074557098_1804482752_n

14212073_533277213547062_959645660918973539_n

13939589_523653641176086_3349675940984852399_n

Tendências da Amelie para o verão 2018

O verão Amelie feminino é cheio de flores, listras, laços e muito amor em forma de ciganinhas, conjuntinhos de tope + short, tope + saias e vestidinhos! Peças leves, românticas e criativas!

O verão masculino tem camisas de manga curta muito estampadas, com florais e folhagens principalmente!

25465964_10215152487822405_127462721_n 25395174_10215113070837005_2045779882_n

15241256_573047229570060_4030839287559919344_n

14191996_531530803721703_4245889641982698943_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amelie Atelier Criativo
Rua Recife, 119 Bento Gonçalves
54 99105 9824
clararetrochannel@gmail.com

Siga o canal nas redes sociais! 
Facebook – acesse https://goo.gl/NQHcva
Instagram – acesse https://goo.gl/V6DNwA

Youtube – acesse https://goo.gl/1bwSBu

LEIA TAMBÉM –  Make, Unhas e Cabelos por Essere Bella Salon

SAIBA MAIS: Patas e Focinhos – Integração na rede de apoio a animais abandonados ou vítimas de violência