Aedes_aegypti

Vigilância ambiental orienta moradores na prevenção ao mosquito Aedes Aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Ambiental alerta sobre prevenção a proliferação do mosquito Aedes aegypti. De janeiro a maio deste ano, o setor encontrou 30 focos do mosquito nos bairros Botafogo, Pomarosa, São Francisco, Santa Rita, São Roque, Borgo, Fenavinho, Santa Marta. Além disso, o cemitério também foi foco do Aedes aegypti.
Neste sábado, 2 de novembro, dia de Finados é importante que os familiares coloquem as flores na areia, evitando encher os mesmos com água. De acordo com a agente do setor, Analiz Zattera, “é preciso furar os vasos e floreiras para que a água não acumule quando chover. Após alguns dias as pessoas devem retornar ao cemitério, limpar os vasos e virá-los para baixo”, acrescenta.
A prevenção é a única maneira de evitarmos as tão temidas doenças: dengue, zika, chikungunya. Essas doenças somente são transmitidas pela picada desses mosquitos. E evitar a proliferação dos insetos é muito fácil, porém é necessário empenho de toda população na eliminação de depósitos de água limpa.

 

É necessário que todo cidadão vistorie sua casa e arredores todas as semanas para procurar possíveis focos: Limpar calhas de água entupidas; fechar muito bem caixas de água para não proliferar insetos ou entrar sujeira; recolher todo o lixo reciclável no entorno da residência para que não acumule água. Ex.: latas, plásticos, sacolas, baldes, bacias, etc; verificar e limpar com água sanitária os ralos das casas toda semana; cuidar das lajes das casas que acumulam água.

 

O inverno acabou matando os mosquitos adultos, porém os ovos ficaram no meio ambiente e são resistentes ao frio e a dessecação. Com a chegada do calor e umidade adequada mais mosquitos irão nascer causando novos focos.

 

Os agentes de endemias estão atuando durante todo ano e neste momento estão realizando levantamento de Aedes aegypti (LIRA) que é uma amostragem rápida e coleta de larvas para identificação em todo o Município.

 

Para informar ou denunciar locais com acúmulo de água onde pode haver proliferação de mosquitos, os moradores devem ligar para o 0800-979-6866.

Aedes_aegypti

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *