autora

Natalia Borges Polesso lança hoje seu primeiro livro de romance, em Bento Gonçalves

Evento de lançamento acontece às 15h na Dom Quixote Livraria e Cafeteria  

A escritora Natalia Borges Polesso lança neste sábado, às 15h, em Bento Gonçalves, o seu primeiro romance intitulado “Controle”. O evento acontece na Dom Quixote Livraria & Cafeteria.

Segundo a autora, “Controle” é antes de tudo um livro sobre solidão. Ele conta a história de Maria Fernanda, epilética desde a infância e rodeada de cuidados da família. “O contraponto à rigidez surge com Joana, a amiga que transborda espontaneidade e logo se torna uma paixão avassaladora. É importante ressaltar, no entanto, que Controle não foca apenas na homossexualidade da protagonista. São muitos os dilemas em debate”, diz.

“A sexualidade não é o ponto central. Maria Fernanda é uma pessoa com epilepsia, que cresceu cercada de regras e tensões. Sobretudo, é uma história que aborda a necessidade de romper com nossas cascas protetoras, de como lidar com o próprio corpo, com os desejos, com os instintos reprimidos”, salienta a autora de 37 anos, natural de Bento Gonçalves e radicada em Caxias desde 1998.

Sobre a autora
Natalia Borges Polesso, é considerada um dos principais nomes da literatura gaúcha na atualidade. Não apenas pela irreverência narrativa ou pela coragem de dar protagonismo às mulheres lésbicas, mas também por, em apenas seis anos desde sua primeira publicação solo, a autora ter conquistado os prêmios Açorianos (2013) e Jabuti (2016), além de figurar na antologia chilena Bogotá39, que reúne os escritores jovens mais promissores da América Latina.

Com reconhecimento nacional e dezenas de contos, crônicas e poesias na bagagem, faltava a Natalia outro passo na consolidação de sua trajetória: mergulhar na profundidade que somente um romance é capaz de suportar.

“Raros escritores transitam com a mesma desenvoltura entre o conto e o romance. Natalia Borges Polesso é um desses casos. Autora do premiado Amora, ela faz em Controle a sua primeira incursão pelo romance, e o resultado é uma narrativa bela, potente e transformadora.”, pontua Carola Savedra, na contracapa do livro.

Natalia Borges Polesso publicou “Recortes para álbum de fotografia sem gente” (2013), “Coração a corda” (2015), “Pé atrás” (2018), e “Amora” (2015), vencedor do Prêmio Jabuti. Natalia tem seu trabalho traduzido para o inglês e o espanhol e publicado em diversos países.

(Texto baseado em reportagem de Ronaldo Bueno, publicado em 16.07.2019, no Jornal Pioneiro)

Controle

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *