Frente Parlamentar da Uva e do Vinho é lançada em Brasília

Os trabalhos da Frente Parlamentar de defesa da uva e do vinho foram retomados oficialmente na última quarta-feira (24), durante o evento de lançamento realizado em parceria com o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em Brasília.

Coordenador da Frente, o deputado Afonso Hamm conduziu a cerimônia e destacou algumas medidas que serão priorizadas para fortalecer a cadeia produtiva vitivinícola.

“Nosso compromisso será fortalecer a cadeia produtiva da uva, do vinho, espumantes, sucos e derivados, que movimenta cerca de R$ 9 bilhões por ano na economia do país. Apesar de ter vinhos premiados pela qualidade, de cada 10 garrafas de vinhos finos vendidos no Brasil nove são importadas. Precisamos melhorar a competitividade dos nossos produtos nos mercados interno e externo”, afirmou.

De acordo com o vice-presidente do Ibravin, Márcio Ferrari, o setor está buscando a redução da carga tributária através da concessão de um crédito presumido do IPI para a indústria nacional, por um prazo de 10 anos, para que possa investir em inovação e desenvolvimento do setor.

Os vitivinicultores também estão reivindicando a ampliação do apoio financeiro para o seguro rural para a vitivinicultura para 60%, a modernização da Lei do Vinho de 1988 e a exclusão dos produtos vitivinícolas do regime de substituição tributária (ST) do ICMS.

Representando a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke, reafirmou apoio do Ministério às demandas dessa cadeia produtiva tão importante para a economia país.

Prestigiaram a solenidade os senadores Luís Carlos Heinze, Espiridião Amim e Jorginho Mello, deputados federais e representantes da Câmara Setorial do Vinho, Uvibra, Sindivinho, Sindusvinho, CNA, CONAB, Parlasul, e demais entidades representativas do setor.

image001

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *