O que você precisa saber antes de ir para o Rock In Rio 2019

Por Natália Zucchi 

Ninguém fala sobre o sol forte, sobre o calor carioca, sobre as horas na fila, sobre a correria na entrada, as horas de espera próximo as grades, do calor, da chuva, do suor, dos cheiros desagradáveis, de gente fazendo xixi nos seus tênis, muito menos sobre o fato de que você corre o risco de ser esmagado por outras pessoas mais altas que você caso decida manter seu lugar perto de um dos maiores palcos de um dos maiores festivais do mundo. Aliás, você provavelmente vai ficar sem ar muitas vezes ao passar pelas ondas humanas, que emburram primeiro a galera contra a grade e depois a galera da grade empurra de volta – tudo para movimentar o pessoal e ver se alguém decide (na força) abrir espaço. Sim, o Rock in Rio é cheio de glamour, cheio de história, mas tem seu darkside que você conhece por aqui, caso ainda não teve a experiência de ficar bem próximo das atrações.

Possíveis cenários

O negativo: desodorante nem sempre cumpre seu papel (então passe bem o seu) e nem todo mundo é educado ou se importa com o seu bem-estar. Estou falando principalmente da galera que entra no parque já no início dos shows e quer chegar na grade nem que seja no tapa – sempre tem. Água é ouro depois do segundo show do Palco Mundo, então garanta a sua bem cheia para sobreviver até o último minuto. Depois da segunda banda dificilmente vai aparecer um ambulante lá na frente e abandonar os centímetros quadrados conquistados está fora de cogitação. Lembre que são mais de 100 mil pessoas que estão bem atrás de você.

O positivo: tem aquele outro lado lindo que todo mundo fala. A energia dos shows, ver a banda que você mais curte dando o máximo em cima do palco e as amizades, a galerinha do outro lado do país, dos estados mais longínquos, quem veio curtir o festival e foi super gente fina com você, cantou com você, dividiu água com você, chocolate com você, dorflex com você (droga lícita que sugiro levar para o festival caso queria aguentar o dia inteiro em pé na festividade). Adicionou no Facebook, seguiu no Instagram e até hoje você mantém contato. A energia do lugar mescla diferentes estilos e pessoas de todos os estados, e provavelmente você vai encontrar alguém de Sul, de Caxias ou Porto Alegre perto de você.

Dicas dadas, vamos ao contexto histórico

O Rock in Rio chega a sua 20ª edição neste ano, a oitava em solo carioca, que será realizada nos dias 27 a 29 de setembro e 3 a 6 de outubro no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, com ingressos entre R$262,50 a R$525. Abril é o mês das vendas para o público geral, sendo comum o esgotamento dos dias mais disputados em poucas horas.

Mas vamos fazer um tour ao passado. A edição first one do RIR foi em 1985, com uma programação mais rock impossível. Graças ao seu fundador Roberto Medina, que está por trás do festival até hoje, o Brasil viu o maior festival de música do planeta com AC/DC, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Queen, Scorpions, Whitesnake, Rod Stewart, Yes, Barão Vermelho, Os Paralamas do Sucesso e mais. O evento foi um incentivo para essas grandes bandas incluírem a América do Sul nas tournes, que antes não chegavam perto daqui. De 85 até então, já se passaram 19 edições (BR e Europa e EUA), melhorando ano a ano não só na produção musical, como também na estrutura de entretenimento que o evento vem se consolidando (aqui mais uma parte positiva, continue a leitura). É um verdadeiro parque de diversões! Roda Gigante,Tirolesa, Montanha Russa e a rua temática já são clássicos e hoje uma série de lojas, área vip, áreas gastronômicas e mais diversas opções de tendas e espaços com música vem agregando ainda mais as atrações do festival. Fui em 2013 e em 2017, e a estrutura ganhou um up considerável entre esses quatro anos. Para 2019, Nave, Rock Street Ásia e Espaço Favela prometem ser os diferenciais da edição.

Desde 2011, a Cidade do Rock abre suas portas a cada dois anos para receber bandas e artistas do mundo inteiro. Nesses mais de 30 anos, mais de nove milhões de pessoas passaram pelo festival.

Dica final: se você tiver condições financeiras e tempo para programar um dia extra no Rock in Rio, vá para curtir o parque e finalize a noite com os shows, mesmo que seja de longe.

1240099_376347399160586_1841569006_n

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *