Justiça suspende penhora da marca Fenavinho

Após apresentação de Embargos de Terceiro por parte do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, o juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Bento Gonçalves entendeu por suspender as medidas constritivas sobre a marca Fenavinho. “Ficamos extremamente felizes com essa determinação do Judiciário, que avaliamos como sendo muito justa e assertiva. No nosso entendimento, a decisão da Justiça de suspender a penhora da marca Fenavinho foi de muito bom senso, contribuindo para preservar a história dessa festa icônica, patrimônio cultural que tanto representa para Bento Gonçalves”, avalia o presidente do CIC-BG, Elton Paulo Gialdi.

A decisão traz à entidade mais tranquilidade para negociar a quitação de uma dívida existente junto a um credor, buscando um acordo conciliatório adequado para a questão. “O CIC-BG está liderando o movimento de resgate dessa grande festa e trabalha em busca do entendimento de todas as partes para garantir que a Festa Nacional do Vinho volte a ocorrer e seja retomada com toda grandiosidade em nossa comunidade”, diz.

Fenavinho---Moysés-Michelon-(3)

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *